segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Saudades da Champions


Já passou demasiado tempo desde aquela traumática segunda mão em Málaga. Já estava com saudades de ver o nosso FCPorto na melhor competição futebolística do mundo. O facto de a segunda parte de sábado ter tido a qualidade que teve fez-me ter ainda mais saudades. Será normal desacelerarmos perante um jogo controlado e com jogo na quarta-feira? Eu diria que sim se já tivéssemos o nosso esquema consolidado. Ora eu julgo que não temos, apesar de me parecer que estamos no bom caminho. O conceito de desaceleração não é bonito mas considero que é aceitável em equipas mais maduras que não este FCPorto com novo treinador e sem Moutinho e James.

Vamos ao jogo. Houve novidades grandes na poupança de Josué, Mangala e Lucho. Mas a equipa não acusou as mudanças e fez uns primeiros 30 minutos bastante agradáveis. A partir daí o futebol da equipa foi esmorecendo e a lentidão do nosso jogo quase que me pôs a dormir, no quarto de hotel onde vi o jogo... Com esforço lá consegui assistir até ao final. O pouco que se viu na primeira parte deu para admirar a alternativa da frente de ataque com aquelas três setas apontadas à baliza. Licá e Varela são extremos que gostam de aparecer na área para finalizar e não é por acaso que os dois golos surgem em recargas. É preciso ter gente na área para aproveitar aquelas segundas bolas. Se a dupla de extremos trouxe mais gente às zonas de finalização, a troca de Lucho por Quintero fez o contrário. Quintero gosta mais de se posicionar em zonas que lhe permitam executar o último passe ou até o remate de fora da área. Mas o talento não esconde tudo. Ainda ali vemos algumas ineficiências dando até a ideia que é um jogador estático e com pouca velocidade. Julgo que ele ainda não percebeu por onde precisa de correr para receber a bola. Não precisa de ficar escondido entre linhas. Nesse aspecto, ao contrário de muito portistas apressados, Paulo Fonseca tem razão. Quintero precisa de ver muitos jogos do Lucho para aprender e ganhar aquela posição.

Individualmente, apenas gostei de Varela e Defour. O primeiro porque esteve em grande parte dos lances de perigo da equipa. Defour foi para mim o MVP. Pareceu-me o único jogador de alta rotação e inconformado com a falta de velocidade do nosso jogo. Os outros tiveram exibições regulares. O único que pretendo criticar é Danilo. Notei ali muita falta de empenho e isso não perdoo. Empenho é coisa que não falta a Fucile...

4 comentários:

prata disse...

Questão que me faltou abordar ontem: Lucho descansa, Josué descansa... E Jackson? O Paulo tinha assim tanto medo que o Gil marcasse? Ghilas tem de ter muita paciência...

Pispis disse...

Primeiro deixa-me dizer-te que deves ter estado num excelente hotel para teres Sportv no quarto :-)

Eu tive o azar de só conseguir ver o Porto após o 2-0, portanto, vi um jogo enfadonho em que o Gil teve mais perto de reduzir do que propriamente o Porto de dilatar… O Fernando esteve mal em muitos lances e o Quintero também me pareceu algo cansado na segunda parte, enfim, há muitas razões para explicar o abrandamento na segunda parte…

Eu nem consigo explicar como é que o Porto acaba com tanta posse de bola porque pareceu-me perfeitamente repartida, aliás, só começamos a ter novamente mais posse e a ocupar zonas mais avançadas com as substituições e principalmente com a entrada do Lucho…

Quanto ao Jackson era um candidato à saída mas a substituição forçada do Maicon não deve ter ajudado a esta gestão…

Taqui disse...

Foi aquela exibição qb, após o 2-0, relaxar! Eu até comentei lá, ponham-se a jogar assim e ouvem já assobios... Dito e feito, apesar de ténues, porque tá tudo no inicio...
Acho a gestao mt boa,mas a opção Maicon nao me pareceu poupança, mas sim continuidade... uma palavra para ele que ta com mt azar!
Amanha, entrar bem, trazer os 3 pts que é o que interessa! Hoje espero que a pior equipa do pote 1 perca, como diz o grande capitão do Anderlecht!
Abraço

Lamas disse...

Alinho no destaque ao Defour e talvez fosse o dia para o Ghilas entrar ou não porque o jogo quebrou muito e quase que seria mais "queimar" o moço do que lhe dar uma oportunidade... o gajo teve aquecer desde o início da segunda parte... viu o Lucho chegar e partir... e depois viu o Ricardo chegar e partir... talvez tivesse dado os minutos do Ricardo ao Ghilas...

Quanto ao jogo tá tudo dito... bom arranque... 30 minutos com qualidade e depois caiu-se numa teórica gestão de jogo perigosa... Quintero bem nos momentos iniciais e depois desapareceu com o jogo... concordo que tem de se "mexer" mais...

Ansioso pelo Porto de amanhã... fundamental ganhar...