terça-feira, 31 de agosto de 2010

Dia D

 
Dia de Dispensas. O último dia de mercado não deverá trazer grandes notícias no reino do Dragão a não ser um ligeiro emagrecimento do plantel. Temos neste momento 27 jogadores quando Villas-boas já disse que pretende 25. Ficaremos com 3 Guarda-redes, 4 laterais, 4 centrais, 2 trincos, 4 médios box-to-box, ou criativos, 4 extremos e 3 avançados. Partindo do principio que Mariano não poderá dispensado  sendo o quinto extremo e que Hulk fará de terceira opção para avançado, os felizes contemplados serão Miguel Lopes e Castro. Aguardemos

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Minuto 65


Valeu a pena ir ao Estádio do Arcos ontem. E para isso bastou aquele minuto 65. Grande jogada de futebol! Contra-ataque rápido e mortífero com participação de todos os elementos da frente. Um hino ao futebol.

Mas esse momento foi um oásis no meio de uma exibição que raramente largou a mediania. Este FCPorto tem sido assim. Exibições seguras e sóbrias mas com poucos momentos brilhantismo. O que vale é que grande partes desses momentos dão golo. Os nossos atacantes têm sido letais e com isso tem ajudado a dar à equipa a confiança necessária para controlar os jogos sem grandes sobressaltos. Para esse controlo tem contribuído um meio-campo sublime que é a grande base do sucesso da equipa neste arranque de temporada. Começa na nova amplitude de jogo de Fernando, seguindo na disponibilidade física de Moutinho, que corre kms atrás de kms, e terminando na magia de Belluschi que faz com que eu volte a acreditar naquela treta que os treinadores tanto apregoam que é o período de adaptação. É um facto que o Belluschi, no início da época passada jogava na mesma posição com resultados desastrosos. Período de adaptação demasiado longo... Além disto há Hulk que anda com uma pontaria que raramente lhe vimos. Quatro jogos oficiais, 6 golos. Nada mau! A defesa ontem não deu tantas facilidades como tem sido costume. Continuo a achar que a nossa ala esquerda está bem abaixo do que pode fazer. Palito parecia cansado e Varela, que acaba por participar nos dois golos, continua a não mostrar o que se viu na Supertaça. Para terminar, esperemos que a lesão de Sapunaru não seja grave. Eu prefiro o mil vezes o Fucile, mas o Sapunaru tem sido uma boa opção.

Objectivo de Villas-boas concretizado: chegámos à paragem do campeonato na frente e só com vitórias. E haverá muito tempo para preparar o Braga. Mas, ao contrário do nosso adversário, temos de o fazer com meia-dúzia de jogadores. Temos muitos internacionais...

domingo, 29 de agosto de 2010

Boa onda!

Continuamos num excelente momento mesmo sem jogar!

O nosso adversário mais directo no imediato perdeu; a nossa 4ª opção para médio foi vendido por 13M de euros; e o Benfica não vai ao mercado procurar substituto para o Roberto depois de ter defendido um penalti esta noite.

Só falta a 3ª vitória no campeonato em Vila do Conde para continuarmos na crista da onda...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Um olho nos dezasseis-avos-de-final e outro no cigano


Que título tão fraquinho! Já sabem que eu não resisto uma má piada. Sempre que posso...

Como seria de esperar, sorteio muito acessível. Apenas uma das equipas parece capaz de nos incomodar e só porque tem o Quaresma. Não me venham com a história do ambiente nos estádios turcos. Isso hoje em dia já não assusta ninguém. Vai ser bom rever o cigano que deixou muito boas recordações. Quanto aos outros, prevejo um passeio. Perguntarão se conheço alguma coisa do Rapid de Viena ou do CSKA de Sófia. Resposta: não, porquê? É preciso? Não gosto desta competição! Isso faz com que até pareça arrogante na análise dos adversários. Quando se está contrariado...

Para terminar, um reflexão sobre a besta quadrada que dirige a UEFA. O pote 4 de ontem da Champions é uma vergonha... Boa Platini! Graças à tua formula deixou de haver competição pelo terceiro lugar na champions e pela repescagem na Liga Europa. O pote 4 da Champions é tão fraco que se chega ao ridiculo de haver uma equipa que em anos consecutivos está no pote 4 da Champions de depois da Liga Europa. Se o Debrecen é das equipas mais fracas da Liga Europa deste ano, como é possível ter jogado a Champions no ano passado? É possível porque o Platini precisou de votos para ser eleito... Mas é um senhor muito sério e que não gosta de batota!

Hulk cumpriu calendário


Costuma-se dizer que estes jogos são para cumprir calendário. Com isto quer-se dizer que não há grande interesse no resultado e nas incidências da partida visto que a passagem à fase seguinte estava praticamente consumada. Assim se fez. Jogo entretido e despreocupado do FCPorto. Nada de grandes brilhantismos, mas algumas boas jogadas, em especial em arrancadas de Hulk. Esse cumpriu calendário de certeza. Até nem sei se já tinha algum Hat-trick pelo FCporto. A verdade é que ele até nem esteve grande coisa na definição das jogadas. E já sabemos que grande parte delas até são criadas por ele. Mas como fugir à evidência: Compensou e bem nas bolas paradas. MAs tenho dúvidas se deverá ser ele a marcar os penaltis. O da Figueira da Foz não foi defendido por muito azar do guarda-redes...

Gostei também do João Moutinho do Fernando e do Souza. Tal não implica que neste meio-campo chegue a parecer que nem sempre se sabe o que está a fazer. Há ainda alguma confusão no posicionamento. Será Souza um 6 encapotado ou um 8? Será que João Moutinho tinha mesmo a função de abrir na esquerda ou foi circunstancial? Porque é que num 4-4-2 Hulk aparece na mesma encostado à direita? Será que isto não beneficia o Rúben ou foi só um mau jogo? Está tudo um pouco turvo. O que vale é que vamos continuar a ter a Liga Europa para experimentar. Lá para Janeiro isto deve começar a ter algum interesse competitivo...

Última referência para Otamendi. Julgava que ele iria substituir Maicon ao primeiro grande deslize. Pelos dois golos de ontem, Rolando também é candidato. Os dois iguaizinhos! Alvaro Pereira também teve demasiada dificuldade para segurar o extremo com penteado igual ao Becas da Rua Sésamo. É melhor continuar a marcar 3 a 4 golos por jogo porque, pelo que se vê, não podemos estar à espera de não sofrer...

Equipa para Vila do Conde:

Helton; Fucile, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Moutinho, Rúben e Bellushi; Hulk e Falcao;

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Competição de fim de defeso


No post de hoje proponho uma competição. Qual dos seguintes acontecimentos virá primeiro?

Opção 1- Venda de Raúl Meireles.

Opção 2- Prata recebe o seu novo cartão de sócio para o qual já enviou os dados e o pagamento há mais de dois (?!) meses?

Continuo a achar que sai primeiro o Meireles... Nem que seja em Janeiro. Folgo em saber que, inspirada no Simplex do Sócrates, a modernização administrativa no FCPorto segue um ritmo à Valeri, ou seja, lentíssimo...

PS: Pis o cartão do teu puto já chegou?

PS2: Seguiu já para o mail do clube uma reclamação minha pelo facto de o cartão antigo já não funcionar para obter desconto de 6 cêntimos nos postos de abastecimento de combustível da Repsol.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

BIGAMIA DESPORTIVA!!!!


Meus amigos, espero que me perdoem o abuso mas, como vocês sabem e como diz a música, EU TENHO DOIS AMORES!!!!

A diferença é que eu sei de qual gosto mais! Do FCP!!!!!!

Mas gosto muito mesmo do Braguinha e em quase toda a minha vida foi fácil conciliar estes dois grandes amores porque os objectivos de ambos em nada coincidiam!

Aliás, ser portista em Braga foi sempre uma óptima sensação porque ganhava mais vezes e proliferavam lamparinas que, diga-se, é espécie em vias de extinção por estes lados!!!!!!

De há uns anos para cá o Braga cresceu muito mas o FCP não perdoava, e ainda bem!!!!

Hoje o meu Braguinha deu-me uma enorme alegria! Hoje chorei eufórico! O feito do Braga é fabuloso, fantástico!!!!

Como se não bastasse ser Braguista, este feito é alcançado com o meu ídolo de infância a comandar esta equipa!

PARABÉNS DOMINGOS!!!!!!!!!

Vou registar aqui uma profecia: O DOMINGOS HÁ-DE GANHAR A CHAMPIONS LEAGUE ENQUANTO TREINADOR PRINCIPAL DO FC PORTO!!!!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Alto Nível!

Ao menos desta vez não brindam à verdade desportiva...

Deixo algumas propostas para legenda desta foto tão fofinha:

Legenda 1 :

LFV - «Pelo que andas a fazer ao futebol do Sporting, percebo a tua preocupação com as modalidades amadoras... Já estiveste mais longe de inscrever a equipa nos Distritais...»
JEB - «Pode ser que, nessa altura, tenha lugar na equipa para um craque como o Roberto...»

Legenda 2 :

LFV - «Não há mais maçãs podres por aí?»
JEB - «Não, mas vendo o Stojkovic por 20 milhões e ainda meto o Pongolle no negócio...»
LFV - «Ok, mas sem Pongolle. Para isso já tenho o Mantorras.»

Legenda 3 :

JEB - «Este aperto de mão vale tanto como o Benfica Stars Fund...»
LFV - «Ou como o património imobiliário do Sporting...»

Capa para desviar atenções...

PS: Já temos central! À segunda jornada... Só falta conseguir vender esse jogador que todos estão a pensar. Afigura-se tão provável como o Benfica passar um jogo sem sofrer golos...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Primeiro eficácia, depois espectáculo


Assim se resumirá o jogo de ontem no Dragão. Fizemos uma primeira parte fraca, em que fomos extremamente eficazes. Marcámos dois golos em três ou quatro remates. Com este resultado ao intervalo, o FCPorto da época passada aproveitaria para descansar presenteando o público do Dragão com uma sonolenta segunda parte. Pois até nisso este FCPorto é diferente. Tivemos uma segunda parte empolgante com grandes jogadas. Pena foi que nessa altura a eficácia não tenha sido igual à da primeira parte. Mas assim vale a pena ir ao Dragão e jogar assim vale mais que qualquer campanha de Marketing ao Dragon Seat.

Não posso no entanto deixar de achar que o rendimento ofensivo mediano da primeira parte se deveu à opção de Villas-Boas quando foi obrigado a substituir Ukra. Nem vou falar do ridículo que é o facto de James Rodriguez ainda não estar inscrito. O primeiro instinto foi pôr a aquecer o Rúben mas depois optou-se por Souza. Poderia concordar se mudássemos a estrutura da equipa. Mas não foi isso que aconteceu. Belluschi passou a jogar a extremo e Souza ocupou o seu lugar. Ora Souza até poderá jogar a 8 mas não lhe peçam para organizar jogo. Julgo que aqui a entrada Rúben era ideal como se veio aprovar na segunda parte, altura em que, em poucos minutos, demonstrou que é um crime estar no banco de suplentes. Mas também seria um crime tirar Belluschi ou Moutinho...

Individualmente destaco Falcao, Belluschi, Rúben e aquele que considero o MVP do jogo de ontem: Alvaro Palito Pereira. Até nem tem sido dos jogadores em melhor forma mas ontem voltou às grandes noites e esteve em grande parte das jogadas mais perigosas. Quanto a destaques negativos, não tenho grande coisa a dizer. Varela continua a jogar abaixo do que demonstrou na Supertaça e a defesa apenas teve um erro de palmatória. No Beira Mar achei interessante aquele Wilson Eduardo.

Em suma estamos em primeiro, temos o melhor marcador, melhor ataque e a melhor defesa. Não está mau.

Na Liga Europa poderemos aproveitar para dar minutos a alguns jogadores:

Beto; Miguel Lopes, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Souza, João Moutinho e Rúben; Falcao e Walter.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Chavão: Melhor o resultado que a exibição

Justificar
O chavão assenta muito bem. Foi um jogo em que tudo correu bem. Tivemos um adversário acessível e aproveitamos isso. Falcao aproveitou com mestria a inexperiência e a nabice do defesa belga para conseguir a vantagem que, até aí, pouco justificámos. Mais tarde, aproveitámos, mais uma vez com mestria, a redução da equipa adversária a 10 elementos. Até aqui tudo bem. Nem todas as exibições têm de ter nota artística e nem sempre se pode jogar bem e ganhar. Todos preferimos a vitória. O único problema é que ontem levantou-se o mesmo fantasma que surgiu após o torneio de Paris: temos defesa compatível com as ambições da equipa? Não digo que não. Mas também não poderei assegurar que sim. E nem me venham falar do Ottamendi. Acho que o que temos deveria chegar e, por isso, não percebo a tremideira perante tão frágil adversário. Bastou que se colocasse em campo um avançado mexido e que jogava no limite do fora-de-jogo para que a tremideira dos centrais e a má forma de Alvaro Pereira originassem 5 ou 6 oportunidades de golo que não deveriam ser permitidas por uma equipa que, sendo claramente superior, se coloca em vantagem na casa do adversário. Muito menos uma equipa que ambiciona declaradamente a vitória nesta competição. Valeu Helton. É um campo em que temos muito que trabalhar e temos já a certeza que esta equipa não está a ser construída de trás para a frente. Até se percebe dadas as indefinições com a iminente saída de Bruno Alves, mas não deixa de me deixar inquieto se pensar nas últimas grandes equipas que fomos criando. Veremos a evolução nos próximos jogos, mas uma coisa é certa: a jogar assim Helton não vai chegar para as encomendas.

Mas contra isso temos o nosso meio-campo e os nossos desequilibradores. E aqui destaco Fernando. Julgo que não me estarei a precipitar se disser que o Fernando de Villas-Boas é diferente. Basta eu estar a inclui-lo no meu relato do desempenho ofensivo. Ontem não se viu grande coisa além da objectividade: chegámos poucas vezes lá à frente mas quase sempre com perigo. Que grandes golos os dois últimos, em especial o de Souza! Eliminatória praticamente ultrapassada com possibilidade de rotação de parte da equipa no Dragão. Acautelando devidamente os problemas que aqui expus, é muito importante e fundamental esta dinâmica de vitória que se vai criando. No Domingo não esperamos outra coisa.

Equipa para a estreia no Dragão:

Helton, Sapunaru, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Moutinho e Belluschi; Hulk, Varela e Falcao.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Boa palestra ao intervalo


O jogo de sábado não será propriamente o maior cartão de visita do futebol que Villas-Boas está a tentar implementar. E depois? Ganhámos e merecemos ganhar, por muito que o golo tenha surgido tão tarde. Quando não é possível ganhar e dar baile como no jogo da Supertaça, ganha-se assim. O que é preciso nesta altura são vitórias. Vamos ao ponto que considero fulcral: a mudança de atitude na segunda parte. Mesmo antes das entradas de de Guarín, Rodriguez e Souza, que entraram muito bem, e das alterações tácticas que vieram introduzir, notava-se que a equipa não se iria resignar a uma primeira parte menos conseguida e a um adversário que não estava ali para facilitar, nem que para isso tivesse de passar a segunda parte a dar porrada e a aliviar para a bancada. Coincidência? Acredito que terá sido a conversa ao intervalo.

Isso e o factor Hulk. Esteve endiabrado na segunda parte. Nem sempre decidiu bem as jogadas mas foram raros os lances em que não desequilibrou, lançando constantemente o pânico. Depois de na semana passada esse papel ter estado entregue a Varela, tivemos Hulk e será essa a grande vantagem de ter os dois em campo simultâneamente. Isto por muito que a equipa sofra depois em termos de cobertura defensiva pelas alas. Individualmente e para além de Hulk, gostei dos suplentes e do Fernando que está já em grande forma e bem mais interventivo no ataque. Belluschi continua a surpreender e não me parece que seja oportuno tirá-lo da equipa, mesmo que o Rúben esteja apto. Houve também jogadores que baixaram de produção em relação ao jogo anterior como Varela e Álvaro Pereira.

Concluindo, sofremos mas isso até deu para confirmar um dos indícios que já vínhamos notando, mesmo nos jogos de preparação: temos uma equipa com fibra o que é uma evolução notória em relação ao ano anterior. Outra coisa que aprecio é a clareza com que Villa-Boas fala das suas opções. Venha a Liga Europa.

Equipa para a nossa estreia nessa competição estranha que é a Liga Europa com três jogadores a descansar:

Beto; Miguel Lopes, Rolando, Maicon e Alvaro Pereira; Fernando, Moutinho, Belluschi e Rodriguez; Falcao e Hulk.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Naval - FC Porto: Antevisão



Um presidente à antiga, um treinador desconhecido e algumas saídas importantes do plantel como o guarda-redes Peiser que saiu para o vizinho e rival Académica. Nesta temporada, o mais que podemos saber são os resultados da pré-época que, valendo o que valem, não deixam de ser animadores para os lados da Figueira: 7 jogos, 6V e 1E e apenas 2 golos sofridos.

Naval 2-1 Oliveirense
Naval 0-0 Beira-Mar
Naval 2-0 Sindicato
Naval 3-0 Al-Ittihad
Naval 1-0 Sta. Clara
Leiria 0-1 Naval
Tocha 1-3 Naval

O estádio José Bento Pessoa não deixa de ser um reduto complicado para quem o visita, mas a moral está tão em alta que nem passa pela cabeça um início que não seja em grande e com uma vitória esclarecedora sobre a Naval.

Para a semana já é o Prata que faz a equipa: Helton, Sapunaru, Maicon, Rolando e Álvaro; Fernando, Moutinho e Belluschi; Varela, Falcao e Hulk.

Até metia o Miguel Lopes em lugar do Sapunaru, mas quero acreditar que o romeno defende melhor e num jogo fora-de-portas com uma equipa que tem um extremo muito perigoso como Marinho não vale a pena começar logo a arriscar.

Aceitam-se apostas: a minha está num 0x2 com golos de Falcao e Hulk!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Me engana que eu gosto...

Há aquelas palavras que caem sempre bem junto dos adeptos, principalmente quando são ídolos ou referências da nossa equipa. A maior parte das vezes estão a enganar-nos mas que se lixe, sabe bem na mesma ouvi-las…

Ainda ontem, a capa d’O Jogo trazia o grande Varela e tinha como título “Quero acabar no Porto”! É claro que ninguém se acredita, mas sabe bem ouvir (ou ler) estas palavras. Tenho um colega que até perguntou se o Varela se estava a preparar para ter uma lesão gravíssima tendo em conta que quer acabar no Porto, mas acho que não, foi só mesmo para dar graxa aos adeptos… e nós gostamos!


Depois temos o Miguel Sousa Tavares, eu confesso que sou um apreciador, mas na semana passada saiu-se com esta:
«...este F.C.Porto, que acumulou duas derrotas nos dois jogos do Torneio de Paris, ao contrário do que diz o seu treinador, não está minimamente preparado para enfrentar o Benfica daqui a 5 dias. E muito me espantaria que em cinco dias conseguisse recuperar o atraso para a equipa de Jorge Jesus, que arrancou para esta época com a mesma pedalada da anterior...»

Ganda chorão este MST! Esta semana já nos conta a estratégia:
«Escrevi na semana passada que, pelo que me tinha sido dado a ver do jogo do F.C.Porto contra o Bordéus e pelo que ia lendo das crónicas dos jogos da pré-época do Benfica, me parecia que os portistas não estavam preparados para se baterem contra os encarnados ao nível mais alto e que só um milagre os conseguiria fazer recuperar o atraso numa semana. Na verdade, toda a gente pensava o mesmo, mas eu até nem pensava exactamente assim: tratou-se também de uma provocaçãozinha à equipa, para ajudar a despertar o Dragão e apelar ao espírito de conquista e ao brio que é uma das imagens de marca das equipas do F.C.Porto, venha quem vier, saia quem sair.»

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Agora sou tricolor...

Até agora, no Brasil, só tinha uma equipa por quem não torcia, o Palmeiras, claro. Agora posso mesmo ser torcedor dum time... o grande Fluminense e tudo por causa do nosso mágico!

«Vou continuar portista para sempre. Foi um clube que eu aprendi a amar e onde aprendi muito. Deu-me tudo e o F.C. Porto fica comigo para sempre. Lembro-me da recepção que tive o ano passado quando fui lá jogar pelo Chelsea, com muita gente a cantar o meu nome. Foi dos momentos mais emocionantes da minha carreira».



Nota: Esta é dedicada a ti, Toni Baresi!

Que se passa, Raúl?

Sempre com a chancela das Fotos da Curva, conseguimos perceber comportamentos distintos na celebração das supertaças conquistadas nos últimos dois anos por Raúl Meireles.

No ano passado, onde um dos capitães deve estar, perto do capitão prestes a erguer a taça e satisfeito por mais um troféu alcançado...





Na última conquista colocou-se no lado oposto (mais uma vez, como um dos capitães devia ser ele também a levantar a taça), sem qualquer entusiasmo e passando completamente ao lado da festa de mais um troféu e de uma vitória sem espinhas sobre um dos maiores rivais...





Que se passa, Raúl? Alguma tatuagem mal feita ou as vitórias sobre o Benfica já são perfeitamente naturais?

terça-feira, 10 de agosto de 2010

E o Varela, carago?

A entrevista já tem quase um ano, mas a título de curiosidade aqui fica a equipa de sonho de Fernando Madureira (aka Macaco), líder dos Super Dragões, numa entrevista ao site oficial da claque:

Vítor Baía; João Pinto, Bruno Alves, Ricardo Carvalho, Branco; Emerson, Lucho González e Deco; Madjer, Jardel e Futre.

Só de cabeça quase dá para fazer outra equipa de luxo com o bibota a encabeçar a lista, mas estes não estão mal escolhidos... E passa a maior parte dos jogos de costas para o relvado, imaginem se estivesse atento!

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Que castigo para o João Ferreira?



Infelizmente, a grande vitória do Porto não serviu para afastar fantasmas dum passado bem recente e este jogo provou que vamos ter mais do mesmo esta época: túneis, comissões disciplinares, expulsões perdoadas, enfim, verdadeiros roubos de catedral…

Depois da dualidade de critérios na exibição do cartão amarelo ao Fernando (como é possível ter sido um jogador do Porto o primeiro a receber amarelo?), tivemos entradas assassinas sempre com a complacência do João Ferreira, algumas pode ter feito de conta que não viu (a do Cardozo ou a do César Peixoto ao Varela), mas o incrível é as que viu ter mostrado amarelo (David Luiz) ou não ter mostrado nada (Carlos Martins mais do que uma vez).

Pior do que isto tudo é termos jogadores a ser agredidos por árbitros e nisto alguma coisa tem que ser feita. O Babel por muito menos foi expulso na Luz. Quero até dar os parabéns ao Álvaro Pereira e aos jogadores do Porto que conseguiram não reagir à provocação/agressão do árbitro. A pergunta que faço é: o que vai acontecer ao João Ferreira?

Quanto ao Benfica, continua a ser o principal candidato ao título. Depois de Bruno Paixão e Pedro Proença nos jogos da pré-época na Luz, consegue colocar João Ferreira numa final. Não basta ser melhores, vamos ter que fazer como no Sábado e ser muito melhores que a mouralhada.

A vergonha já teve o seu início…

domingo, 8 de agosto de 2010

Isto...


Destaco a resposta de João Moutinho quando ontem lhe perguntaram porque é que tinha escolhido o FCPorto. E respondeu: «Escolhi o Porto por Isto... Títulos.» De facto o FCPorto é isto que vimos ontem. Jogaço! Campeão Nacional vulgarizado! E fizemo-lo apenas com um reforço: João Moutinho. Já sei que não é um reforço qualquer.

Mas até agora o grande reforço está no banco. Dando a devida importância aos jogos de preparação, Villas Boas tem estado a justificar a aposta arriscada do FCPorto. Já sei que é só um jogo e por isso falo nos indícios de que alguma coisa está a mudar e dos pontos onde já se nota o dedo do treinador. Em primeiro lugar uma coisa que raramente aconteceu no ano passado nos jogos com equipas do nosso nível: entramos para ganhar e com um ímpeto difícil de suster. Mesmo antes do golo aos 3 minutos já tinha havido uma oportunidade de golo por Varela. Depois a forma como reagimos ao golo marcado. Continuou-se a pressionar bem lá em cima e nisso João Moutinho é especialista e já ensinou umas coisas a Bellushi. Ou seja uma equipa muito coesa e trabalhadora na recuperação de bola para que depois os nossos artistas possam definir já bem perto da área adversária. E aqui o destaque do jogo: grande Varela! Não pensei que fosse titular até porque vem de lesão complicada, mas ele voltou à equipa como saiu: como o maior desequilibrador. Fez gato sapato do Amorim e do Luisão. Este Varela, na África do Sul, evitaria que o Queiroz andasse a mendigar para manter o seu lugar de seleccionador. Outro destaque para a defesa que era o sector mais nos preocupava. Estiveram muito bem e Sapunaru não facilitou nada ou quase nada. Rolando e Maicon estiveram imperiais, tal como Fernando e o Alvaro esteve ao seu nível. Até Helton esteve bem no pouco que teve para fazer. Falcao marca um golo lindíssimo numa desmarcação e num gesto técnico, daqueles que deve vir nos livros. A forma como se posiciona para rematar é de uma classe... Por último, o único que não jogou ao seu nível: Hulk. Não esteve mal, mas todos os seus colegas estiveram muito bem e todas as oportunidades do Benfica na primeira parte surgiram da sua falta de apoio a Sapunaru. Última referência para Meireles que veio a tempo de ganhar mais um caneco... Parece que é para ficar e é uma daquelas dores de cabeça que os treinadores não se importam nada em ter. Fucile é que estará de saída e é pena porque é também um jogador que aprecio bastante.

Último destaque para o João «Pode ser o João» Ferreira. Mourada: Ele tentou! Mais não se lhe pode pedir ou queriam que ele marcasse penalti naquele mergulho do Rod Stewart das Caxinas? Parece-me que era de mais mas nada que já não tivesse visto. De resto continua a ser proibido expulsar o David Luiz. Isso já sabíamos do ano passado e já estávamos à espera. Mas agora também é proibido expulsar o Cardozo, o Carlos Martins o César Peixoto e o Aimar? Gostaria que isso fosse esclarecido que é para que os treinadores adversários possam dar instrucções para que se evite o contacto com esses jogadores... E agradeço ao João o facto de não ter expulso nenhum dos nossos jogadores. Mais uma vez, ele bem tentou! Já tinham visto algum árbitro pôr a mão no pescoço de um jogador? Já sabemos como acabam estes sururus... Milagre não ter dado uma expulsão para cada lado neste lance. Mas espera! Julgo que um dos envolvidos não poderia ser expulso... Resolveu-se com um amarelo para o elo mais fraco. Jorge Jesus não apresentou grandes desculpas para a derrota mas julgo que todos imaginamos o que ele tinha vontade de dizer: A jogar contra onze, torna-se tudo mais complicado...

Concluindo, era imaculada Villas Boas: 1 jogo, 1 clássico, 1 vitória, 1 título. 100%! Pode não ter experiência de campo mas já tem curriculo...

PS: Mais uma vez e devidamente autorizado pelo autor, publicamos uma foto do site fotosdacurva.com. Aconselho que vão lá para dar uma vista de olhos nas outras fotos da festa. Apreciem o entusiasmo do Meireles... Não me digam que está contrariado?

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Onze para a Super Taça


Não houve crónica sobre os jogos do fim-de-semana passado porque praticamente não vi e o que vi, não vi em condições. Pareceu-me que o Varela já está aí para as curvas e que o Sereno, ao contrário do que o seu nome parece indicar, entrou num turbilhão de inquietude. Walter já marca o que é um óptimo sinal. E até nem parece nada tosco. Mas o Mister é que tem razão. as derrotas não servirão para assustar. Até pela maneira tangencial e os lances aleatórios em que aconteceram. A equipa não jogou nada de especial no fim-de-semana mas também só se exige que os resultados apareçam a partir de Sábado. Em suma, deixo o meu onze e o que provavelmente o Villas Boas vai por a jogar:

- O meu onze:
Helton; Fucile, Rolando, Maicon e Alvaro; Fernando, João Moutinho e Belluschi; Varela, Hulk e Falcao. (Fucile só se estiver em condições normais)

- O onze do Villas Boas:

Helton; Miguel Lopes, Rolando, Maicon e Alvaro; Fernando, João Moutinho e Ruben; CR10, Hulk e Falcao.

Quanto ao sorteio da Liga Europa, digo-vos que fiquei indignado ao saber que ainda tínhamos de jogar um play-off de acesso. Já não lhes chega ter uma equipa deste calibre nesta competição medíocre e ainda nos sujeitam a um play-off? Bizarro. Eliminatória com o Genk será para animar a equipa...

Para terminar, gostaria de mandar um abraço ao nosso capitão Bruno Alves que seguiu o seu caminho. Gostaria que fosse para um clube melhor mas as portas ainda não estarão fechadas. Obrigado capitão! Sem ti ficaremos órfãos de líder. Mais um efeito dos fantásticos resultados do projecto Visão 6032348032...

PS: Previsão ao jeito de Zandinga: Prevejo que Jorge Jesus após a derrota de Sábado, abra o livro e se venha queixar da sua própria direcção por marcar a Eusébio Cup para o meio desta semana que passou...

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O presidente foi enganado...



Pinto da Costa refere no Editorial da Revista Dragões deste mês que optaram por AVB (entre outras coisas) pela sua ligação e influência a Bobby Robson e José Mourinho. É claro que a maior parte do feeling dos portistas é que AVB seja um novo Mourinho mas desenganem-se quem pensa isso:

«Finalmente, [Mourinho] concorda com uma coisa que eu tenho dito. Desde que cheguei a Portugal, não tenho feito outra coisa senão afastar-me da clonagem a José Mourinho», disse Villas Boas, identificando aquilo que o distingue do treinador do Real Madrid: «Não temos o mesmo carácter nem a mesma personalidade. Temos formas diferentes de comunicar e trabalhar».

Ora bolas...

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Não há areia mas há rublos...

* BA quando ainda não sabia dar sem bola
Para ser sincero, nunca gostei muito da(s) atitude(s) do Bruno Alves e nem foi preciso a última época correr mal para o ‘vernáculo’ do BA (tão criticado na final da Taça da Liga) ser notado.

Já antes, agressões a Jorge Gonçalves ou pontapés na cabeça do Reguila quando este estava no chão já mostravam o perfil do nosso (ex)capitão. Isto, aliado à sua vontade de ir embora do Porto que o fez despedir-se dos adeptos do Porto no Jamor em dois anos consecutivos (esta vontade mais expressa via paizinho Washington). Também não me esqueço que no campeonato nacional distribuía cotoveladas a torto e a direito e se fosse preciso chegava a Old Trafford e até beijava as vedetas do ManUtd.

Bem, de qualquer das formas, defendi-o naquele jogo no Estádio do Algarve porque apesar dos actos tresloucados ele estava a sentir aquela camisola como ninguém. Estava a perder com o Benfica e isto deve ser a pior coisa que um jogador do Porto ‘à Porto’ deve sentir, e ele estava possesso. Gostei de ver a raiva contra os mouros,confesso. Para além disto, temos a vertente desportiva. Qualidades inatas e acima da média para um defesa-central que o torna um dos melhores do mundo e, por isso, ainda o conseguimos vender por 22M quando está prestes a fazer 29 anos…

Muitos portistas não se devem estar a importar com a venda depois do que o criticaram no ano passado, eu acho que nos vai fazer falta mas tendo em conta o valor da venda e do que fizeram ao Lucho no ano passado isto acaba por ser um mal menor, pelo menos aceito muito mais esta venda do que a saída do Lucho. E depois há outra coisa, trocar o estatuto que ele tem no Porto para ir para um clube da Rússia diz muito da actual motivação do Bruno Alves como futebolista…

terça-feira, 3 de agosto de 2010

À Att. da Loja do Associado...



Boa tarde,

Eu sou aquele gajo que inscreveu um puto de 5 anos via site oficial do Porto no dia 2 de Julho na esperança ridícula de ainda conseguir levar o rapaz ao jogo com o Ajax e à apresentação da equipa como sócio do nosso grande Porto.

É claro que ainda não recebi o cartão e para já fiquei sem € 10,00. É claro que vos ando a enviar a emails para o vosso (nosso) email de apoio ao cliente apoioclientefcp@sportmultimedia.pt e, como pessoas muito ocupadas que devem ser, ainda não se dignaram a responder. Não se preocupem, não é a primeira vez que me acontece, já estou habituado aos vossos afazeres que não permite uma melhor atenção aos associados deste nosso grande clube.

Aliás, tendo em conta certos funcionários que estão na Loja do Associado no Estádio do Dragão, eu até acho que tenho de vos agradecer por me deixarem ser sócio do Porto.

Peço-vos, por isso, que deixem um menino de 5 anos também ser sócio do clube e, já agora, quando tiverem um minutinho, por favor, respondam aos emails... Eu sei que ainda só passou um mês e que deve custar muito emitir cartões de sócio, mas façam um esforcinho, vá lá...