quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Não foi um milagre

Fiéis... do Porto, que dizer de mais uma vergonha que o nosso Professor nos proporciona?
Andou a poupar os reforços para este jogo e mesmo assim perdemos. Alguns, não tinham ainda calçado em qualquer jogo desta época, mas o Prof achou por bem conceder-lhes a titularidade no meio duma equipa sem tino e comando, onde os únicos titulares foram Nuno (em condições normais, Helton), João Paulo (em condições normais, outro central qualquer) e Fucile (que jogou adaptado a defesa-direito).
Com esta brincadeira conseguiu desmotivar meio plantel, por outro lado, motivou a outra metade: estes no sofá devem ter pensado "Fdx, faço mesmo faltinha a esta equipa".
O que é que Jesualdo quis provar com isto? Que não foi ele que escolheu os reforços e que não valem nada? Tarefa cumprida!
O Cech joga contra o Marítimo a defesa-esquerdo, para jogar contra o Fátima não serve? Estava cansado? Fomos jogar com a 3ª opção para aquela posição?
Será que estava à espera que um puto como o Rui Pedro decidisse o jogo? A jogar com o Farias? Com o Mariano, que está no Porto desde a pré-época e perto do final do jogo permite que o Duarte Machado recupere uns bons 10 metros para cortar a bola quando demora uma eternidade para rematar à baliza?
É assim que se faz uma integração aos poucos? Não lhes dando nenhuma rotatividade com a equipa maioritariamente titular?
Foi uma vergonha a falta de respeito que o Jesualdo demonstrou pelo Fátima.
Se queremos considerar o Porto como uma equipa de top europeu, basta passar uma vista de olhos pelos principais campeonatos europeus: Espanha, Itália e Alemanha tiveram jogos para o campeonato!O Messi jogou, o Ibrahimovic jogou, o Seedorf também. E eles também jogam para a Liga dos Campeões. Porque é preciso descansar uma equipa inteira? São os próximos jogos do campeonato que assustam? Boavista, Académica e Leixões? Já somos uns privilegiados em relação ao resto da Europa por só termos 30 jornadas enquanto as outras equipas tem 38, e mesmo assim temos que descansar os meninos todos...

Uma vergonha!

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Só faltou o Edigol!


A minha paciência com o Jesualdo acabou há muito. Se calhar por isso é que, mesmo as opções acertadas, me merecem desconfiança. Por exemplo, a inclusão de Edgar no onze inicial contra o Paços. O jogo tinha características perfeitas para um jogador deste tipo, e o Edgar correspondeu. No entanto, esta opção apareceu de onde? Havia razões para tirar o Lisandro da frente? Não. Havia razões para tirar Tarik da equipa? Não. Edgar tinha sido opção nos jogos anteriores? Não, jogou uns minutos em Leiria. Resumindo, a opção foi a correcta mas as razões que o levaram a este onze intrigam-me… Enfim, se calhar já estou a exagerar nas minhas dúvidas sobre as aptidões do professor, mas foi o que pensei quando vi o onze.
Quanto ao jogo em Paços de Ferreira, tenho-vos a dizer que gostei. Melhor exibição da época! Pouco técnica mas muito intensa. E é isso que era preciso para ganhar neste campo: intensidade. O Paços é uma daquelas equipas que faz deste o jogo do ano. O Paços, o Boavista, o Guimarães, etc. Com a atitude sobranceira com que entramos nos anteriores jogos da liga era impossível ganhar, e era isso que eu temia. Tudo começou a compor-se quando vi o empenho que Edgar e Lisandro estavam a pôr na pressão aos defesas contrários. Para mim, o segredo do jogo esteve aí. Depois foi só gerir o ímpeto do adversário com calma e sair no contra-ataque. Grande exibição!
Destaques positivos:
- Edgar – Era óbvio que é um elemento com características que o nosso plantel não tinha. Tardou a aposta, mas mais vale tarde…
- Lisandro – Alguém tinha pedido um goleador?
- Bruno Alves – Limpa tudo e ainda faz assistências para golo…
- Fucile – Ainda há palavras?
- Zé – Esteve muito bem defensivamente a dobrar o desinspirado João Paulo.
Destaques negativos:
João Paulo – Stepanov a titular, já!
Leandrinho – Três lances seguidos em que tenta passar por 3 adversários sem sucesso. Tem muito que aprender…
Raul – Tal como na champions esteve mal…
Nuno – Aquelas bolas a pingar na área são para agarrar…
Equipa para Fátima:
Nuno; Fucile, Stepanov, Bruno e Cech; Bolatti, Kaz e Lucho; Quaresma, Edgar e Mariano. Leandrinho e Farias a entrar aos 60 minutos no lugares de Kaz e Edgar.

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Rescaldo...........................


Mais uma noite "quase" gloriosa... Com esta figura a comandar os nossos destinos o "quase" andará sempre de mão dada connosco...
Previ 20 minutos iniciais fortes, onde o Cigano enviaria uma bola ao poste e, depois disso, o Liverpool na primeira oportunidade que tivesse marcava e o resto do jogo seria uma luta inconsequente e sem ordem atrás do empate... No fim haveria o discurso do entramos muito fortes mas tivemos azar...
Enganei-me mas pouco... De facto, entramos fortes, o Licha teve uma boa oportunidade, o Liverpool não conseguia jogar nem ter a bola até que o Tarik (mais uma bela primeira parte) arrancou - muito bem - uma grande penalidade. Estava entusiasmado com o nosso Porto mas a ficar muito nervoso com a arbitragem muito habilidosa do Lubos Michel (Lucilio Baptista em eslovaco????). Perdoava amarelos ou até o vermelho a Pennant e permitia que o Kuyt, por exemplo, protestasse como e quando lhe apetecia. Marcava faltas inexistentes a meio campo impedindo-nos de jogar à bola! E mostra o amarelo ao Zé num corte limpíssimo, mesmo à minha frente! Deu para descarregar o stress do regresso ao trabalho... insultei-o como pude! Entretanto, já o Liverpool tinha empatado na primeira descida à nossa grande área. Falha gravissima na nossa defesa. Lance previsivel e o BAlves perde a bola no ar (situação rara e não o crucifico) mas o João Paulo enterra completamente! Aliás, não é, nunca foi, nem nunca será jogador para o Porto!!!! Será o Stepanov assim tão mau??? Não creio...
Voltando à minha análise desorganizada, a equipa perdeu-se após o empate mas lá chegamos ao intervalo sem criar mais oportunidades nem sofrer apuros defensivos...
A segunda parte mostrou-nos a INCOMPETÊNCIA do nosso corpo técnico! A equipa parecia cansada e com mais um jogador, durante 30 minutos, nunca fomos capazes de trocar a bola, de fazer 3 passes curtos seguidos! Naquela fase só tinhamos de ter a posse de bola e pô-los a correr atrás dela. As oportunidades surgiriam com naturalidade. Mas não, falhamos inúmeros passes e ainda tivemos 2 ou 3 calafrios defensivos... e nunca mais tivemos uma oportunidade de marcar golos... excepto no lance que o Hyppia resolve...
Antes de deixar umas notas soltas, partilho o meu estado de espírito... Mais uma bela oportunidade perdida de elevar bem alto, na esfera futebolistica, o nome do nosso PORTO!
Notas soltas:
Fucile: O melhor jogador, actualmente! Fabuloso! Ataca e defende com classe e garra! O jogador à PORTO!
Tarik: Está de parabéns! Passou de proscrito a titular e tem merecido! Não quero saber se é bom ou mau. Dá o que tem e a verdade é que é dos poucos que cria desequilibrios.
P. Assunção: Que se passa? Não é o mesmo da última época...
J. Paulo: Adeus... Não serve... Não tem classe... Não tem espírito para usar o nosso emblema...
Quaresma: Pareceu-me preocupado em jogar para o youtube... Péssimo nas bolas paradas...
Farias: Dou-lhe o beneficio da dúvida...
Lisandro: Orgulho em tê-lo na nossa equipa!
Mariano Gonzalez: As semelhanças com o Marco Ferreira começam a assustar-me imenso! Muito fraco!
Leandrinho: O único jogador do plantel que gosta e pode ter a bola nos pés, que pode levar a equipa para a frente não tem lugar nos 18??? Não entendo...
Raul Meireles: Porque falha tantos, mas tantos passes curtos!?!?!?!??!?!? Podia ser um grande jogador!
Prof (??) Jesualdo: Não serve! Então a equipa já tem mais de um ano de treinos e ainda não se vêm as tão propaladas transições rápidas defesa-ataque, fio de jogo, rotinas de jogo... Quanto tempo mais precisa para as criar!?!??! A responsabilidade é dele. Não é capaz de dizer Quaresma, basta! Nos próximos 15 minutos não marcas nenhum livre ou canto! Quantos lances de bola parada foram desperdiçados?!?!?! Não estou a ser ingrato mas ontem via-se que ele não estava inspirado...
PREOCUPAÇÃO: O Prof (??) diz que fizemos o que tínhamos de fazer, jogamos como tínhamos de jogar... Interpreto isto como uma manifestação de satisfação pelo modo como jogámos ontem e temos vindo a jogar. Pior, ele não estará a ver necessidade de melhorar a posse de bola, a maneira como se joga com bola... Não há incentivos nem vontade de melhorar...
P.S. Desculpem-me a desorganização do texto. Mas fiz isto a correr antes do regresso do Big Boss ao posto de trabalho!

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Vários assuntos até chegar o importante

1- Depois de Leiria, outra exibição fraquinha mas QB do nosso FCPorto. Um bom arranque fazia adivinhar um bom jogo mas, simplesmente, não aconteceu. Parece-me que para consumo interno a equipa funciona aos fogachos. Passeamos despreocupadamente pelos jogos até chegarmos ao golo que acaba por surgir sempre com naturalidade... O problema é se a bola começa a não entrar... E, já agora, se a equipa adeversária tem um bafejo de sorte, do género do que o Marítimo ia tendo. Aí temos de correr atrás e isso é uma chatice para os nossos "artistas"... Enfim... Ando desiludido e quero mais que os 3 pontos. Sou um portista exigente... Nota positiva para Lisandro que, na ausência de Fucile, foi o único guerreiro em campo. O Lucho está a aparecer (apesar de ser devagarinho) e bem precisamos dele para a Champions. O Tarik voltou a estar bem nos primeiro 20 minutos para não mais aparecer. É óbvio que para mim o Tarik só parece que joga bem enquanto os seus colegas jogarem a passo... É o único que se esforça e enquanto for asssim, eu compreendo que lhe dêem oportunidades. Nota negativa para tudo o resto, incluindo Jesualdo, mas sobretudo para Paulo Assunção. Pensei que ele não sabia jogar mal... Enganei-me.

2 - Alguém comece a esbofetear os portistas que batem palmas aos cruzamentos tortos do Zé. Essa lógica do «Ai o miudo é rápido e esforçou-se, merece um aplauso de incentivo». Para correr contratavamos o Obikwelo para defesa direito... O mesmo se aplica ao individualismo excessivo e ultimamente inóquo do Quaresma que é sempre muito aplaudido...

3- O gancho de esquerda de scolari é patético... Já não via nada tão hilariante desde que o Luís Fabiano e o outro se puseram a dar socos na atmosfera... Lembrei-me logo daquele anúncio que ele faz para a Caixa Geral de Depósitos:«No Brasíu, hospedeira é aeromôça. Talho é açougue. Empate é bom resultado. Soco com a esquerda é normau...Ele me chingou...» Emfim... Este homem é um constante insulto à inteligência dos portugueses... O que vale é que a maior parte gosta... Só eu é que acho que isto de ver os jogos da selecção está a ficar um bocado 'maso'?

4- Assim que vi a conferência de imprensa do Sr. Madail lembrei-me do Zequinha... Um ano que o miúdo apanhou!? Dá para perceber o critério, não dá? Ainda há quem espere que a UEFA tenha a coragem que o Madail não tem. Eu não acredito... Razão tem o Presidente do Gil Vicente...

5- Por útimo, o mais importante: O jogo com o Liverpool! Espero que a atitude da equipa volte já para 3ª feira e posso deixar já o onze inicial:
Nuno; Zé, Bruno, João Paulo e Fucile; Paulo, Raúl e Lucho; Quaresma, Lisandro e Farias. (que apesar de não ter jogado nada, prefiro jogar com um ponta de lança e acho que precisamos do Lisandro nas alas)
Para mim o Liverpool e o Milan são os mais dificeis de todos os cabeças de serie. É que o FCPorto raramente se deu bem com o catenaccio. Basta ver as recentes eliminações com o Inter... E para mim, o Liverpool é catenaccio puro. Joca no erro e é mortífero. Ainda por cima reforçou-se muito bem. Para mim agora o único ponto fraco da equipa é o guarda-redes. Tudo o resto são grandes jogadores. Possivelmente a única maneira de entrar vai ser pelas alas através do Quaresma, do Zé e do Fucile. Para isso é preciso um matador na área ajudado pelo Lisandro a aparecer nas diagonais. Como o único striker disponivel é o Farias... De resto é preciso ter muito cuidado com o Agger nas bola paradas, o Torres, o Babel e o Gerard. Enfim... Tarefa complicada e a que só um grande FCPorto estará à altura... Como esse FCPorto ainda não apareceu este ano, estou inquieto... Conhecendo o Jesualdo como conheço, cheira-me a empate a zero...

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

O FCPorto está em todo o lado!

Um post curto só para relembrar que o nosso FCPorto cresce a olhos vistos. Um amigo meu tirou esta foto há uns dias no movimentado centro de Zagreb, na Croácia. Como podem reparar há ali um ponto de destaque na montra...

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Meireles e Tarik - Os mal amados...



Estive aqui a pensar e há apenas um jogador que manteve um rendimento elevado em todos os jogos oficiais do nosso FCPorto. O seu nome é Raúl Meireles! Já sei que muitos dos meu co-blogueiros e consócios acham que não é jogador para ser titular de uma equipa como a nossa. Eu pergunto o que é que lhe falta? Tem velocidade, tem remate forte (poucas vezes colocados), tem garra, é um bom defensor, chega facilmente à área, bom nos passes longos... Falta alguma coisa? Não tem a leitura de jogo do lucho, mas quantos têm? No nosso campeonato não vejo mais nenhum... Tentem compará-lo com o João Moutinho? Para mim não fica nada atrás... E no entanto já anda aí um movimento pró-'moutinho a titular da selecção'... Um menino d'oiro do nosso futebol... Eu cá prefiro o nosso Meireles.

Outro mal amado é o Tarik. Digo já que para mim não é jogador para o FCPorto! Já sei que todos dizem que tem jogado bem, mas temos de analisar se os bom jogos dele chegam para um clube como o nosso. Então agora chega ser-se empenhado para ser titular? E as capacidades técnicas? Está a jogar bem para o que esperávamos dele, ou seja, nada! O homem fez uma boa primeira parte contra o sporting mas, claramente a táctica dos laterais lagartinhos era descansar enquanto o Quaresma ia para o outro flanco... É só comparar o espaço que davam a um e a outro jogador... Mesmo assim, parece-me que não é um jogador muito rápido, é pouco dotado tecnicamente e que usa sempre o mesmo drible seguido de cruzamento... Além disso, deve ter aprendido a cruzar no mesmo sítio que o Bosingwa...

Quanto ao jogo de ontem o professor descreveu bem: «Jogamos QB». Mas eu adiciono: mostramos pouco futebol. Só Meireles, Lisandro, João Paulo e Fucile merecem nota positiva. Apesar de continuar a achar que o Lisandro joga melhor na posição de extremo finalizador. Menção para o Quaresma que jogou pessimamente, se exceptuarmos os dois passes para golo... Já agora, tenho confiança que o Edgar vai ser um grande jogador. É uma aposta minha. Jogador para ir lançando aos poucos...

Ps: Luís Aguiar foi emprestado e bem. Não tem qualidade para estar no plantel, mas como é jovem e está emprestado, é ver como lhe corre o ano. Por mim, não exercíamos opção de compra... Já agora, quantos 'nº 10' temos no plantel? Resposta: 1!!! E rescindimos com o Jorginho...

Ps2: Que dizer da novela Postiga? Fez sentido a sua não convocação? Uma coisa é certa: algo terá acontecido...