terça-feira, 30 de agosto de 2011

37 Horas...


É o tempo que resta até ao fim desta silly season... uma das mais atribuladas de sempre.

Depois de tudo o que já aconteceu ainda esperamos pela resposta a estas e outras questões:
  • Palito sai?
  • Fernando sai?
  • Rolando sai?
  • CR10 sai?
  • Walter sai?
  • Damião vem?
  • Stracqualursi vem?
  • Central X vem?
  • Trinco Y vem?
  • ...
Vamos sofrendo mas sem deixar de confiar naqueles que a tantas vitórias nos têm guiado!

Força Porto!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O Verdadeiro Remate de Ressaca...

Vídeos made in Basculação... FC Porto 1-0 Ajax (87-88)...


Notas...
-A primeira final europeia que podia ter assistido ao vivo, mas o meu pai não deixou... era um jogo de alto risco, segundo ele... o facto de ter 7 anos e aulas no dia a seguir também não me permitiu tal veleidade...
- Os Dragões Azuis e a famosa publicidade à Sapatarias Beleza...
- Os guarda-chuvas a poderem ter o seu lugar dentro do Estádio...
- O pontapé de ressaca do Sousa a garantir a Supertaça Europeia...
- Desta vez João Pinto partilhou a Taça... o facto de ter sido o Gomes a recebê-la também deve ter ajudado a esse facto...

Agora com mais calma, a Supertaça Europeia


O meu último post foi escrito a quente e poucas horas após o jogo. Reli e, apesar de tudo, não está mal de todo. Era isso que pensava na altura e não mudei de ideias. No entanto, faltou falar de algumas coisas. Vamos a isso. Em primeiro lugar, julgo que não há portista que não tenha ficado agradado ou até surpreendido com a imagem deixada pela equipa. Isto porque houve uma garra e uma vontade de vencer que nos orgulham e que se coadunam na perfeição com o que é o FCPorto. E depois temos Vitor Pereira. Não o posso esconder: tinha dúvidas. Continuo a ter. Não tem a ver com alguma coisa que tenha visto nele e que não tenha gostado apesar de o carisma ser menos evidente que no nosso mister do ano passado. O Vitor está numa posição invejável mas difícil. A equipa que partiu com ele para a Alemanha não vai ser a mesma que ficará a treinar a partir de Setembro. Mesmo que não saia mais ninguém, coisa que duvido, não pode dispor do rendimento completo que alguns jogadores. Além disso, entra depois da época perfeita. Não é fácil e a exigência vai ser ainda maior. Estou mesmo a ver que a brigada dos assobiadores espera apenas meia escorregadela para atacar em força. Mas, com o o jogo de sexta-feira, já estou um pouco mais descansado. Não fizemos uma exibição do outro mundo, mas há trabalho de treinador na forma como a equipa se posicionou. Dificilmente alguém obriga o Barça a tanta bola para a bancada, a tanta troca de bola entre defesas e a tanto fora-de-jogo. Faltou alguma calma e discernimento na hora de aproveitar ofensivamente os erros que forcámos no Braça. Rodriguez até poderá ter sido uma boa aposta mas, convenhamos que ele é um avançado. E a atacar fez absolutamente zero. Kleber correu Kms mas não terá feito um único remate à baliza. Nisso só Hulk, Moutinho e Guarín e quase sempre em remates de longe. É certo que os penaltis são para se marcar e o lance sobre o Guarín é de bradar aos céus. No entanto, teremos de pensar também que não tivemos a calma suficiente para fazer o Barça provar do seu próprio veneno. Porque não tentar fazer um pouco do nosso jogo em posse e fazê-los correr? Por não o termos feito, deu a ideia que chegámos ao final extenuados. Notou-se pela falta de discernimento nos lances das expulsões. E provavelmente, o prolongamento seria apenas um prémio de consolação visto que começo a duvidar se teríamos força para ir mais além. Por último, Guarin. Fala-se que não esteve ao seu nível. Posso concordar. Em lances chave, assistiu Messi para o primeiro golo e acabou expulso. São 'pormaiores', eu sei. Mas se apagarmos esses dois minutos da memória fez uma exibição monstruosa! Tal como Moutinho, Souza e Otamendi. Hulk esteve muito bem sobretudo na primeira parte e os laterais cumpriram. Sapunaru esteve um pouco melhor mas também estava a dormir no primeiro golo... 

O que fica mesmo é a exibição. Isto apesar destes pormenores que correram menos bem. A equipa só tem de estar confiante e desejar que possamos encontrar de novo este adversário na Champions deste ano. Será de reter uma ideia fundamental: ainda não foi desta que vencemos a melhor equipa de sempre mas, evoluindo a partir desta base, não será de todo impossível que estejamos em condições de o fazer no futuro. Há que trabalhar para isso.

sábado, 27 de agosto de 2011

Somos enormes mas ainda podemos ser maiores



Eu sei que já sabíamos isto. Cá neste país de medíocres e invejosos, conseguimos ser uma potência que seca tudo à sua volta. Recuperamos em 30 anos um score de títulos que muitos imaginavam irrecuperável em 50 ou 60. Temos o maior orçamento, os melhores jogadores, melhor estrutura directiva, etc. Mas lá fora somos aquela equipa do meio da tabela que luta e incomoda, mas que acaba sempre vencida perante os tubarões. É até simpático tanto empenho. Mas não nos aproximamos dos Srs. do futebol, o grande Barcelona. Essa equipa que troca a bola até à exaustão ou até chegar ao golo. Essa equipa que há de originar os livros que irão orientar o futebol do século XXI.


Foi isso que vimos ontem? Estamos a falar de posse de bola que acabou maioritariamente em alívios e em bolas para o pinhal. Sejamos claros: aquela assistência do numero 6 tirou o Barcelona de um buraco onde eles nunca pensariam alguma vez estar enterrados. Nem Real Madrid! O problema é que o numero 6 não era o Xavi. Era o nosso Guarín... E há os penaltis! O último é das coisas mais evidentes que vi em futebol até hoje! Não digo que não são melhores que nós. Não ando a dormir e adoro futebol. Sei que estamos bem longe. Mas se fosse marciano e aterrasse agora vendo apenas este jogo, ia precisar de mais provas! Afinal quem é melhor?

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Dragão verdadeiro não tem medo!

 
Venha daí a melhor equipa de sempre!

Equipa para logo: Helton; Sapunaru, Rolando, Otamendi e Fucile; Souza, Moutinho e Guarín; Varela, Hulk e Kleber.

Nada de reforçar o meio-campo e a defesa. Jogamos como o habitual, no nosso esquema e segundo os nossos princípios.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

É para carregar o cartão com milhas aéreas

Ganha o cartão TAP Vitória dos membros da comitiva portista. São muitas horas de avião até S. Petersburgo, Donetsk e Nicosia.

O grupo é acessível como seria de esperar quanto estamos no Pote 1. Seria preciso um azar muito grande para que assim não tivesse acontecido, mas convenhamos que poderia ter sido melhor. Podia por exemplo ter-nos calhado as duas equipas mais fracas dos potes 3 e 4. Se ao menos tivesse acontecido a alguma equipa... Adiante. Tivemos um pouco de azar nas distâncias que vamos ter de percorrer e no tempo de recuperação que essas viagens exigirão. Mas duvido que isso venha a ser argumento para qualquer desculpa.

Quanto ao Shakhtar, há a destacar os brasileiros. São todos um pouco indisciplinados mas quando se lembram, podem fazer coisas terríveis. Que o diga o Braga que foi duas vezes atropelado por esta equipa que ficou à frente do Arsenal no Grupo. Depois ainda eliminaram com alguma facilidade a Roma nos oitavos tendo sido eliminados pelo Barcelona nos Quartos de final. Será este o adversário  a ter em conta para discutir o primeiro lugar no grupo. Gosto particularmente de Jadson, Luiz Adriano, o 'croata' Eduardo da Silva e o lateral Srna. Atenção também ao recém contratado campeão do mundo de sub-20 Alan Patrick.

Quanto ao Zenit, o destaque é o reencontro com o grande Bruno Alves, ex-capitão da nossa equipa. É certo que escolheu uma equipa menos forte para continuar a carreira e nós faremos questão de o demonstrar... O outro destaque da equipa é outro português, Danny. Quanto à valia como equipa, podemos constatar que estão em segundo lugar no campeonato atrás do CSKA que nós despachámos nos oitavos da Liga Europa do ano passado. Não será fácil mas deverão ser menos complicados que os ucranianos.

Para terminar o APOEL. Serão os bombos da festa. No esquema de Platini cada grupo tem um e quem não fizer 6 pontos nos dois confrontos com este adversário vai estar em maus lençóis... Como qualquer equipa cipriota tem uma carrada de portugueses e estrangeiros que já por cá passaram. Destaco Paulo Jorge, Nuno Morais, Marcinho e Manduca.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Marcar Cedo para Cedo Resolver...

Vídeos made in Basculação... Ajax 0-1 FC Porto (87-88)...


Notas:
- Muito frio em Amesterdão;
- Gosto particularmente do pormenor de Jorge Plácido a gritar "PORTO" no banco de suplentes;
- Primeiro jogo internacional de Rui Barros e apenas teve de esperar 5 minutos para marcar;
- Fizemos um jogo de catenaccio puro;
- Grande Assistência do Gomes;
- Rui Barros quase que caí na pior hora, mas depois lá envia a redondinha para o fundo da baliza;
- Alguns nomes do plantel do Ajax: Aron Winter, Dennis Bergkamp ou Ronald de Boer.

Afinal ainda há paciência


Eu sei que o Sporting já não conta para nada (pelo menos na competição de seniores...). Mas não exageremos! Li há pouco este extracto de notícia: «Fernando Gomes (presidente da Liga), Luís Guilherme (APAF) e Godinho Lopes (Sporting) estiveram reunidos ao longo de várias horas em Lisboa, mas o diálogo não trouxe nada de novo ao conflito». Quer dizer: compensa ser chato, chorão e histérico! É que assim têm acesso a cimeiras de 'paninhos quentes' que condicionanm o que aí vem em termos de arbitragem... Vai ser sempre assim? É que vamos ter 30 jornadas. Estes Srs. terão pachorra para aturar todos os clubes que vão ficar indignados com arbitragens?

Outra dúvida. Será que os vasquinhos de Alvalade conseguiriam ficar calados depois de um jogo em que injustamente não se marcam 3 (?!) penaltis a favor da sua equipa? Resposta óbvia: não! É que eles não jogam o suficiente para ganhar mesmo com este tipo de condicionalismos...

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Às costas de Hulk


É para já o que nos destaca das outras equipas da Liga Portuguesa. Já sabemos que, para consumo interno, Hulk sozinho chega. Na sexta-feira será preciso mais. É preciso que apareçam jogadores que a esta altura já deveriam ter atingido uma forma mais apurada. Falo de Guarín, Varela, Moutinho, Rolando e Belluschi, só para referir apenas aqueles de quem espero mais. E há ainda os que vêm da do Campeonato do Mundo de Sub-20. Com esses nem podemos contar... Tudo isto e as demonstrações do Barça na Supertaça Espanhola assustam. Racionalmente não estou confiante para a Supertaça Europeia. Mas isto é futebol e tudo pode acontecer.

Vamos ao jogo de Sexta-feira passada. Fraco. Poucos pontos de interesse a não ser os golos que Hulk inventou ou marcou. Varela continua a sacar apenas duas jogadas por jogo. É pouco. Guarín ainda não consegue fazer melhor. O que se compreende visto que não teve grandes férias. Estranhamente não gostei da exibição de Moutinho. Perdeu algumas bolas, coisa que nunca faz, e esteve algo ausente do jogo. Quanto à defesa, bem... Só Fucile esteve regular. Os outros estiveram fracos. Sapunaru oferece a jogada do penalti e Otamendi oferece o penalti com a sua mania de disputar todos os lances no chão. E até podia ter sido expulso. Não me chocava. Pior. Como defesa estamos muito longe do que deveríamos estar. Afinal de contas todos fizeram a pré-época. Por esta altura já não devíamos ter de aturar uma equipa, que luta para não descer de divisão, com 5 oportunidades de golo no Dragão. Depois há Souza. De facto está muito melhor. Se está preparado para o Iniestas e Messis é outra história. Mas quem está? No entanto, não consigo desligar a falta de segurança defensiva da ausência de Fernando. De facto, o homem equilibra a equipa. Mas não está a jogar nada e portanto, não pode ser alternativa. A Kleber falta um golinho...

O importante é perceber que apesar das contrariedades deste início de época temos uma reputação europeia a defender e que temos equipa para fazer muito melhor do que o que vimos nestes três primeiro jogos. Ânimo! Somos Porto!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Cambada, não percebo!


Eu sei que o talento para a bola retira normalmente a capacidade de raciocínio. Ainda assim... Não percebi com Lisandro, não percebi com Bruno Alves, não percebo com Falcao! Mais dificuldade tive em perceber com Lucho que é o jogador do FCPorto que mais idolatrei além do Deco. Acordem! Vocês merecem mais! É só esperar um ano! Custa assim tanto? Deco esperou um ano pelo Barcelona. Quaresma também esperou pelo Inter. Até o Secretário e o Paulo Ferreira conseguimos colocar em clubes de topo... Não queres esperar? Então, boa viagem!

PS: Rubén por 5 milhões é um negócio enorme. Melhor só vender por 40 milhões um jogador que no final da época passada tinha uma cláusula de 30...

PS2: Não ignoro a possibilidade de este negócio ter sido extremamente incentivado pela nossa estrutura dirigente. Isto apesar das palavras do nosso Presidente. Não nasci ontem e percebo que é bom para todos... O problema é que parece bom para todos no momento. Será no futuro? Falcao vai perceber que correu mal quando começar a perder com equipas como o Granada que é a mais recente equipa satélite das papoilas. A nós pode ser que corra melhor dado que Kleber parece que saíu melhor que a encomenda... E se não sair?

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Empate Positivo...

Vídeos made in Basculação... Vitória de Guimarães 1-1 FC Porto (91-92)...


Notas:
- João Alves com cabelo...
- Apenas o segundo golo sofrido por Baía naquele campeonato e esta era a 17.ª Jornada...
- Vitória com equipamentos da Diadora...
- Jorge Andrade não só jogou no Porto como, pelos vistos, marcou golos...
- Aparentemente o empate não foi nada mau...
- As conferências de imprensa eram, basicamente, todos ao molhe...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Uma jornada e já há vantagem para defender...


... ou, cenário mais provável, já há vantagem para alargar. Não vi o jogo com tanta atenção como o da Supertaça. Estava em 'modo verão'. Ainda assim deu para perceber que a ideia que tinha da semana passada se aplicou na perfeição: foi bem mais difícil. E foi mais difícil porque a defesa não esteve tão bem e porque o ataque esteve mais perdulário, sobretudo por Kleber e Hulk. Os dados continuam a ser lançados da mesma forma e não vejo grandes diferenças para o ano anterior. Apenas são diferentes alguns jogadores e a forma física em que estão, que como todos percebemos, ainda não é a melhor. Quanto aos jogadores que têm entrado, estou a gostar mais do Souza e percebe-se perfeitamente a sua titularidade. Mas a protecção que dá à defesa ainda não é a mesma coisa. No entanto, parece que deverá ser uma opção a manter. A outra alteração é Kleber. Para mim não engana apesar de ter falhado 3 golos isolado. Três golos que poderiam ter tornado o jogo bem mais fácil. Quanto aos que transitam da época passada, mantém-se o Incrível na linha da frente. Fucile está a jogar mais este ano mas tal como o resto da defesa lá vai cometendo umas gaffes. Moutinho é aquele relógio suíço e Varela continua complicativo. Terá de melhorar antes que cheguem James e Iturbe. Guarín ainda tem de ganhar forma física. Por mim, jogava Belluschi. Manias...

Estas duas contratações de hoje e as declarações de Falcao deverão significar que ainda haverão mudanças sérias no plantel. O que faz com que, o que aqui tentamos fazer na análise a estas primeiras exibições, e ao trabalho de Vitor Pereira seja praticamente irrelevante. Como vai ser o FCPorto desta época? Resposta: É impossível de prever! 

Quanto a Falcao, já deverá saber como é que os portistas reagem a estas declarações: Só faz falta quem cá está e quem cá quer estar! No entanto, isto tem contornos estranhíssimos. Se queria ir para um daqueles clubes médios de Espanha, Inglaterra ou Itália que de cinco em cinco anos fazem uma surpresita, porque arriscou em renovar com uma clausula proibitiva para clubes destes?

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

70!



Que número bonito! 70 títulos no palmarés! Julgo que estou a contar bem mas, para que não haja dúvidas, vou esperar pela contagem dos super especialistas no assunto. Não falo obviamente de nenhuma entidade ligada à FIFA ou UEFA. Falo do jornal Record...


Vamos ao jogo. Valeu por aquele primeiro golo. Foi sublime! Tudo bem feito e tudo com nota alta em primor técnico, ou como alguns lhe chamam, a nota artística. O resto foi banal. O Vitória é esteve fraquinho, sem poder de fogo e não nos causou grandes problemas. Nem foi preciso puxar dos galões. Vitória natural e segura.

Individualmente, destaco obviamente Rolando, Hulk, Souza e Moutinho. Pela negativa, não gostei muito de Varela. 

O importante foi mesmo o título. Conto que na próxima semana será bem mais difícil.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Para pagar em títulos de dívida pública grega



Notícia choque! Querem-nos convencer que conseguiram vender pelo mesmo preço o jogador que mais se desvalorizou na época passada. Pior. O clube comprador recentemente «confirmou uma dívida de 110 milhões de euros, procurando apoio para chegar a acordo com os seus credores. Nesta altura, o clube é gerido ao abrigo da Lei Concursal.». Venda do século? Gestão de elite? Obviamente que não. Para isso mais valia assumir de uma vez que o queriam despachar de graça... 

O que importa é que Roberto vai mesmo embora. Vou ter saudades...

Mais cómico que isto só se venderem o Capdevilla pelo valor ridículo da cláusula que lhe foi fixada.