domingo, 31 de outubro de 2010

Face lift

São já 150.000 visitas e pareceu-nos pertinente abandonar o tema clássico do blogger e fazer um pequeno face lift ao nosso blog. Que venham mais 150.000 visitas! Obrigado.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Por isso queres a verdade desportiva!


Luís Filipe Vieira é suspeito de ter participado numa alegada burla ao Banco Português de Negócios (BPN). (resto da notícia na Sábado)

Só estamos a falar de 14 milhões de euros e de buscas às casas do Vieira em Março! Vejam só, em Março e só agora vem a público... Será que não há umas escutazinhas para nos entretermos com isto? Ou esta verdade já não interessa assim tanto?

O Vale e Azevedo foi para Londres, parece-me que este vai para Angola, aliás o Rui Santos já arranjou um clube para ele - Sport Luanda e Benfica.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Visitas aos Estudantes (Compacto)...

Continuando a senda de recuperação de vídeos já postados, mas que actualmente se encontram indisponíveis, aqui fica um compacto das deslocações ao terreno da Briosa...

1985/86: Num autêntico pantanal, uma vitória sofrida, mas de extrema importância com Futre e André a marcarem...



1986/87: Vitória por três bolas a uma com um Bis do Bi-Bota...



1987/88: Visita com o campeonato já garantido, com uma equipa de segunda linha, mas assegurando a vitória pela margem mínima com um golo do brasileiro Raudnei...



2006/07: Basculação on Tour... 25.ª jornada e vitória forasteira importantíssima no primeiro campeonato conquistado ao "leme" de Jesualdo Ferreira...

A última premonição do Paul

terça-feira, 26 de outubro de 2010

À procura de mais petróleo

"A derrota do Interclube foi presenciada por várias figuras públicas, entre elas o antigo ministro dos Petróleos Desidério Costa, Luís Filipe Vieira, presidente do Sport Lisboa e Benfica, Pedro Mantorras, do seleccionador nacional Zeca Amaral e altas patentes da polícia nacional." (diz a Angola Press)

“É por isso que voltamos sempre aqui. Também pertencemos a Angola.” (diz o Vieira admitindo que Pinto da Costa tinha razão quando referia que os poços de petróleo estavam na Luz)

Depois das ajudas a Timor, da homenagem aos mineiros no Chile, da injecção de confiança dada ao Schalke e ao Lyon que ocupavam os últimos lugares dos respectivos campeonatos, agora junta-se às comemorações da independência de Angola. Com tantas investidas por esse mundo, depois admirem-se que os pinguins na Antártida também já tenham o kit de sócio.

Continua a campanha do Dragon Seat


Nos últimos anos de Estádio do Dragão temos tido, na maior parte das vezes um FCPorto autoritário mas que se contenta meramente com os 3 pontinhos e nada mais que isso. Pois este ano o Dragon Seat vale mais. Perdemos a Champions mas ganhamos futebol! Sempre tivemos artistas mas faltava a vontade de entreter.

Ontem tivemos uma primeira parte de futebol total e uma segunda parte menos conseguida, mas onde se notava que a intenção era dar espectáculo. Todos tentavam a nota artística e isso até fez com que o resultado não se avolumasse como o esperado. Mas nessa segunda parte, tal como na primeira, as melhores jogadas foram as mais simples. Recuperação, movimentação, passe de ruptura e golo. O quinto golo é um belo exemplo, apesar de não ter o toque de génio que teve o primeiro naquele chapéu fenomenal. O massacre foi tal que até o árbitro teve pena e lá marcou um penaltizito que, a ser, seria fora da área e  até interrompeu uma jogada de ataque porque um jogador do Leiria estava com cãibras. Eu nunca tinha visto... O importante é que todos saudamos o regresso do futebol total ao Dragão!

Destaques? Muitos. Não houve nenhum jogador que não gostasse. Talvez esperasse mais dos suplentes. pela altura em que entraram. No entanto, gostaria de destacar além do monstruoso Hulk e do requintado Falcao o regresso de Rúben aos bons jogos. Não sei se se passava algo com o Belluschi, mas foi uma boa aposta de Villas-Boas e parece ter ganho ali mais uma opção de peso. Eu teoricamente prefiro o Rúben ao Belluschi. Mas é uma questão de gostos visto que qualquer um deles cumpre com distinção a nossa organização de jogo. O primeiro trás mais simplicidade e verticalidade enquanto que o segundo traz mais magia e habilidade. Com soluções assim até parece fácil escolher sem falhar...

Por falar nisso, equipa para tornar fácil o duríssimo teste da Académica:

Helton; Sapunaru, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Moutinho e Belluschi; Varela, Falcao e Hulk.

domingo, 24 de outubro de 2010

3 Grandes






Este resultado na Holanda com um dos 3 grandes a espetar 10 golos ao outro, fez-me pensar que o Sporting tem de tentar endireitar-se nos próximos tempos...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Europa não é para quem quer...


...é para quem pode! Dirão com razão que esta é uma competição mais fraca. Mas a vitória de ontem é daquelas levantam a moral de qualquer portista. Uns pregam a sua verdade, seja a desportiva ou a dos iludidos, batendo no peito e gritando que são capazes. Outros mostram como se faz. São culturas diferentes: uns sentados em frente ao microfone e outros no campo. Sei que seria mais adequado para a questão ir buscar para exemplo uma exibição dos 3 anos anteriores na mesma competição: a Champions. Mas dadas as condicionantes do jogo de ontem, creio que o nível de dificuldade foi semelhante.

E saiu das entranhas! Lá longe, numa terra onde vale tudo incluindo tirar olhos, de entre tudo o que podia correr mal, não correu exactamente tudo mal. Mas as adversidades foram extremas. O golo anulado a Falcao é inacreditável e a expulsão de Maicon é daqueles lances em eu até acho que o defesa não tem grande culpa apesar da justeza da expulsão. O tipo está a isolar-se e ele tem de arrancar e tentar alcançá-lo. Não chegando, na jogada seguinte um lance ainda mais claro na área adversária não dá penalti. Lucílio volta, que apesar de não estares perdoado, há gajos que conseguem ser ainda mais manhosos!

Quanto a destaques individuais, não faço. Por uma razão simples: a hora do jogo não me permitiu vê-lo em condições. Fui vendo na internet às pinguinhas e à medida que ia podendo. Só vi em condições a segunda parte e aí destacaram-se os defesas, nomeadamente os que varreram tudo - Rolando Otamendi e Sapunaru; Fernando que nestas alturas agiganta-se apesar de ter estragado tudo com uma expulsão estúpida; e por último Hulk que é letal neste tipo de jogo: solto na frente com espaço e transições rápidas e directas. O que poderei destacar é a atitude que Villas Boas imprime na equipa. Temos uma capacidade de encaixe invulgar que logo se transforma numa vontade de reagir e numa consequente reacção. Sofremos até permitir a Hulk que defina o jogo.

Do jogo de ontem ficou uma clara sensação: está outra vez a formar-se uma grande equipa no Dragão.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A equipa que poucos vão ver em directo

Esqueci-me de publicar a minha sugestão de equipa para esta semana. Cá vai: o habitual com o Sapunaru, claro está.

Um bom jogo para quem está em condições de ver uma transmissão de um jogo às 18 horas... Que competição de m&#$#...

Equipa para a Turquia:
 
Helton; Sapunaru, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Moutinho e Belluschi; Hulk, Varela e Falcao.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Que curioso... Este festejo!

Vale a pena ver o vídeo todo, mas tomem nota a partir dos 2:15... O festejo não é igualzinho ao desta noite? Achei curioso...

video

Viram-se Checos...

Vai saber a pouco (a cassete acabou quando gravava este resumo), mas o vídeo da semana, tendo como motivação a noite europeia de amanhã, relembra o primeiro golo dos 3 com que o FCP despachou o Viktovice (equipa donde veio o VLK) e deu a reviravolta na segunda eliminatória (tinha perdido por uma bola sem resposta na primeira mão na então Checoslováquia) da caminhada vitoriosa do FCP à conquista da Taça dos Campeões Europeus em 1987... Trata-se do primeiro jogo europeu nas Antas após o rebaixamento do estádio...



Outras Notas...
- Grande jogada de Jaime Magalhães no único golo que deu para ver e entrada à ponta de lança de André...
- Estádio praticamente cheio... e era apenas a segunda eliminatória da Taça dos Campeões Europeus...
- As inesquecíveis arrancadas de Futre (embora esta não tenha dado em nada)...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Quantos meses para Bernabé?

Comecem por ler a notícia aqui.

Depois perguntem quantos meses vamos ficar a ver a águia Vitória a ser orientada da bancada por Bernabé. Tirem da cabeça qualquer semelhança na polémica dos stewards com Hulk e Sapunaru, é que desta vez os stewards podiam realmente estar ali e ainda por cima não provocaram o tratador da águia!

Bernabé ainda por cima assume que agrediu os stewards à frente de crianças carenciadas, nem quero imaginar os meses que vai ficar sem pisar o relvado... e que raio de águia é esta que vê o homem que lhe dá de comer a ser espancado e só quer fugir dali e voar pelo estádio? Nota-se que é do mesmo clube que ameaça não participar na Taça da Liga ou não comparecer a jogos se não forem tratados com carinho...

Orçamento Limiano


Escusam de estar a tentar encontrar uma grande relação entre o episódio da aprovação do Orçamento Liminano com o conteúdo do presente post. A única relação é que vou falar de finanças e do jogo com os Limianos...

Comecemos pelas finanças. Este negócio que envolve 3 passes de jogadores e 3 empresas de quem ninguém ouviu falar e cujos sócios ou financiadores desconhecemos por completo, só pode deixar os portistas preocupados. Porque razão estamos tão necessitados de liquidez? E logo no início da época? São quase 9 milhões de euros encaixados! Já sei que a falta do dinheiro da Champions League é um dos motivos, mas para isso não serviu a venda de dois dos nossos melhores jogadores, Raul Meireles e Bruno Alves? Já agora façam as contas e descubram que, pelo preço de venda desta % do passe, nestes poucos meses João Moutinho não valorizou absolutamente nada. São os mesmo 11 milhões. Estranho, não é? Até já é jogador de selecção... Poderá ser pelos 25% que o Sporting mantém numa eventual mais valia. Mas continuo a achar que a gestão financeira do clube está muito aquém da gestão desportiva.

Quanto ao jogo até nem correu mal. Temos mais um avançado motivado. Não se lhe pode pedir melhor que isto. Bem de costas para a baliza e letal nas poucas oportunidades que teve. Temos também um defesa esquerdo que até poderá servir para descansarmos o Alvaro nos jogos em casa. Temos ainda a opção de Ukra com lateral direito avançado para tentar resolver os jogos mais complicados. Pena que logo na primeira jogada em que se fez este teste se tenha sofrido golo. Acredito que com Sapunaru em campo não o sofreríamos mas percebo que o resultado já dava para fazer testes. De resto, o costume. Continuo a gostar da evolução de Guarín e Souza e a não gostar do que tenho visto de Ruben. Otamenti confirmou no golo porque ainda não é titular. Pelo sim pelo não metemos Hulk e Varela mas ainda deu para ver qualquer coisa do James Rodriguez que chegou mesmo a marcar num lance inacreditavelmente anulado.

Último destaque para a boa casa no Dragão. 40 mil pessoas. Não está mal e prova que o preço dos bilhetes é mesmo importante. Também ajudou o facto de terem lá estado milhares de adeptos do Liminanos. Em suma, tivemos a festa da Taça.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Segunda linha

Há quem defenda que nestes jogos se deve ter em campo uma ou duas peças nucleares para ajudar a desequilibrar o jogo. Eu até acho que as nossas segundas linhas são mais fortes este ano e, como tal, diria que bastará ter Hulk no banco como garantia. O resto será o seguinte:

Beto; Sapunaru, Otamendi, Sereno e Rafa; Souza, Guarín, Rúben e Rodriguez; Walter e Ukra.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Blind?

 
O comunicado da SAD era claro quanto ao programa Trio de Ataque: «... o FC Porto não apoiará qualquer sócio ou adepto que venha a ser enquadrado como representante do clube, nem lhe prestará qualquer tipo de informação, pelo que todas as suas posições serão sempre pessoais.».

Será que o Miguel não leu? Não. Simplesmente pensou (e normalmente os nossos comentadores têm pensamento próprio) e decidiu ignorar. O comunicado em si é estranho e precipitado. Não apoiam ou prestam informação? E antes prestavam? Óbvio que não e portanto ficará tudo na mesma... Mas percebe-se a intenção. A ideia era deixá-los a falar sozinhos. Mas será que isso vale a pena?  Que resultados temos tido nos últimos tempos com esta atitude? Se o conteúdo editorial do programa é assim tão grave, não vale a pena ter lá um representante com capacidade para desmontar e contraditar em directo um dos ministros da propaganda benfiquista? O mesmo se põe em relação ao jornal A Bola. O conteúdo é normalmente execrável, mas lá pelo meio temos opinião portista por Rui Moreira e Miguel Sousa Tavares. Quereriam que o comentário portista se cingisse ao minúsculo Porto Canal e ao jornal O Jogo? Errado! As nossas opiniões e posições não são para passar só aos portistas. Há que desafiar a lógica da propaganda do nosso adversário e até pode ser que se ponha alguns a pensar. (os que ainda têm essa faculdade...) A atitude de Rui Moreira é pessoal e louvável mas não obteve efeitos nenhuns. O programa continuaria sempre com o cineasta senil e com um representante do FCPorto. Sendo assim prefiro o Miguel Guedes que tem sido, na minha opinião o nosso melhor representante nos últimos anos. Tem é um problema. Ao entrar depois deste episódio, quando confrontado com mais uma daquelas as sessões de vómito do cineasta, ou sai, ou responde à letra largando a sua postura que, habitualmente, é politicamente correcta.

Mais um episódio numa política de comunicação que é fraca por ser simplesmente virada para dentro. O que nos vai valendo é que temos um treinador como Villas-Boas que vai, brilhantemente e com uma paciência de santo, pregando as nossas verdades...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

A Festa da Taça...

... está de volta no próximo Sábado no Dragão! Aproveitamos esta boleia para recuperar alguns vídeos já postados no blogue, mas que ficaram repentinamente indisponíveis e daí a necessidade de os voltar a carregar...

Recuamos 22 anos para recordar uma goleada de mão cheia no Estádio das Antas contra o Samora Correia, agora pelos distritais da Associação de Futebol de Santarém...

No vídeo dá para recordar jogadores como Vermelhinho ou Casagrande, estrela brasileira, que esteve presente no Mundial do México 86, mas que apesar de não singrar no FCP, sagrou-se, mesmo assim, Campeão Europeu pelo nosso clube...

Agora é recordar...



Notas:

- O Casagrande tinha muito jeito para lances acrobáticos, mas parece que não tinha muito jeito para acertar na bola...
- O primeiro golo de Vermelhilho de trivela...
- As correrias de Laureta na ala esquerda... parecia ser daqueles laterais bons, mas mais a atacar...
- Celso, um central, a brincar dentro da área adversária...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Piqué ensina a ser gay...


"De acordo com a revista espanhola "Cuore", a relação de Shakira com a Copa do Mundo não ficou só na música "Waka Waka", que tocava centenas de vezes por dia na África do Sul: a cantora colombiana estaria tendo um caso com o zagueiro espanhol Piqué, campeão com a Fúria.
A publicação, especializada em fofocas, colocou a foto dos dois na capa e a informação que o casal passou algumas noites junto em Ibiza. Mesmo hospedado em outro local na cidade, Piqué foi flagrado saindo de manhã do hotel de Shakira, que passou pela portaria duas horas depois. A revista não traz nenhuma foto dos dois juntos, mas afirma que eles se conheceram em Ibiza e que Piqué foi visto entrando no quarto da colombiana."
(Globo)


Resta saber se Ibrahimovic ficou com ciúmes...

domingo, 10 de outubro de 2010

Incendiários

Já sei que é difícil para nós portistas levar esta gente a sério. Mesmo a mourada terá dificuldade em acreditar que o Benfica não virá ao Dragão. É mais uma daquelas coisas que Luís Filipe Vieira vai dizendo para encher capas do jornal A Bola e que ninguém leva a sério a não ser os acéfalos do seu próprio clube. Caso contrário já teria regressado ao negócio dos pneus e 'afins' há uns aninhos, visto que a meta dos 300 mil sócios não está muito perto. Poderia até dizer que são afirmações ridículas e caricatas... Estranho é que o Ministro da Administração Interna receba, numa das semanas mais difíceis que algum governo viveu no Portugal Democrático, uma delegação do Benfica para ouvir a choradeira do costume: «Sr. Ministro os outros meninos são maus e batem-me!». Não há necessidade. Podiam ter combinado isso para o fim de um jogo qualquer no estádio da Luz. Ou julgam que não temos olhos na cara e que não sabemos que Rui Pereira já foi membro dos órgãos sociais desse clube ou que fez parte da comissão de honra da candidatura de Luís Filipe Vieira?

Mas não consigo esconder. Esta conversa incomoda-me. Tenho pena que o autocarro seja apedrejado e não tenho nenhum apreço pelos atrasados mentais que se escondem nas pontes e atrás do arbustos para a execução destes grandes actos de coragem. Mas há episódios vergonhosos dos dois lados e não suporto as diferenças de destaque na imprensa. Sou até capaz de arriscar que os episódios mais graves aconteceram do lado de lá. Ou haverá noticias de agressões ao presidente do Benfica? Autocarros incendiados? Atletas em coma no hospital? Mas como é óbvio isto nem é grande argumento. Isto é sempre condenável venha de onde vier. 

Fulcral é saber o que fazem as Direcções para apaziguar os ânimos. A nossa pouco faz, convenhamos. Mas a direcção do Benfica tem tido, ao longo dos últimos anos, um comportamento absolutamente vergonhoso! Nunca uma direcção do Benfica teve um comportamento tão instigador ao antagonismo e ao ódio dos adeptos portistas. Ora comecemos a enumerar episódios a título de exemplo:
- Patrocinam uma vendetta pessoal de uma ex-companheira do nosso Presidente tendo tal resultado num livro e num filme realizado por João Botelho e escrito pelo seu marido Leonor Pinhão. 
- Patrocinam e manipulam a incidência do Apito Dourado à volta do FCPorto e do seu presidente;
- Patrocinam e instigam a condenação do FCPorto através do processo Apito Final;
- Utilizam uma decisão do Apito Final que não era definitiva numa queixa à UEFA com o intuito de tirar o FCPorto da Champions League ;
- Mantém o apoio a claques não legalizadas;
- Mantém um constante discurso de desvalorização e de associação dos sucessos do FCPorto a actos obscuros e corruptos.

São apenas meia dúzia de atitudes vergonhosas e incendiárias que fazem com que esta pose de 'virgens ofendidas' só convença quem queira ser convencido... Poderá parecer politicamente incorrecto mas nem todos temos a capacidade de reagir a isto da melhor maneira. Eu escrevo num blog, outros lamentavelmente atiram bolas de golfe. Mas que estas atitudes sirvam para a reflexão sobre os verdadeiros incendiários. Reflexão que é fundamental e que não vi feita em lado nenhum.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Compromisso pela Vitória...

Em momento de pausa futebolística, apenas para relembrar a dimensão do nosso clube...

Winning Since 1893...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

3 em 1

Boa, a capa de hoje do jornal O Jogo. Só aqui tiro 3 rapidinhas. Querem ver?

«Villas-Boas ridículo e caricato» Presumo que Luís Filipe Vieira tenha noção do significado destas palavras. Aprecio a evolução. Começo a acreditar nas potencialidades do Programa Novas Oportunidades...

 «Di Maria aprendeu muito comigo» De facto as relações com Jorge Jesus são para toda a vida... Já sabemos que o Braga Europeu vai ter sempre o dedo de Jesus. Ficamos a saber que vai ser também responsável por tudo o que o Di Maria fizer nos próximos 10 anos. 

«Izmailov provoca onda de choque» Então ele resolve abrir o livro antes de lhe abrirem o joelho? Cheira a infecção pós-operatória...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Murro na mesa


Rui Moreira cansou-se de assistir à propaganda de António Pedro Vasconcelos e abandonou ontem o programa Trio d'Ataque quando este mais uma vez apresentava a tese do seu clube sobre Justiça. Já todos a conhecemos e de facto é difícil conter o vómito quando ouvimos estas baboseiras mais uma vez. Viva a justiça que permite que se prenda antes de investigar, viva a justiça que permite escutas como ponto de partida de uma investigação, viva a justiça que permite que peças processuais vão parar primeiro aos jornais e depois ao youtube. Esta é a justiça que eles gostam: a da praça pública onde têm o seu rebanho de gente sedente pelo derramar de um pingo de dúvida sobre o sucesso de quem trabalha para ser o melhor. A outra justiça, a que decide contra a doutrina pregada pela instituição, essa é assustadora e imprópria de um Estado de Direito por muito que se baseie nas leis que o fundaram e que o sustentam. 
Sinceramente só me admira que tenha lá durado tanto tempo... Que fique a falar sozinho. Fica o link para quem não viu:


Para terminar, só fica bem reconhecer o erro. Villas Boas emendou o que disse e julgo que com isso reconheceu que não foi pelo árbitro que empatámos em Guimarães. Mas atenção que empatámos, não perdemos! Revejam lá o conceito de invencibilidade...

FRASE DA SEMANA

E a frase da semana é...

«JÁ ESTAMOS EM SEGUNDO E "SÓ" A 7 PONTOS DO FCPORTO!!!!»

Isto, ao fim de 8 jornadas é anedótico!

A alegria desta gente por, ao fim de 8 jogos, estar em segundo lugar e a 7 pontos do primeiro, quando são os campeões em título é de bradar aos céus!!!!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Todos ao Dragão e depois a Coimbra!


Vamos fazer um paralelismo entre clubes que foram prejudicados por arbitragens, em Guimarães, nesta época. Não vou discutir a gravidade das decisões. Não vou dizer se o primeiro amarelo do Fucile é justo ou se há falta nesse lance, ou se o penalti sobre Carlos Martins é evidente, ou se Falcao está em jogo quando se isola em altura crucial do jogo, etc. Até porque nenhum dos meus comentários sobre estes lances seria favorável ao Guimarães. A verdade é que uns entram num berreiro e aconselham os adeptos a não apoiarem a equipa nos jogos fora de casa. Pois eu aconselho exactamente o contrário. A equipa precisa da nossa voz! Os adeptos estão com esta grande equipa que vemos a crescer a cada vitória e, no caso de ontem, a cada empate. Todos ao Dragão! Todos a Coimbra! Depois encontramo-nos com os nossos velhos conhecidos, mas vai ser dentro de campo. Eu sei que eles preferem os gabinetes do Ministério da Administração Interna, o youtube, os túneis ou os gabinetes dos Ricardos Costas ou dos Cunhas Leias. Mas por vezes, o futebol decide-se dentro das quatro linhas. Eu sei que pode parecer um sacrilégio para os saudosistas dos tempos da TV a preto e branco, mas às vezes acontece...

Quanto ao jogo de ontem. Não deixa de ser uma valiosa lição para os nossos jovens plantel e treinador: não basta ser melhor! Temos de ser muito melhores! E é isso que teremos de ter em mente nos próximos jogos, nomeadamente os jogos fora de casa. Óptimo exemplo de como se pode perder o controlo de um jogo em que somos claramente superiores. Começamos fortes com várias oportunidades de golo controlando um adversário difícil. De repente um contra-ataque descontextualizado, grande oportunidade para o Guimarães e... Ufa! Trememos por uns minutos mas recuperámos e marcámos embalados no génio de Hulk. Mantemos o controlo do jogo, vamos criando novas oportunidades e tudo corre bem até que, um misto de passe e alívio de um defesa adversário encontra um jogador nas costas da nossa defesa. Má abordagem de Fucile e golo (ainda não me convenci que não há mão neste lance. Aguardo sentado uma repetição em termos). E aí temos problemas. Mas a culpa é só do defesa que falhou no lance? Não. Óbvio que, jogando em casa de um candidato à Europa, temos de ser mais eficazes. Em primeiro lugar porque são equipas que podem num acaso causar problemas. E além disso, não convém esquecer que a nossa defesa é claramente o pior sector da equipa. Ontem foi Fucile o vilão. Mas acho que poderia ter sido Maicon, Rolando, Otamendi, Palito ou Sapunaru. O problema não é individual. Ainda não defendemos bem e isso inclui toda equipa e não apenas os defesas. E sendo assim, para já, o ataque tem de compensar, caso contrário teremos resultados como este: desadequado.

Posto isto, vamos à avaliação individual. Quem lê estas minhas crónicas tem notado na minha embirrância com o Sapunaru. Melhor: a preferência por Fucile. É óbvio que pior exibição de Fucile que a de ontem, só vi uma vez em Londres. Nem é tanto o golo do Guimarães onde é ultrapassado de uma maneira bizarra. O problema é que nem defendeu bem, nem ajudou o ataque em condições. Pior, entrou em parafuso depois do erro no golo adversário e só acabou quando foi justamente expulso. É óbvio que acho o primeiro amarelo injusto, mas o segundo... Este Fucile merece o banco, já! Isto enquanto não demonstrar em campo que é melhor jogador que a concorrência, e eu até continuo a achar que é. Venha a alternativa, por muito insatisfatória que seja. No resto, julgo que a equipa esteve bem até ao último toque. A excepção será mais uma vez a entrada de Rúben que foi o único suplente que nada acrescentou. As substituições foram conservadoras mas até empurraram a equipa para a frente. O meu MVP não foi Hulk apesar do golaço que marcou. Isto porque gosto dos jogadores que sobressaem na altura do aperto. E nessa altura sobressaiu Rolando. Grande coração quando teve de fazer de lateral e central. Este Rolando não perderá o lugar no centro da defesa. De resto o costume: Moutinho, Falcao, Varela e Hulk. Belluschi está menos exuberante, mas continua a aparecer em grande parte dos lances de perigo da equipa. Todos eles estiveram bem na construção e mal na finalização.

Por último, gostaria de falar das declarações de Villas Boas. Haverá gente que dirá que foram precipitadas  e que entrou por caminhos que nós recentemente consideramos ridículos, quando tomados pelos milhafres. Mas convém não esquecer os antecedentes deste jogo. O destaque dado a um jogo recente nesse mesmo estádio, o berreiro que se seguiu, a nomeação cirúrgica de Carlos Xistra... É pena que se tenha destacado um lance que foi acompanhado apenas por uma câmara. Azar. Logo na altura em que todos os outros câmaras estavam a competir para ver que encontrava o melhor decote na bancada... Assim até parece que o tipo está a arranjar desculpas... Conveniente. Perguntarão se acho que ele fez bem ao vir falar da arbitragem logo depois do primeiro resultado adverso. Responderei que eu não faria assim. Mencionava mas não lhe daria o destaque principal. Se compreendo? Óbvio que sim! Não podemos, por um lado, achar piada à vivacidade e ao facto que Villas Boas responder a tudo sem tabus e depois pedir-lhe que seja comedido quando falar de um árbitro que nos prejudica. Coerência, senhores... Agora, convinha destacar a falta de eficácia da equipa, mesmo com dez jogadores.

Vem aí mais um período longo sem futebol de alto nível. Toca a puxar pela imaginação para entreter os nossos visitantes. E são cada vez mais. Assim vale a pena! Quando comemorarmos as 150 mil visitas apareceremos com uma nova face. Fica a promessa.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

MAIS UMA VEZ...


... o elogio óbvio tem de vir de fora!

Se o feito é portista, todo e qualquer elogio ou reconhecimento tem de ter origem externa.

Este burgo sofre demais com os nossos feitos!

Desta vez, quem nos mima é uma publicação desconhecida em todo mundo... um tal de "The Wall Street Journal".

Conhecem? :)

Parabéns André!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Receita anti-birra



Não é que não faça falta. Mas o respeito pelos colegas é bom e recomenda-se... Como são 100 milhões que vale, se calhar é melhor dar-lhe dois cobertores. Não vá constipar-se...

Quanto ao jogo, são só mais 3 pontos que nos deixam numa posição muito boa para passar à fase seguinte. Coisa normal! Até já estamos habituamos. A conta já vai em 21... É obra. Villas-Boas  planeou ganhar tudo até à primeira pausa para as selecções. Se calhar ainda consegue ganhar tudo até à segunda... Outra coisa vulgar foi a forma como vencemos. Não pareceu ser preciso grande esforço. Podíamos ter sofrido. Mas também parecíamos capazes de marcar se necessário. Normal...

Mesmo importante era a análise aos jogadores que tiveram mais minutos. Vamos a isso. Otamendi não entra de caras no onze. Vê-se pormenores interessantes nomeadamente um bom timing de ataque à bola. Mas também se vê erros na saída. Eu mantinha a dupla Maicon-Rolando. Por muito que essa dupla também não me mantenha descansado. Aliás estou admirado como foi possível sofrer tão poucos golos. Outro ponto de interesse era o Souza. Há quem ache que deveria desde já tirar o lugar a Fernando. Miguel Sousa Tavares  é um deles. É até engraçado que de todas as suas opiniões sobre a equipa do FCPorto, que põe no seu artigo desta semana, não concordo com nenhuma. Pois eu acho que o Fernando deste ano é muito difícil de substituir. Nem que tivéssemos 20 milhões para ir ao mercado. São opiniões... Se calhar por isso é que Souza ainda não me agrada por completo. Mas é claramente uma melhor segunda linha que as anteriores. Vimos também mais um pouco de Walter. Jogou mais na queima de tempo que noutra coisa. Mas já se viu alguns pormenores de sustentação de bola. Falta saber se consegue ganhar velocidade com aquele corpanzil todo.

Quanto aos outros, muito importante o regresso de Falcao aos golos. Hulk fez mais um daqueles jogos sofríveis em que faz só uma assistência para golo... Destaco mais uma vez João Moutinho. Claramente o jogador em melhor forma no plantel. Rodriguez parece que já poderá passar a ser opção regular em jogos em que a dupla Varela e Hulk pareça demasiado ofensiva. Guarin também parece ser capaz de abanar os jogos a partir do banco. Lá atrás, tudo na mesma. Muita sorte chegarmos a esta altura com tão poucos golos sofridos. Que tremideira! E desta vez Helton juntou-se à festa com uma saída de doidos. O que vale é que normalmente produzimos ofensivamente o suficiente para compensar. Mas nem sempre corre assim tão bem. Ontem, por exemplo, só marcámos uma das 10 oportunidades claras de golo que criámos. Um deslize poderia ter complicado a coisa. 

Mas em Guimarães o importante é marcar muito. Boa equipa, com ataque temível, mas com uma defesa permeável pelos flancos e com um meio-campo algo envelhecido no miolo.

Equipa para Guimarães:

Helton; Fucile, Rolando, Maicon e Palito; Fernando, Moutinho e Belluschi; Rodriguez, Varela e Falcao.