Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

O LOBO MÍOPE DIZ... BAFETIMBI GOMIS

Imagem
Depois de uma estreia em cheio, com as sugestões Marc Janko (voltou a marcar este fim de semana, no regresso da Liga Austríaca - contínua a ser uma bela aquisição e perfeitamente ao nosso alcance) e Rossina, fiz uma comparação directa entre os modelos de gestão do FCP e do Lyon.

Hoje, volto a sugerir potenciais reforços para a nossa equipa.
Bafetimbi Gomis é um jogador que me enche as medidas há 2 anos e é um jogador que eu julgava que, a esta hora, já estaria fora do AS Saint Ettiene, sobretudo, após a chamada ao Euro 2008.
Conhecido como o "novo Drogba", Gomis tem apenas 23 anos e já conta mais de 130 jogos pelo Saint Ettiene, onde já marcou 32 golos. Pela selecção francesa, tem 4 internacionalizações A e 2 golos, curiosamente, marcados na estreia... facto só alcançado por Zizou!




Tous les buts de bafé gomis
Enviado por allezlesverts42

É, de facto, um jogador à imagem do menino bonito do Zé Mourinho. Tem 1,84 e é bastante forte e veloz.
No entanto, joga numa equipa fraquissima, on…

Prato do Dia: FRANGO À HÉLTON COM MOLHO DE DESPERDICIO

Imagem
Mais um belo quase! Podíamos estar a fazer contas aos quartos de final e ainda teremos 90' de sofrimento no Dragão.

Vou começar a análise pelo adversário. Mas que banda de música era aquela?? É aquela a equipa que o Paulo Assunção diz ser melhor que o FC Porto??? É para aquela equipa que o Lucho queria ir jogar?!?!?! Credo!!! Nunca vi uma equipa tão fraca nos 1/8s da Champions League.
Eles não jogam (ou não jogaram) nadinha!!! Vale-lhes o Fórlan, o Kun e o Maxi! De resto, não queria nenhum, nem dado! A defesa está ao nível da nossa Liga Vitalis e o centro do meio-campo é o que é... um Paulo "Ingrato" Assunção no seu jogo posicional e um Raúl Garcia que deve valer meio Bolatti!
O nosso FCPorto, em mais um equívoco, do nosso querido treinador, realizou, porventura, a exibição mais espectacular da época! Falhámos um horror de golos e disso ele não tem culpa (directa)! Menos culpa tem do frango do Hélton que, mesmo assim, é bem melhor que o Nuno Espirito Santo.
O jogo começou co…

Que curioso... Colchoneros!

Imagem
Não estranhem a rubrica a uma segunda-feira, teve que ser antecipada um dia porque dentro de poucas horas tenho vôo para Madrid para assistir in loco os próximos tetra-campeões... e o Lamas já me avisou que tenho de fazer equipa para a Champions League, portanto muitas coisas pela frente!

A ida a Madrid já não me sai da cabeça há alguns dias, daí não estranhar que uma das curiosidades que me passou pela cabeça recentemente foi o apelido de ‘Colchoneros’ com que os adeptos do Atlético de Madrid são conhecidos.

Vamos recuar um pouco na história do nosso adversário porque vim a descobrir, imaginem só, que nos primeiros anos de vida deste clube a camisola era... azul-e-branca! Bem, o ‘Atleti’ foi fundado a 26 de Abril de 1903 por um grupo de estudantes bascos que residiam em Madrid e funcionou como filial do Athletic de Bilbau. No início do século, estavam em voga as relações comerciais marítimas entre o agora País Basco e a Inglaterra e, talvez, o bom-gosto dos bascos levou-os a optar pela…

Três Pontos

Imagem
É o mais importante do jogo de ontem. Aproveitando o lanço decidi também eu dividir a minha crónica em três pontos.

Primeiro é de destacar a sexta vitória consecutiva, fora de casa . Tal desempenho permitiu-nos numa primeira fase recuperar do fatídico mês de Outubro e agora começa a contribuir para que possamos cavar um fosso mais confortável para os adversários directos. Esta é também importante visto que nos permite assistir ao derby da capital do império com algum descanso. Descanso que não conseguimos ter durante um jogo do FCPorto. Mais uma vez, jogamos os 30 minutinhos da praxe. Jesualdo diz a esse propósito que nenhuma equipa aguenta manter a mesma intensidade dos primeiros 30 minutos que apresentamos ontem. Pode ser. Mas o que não podemos é passar de um completo controlo do jogo para um último quarto de hora em que não temos controlo absolutamente nenhum. Julgo até que o azar que temos tido na finalização nos momentos em que controlamos o jogo, tem sido compensado com a sorte …

Já cá cantam...

Imagem
Juntamente com os bilhetes vem a planta do Estádio Vicente Calderon e de parte da cidade e uma série de avisos: um deles é para não passar na parte sul do estádio porque é onde se concentram os Ultras do Atlético... Medo... Muito Medo... :-)

Estamos Lá...

O Lobo Míope abre o jogo...

Imagem
Na semana de estreia desta crónica semanal sugerimos dois potenciais reforços para o nosso F.C. Porto. Marc Janko e Alessandro Rosina.

Obviamente, trata-se de dois nomes apetecíveis para todos os grandes clubes europeus e, portanto, de difícil alcance para o nosso clube.

Tal, aborreceu-me, na medida em que, apesar de concordar, plenamente, que é difícil ombrear com os tubarões ricos na Europa do Futebol, estou convencido que difícil não é sinónimo de impossível. E, para suportar esta minha convicção, bastam dois nomes: Luís Fabiano e Diego.
Eram (e são) jogadores da selecção principal Brasileira! Ora, qualquer jogador que seja, frequentemente, convocado para a selecção principal brasileira (excepto o Luisão!), é um jogador com lugar em qualquer plantel deste mundo! Nós tivemos e desaproveitamos dois deles. O que me importa discutir aqui não são os motivos que conduziram ao fracasso destes dois meninos na nossa equipa mas sim a nossa capacidade de os contratar!

Nesse sentido, decidi fazer …

Ich War Da...

Na sequência de um salutar debate pela dificuldade de aquisição de bilhetes para o jogo da próxima terça em Madrid para a Champions, envolvendo alguns dos membros do nosso blogue, recordo uma reportagem que fará 5 anos em Maio deste ano...

Depois de uma derrota muito custosa na Final da Taça de Portugal de 2004, muitos foram aqueles que se aventuram em acampar em frente ao Dragão para obter o bilhete milagroso para assistir à final da Champions desse ano... a reportagem recorda isso mesmo e mostra algumas caras conhecidas do nosso blogue...



Notas...

- Vi a final da Taça com o Prata... pouco tempo depois fomos para o Dragão com o Pis... penso que comemos algo no Mac e depois de marcarmos o nosso nome no caderninho daqueles senhor da reportagem, ainda fomos jogar ISS para casa do Prata (qual PES quais carapuça)... Depois não arriscamos mais... e passamos uma noite mal dormida ao relento no Dragão... Bilhetes nem vê-los, nem previsão de venda... mas o acumular inacreditável de pessoas foi a…

Que curioso... El Tecla!

Imagem
Semana de júbilo para o nosso avançado, e se queremos contar algumas curiosidades sobre este menino há que aproveitar estas oportunidades já que rareiam tanto!

Contudo, o passado recente deste jogador não fazia prever um insucesso ou descontentamento tão grande nos adeptos portistas, ele tem, talvez, mais créditos firmados na Argentina que o próprio Lisandro, mas parece que a raça tão característica daquele país não atinge todos da mesma forma.

Vamos começar por aquelas curiosidades que só o Hélder Conduto sabe: Ernesto António Farías nasceu a 29 de Maio de 1980 em Trenque Lauquen, pequena cidade de 40.000 habitantes a 400 km de Buenos Aires, e estreou-se no Torneo Clausura pelos Estudiantes de La Plata a 10 de Maio de 1998, ou seja, prestes a completar 18 anos. O ponto alto aconteceria no Torneo Apertura de 2003 quando se consagrou o máximo goleador com 12 golos, as boas prestações levaram-no para Itália – Palermo – em 2004, quando já contava com 95 golos ao serviço daquele clube arge…

Tinham pedido um banco forte?

Imagem
Poderia optar no título pelo o trocadilho fácil com o nome do MVP de ontem e com o verbo fazer. Não poderão esperar essas brejeirices da minha parte. Seria demasiado óbvio e não o Faria. Prefiro antes pegar na questão do banco. Na semana passada muitos foram os que deram uma importância muito grande à falta no banco, sobretudo de opções ofensivas, sobretudo quando comparado com o do Benfica. Eu preferi falar da falta de intensidade que manifestamos a espaços e da fraca gestão de ritmos de jogo que temos tido. É óbvio que é problemático precisar de abanar o jogo numa partida em casa e ter apenas um avançado e um extremo no banco. Pior ainda se forem os patinhos feios dos adeptos. Ora Jesualdo percebeu isso e resolveu fazer a vontade a esses adeptos: «Queriam um bom banco de suplentes? Cá Têm!» Tínhamos um banco com Guarín, Tommy Costa, Lisandro e Rodriguez. Quem dera a muitos. Pena é que o jogo era para ganhar. Pena que o problema maior não seja a falta de banco… Pena sobretudo, que co…

O Lobo Míope à caça de pérolas

Imagem
Esta semana estreamos uma nova rubrica neste maravilhoso espaço cibernético dedicado, sobretudo, aos portistas mas, também, a todos os outros adeptos de outros clubes que querem perceber o que é amar o Porto, viver o Porto, sentir o Porto, etc, etc, etc. No fundo, o que importa é o FC Porto!
O objectivo desta rubrica é fazer uma prospecção de eventuais reforços para a equipa de futebol que tanto nos apaixona.
Sou um leigo mas adoro futebol e confesso que, na minha opinião, há todo um conjunto de jogadores que pegariam de estaca na nossa equipa. Outros há que podem ser boas alternativas a médio prazo.
Assim, nesta primeira aparição sugiro-vos dois nomes que vêm despontando no futebol europeu.
O primeiro, chama-se Marc Janko, é ponta-de-lança e joga no Red Bull Salzburg, da Áustria. Marc Janko tem 25 anos, estando, ainda, na fase ascendente da sua carreira. Mede 1,96m mas não deixa de ser um atleta que sabe tratar bem a redondinha com ambos os pés, sendo fortíssimo no jogo aério. Esta época,…

O Raspanete de Robson...

Aliando o clássico da semana à homenagem a Fernando Couto, recordamos hoje um episódio histórico ligado ao central natural de Espinho e, segundo Bobby Robson, intimamente relacionado com o desfecho do Benfica - FC Porto da época 1993/94... são imagens que estavam bem vivas na minha memória e que poderão ser agora recordadas...



Notas...

- O FCP perdeu por duas bolas a zero e ficou quase impossibilitado de chegar ao título...

- Era praí o segundo ou terceiro jogo de Bobby Robson no FCP e foi marcante... seguiram-se dois títulos de campeão nacional que marcaram o início do penta...

- A conferência de imprensa está extraordinária... a energia de Robson... a maneira aberta com que encara os jornalistas... o português de Robson... uma recordação fantástica...

- A cara de João Pinto à beira de Robson também é fantástica... na altura não sabiam focar quem estava a ser entrevistado?

- Discurso esquisito, aquele do Toni...

Que curioso... Fernando Couto!

Imagem
Na sequência duma certa ‘pressão positiva’ exercida por um dos basculantes, a curiosidade desta semana vai para Fernando Couto cujo terminus de carreira a muitos passou ao lado e assim, de certa forma, o basculacao.blogspot.com presta a sua homenagem a um carismático jogador do nosso clube que ainda no último Domingo viu o clássico junto de Vítor Baía.

Desde já, devemos prestar a devida vénia ao site não oficial www. Fernandocouto.com onde podemos encontrar tudo sobre o ex-jogador e cuja mensagem muito nos diz: Força, talento, raça, integridade, coragem, carisma, humildade. Por tudo isto e muito mais este site é dedicado a Fernando Couto.

Podemos começar pelo palmarés: por entre 8 troféus conquistados com a camisola azul-e-branca, o nosso Fernando conquistou 20 Taças, das quais não nos podemos esquecer do Campeonato do Mundo de Riade, Taças das Taças e até uma Taça Uefa. Aliás, foi Campeão e venceu a Taça em todos os países por onde passou: Portugal, Espanha e Itália.

Recuando um pouco …

Intensidade

Imagem
O estudo da intensidade foi celebrizado pelo grande portista Pôncio Monteiro quando participava como comentador num programa semanal de debate sobre futebol (desde então não voltamos a ter um representante tão bom em programas do género). Mas não é dessa intensidade que falo. Não foi a intensidade com que Yebda tentou impedir Lisandro de prosseguir o lance que decidiu o jogo. O que decidiu o jogo foi a quebra de intensidade no nosso jogo nos últimos 10 minutos da primeira parte. É esse o factor preocupante do jogo de ontem. Foi isso que equilibrou um jogo que não devia ter sido equilibrado. A diferença entre os onze que entraram em campo devia ser maior. Os nossos jogadores tinham a responsabilidade de provar isso e não o conseguiram. Mais próximo do fim do jogo o mesmo problema. O empate deveria ter sido um tónico para atacar o resultado com vigor. Pois deu até a ideia que foi antes um alívio... É isso que me custa no jogo de ontem e que me deixa apreensivo para o que aí vem e nem é …

Prefiro Super Bock…

Imagem
Tal como já aqui vinha dizendo, a nossa segunda linha está muito longe da primeira. Mas provavelmente, só quando os virmos incluídos numa equipa que inclua alguns dos nossos melhores jogadores ficaremos com uma melhor ideia do seu valor tal como aconteceu com Tommy Costa, Guarín e mais recentemente Mariano e Stepanov. Mas não era esse o objectivo. Esta competição foi encarada como meio para dar minutos aos menos utilizados e isso foi planeado, previamente assumido e executado. Mas esta estratégia não pode nunca implicar desresponsabilização destes jogadores. A goleada em Alvalade tem que lhes ser posta como um exemplo do que não acontece ao FCPorto. Os níveis de exigência são bem mais altos. E se para eles isso não estava claro, ou não têm mentalidade para pertencer ao plantel ou não têm um treinador à altura. Apesar de acreditar nos dois cenários, prefiro atribuir 90% da incidência ao primeiro. Mais que a goleada fica a atitude muito fraca na segunda parte e uma equipa onde apenas Ma…

Estreias em Alvalade...

Em noite de muitas estreais em Alvalade, recordamos uma outra no antigo Estádio José de Alvalade... Recuamos 12 anos e vemos António Oliveira a lançar num clássico a "teoricamente" última opção dos guardas-redes do FCP dessa época... o seu nome é Hilário e ainda no ano passado jogou os dois jogos do Chelsea contra o Barcelona para a Liga dos Campeões... A sua carreira no FCP ficará sempre ligada à infeliz prestação em Manchester quando o FCP foi goleado por 4-0 nos quartos-de-final da Champions... precisamente nesta época... não fosse esse jogo e talvez tivesse ido mais longe...



Notas:

- O resumo está um bocado ranhoso com os comentários do Miguel Prates no momento em que visualizava as imagens...

- O passe de Barroso para Paulinho Santos no momento que antecede o golo do FCP tem muita qualidade...

- A reacção de Zahovic após o quase melhor golo da noite...

- A equipa do Sporting é mais ao menos aquela que representou Portugal no torneio Indoor de Legends realizado este fim de se…

Que curioso... uma coroa de flores para Pepe!

Imagem
Estava a ver o último jogo do Porto com alguns familiares quando dá a imagem do Bruno Alves e o Lucho a depositar uma coroa de flores junto duma estátua (mais tarde vim a saber que é um mausoléu) e perguntei porque raio o Porto faz aquilo e quem era aquele jogador. Só o meu pai me disse que era o Pepe mas não soube acrescentar mais nada. Morreu num jogo contra o Porto? Jogou no Porto? Marcou muitos golos ao Benfica? Esta curiosidade aliada à pressão positiva do Lamas levou-me a visitar a biblioteca virtual e fiquei, de facto, fascinado com a história de José Manuel Soares, mais conhecido por Pepe.

Estamos em Outubro de 1931, Pepe tinha então 23 anos, o episódio é descrito como dos mais tristes da vida desportiva em Portugal e Lisboa parou para prestar a última homenagem ao jovem jogador. Não há consenso sobre a causa da morte, uns dizem que morreu por carências alimentares, outros por envenenamento, outros por suicídio (Pepe tinha noiva, mas como qualquer jogador que se preze também um…