sábado, 31 de julho de 2010

Ainda sou do tempo em que...

Como hoje é um dia especial para eu ficar saudosista, começo por dizer que eu ainda sou do tempo que A Bola era a ‘Bíblia’ e lá podiamos encontrar jornalismo de excepção e de isenção. Lembro-me que antigamente saía 3x por semana e a compra era sagrada... ok o meu pai é mouro mas mesmo assim não tenho ideia que antigamente os jornais desportivos fossem tão tendenciosos...

Cresci a ler A Bola e devo admitir que em altura de férias, até há pouco tempo, era sempre o jornal que me apetecia comprar... Mas os tempos evoluem e não raras vezes comentamos no basculação as capas dos jornais, ‘que raio de linha editorial eles seguem para não fazer capa uma vitória do Porto na Europa em detrimento duma antevisão dum jogo qualquer?’

A resposta encontrei-a, curiosamente, no Record. O director Alexandre Pais, em resposta a um adepto do Braga que reclamou porque no dia seguinte à vitória por 3-0 sobre o Celtic a capa do jornal era sobre o Sporting que ia jogar contra o Nordjsgeifnsvfiwegfnlg.

As frases que me elucidaram:
1. A verdade é que os jornais são hoje, quase todos, propriedade de grupos de comunicação social que vivem dos resultados e que por eles competem duramente entre si. As capas de qualquer título devem ter em conta o seu público-alvo e ser elaboradas por forma a suscitarem o interesse do mercado a que se destinam, com uma atenção natural ao apelo de compra. A importância das opções de manchete não pode avaliar-se pelo mérito das vitórias mas pelo interesse que a maioria dos leitores possa ter ou não na aquisição do jornal.

2. temos o dever de pensar primeiro naquilo que julgamos ser o interesse da maioria dos nossos leitores


Ainda há isenção no jornalismo? Vai um Record que pelos vistos está direccionado para o Sporting elogiar as exibições do Moutinho? Dizer que o Sporting foi beneficiado? Não é isso que o público-alvo deles quer ouvir...

Tudo isto para concluir que, a partir de agora, sempre que me apetecer comprar o Record ou A Bola é como se me apetecesse comprar a Maria, a Happy ou a TV Guia... não faço parte do público-alvo...

Neste dia, o Porto ia jogar em Manchester para os quartos-de-final da Champions League...



quinta-feira, 29 de julho de 2010

6 milhões??????


Li bem o comunicado? O Falcao não custou isso... 6 milhões por um suplente? Espero que seja craque. Só pelo preço e pela novela...

Bem. Para animar deixo a avaliação do Luís Freitas Lobo:
«Ponta-de-lança do Brasil Sub-20, um nº9 para não perder de vista. Walter, 19 anos (faz 20 em Julho), tem com pormenores técnicos de domínio de bola, movimentação e remate, reveladores, por si só, do enorme talento escondido dentro de ti. Fisicamente destemido para romper no meio dos centrais adversários, tanto pode jogar como nº 9 mais fixo ou mais solto, com outro avançado ao lado. Tem um excelente controlo de bola e uma técnica de recepção orientada que faz a diferença na gestação e explosão de um grande centro-avante. Já entrou na primeira equipa do Internacional Porto Alegre, que o descobriu no São José de Porto Alegre. Craque decorado com golos.»

quarta-feira, 28 de julho de 2010

COMÉDIA NA SPORTTV

terça-feira, 27 de julho de 2010

E assim se vai uma bela teoria...

Eu a pensar que este homem estava a tirar um curso intensivo para no curto prazo assumir a presidência do nosso clube e agora acontece isto...

Talvez siga a formação noutro lado com o mesmo objectivo em mente...

domingo, 25 de julho de 2010

Metamorfose


O resultado foi semelhante ao da semana passada. Mas ontem viu-se mais futebol e uma evolução que parecia difícil depois do que vimos na semana passada. Mantivemos uma equipa bem mais pressionante que na época passada mas vimos adicionalmente uma outra desenvoltura ofensiva. Na semana passada tivemos só Hulk. Ontem tivemos mais envolvência dos laterais, sobretudo Miguel Lopes, mais troca de bola em passe curto, mais rapidez na troca e muito mais futebol. Nesse aspecto brilharam Ruben e Moutinho que pela primeira vez jogaram juntos na equipa titular. Mas nota-se que também Belluschi aparece a jogar muito bem e pode ser uma opção para a Supertaça. Mas quanto evolução ofensiva que ocorreu numa só semana gostaria de destacar aquele que foi para mim o MVP do jogo de ontem: Fernando. O título do post é dedicado a ele. De facto ontem tivemos outro Fernando. Mais interventivo, mais mobilidade a atacar, mais segurança nos passes, e não estou a falar dos seus habituais passes para o lado e para trás. E um golo. Quem diria. Villas Boas inventou ali um jogador com potencial nos lances de bola parada. Com esta evolução no jogo de Fernando, Villas Boas poderá estar a tornar este 4-3-3 num sistema com pernas para andar. Isto por muito que eu gostasse de jogar em 4-4-2. Mas não passa pela cabeça de alguém jogar em 4-4-2 quando apenas temos um ponta-de-Lança no plantel...

Por falar em pontas-de-lança, há notícias sobre Walter? E Kleber? Estranho muito este tipo de impasse. Não estamos nada habituados a isto...

Destaques individuais, Hulk, Fernando e João Moutinho na primeira parte, Belluschi na segunda. Gostei ainda da capacidade de remate pronto e forte de James Rodriguez, da segurança de Maicon e da irreverência de Miguel Lopes. Não gostei do Rafa que estraga o que faz de bom com falhas de marcação e com um penalti mais que desnecessário, achei o Sereno intranquilo e assusta a falta de pontaria de Falcao. Coisa momentânea...

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Não falta alguém?

É o jogo da apresentação aos sócios. Pelos vistos é este e não o anterior, ao contrário do que a omissão de informação parecia querer indicar... Pelo menos este jogo tem um cartaz condigno e tem o mote para a temporada que até é bem lembrado: O Resgate! Gostei.

Mas não posso deixar de reparar que, tendo-se optado por incluir no cartaz os nossos melhores jogadores, faltem dois capitães da equipa do ano passado. Coincidência? Não acredito.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Estes não dependem dos resultados


Os treinadores bem se podem queixar. Há uns que perdem um emprego por meia dúzia de resultados menos conseguidos, outros por descerem de divisão e outros, como Jesualdo, por não conseguirem revalidar o título. É de facto uma profissão de risco. Outros destroem clubes centenários e mantém-se nas suas posições. Quer dizer o pavão da esquerda saiu mas neste caso cheira mais a prémio que a castigo. Nunca gostei do Boavista mas era uma rivalidade que dava gosto. E o futebol tem piada pelas pequenas e grandes rivalidades que se vão criando. O Boavista faz falta ao futebol português. O mesmo não posso dizer de Ricardo Costa, Pinto Monteiro e Maria José Morgado. Estes serão os símbolos do enterro do Boavista. São também um símbolo de como neste país a mediocridade e a incompetência são normalmente premiadas com a impunidade.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Crónica desinteressante



Aviso: a crónica que estão prestes a ler será tão desinteressante como o jogo de ontem. Não faço milagres. Dificilmente se pode concluir algo significativo do que se viu ontem. Só Hulk, Moutinho e os centrais titulares mostraram serviço e tudo o resto oscilou entre o mediano e o medíocre. A chama foi tão pouca que dá vontade de dizer que esta equipa ainda tem o dedo de Jesualdo. E isso não deixa de assustar um pouco. Que vimos ontem? O mesmo esquema embora com interpretes diferentes. A mesma apatia a seguir à marcação dos golos que resulta num sofrimento desnecessário. E continuamos com o mesmo remédio anti-apatia: Hulk. Quase tudo de bom que se fez nestes dois jogos teve o seu dedo. Tudo o resto ainda está num estado embrionário. Caso para alarme? Obviamente que não! Veremos o que valemos com o evoluir da preparação e ainda há bastante tempo. E convém não esquecer que ainda faltam os mundialistas e os lesionados, sendo que alguns deles terão óbvia entrada directa no onze. Não poderei, no entanto, deixar de referir que gostava de ver estudado um esquema alternativo. Passei todo o ano passado a pedi-lo a Jesualdo e não deixarei de o pedir a Villas Boas. Continuo a achar que Hulk rende mais se não estiver preso a uma ala. Continuo a achar que os nossos médios mais criativos ganham mais num esquema 4-4-2 e que esse esquema deverá ser testado para que possa ser utilizado em jogos de exigência máxima, tal como acontecia noutros tempos em que éramos treinados por um senhor que é o melhor treinador do mundo e que não é a maior influência de Villas Boas.

Termino a crónica com uma avaliação dos reforços à boa maneira do Marcelo Rebelo de Sousa quando apresenta os livros da semana:
- Sereno - melhor reforço até agora
- Emídio Rafael - não podemos vender o Alvaro e ficar descansados
- João Moutinho - não engana mas espera-se muito mais
- James Rodriguez - só o golo
- Ukra - Mas porque é só joga 10 minutos depois do que fez no último jogo
- Kieszek - Para jogar na Taça da Liga. Não se esperam os frangos do seu antecessor nessa posição.
- Souza - Poucos minutos mas melhor que no jogo anterior
- Castro - Não gosto do facto de o Tommy ser titular e o Castro só jogar 2 minutos
- André Pinto - Também não gostei que entrasse primeiro o Stepanov.

No próximo Domingo há mais.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Só para quem tem net



Como já se sabia, o jogo de ontem não foi transmitido pela televisão portuguesa. O que vale é que os turcos são tão loucos por futebol que até o Vitória lá do sítio tem direito a transmissão televisiva dos jogos amigáveis. Ora consequentemente o jogo acabou por estar disponível para ver on-line. E parece que só on-line ou ao vivo é que se vão ver jogos do FCPorto nesta pre-época. Até os jogos do torneio de França não vão ser transmitidos...

Vamos ao jogo. Na primeira parte jogámos bem e a controlámos o jogo confortavelmente. Rápidos pelas alas com Hulk e Ukra a pintar a manta . Tivemos bastantes oportunidades e muitas jogadas perigosas em que faltou critério na definição. Nesta fase gostei especialmente desses dois jogadores, do belluschi e da dupla de centrais. A equipa da segunda parte demorou mais um pouco a entrar no jogo, se é que o chegou a entrar, o que fez com que Helton e André Pinto tivessem mais trabalho. O meio campo não deu aos avançados grande hipótese para brilhar e o jogo acabou por arrastar-se até final.

Dos reforços, João Moutinho não esteve brilhante. Esteve bem na cobertura e regular a atacar, mas sempre que tentou chegar à frente levou pancada. Veremos o que vale num jogo em que se marquem faltas e se dê amarelos. Nota adicional para a dupla que fez por 15 minutos com Ruben. Gostava que tivesse durado mais tempo mas fica já a nota que, nesta dupla, Ruben parece jogar mais adiantado. Sereno esteve muito seguro e também se posicionou com alguma surpresa no lado direito do centro da defesa. Ukra foi o reforço que esteve melhor e foi sempre muito perigoso tendo oferecido dois golos desperdiçados por Hulk e Falcao. Emídio Rafael teve oscilações a defender tendo sido ultrapassado com perigo pelo menos duas vezes. Ofensivamente esteve quase sempre bem. Kieszek mal tocou na bola. Na segunda parte gostava de ter visto mais do James mas mal tocou na bola e quando tocou levou pancada. Castro pouco fez e Souza que jogou mais adiantado que Tomás Costa não me pareceu capaz de jogar ali. Parece mesmo uma alternativa a Fernando. André Pinto limpou tudo. O melhor do FCPorto na segunda parte.

No Domingo há mais. Podiam marcar o jogo para as 20h. Sempre dava para uma prainha...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Esconder o jogo


André Villas Boas está empenhado no efeito surpresa. Só deixa assistir a uns minutos do treino, empata com uma equipa da 26ª divisão alemã, tudo isto para chegar ao primeiro jogo oficial e surpreender tudo e todos com o seu novo FCPorto. Mais recentemente teve uma ajuda preciosa para esconder o jogo. Vejam a notícia de hoje d'O Jogo':

«Jogos sem Direito a TV
Dos seis jogos de pré-temporada do FC Porto, descontando o Tourizense, apenas os dois do Torneio do PSG vão ser transmitidos pela televisão. Quer isto dizer que as partidas com o Trabzonspor (15), o Ajax (18) e a Sampdória (25) só poderão ser acompanhados pelos adeptos no próprio estádio, tal como sucedeu com o encontro com o Preussen.»

Ou seja tudo que é transmissão directamente negociada directamente com o FCPorto não se vai concretizar. O que vale é que eu tenho lugar anual. Já o Jorge Jesus...

Brinco com a situação mas acho ridículo que os portistas que não têm a possibilidade de ir ao estádio não possam ver os jogos da pre-temporada. E logo num ano de tantas expectativas. E não acredito que esteja relacionado com o facto do FCPorto pedir valores demasiado altos. São prioridades das estações... Que muita gente tenha isso em conta quando tiver de reflectir se quer ou não manter a Sport tv. Já nem falo nas outras.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Tudo jóia!


Tenho de vos dizer mais uma vez o quanto aprecio estes negócios no Brasil. Tudo jóia! Se bem percebo o Atlético Mineiro tenta vender-nos um jogador que já tinha emprestado ao Marítimo. Já o Internacional, como está em litígio com o jogador, prefere vender Walter a um grupo de empresários que por sua vez o cede ao FCPorto. Já para nem falar que estes jogadores têm em comum o facto de se recusarem a treinar quando aparecem propostas. Fica a pergunta para a administração: sentimo-nos bem nestes terrenos pantanosos? Pelos vistos...

Parece que finalmente vem um jogador que é escolha clara do Villas Boas. É português, é jovem. Chamem-me preconceituoso mas, a arriscar, prefiro arriscar nesta nacionalidade.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

DEFESO LOUCO



Moutinho já chegou e o Meireles está de saída!

Para onde não se sabe. Manchester? Liverpool? Chelsea? A transferência andará na casa dos €18M, ou seja, se o Moutinho foi caro, então este...

Kléber, Walter, James e até Colman, embora em diferentes fases dos respectivos processos, estão a caminho.

O Bruno Alves quer sair e nós queremos vendê-lo... Propostas decentes, nem vê-las!

O Fucile está a brilhar no Mundial e, havendo proposta decente, sairá...

O Tomás Costa está de saída, também.

Do Belluschi não sei nada.

Do Valeri, é público que o André não conta com ele.

Sobre o Radamel é que começa a haver muita especulação mas custa-me a acreditar que um tubarão pagará os 30M pelo Falcao... Por outro lado, não quero acreditar que, na eventualidade de um louco turco ou russo bater as 30 batatas, ele queira sair, ou que o PdC não lhe renove o contrato com o devido aumento. A este propósito, Falcao é o meu capitão!

Ora bem, saiu o NAC, sairá o BA, o André Pinto também (emprestado) e, assim, o nosso quarteto de centrais para 2010/11 será Rolando, Maicon, Sereno e TOLÓI! Não conheço nem nunca o vi jogar mas é internacional e dizem que é muito bom. Tem meia Itália atrás dele...

domingo, 4 de julho de 2010

A nossa dupla Xavi-Iniesta


É oficial. Muita esperança nesta dupla. Sporting também sai reforçado com o Nuno André Coelho. Mas mesmo assim...

sábado, 3 de julho de 2010

João Moutinho


Hoje, fim-de-semana, acordei às 14 horas (mereço...). Tinha 9 sms's de portistas com a história do João Moutinho. A ser verdade, o melhor jogador de um rival por 11 milhões até nem é caro. E é daqueles jogadores que nas outras equipas mete impressão porque tem características de jogador à FCPorto: muita raça, muita fibra e muito bom tecnicamente. Óptimo reforço!

PS: Como é possível o Sporting sequer ponderar vendê-lo a um rival? Não foi possível para o estrangeiro? Costinha não aprendeu nada quando cá esteve...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Portugal vs Brasil nas Antas...

Estamos na pré-época 1988/89 e depois de ganharmos tudo o que havia para ganhar inicia-se uma nova época com Quinito ao leme, o homem da célebre frase que o FCP é o Gomes + 10... Depois de uns primeiros jogos particulares menosconseguidos, os azuis e brancos apresentam-se aos sócios numa excelente partida frente ao Vasco da Gama do "baixinho" Romário e do técnico Paulo Autuori... vale a pena recordar, vídeo onde destaco a barbicha do nosso mister...