quinta-feira, 18 de maio de 2006

Scolari: A Anta!


Como todos sabem que sou suspeito em relação a este assunto, vi-me obrigado a recolher alguns factos.

Ora vamos lá recapitular o que este imbecil tem feito desde que está nas selecções ao mais alto nivel:
- Nunca o Brasil tinha tido tanta dificuldade para se classificar para um mundial até à chegada desta figura ao comando antes do mundial de 2002. Ficaram em 4º atrás da Argentina, Paraguai e Equador. Conseguiram perder 6 vezes e só na ultima jornada conseguiram fugir ao playoff com a Australia(de referir que ele acabou o trabalho do Vanderlei Luxemburgo mas também tem culpa e perdeu pelo menos 2 vezes - no Paraguai e na Argentina). Aliás houve vários rumores em Novembro de 2001 que davam como certo a sua substituição pelo Parreira antes do Mundial.

- Antes, em 2001 foi eliminado da copa américa nos quartos de final pelas Honduras!? Não levou as grandes estrelas mas tinha Denilson, Roberto Carlos...

- Na convocatória do Mundial faltava o melhor marcador da qualificação do Brasil: Romário! Preferiu convocar por provocação o colega de ataque no Vasco da Gama, o baixinho Edilson(onde é que eu já vi esta provocação) e convocou um tipo chamado Luizão considerado um dos melhores avançados da liga do... Japão!

- No mundial a coisa correu mais ou menos. Apesar de tudo, ainda havia Rivaldo, Ronaldinho e Ronaldo na frente... Mesmo assim no primeiro jogo o brasil chegou ao golo do 2-1(resultado final) no minuto 87 com um penalti incrivel. A seguir veio a vitória sobre a China por 4-0 e depois os 5-2 à Costa Rica. Como vêem, a sorte nos sorteios de grupos não começou em Portugal... A seguir veio a Bélgica, e o resultado óbvio aconteceu: ganharam 2-0. No entanto, o segundo golo só veio em cima da hora para disfarçar uma exibição que foi considerada fraquíssima e um golo muito mal anulado a Wilmots. Contra a Inglaterra, a vitória por 2-1 não nos deixa esquecer o frango do David Seaman e a tremeideira final com os ingleses a bombardear a baliza até ao desespero. Nas meias finais mais uma vitória sofrida: 1-0 sobre a Turquia. Na final As duas eqipas menos más do pior mundial de sempre. A Alemanha vinha sendo trazida às costas pelo Ballack e pelo Kahn. Já o Brasil ia fazendo o que podia que era um futebol muito pouco vistoso, sobretudo para uma equipa com tantos artistas. E mais uma vez a coisa estava dificil até que chegou um momento decisivo: o frango do Kahn que após um remate fraco de rivaldo larga a bola e deu o golo ao Ronaldo. Scolari conseguiu a vitória por 2-0 mas num mundial fraco e onde as melhores equipas foram afastadas pelas péssimas arbitragens: Espanha, Itália e Argentina foram as mais queixosas. Os maiores beneficiados: O Brasil e a Coreia(aliás viu-se contra Portugal). E se não eram as arbitragens lá aparecia um frango caído do céu.
Tudo isto para dizer que realmente ele tem algum mérito e efectivamente ganhou o titulo. Contra factos... Mas também sou obrigado a dar mérito ao Trapatoni pelo titulo dos mouros. O ponto em comum é o pessimo futebol posto em prática pelos dois treinadores(e trapatoni não tinha a mão de obra que tem uma selecção brasileira) e, já agora, o pessimo futebol dos adversários directos.

- Em Portugal Scolari veio para treinar uma selecção de amigaveis. Enquanto emergia uma das equipas mais dominadoras de sempre no Futebol Português a selecção mantinha-se estática e sem renovação. Até que o teimoso resolve meter pela 1ª vez dois jogadores que viriam a dar que falar: Paulo Ferreira e o recentemente naturalizado Deco. Resultado: vitória por 2-1 contra o Brasil com um passe para golo do Paulo e um golo muito feliz do Deco. No entanto os titulares foram sendo sempre os mesmos. Veio a taça Uefa, a dobradinha e os jogadores do FCPorto continuavam a não ter a influência esperada na selecção, isto é, não jogavam! E os maus resultados foram-se acumulando: duas derrotas com a Itália, uma humilhação contra a Espanha em Guimarães(0-3), empates em casa com o Paraguai, a Grecia e a Suécia e uma horrivel vitória por 5-3 contra a Albânia num jogo que apesar a ajuda do guarda redes estavamos a perder ao intervalo. Isto para não falar das magrissimas vitórias sobre a Macedónia e o Cazaquistão. Em suma, até ao Euro Scolari muito fraquinho e teimoso como sempre!
- Na altura de convocar para o Euro 2004, todos estavamos na dúvida se um dos pilares do novo campeão europeu seria ou não convocado. E a surpresa aconteceu: Maniche é convocado e foi considerado por todos, menos a Uefa, o melhor jogador do torneio. Enfim...
- Chega o Europeu! Entramos com uma derrota contra a Grécia. Está eminente a eliminação do país organizador na 1ª fase até porque ainda tinhamos de defrontar a Espanha, a tal que nos tinha dado 3 secos. E Scolari tremeu! tremeu tanto que teve de engolir o maior sapo da carreira e viu-se obrigado a pegar no trabalho do ser que mais detesta à face da terra a seguir ao Baía e ao Romário: José Mourinho. E a coisa deu uma volta. Deco, Maniche, Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo deram cartas e quase chegou para suprir o pé frio do Pauleta e o asno que tinham no banco. Mas a verdade é que a equipa começou a jogar junta no jogo com a Rússsia. A teimosia de Scolari fez desperdiçar 17 amigaveis com uma equipa que não foi a que acabou por jogar o Europeu. E como é obvio, as rotinas dos jogadores do Porto e a fantasia do Ronaldo não podiam fazer tudo.

- Quanto à qualificação para o Mundial, não tenho muito a dizer, Portugal apesar do grupo fácil, qualificou-se com muito mérito e sem as dificuldades habituais.

- Há ainda o episódio da selecção Inglesa. O tipo da federação disse que se encontrou 2 vezes com o scolari, duas delas no ano passado em Inglaterra. É que os ingleses são muito atarefados e concerteza que scolari tem uma agenda bastante desimpedida: Já tinha a convocatória há dois anos... Para quê ver jogos...

- Quanto à convocatória, apenas tenho a apontar tudo! Tudo mal feito! Critérios incompreensiveis e arrogância inacreditável. Dois dos maiores talentos emergentes no mundo(Quaresma e João Moutinho) de fora para que os amigos do Scolari continuassem. Quem precisa do pé esquerddo do Hugo Viana quando se tem a trivela do Quaresma! É que esta ideia da selecção/clube só foi inventada agora. Relembro que Scolari, com a selecção brasileira em 2001, estava em dificuldades para se qualificar e mesmo assim, em vez de rotinar a sua melhor selecção, chamou uma selecção de reservas para a Copa America e foi eleminado nos Quartos Pelas Honduras... Onde está o clube Scolari aqui? Não há coerência?

CONCLUSÃO: Temos um treinador mau, teimoso, incoerente e ao contrário do que se diz por aí, sem um curriculo por aí além.

E para terminar um desejo forte: Veiga e Vieira contratem o Scolari por favor!

quarta-feira, 17 de maio de 2006

Scolari

Brevemente neste blog: A minha verdadeira opinião sobre o Scolari.

Não percam!