quarta-feira, 28 de junho de 2006

Mundial - Jogadores em Destaque

Apesar de os jogos darem à tarde, cá vão os jogadores que mais me impressionaram. Ordenando-os por selecção:
- Equador - Ivan Hurtado e Edison Mendez - Jogadores maduros mas são um defesa central e um medio ofensivo com muita tecnica e jogam sempre facil e bonito;
- Alemanha - Klose - toda a gente reparou que está um jogador bem mais completo do que o que demonstrou no Mundial de 2002. Está a jogar muito melhor fora da área;
- Polónia – Smolarek – O único que fugiu à mediocridade geral da Polónia;
- Costa Rica - Não vi nenhum jogo;
- Trinidad e Tobago – Dwight Yorke – A trinco?!
- Inglaterra – Rooney e Gerard – Dois autenticos tanques;
- Paraguay – Valdez – O único que se destacou;
- Suécia – Isackson e Ljumberg – Tudo o resto desiludiu
- Argentina – Mascherano – Grande jogador! Que dupla que deve fazer com Lucho. Será que vamos poder ver?
- Costa do Marfim – Zokora e Eboué- os maiores destaques de uma selecção que merecia melhor sorte.
- Servia-Montenegro - Stankovic – Sozinho não pode fazer grande coisa...
- Holanda – Van Persie e Robben – se passassem a bola... Só lhes falta isso;
- México – Salcido e Osorio – Dois defesas todo-o-terreno;
- Irão – Karimi – a equipa desaparecia sempre que era substituido;
- Angola – Mateus – A rever este ano no Gil Vicente;
- Portugal – Ricardo Carvalho e Maniche – O melhor central do mundo e o jogador surpreendentemente em melhor forma na selecção;
- Austrália – Cahil – Não gostei da selecção. Só este é que se aproveita;
- Croácia – Nikko Kankjar – Criativo ainda jovem. De certeza que vai dar o salto neste defeso;
- Japão – Nada de jeito...
- Brasil – KaKa – Para mim é o segundo melhor jogador do mundo, a seguir ao Deco. É o único que se destaca nesta táctica péssima, de um pessimo treinador que é o Parreira.
- Itália – De Rossi e Luca Toni – Onde é que andou este Toni? 29 anos?
- Gana – Appiah, Essien e Muntari – Grande meio-campo e muito azar contra o Brasil;
- Republica Checa – Rosicky – Grande contratação do Arsenal;
- Estados Unidos – Muito fraquinhos...
- Ucrânia –Kalinichenko e Sheva – O médio esquerdo impressionou-me bastante;
- Arabia Saudita - Mohammad Noor – Mais um que fugiu à mediocridade geral;
- Tunisia – Jaidi e Jaziri – O segundo é um avançado que já merece melhor clube;
- Espanha – Sergio Ramos, Xavi e Fernando Torres – Por norma torço pela eliminação da Espanha mas eles tinham uma grande equipa e mereciam mais;
- França – Zidane – Está a ter a despedida que merece;
- Suíça – Frei e Ludovic Magnin– O primeiro já merece melhor clube e o segundo é o lateral esquerdo que podia dar jeito no nosso F.C. Porto.
- Togo – Adebayor- E mais ningúem.

É tudo.

Abraço