Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2009

Step(a) by Step(a) vai-se aproximando a saladeira

Imagem
Lamento desde já o jogo de palavras fraquinho que usei do título. A verdade é que queria destacar o jogador que melhor aproveitou as oportunidades que Janeiro trouxe aos menos utilizados do plantel. Não bastando as exibições sólidas na Taça da Liga, Stepanov arrancou ontem uma exibição muito boa, limpando toda a sua área de acção com vigor sobretudo com grande segurança e autoridade. Já aqui vínhamos dizendo que se trata de um jogador capaz de tudo, seja exibições como a de ontemm, seja um penalti desnecessário no último minuto de um jogo. Mas uma coisa não podemos deixar de notar, no ano passado, sempre que errava dava em golo do adversário o que fez com que se esquecesse quase tudo o que de bom tinha feito até aí. Tal raciocínio poderia levar-nos a ponderar se teria sido precipitada a sua retirada do onze, mas estamos num clube onde não se pode tolerar erros daqueles. Rolando também é jovem e no entanto nunca o vimos perder a compostura ou a concentração. Por isso é o titular. Jesua…

Outras Vitórias em Braga...

Recuamos 15 anos e recordamos uma vitória aparentemente fácil do FCP na cidade dos arcebispos... contávamos no banco com Tomislav Ivic e uma táctica de catennacio apenas com Emil Kostadinov na frente... neste jogo foi suficiente... dois golos do búlgaro resolveram...



Notas:
- o primeiro golo do FCP... passe longo e Kostadinov a resolver... muitas vezes foi assim...

- a velocidade de Secretário e a facilidade com que ultrapassa o defesa no segundo golo...

- a táctica defensiva do FCP... 4 defesas, 2 trincos e depois Secretário, Folha, Semedo e mais lá na frente Emil Kostadinov...

Que curioso... Um Dragão!

Imagem
"Que curioso..." Esta nova rubrica que se pretende seja publicada todas as terças-feiras, tem por objectivo abordar muitas curiosidades ligadas ao nosso FC Porto, algumas vezes também prometemos dar uma espreitadela lá fora, mas desde o emblema a treinadores, dirigentes ou jogadores que já fizeram ou fazem a história do nosso clube, vamos falar de tudo um pouco.

Para o primeiro texto, o tema escolhido foi o Dragão! Onde começa a relação entre este símbolo mitológico e o FC Porto? Após muitas consultas pela biblioteca virtual, facilmente se encontram algumas teorias, mas a mais coerente e, se calhar, a mais fidedigna leva-nos a uma longa viagem no tempo.

Desde já, convém referir que o emblema do FC Porto nem sempre foi assim, nos primórdios era uma simples bola de futebol azul com as iniciais FCP a branco, só nos anos 20 se decidiu a união do emblema ao brasão da cidade, e é aqui que nos devemos centrar - no brasão da cidade - para perceber a relação entre o Dragão e o nosso cl…

Linhas Tortas

Imagem
Por duas jornadas consecutivas houve um jornal desportivo que usou o mesmo título para resumir a luta pelo primeiro lugar da Liga Sagres: «Líder por linhas tortas». Querem com isto fazer crer a falta de merecimento do clube que ocupa a liderança por causa dos erros de arbitragem de que beneficiou. E isto como se fossem perfeitamente comparáveis as duas situações. Pois não são. Na jornada anterior os erros de arbitragem permitiram ao Benfica ganhar um jogo que em que nada fez por merecer a vitória. Foi superado em tudo pelo adversário e ainda por cima jogava em sua casa e como tal, os erros de arbitragem transformaram o resultado numa aberração quando comparado com o que realmente se passou nas quatro linhas. Pois no Sábado em Braga não foi isso que se passou. Espicaçado com o jogo anterior, o Braga entrou com tudo no jogo e acabou por pagar por isso no fim da primeira parte. No entanto, o sufoco foi grande. Estava a ver o jogo com um assíduo frequentador deste blog e dizia-lhe que se …

Estalou o verniz...

A expressão é do comentador de serviço na RTP 2 e serve para relatar as incidências quentes vividas no Feyenoord - FC Porto de 1993, onde estava em jogo o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões... Depois da vitória caseira por uma bola (golo de Domingos), a banheira de Roterdão estava ao rubro para decidir o apuramento para a Liga dos Campeões... o lance envolve Fernando Couto e serve, não só para relembrar, mas também homenagear um homem do nosso clube que terminou a carreira recentemente, facto este que passou despercebido do grande público...

A cena é caricata e vale a pena recordar nos vídeos made in basculação...



Notas...

- lances típicos de centrais e pontas de lança, em que Couto não é excepção, mas que desta vez é mais vítima...

- depois a experiência do número 5 do Feyenoord, que dá uma excelente joelhada em Couto como se nada fosse com ele...

- o nosso Bicho não estava a passar ao lado do jogo e foi logo lá impor respeito (não percebi o que fez)... o 5 ainda reage …

As meias que a Carlsberg queria

Imagem
Estamos com dificuldade em perceber o que valem as nossas segundas linhas. Frente ao Setubal não foi mau. Já da Madeira surgem mais dúvidas. Diz-se até que Benitez fez a melhor exibição já alguma vez vista a um lateral esquerdo do FCPorto. Quem mo disse foi uma pessoa que esteve no estádio. O que não garantiu foi se se tratava de Benitez ou se era o Alberto João Jardim de tanga a barrar-se com tulicreme. Percebe-se a dúvida dadas as condições atmosféricas que Lucílio Baptista fez questão de identificar como próprias para a prática de futebol... Um pouco mais a sério: um jogo não basta para perceber o que vale um jogador, sobretudo se estiver sem ritmo. Assim ficamos apenas com uma pequena ideia visto que no Sábado já jogamos com grande parte dos titulares. Mas já há indícios. Vamos a isso. Dá para perceber que Guarín, apesar das condições técnicas e sobretudo físicas impressionantes, ainda não está preparado para ser titular. Falta-lhe maturidade e tranquilidade que o afaste das const…

Outras equipas da Madeira...

Depois do nevoeiro da Choupana, recordamos outra equipa da mesma região autónoma que foi desaparecendo do principal mapa futebolístico português...

Os vídeos made in Basculação recordam um jogo nas Antas contra o União da Madeira com muitas peripécias que vai saber bem recordar, desde um golo inacreditável sofrido pelo jogador com mais títulos do mundo (alguém se recordava deste?), passando pela bárbara agressão que André foi alvo, terminando num mergulho de peixe do nosso F. Couto... Em duas palavras: MUITO BOM!




Notas...

- Vejo e volto a rever o lance do Baía... incrível...
- Será que o gajo do União foi expulso??? Não me parece...
- Timofte, outra vez recordado... que classe...
- João Pinto a marcar... e fazia com alguma frequência... até livres marcava...
- Só faltou a cambalhota do F. Couto...

P.S. Estou para ver a crónica do Prata de amanhã... será que foi à Madeira??? E mesmo que tenha ido, terá visto alguma coisa... só mesmo um árbitro daqueles para permitir um jogo naquelas condições.…

7,32 por 2,44 metros

Imagem
São as dimensões de qualquer baliza num estádio de futebol. Podemos até pensar que estas dimensões se mantém ao longo do jogo. Pura ilusão. No Dragão, à medida que o tempo vai passando a baliza vai encolhendo. Pelo menos é o que parece. Mais uma vez continuamos a lutar contra todo o tipo de aberrações. Fora de casa temos tido golos inacreditáveis dos adversários, em casa temos tido as tácticas do autocarro. Hoje em dia costuma-se dizer que quem joga para empatar normalmente perde. Nesse caso sobra o anormal. Ora uma anormalidade que acontece duas vezes seguidas começa a tomar contornos de normalidade. E isso só vem de encontro ao que venho aqui dizendo: Os nossos índices de finalização são patéticos! Falarão da juventude e da falta maturidade mas não é aceitável o que se passou nos últimos dois jogos em casa. Por muito que se torne difícil criticar uma equipa que dá tudo, não nos podemos queixar da sorte em dois jogos seguidos. Há incompetência! E é isso que tem de ser dito aos jogado…

Política de empréstimos

Imagem
Na última semana a política de empréstimos do FCPorto parece quase perfeita. No Domingo Helder Barbosa foi fundamental para afundar um adversário directo. Ontem Bruno Vale e Leandro Lima deram uma ajuda preciosa numa vitória dos nossos segundas linhas e quando a coisa parecia difícil visto que apresentamos uma equipa muito pouco entrosada. Pura ilusão. Tal como aqui temos dito, tal política apenas resulta da falta de eficiência na contratação de jogadores configurada num rácio de 1 contratação acertada em cada 4 tentadas. Tal só poderia resultar em excedentes no plantel. isto para além dos jovens que vão saindo das camadas jovens. Poderão dizer que serve para gerir a nossa relação com clubes da primeira liga que passam a ser clubes amigos, mas isso poderia ser feito apenas com os nossos jogadores vindos das camadas jovens. Tal torna-se preocupante visto que apresentamos consecutivamente resultados negativos se excluirmos as receitas extraordinárias provenientes da venda de jogadores. …

Um típico jogo de Taça...

Os vídeos made in basculação regressam com uma encomenda dos habituais leitores desta rubrica... portista, mas com raízes em Viseu, ele estava ansioso por recordar estes momentos dum célebre jogo no antigo Estádio das Antas entre o seu FCP e o seu Académico de Viseu... o jogo terminou empatado aos 90 minutos, tendo o FCP apenas chegado à igualdade perto do fim do jogo... depois o prolongamento traduziu a diferença de ritmos das duas equipas e o resultado avolumou-se para os Dragões...



Notas:

- Época 1993/94, ainda com Tomislav Ivic...

- Timofte e aquele pé esquerdo... ok, foi com resultados, mas ainda deixou uns 3 ou 4 para trás...

- Paulo Pereira... tinha ficado marcado no início desta época com dois golos contra o Benfica, no empate caseiro a 3 bolas na primeira jornada do campeonato...

- Jorge Couto... potente remate ou será potente peru???

- Zé Carlos... um central a fintar???

- Do Académico de Viseu de destacar o início da carreira de Besirovic em Portugal e, claro, o mítico Zé de Angol…

Bom 2009!

Imagem
--> Até agora não tem sido nada mau o novo ano do FCPorto. Ganhámos um jogo que nunca tivemos controlado, nem mesmo após o golo fenomenal de Rodriguez. E como se tal já não fosse suficiente, ainda passámos para o topo da classificação graças ao Trofense e mais concretamente à excelente exibição do nosso Hélder Barbosa. Nada mau… No entanto há que perceber que jogámos malzinho na Madeira. Por incrível que pareça foi a inspiração momentânea dos nossos avançados que disfarçou os erros defensivos primários cometidos. Tudo começou logo após o falhanço de Lisandro Lopez. Com uma bola à barra quase no primeiro minuto, poderíamos pensar que ia haver uma entrada forte no jogo. Engano. Seguiu-se uma série preocupante de passes errados em zonas recuadas que culminou no golo do Nacional que para variar, é mais uma aberração na linha dos golos sofridos com a Naval, Estrela, etc. A partir daí, Lucho que era já o jogador com mais passes falhados em campo, resolveu assumir finalmente o jogo. Apesa…