segunda-feira, 30 de outubro de 2006

Nobody move nobody get hurt...


Em primeiro lugar, gostaria de dizer que considero que a vitória do FCPorto no fim-de-semana foi justa. No entanto, tenho alguns reparos a fazer. É normal que os mouros venham para cima a perder por 2-0. É normal que tenham oportunidades de golo no dragão e é normal que os tenham marcado. Passamos então à parte da anormalidade. É anormal que o FCPorto deixe cair em minutos uma vantagem de 2-0. Pior: é anormal que toda a gente no estádio que tivesse visto o início da segunda parte, tivesse a nítida situação que aquilo ia acontecer... Falta maturidade e falta qualidade e, sobretudo, rotina defensiva nas laterais (e aqui estou a incluir os extremos).

No entanto, outra coisa anormal nestes ultimos dois anos para os portistas é a capacidade de encaixe e de reacção dos nossos miudos. Quem acreditava que ainda era possivel ganhar? Os miudos! Estou mesmo a ver o pensamento de Pepe, Postiga e companhia:"Vamos com tudo para cima deles e é só ter atenção para não passar a bola ao Tarik, que vamos ganhar de certeza!" Bravos! Valeu a pena sofrer o empate do benfica e na primeira parte do sporting, porque se nota que finalmente o espirito de equipa está a surgir. Creio plenamente que estes resultados sofridos estão a tornar-nos mais fortes e isso vai se ver já na quarta-feira onde se vai dedicar a vitória à nossa malograda estrela.

E era aqui que eu queria chegar. O que eu queria mesmo era falar do grego "chico-esperto". Queria desde já pôr-me de parte da teoria da cabala alinhada pela SAD portista. No entanto, julgo que consegui perceber o pensamento do jogador do benfica quando se fez à jogada: Com certeza que ele esteve atento, pelo menos, aos dois ultimos jogos do nosso menino prodígio. Notou a jogada que tem sido repetida pelo craque até à exaustão: o miudo pega na bola pela esquerda e valendo-se da sua aparente fragilidade perante os altos e robustos defesas centrais das equipas adversárias, avança em força aguentando a carga, terminando invariavelmente o adversário humilhado por tal desplante, e a pensar como é possivel um jogador 30 quilos mais leve passar ileso a tamanha carga fisica. Que o digam Lary e o Mathisen e mais recentemente o Luisão... No jogo do fim-de-semana, Anderson cometeu um erro: fazer a mesma jogada duas vezes. Era óbvio que depois de sentar o Luisão o miudo não iria passar novamente daquela maneira. E aí pensou o Grego na sua sabedoria saloia: se o Luisão empurrou, agarrou e não conseguiu derrubar este tipo, só vejo uma maneira: "Nem que apanhe amarelo, este miudo não passa! Vai ter de ser à paulada!" E assim fez. Não esperava ele acertar na bola, mas tenho a certeza, porque foi mesmo à minha frente, que o que ele não esperava é que o lance nem sequer desse falta. De resto a fractura é uma infelicidade tremenda. Tenho a certeza que o grego daria tudo (e deu mesmo) para tirar o Anderson do jogo mas duvido seriamente que o quisesse magoar daquela maneira. No entanto, quem entra assim sujeita-se... Ou não!Tendo em conta o, cada vez mais desprezível, lucílio...

Para terminar, a musica que dá o nome ao post e que é uma mensagem que já está clara, este ano, para os adversários do benfica: Nobody move nobody get hurt.mp3

domingo, 29 de outubro de 2006

Buba que o pariu!*

Data de Nascimento:
12/06/1982
Naturalidade:
Malong
Nacionalidade:
Camarões
Altura:
1.85m
Peso:
80kg
Internacionalizações:
7 (Sub-20)
Clubes representados na formação:
-
Clubes representados como profissional:
Estoril, SC Beira-Mar


Quem diria, o homem que quando chegou ao Estoril disse que assim ia ter mais hipóteses de chegar à Selecção dos Camarões (!!!) finalmente está na boca do Mundo (ou não) por ter marcado 3 golos ao Sporting, embora a tarefa tenha sido facilitada por ter sido o Labrego o guarda-redes.

Só assim se entende que os sportinguistas só digam: "Ricardo? Que vá prá Buba que o pariu!"

*PS dixit

sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Nós queremo-lo...

Ao Exmo. Sr. Marius Lacatus (Presidente do Steaua),

Os 5 honoráveis basculantes tem o prazer de demonstrar todo o interesse em contar com os préstimos do guarda-redes Carlos. Para tal, Basculação está na disposição de oferecer € 5.000,00 mensais até ao final da presente época.

NOTA: O nosso NIB para transferência dos devidos 100.000,00 USD é o seguinte: 0000 3305 2514 8974 15421 69.

quarta-feira, 25 de outubro de 2006

Sala 15...



13-14 foi o resultado… a sala 15 foi a aventura que se seguiu em pleno balneário para estupefacção de todos aqueles que ouviam com atenção, nos mais ínfimos pormenores, a estória narrada pelo nosso Luís São Vicente… conhecido no mundo dos blogs, e não só, por Pispis, ou ainda para os mais chegados, simplesmente Pis… Mas a sala 15 ficará guardada a sete chaves no balneário deste grupo de amigos…

Quanto ao jogo propriamente dito foi mais uma vez marcado por uma toada de franco equilíbrio até aos últimos instantes… em que o Homem do Jogo… Peter Crouch… sentenciou o jogo com um golo em que o seu faro de matador foi decisivo para colocar a redonda no fundo da baliza defendida por Levezinho…

Depois de uma semana de trocas mais acesas de comments neste blog, o dia da desforra tinha chegado, mas sem uma das pedras mais incendiárias da tão anunciada revenge… Tosta Mista Box-to-Box foi baixa de última hora depois de uma gripe inesperada… para o seu lugar entrou H2SO4 que contribuiu para a obtenção da desforra desejada dos de colete…

Este post visa não ficar esquecido o encontro da última semana para uma posterior compilação de todos os jogos disputados entre os basculantes e seus amigos, pois não podia passar em claro o jogo em que Lamas errou mais passes por metro quadrado e em que Prata conseguiu fazer um desarme com 90 minutos de jogo na baliza para a qual a sua equipa defendia depois de correr o campo todo atrás de Babalu…

Hoje há mais, mas infelizmente Levezinho não poderá dar o seu contributo a par de uma lesão que vai impossibilitar de participar nestes derbys nas próximas 6 semanas…

E é caso para dizer, relativamente a este post, mais vale tarde...

segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Campeões das Vitórias Morais


Relembro que há tempos elogiei aqui a politica desportiva do Sporting, pelo facto de apostarem na juventude que, de facto, possuem em quantidade e em qualidade. No entanto, na altura referi que tinha dúvidas se essa política não seria contingência da fraca saúde financeira do clube. É agora evidente para mim, que o objectivo não é formar um plantel de jovens vencedores. Mais. Está absolutamente claro que não existe qualquer politica desportiva evidente. O que está evidente é a tendência constante para as vitórias morais. Se os objectivos passassem por criar campeões, não se ia meter na cabeça dos miúdos que o que fizeram ontem e contra o Bayern chega... É óbvio que criar mais oportunidades de golo que o adversário não chega. É preciso o killer instinct. É preciso não tremer nas adversidades como aconteceu após os golos do Porto e do Bayern. É isso que os jovens em formação devem aprender. Por isso é que estes miudos só se tornam jogadores quando saem do Sporting. Nas vitórias são os maiores e nas derrotas são os maiores na mesma coitadinhos!
Por isso é que o nosso FCPorto é grande! Está a fazer uma exibição cinzentíssima e uma época irregular, e após sofrer um golo muito consentido a acabar a primeira parte, salta com garra para a segunda e bastaram 2 ou 3 minutos para os pôr em sentido. Concordo que não jogamos nada bem, mas quando foi preciso buscar o prejuízo fomos lá de peito aberto. Que fez o Sporting na segunda parte? Foi controlado e manipulado por uma equipa de mentalidade superior! Relembro que temos só o melhor jogador a jogar em Portugal lesionado. Recordo que há muito que não temos o Ibson para substituir jogadores em baixa forma como o Lucho(está melhor), o Paulo Assunção e cada vez mais o Meireles. E o nosso defesa central mais experiente que continua no estaleiro? E o lateral direito inexperiente que foi lançado às feras?(Mais um miúdo que promete!) Queixamo-nos da falta de sorte? A bola não quer entrar? Nós não somos assim e até o Jesualdo já percebeu isso. Coitadinhos dos meninos...

Uma última palavra para a capa do jornal O Jogo de hoje. Não. Não é a capa do Record e muito menos d'A Bola... Sorte? Quando o jornalismo entra no campo do esotérico... Com certeza que a Lua de Júpiter não estava alinhada com Saturno e foi isso que desviou o cabeceamento de Liedson para a barra. Será que a jornalista destacada ao jogo foi a Maya? Vou ficar sem saber porque com um titulo destes nem me vou dignar a abrir o jornal para ler...

Ps1: O Bruno Alves é grande! Está a calar muitas bocas!(a minha incluida...)

Ps2: O Liedson encavalitado no Marek Cech é ainda maior...

Ps3: Mais uma musica e desta vez dedicada à política de incentivo dos jovens do Sporting: Estão a formar verdadeiros docinhos para os adversários(Yeah Yeah Yeahs- The Sweets.mp3)

terça-feira, 17 de outubro de 2006

O mal e o bem Amado


Será sempre assim... Será sempre um estádio cheio de ingratidão e com a memória muito muito curta...

Eu lanço aqui uma previsão... o nosso novo craque vai-se tornar um menino muito amado e o ciganito tornar-se-á o vilão do filme que é o plantel do Fcp!!

O Ricardo será sempre um incompreendido, o seu talento vive de explosões, salpica a tela com pingos de genialidade... atira-se de cabeça perante a dificuldade... mas muitas vezes, a granada explode na mão e a tela fica toda negra... é nesses momentos que o amor se torna em ódio com a mesma facilidade que transformou o Veiga em vermelho.... e o nosso menino, torna-se no diabo! na soluçao de todos os problemas... mas porquê?


O bem amado é um génio de carvão... um dia será um diamante... por ele só se pode ter amor... menino pobre do brasil que trás uma família ás costas.... como o futebol é fácil... a bola rola... a bola chega ao pé como se estivesse num treino... redondinha.... o público do dragão baba-se pelo Anderson como o cão se babava para Pavlov... estamos a ver o nascimento de um mito do secXXI... ve-se um brilho nos olhos na plateia... até os sacanas que vivem do assobio nao fogem ao aplauso... nao dá... o menino será sempre o bem amado, o bom da fita... o herói do nosso filme....


Todos os jogos teremos assobios para o Ricardo... Teremos aplausos para o Anderson...

sexta-feira, 13 de outubro de 2006

SoGolos.Com



Foi, talvez, o melhor jogo de todos os que já jogamos neste belo indoor!!! Um jogo cheio de golos e de emoçao... no final o marcador marcou 21-18 para a equipa sem colete! (eu, braga, levezinho, capucho e babalu)... os miticos 5 minutos à benfica deram uma vantagem inicial à equipa vencedora e depois com o desenrolar do jogo foi equilibrando existindo algumas alternâncias de marcador mas quase sempre com os homens sem colete a liderar a partida!! (foi mais ou menos...)
Na realidade foram 2 equipas a jogar uma contra a outra e nao 5 jogadores contra outros 5... foi bonito...

E como achei isto, vou tentar realçar os pontos posivitos que cada um teve com ligeiras ressalavas a algumas vedetas... :)

De Colete alinharam... Pispis, Moutinho, Prata, Gui e Lamas...

Pispis: Continua quase intransponivel... pé esquerdo muito muito forte, com grandes arrancadas no 1 pra 1....só o babalu passa facil... :) desta vez nao precisou de usar os braços e o corpo para parar os adversários! o levezinho devia ter-lhe dado o equipamento no final.. ou será q o pispis ja queria meter nivea enquanto a bola rodava? acho que desta vez conseguiste gritar mais do que eu sempre que marcavam um golo! vou tentar melhorar esse aspecto do meu jogo...

Moutinho: Admiro a raça que este miúdo mete em campo!! Tá sempre no limite... fez um par de cortes no limite... concerteza que mais tarde ou mais cedo vai perceber o verdadeiro significado de PENALTY! (já agora.. livre directo dentro da área...) mas gostei da convicçao que demonstrou ao colocar a bola fora da área... e logo 1 metro fora a mostrar que marcou a falta onde ela começou! foi bonito...

Prata: Fez o que se espera dele -> golos! teve uma ou outra perdida escandalosa mas marcou um ou outro golo com muita classe! (entao o golo do canto é brutal...) acho que teve uma prestaçao positiva... só lhe falta perceber que agarrar só um bocadinho é igual a agarrar muito... pior do que fazer obstruçao ou usar o corpo pra ganhar uma bola é agarrar!! a subir...

Gui: As usual... all arounder!! defende, ataca, faz assistencias...e .... devia marcar mais golos!!! e devia defender menos à zona!! gosto da visao de jogo que tem e da facilidade com que solta à bola... ja joguei tantas vezes com ele que nao tenho muito a dizer...

Lamas: o melhor jogo que fez ate agora!! acredito que esteja a crescer e finalmente fez um golo do meio campo!!!! boa!!! eu sabia que conseguias... um jogo bem conseguido... nao vou comentar os nossos duelos... nao sei se fico a ganhar ou a perder...

Os vencedores alinharam... Icas, Babalu, Braga, Levezinho e Capucho...

Icas: devido ao cansaço (teve outro jogo 2 horas antes...) cometeu alguns erros defensivos que custarm 3 ou 4 golos... muito fraco... marcou os seus 4, 5 golos do costume (alguns com uma classe impressionante...) que transformou o que poderia ter sido uma má exibição num prestação regular... melhorar o 1 pra 1 com o redes... 50% de eficacia nao chega... e foi muito feio nao marcar alguns golos depois de desmarcações e passes brilhantes... (nota super especial para uma trivela do babalu..)

Babalu: nao vou falar muito mais sobre esta criança... tá em todo lado! já não ha muito a dizer... é de mim, ou à quarta é que tu dás todo o teu máximo??? nao corres tanto ao sabado... (fdx.. ia dizer que te faltava marcar um golo de cabeça... mas ate isso ja marcaste)

Braga: tenho medo que este sujeito caía no normal que é começar a jogar mal por ter jogado tanto!!! fez um jogo impressionante... (sim prata... vamos comprar uma casa os 2...) espero que continue com esta humildade de correr imenso, de soltar a bola na altura certa, de segurar a bola e passar pra trás... de fazer jogo fácil!! muito bom....

Levezinho: continua a esplanar futebol... à baliza!!! sempre muito seguro... com um bom estilo-helton! um dia vai conseguir fintar o pispis e marcar um golo! obrigado pelo passe que fizeste qdo me desmarquei para a baliza... depois de 17 tentativas recebi uma bola tua... obrigado!

Capucho: a bola cola naquele pé esquerdo que é uma coisa impressionante!! é o homem dos golos impossíveis... com um remate violento, imprevisivel e semi-colocado! no entanto.. se a sapatilha tem cola as vezes tem cola a mais e ja passava a bola mais vezes... mais umas semanas e acho que ele começa a defender!!! tá quase... :P


Pra próxima semana vamos tentar jogar 2h... vou falar com o gajo... pode ser que ele nao se importe...

ps: isto tá tudo fodido.. nao consigo meter foto!
ps2: prometo chegar primeiro que o capucho ao proximo jogo... ele ja estava equipado?!?!??! bati mal!!!
ps3: ainda bem q fiz 2 coisas feias ao lamas... se nao ia ser dificil atura-lo...

sábado, 7 de outubro de 2006

Somos o povo mais forte...

A foto não está por acaso... No jogo do título da época passada, não em Alvalade, mas sim em Penafiel, alguém muito especial conseguiu obter os ingressos nas bilheteiras do Dragão por entre os 'gunas' dos Super Dragões!
O Basculação dá um doce a quem encontrar a Ritinha de óculos escuros, o Levezinho a espreitar por cima da cabeça de um outro adepto portista, a Lipinha quase escondida na multidão, o Pispis com as mãos na cara e o Lamas de boné e óculos de sol.

Serve este intróito para decorar uma série de curiosidades do nosso clube que me chegou ao mail, com base na enciclopédia multilingue online livre - Wikipédia! Cá vão elas:

O FC Porto é o clube português com mais títulos internacionais (6)
O FC Porto é o clube português com mais botas de ouro conquistadas (3).
O FC Porto é o único clube pentacampeão nacional.
O FC Porto é o clube com mais Supertaças Nacionais conquistadas.
O FC Porto já disputou 22 das 28 finais da Supertaça Nacional.
O FC Porto é o clube português com maior número de títulos no Futebol, contando actualmente 264 títulos oficiais!
O FC Porto conseguiu, até hoje, fazer a "Dobradinha" por 5 ocasiões (1955/56; 1987/88; 1997/98; 2002/03; 2005/06), ou seja, ser Campeão Nacional e Vencedor da Taça de Portugal, na mesma época.
O FC Porto já fez o pleno nacional ou arrecadou a "Tripla" por 3 vezes (1997/98; 2002/03; 2005/06), ou seja, ser Campeão Nacional, Vencedor da Taça de Portugal e Vencedor da Supertaça Nacional, na mesma época.
O FC Porto é o clube português com mais participações na Liga dos Campeões com o formato actual falhando apenas na época 1994-95, e na época 2002-03, quando venceu a Taça UEFA.
O FC Porto tem um dos 15 melhores registos mundiais de invencibilidade em campeonatos nacionais. Os Portistas estiveram sem perder um encontro entre 22-10-94 e 24-03-96.
O FC Porto tem um dos melhores registos mundiais de invencibilidade, em casa, a nível das competições internacionais: 29 jogos (1974/75 até 1987/88).
O FC Porto é o único clube português que conseguiu vencer na mesma temporada o campeonato e a competição Europeia onde esteve envolvido. Ainda por cima, fê-lo em dois anos consecutivos (2003 e 2004).
O FC Porto contém no seus quadros futebolísticos, uma das maiores referências da história do futebol português e particularmente do FC Porto, Vítor Baía. Actualmente, Baía é o jogador com mais títulos da história do futebol mundial, com 30. Atrás aparecem Pelé e Rijkaard com 25 cada um.
O FC Porto tem, segundo a última revisão realizada em 2005, cerca de 100 000 sócios pagantes. Sendo assim, é o 6º clube do Mundo com mais sócios pagantes.
Segundo um estudo da empresa "EuroExpansão",o FC Porto é um dos clubes portugueses com maior número de adeptos, em que cerca de 30% da população portuguesa é adepta ou simpatizannte do clube. No caso particular do Distrito do Porto, onde a população ronda 2 milhões de pessoas, aproximadamente 80% da população é adepta do FC Porto.
O FC Porto é o único clube português que faz parte do Grupo G-14, o grupo dos clubes mais poderosos da Europa.
Segundo o Ranking Histórico Mundial de Clubes, o Futebol Clube do Porto é considerado, em termos de currículo, o maior clube português, o 10º maior da Europa e o 17º maior do Mundo!
Tendo em conta um estudo da "FutureBand", uma empresa especializada em consultoria de, o FC Porto é a marca mais valiosa do futebol português. O estudo apresenta as 30 marcas da Europa mais cotadas e Portugal conta apenas com um representante, o FC Porto. O estudo teve em conta factores, como: o valor das marcas, a lealdade dos adeptos, a capacidade de conseguir aumentar a venda de bilhetes para os jogos e o valor financeiro do clube. Neste ranking de marcas europeias, o FC Porto ocupa a 1ª posição em Portugal e a 27ª na Europa.
No que diz respeito às restantes modalidades:
O FC Porto é o clube português que junta maior número de títulos no andebol, hóquei-patins, bilhar, natação e, em ciclismo, é o que já venceu mais Voltas a Portugal (12).
Tendo em conta, apenas, os designados "3 Grandes", o FC Porto é o clube português que já conquistou mais títulos no hóquei em campo e no voleibol.
O FC Porto, em duas edições da Liga Nacional de futebol de praia, sagrou-se campeão em 2005 e classificou-se em 3ºlugar em 2006.
No hóquei em patins, o FC Porto é o clube português com mais títulos internacionais.
Segundo o ranking mundial de Hóquei em Patins, realizado pelo "Rink-Hockey", o FC Porto é o maior clube português, e o 2º maior clube da Europa e do Mundo, atrás do Barcelona.

quinta-feira, 5 de outubro de 2006

Até ao lavar dos cestos...



Assim foi… emoção até ao último minuto com Gui a enviar com estrondo a bola ao poste da baliza dos de colete quase consumado uma fantástica recuperação da sua equipa…

Mas começando de início… As baixas desta partida foram Peter (Cr)ouch e o seu cunhado Tosta Mista Box-To-Box… os quais estiveram na árdua tarefa de apanhar… a uva… que muitos também denominam por vindimas… para os seus lugares entraram o já conhecido Caccioli da Maia e o Mingues… uma nova cara que já passeou o seu talento futebolístico nas balizas do Leça ou mesmo do Leixões… chegando a pisar os palcos da divisão de honra do nosso campeonato português…

As equipas foram as do costume:

De colete: Pispis, Nokinhas, Babalu, Mingues e Caccioli…
Sem colete: Lamas, Levezinho, Icas, Braga e Gui… (Artur “Capucho” veio ainda reforçar a equipa quase no términos do jogo)

O jogo começou como há oito dias atrás… depois de uma oferenda de Pispis, Braga não se fez de rogado e presenteou-lhe com um chapéu de aba larga como sucedera na semana passada por intermédio de Lamas… A equipa dos sem colete entrou muito forte no jogo, chegando pouco depois aos 2-0… A partir daqui tudo foi diferente… A equipa de colete veio para cima do adversário e com uma eficiente circulação de bola e movimentações rápidas entre todos os elementos da equipa começou a dominar o jogo a seu belo prazer… A reviravolta no resultado foi acontecendo com naturalidade chegando-se a registar uns expressivos 2-8… Foi neste preciso momento que chega ao pavilhão de relva sintética da Maia Artur “Capucho” que mais uma vez se tinha perdido… Mas a chegada de “Capucho” foi o ponto de partida para uma recuperação fantástica dos sem colete, destacando-se a exibição de Braga em clara progressão em termos técnicos e tácticos… o jogo terminou num 13-14 que premeia a equipa mais consistente e com um fio de jogo muito mais bem definido, mas também fica à nota para os sem colete que nunca deitaram a toalha ao chão e o empate ficou a milímetros de acontecer após o lance de Gui…

Um a Um:

Vencedores:

Pispis: Na baliza, o seu estilo de René Higuita já lhe valeram dois chapéus de aba larga… à frente nota-se que é um jogador que faz a diferença… está bem fisicamente, vai para cima do adversário, desiquilibra… o seu pé esquerdo também regista bom índices a nível de remate… ficou na retina o balázio na trave em que Levezinho apenas teve tempo de acompanhar com os olhos… Pecou em termos de disciplina… travou-se de razões com Icas e essas picardias destabilizaram a nível emocional…

Nokinhas: Tecnicamente muito forte e numa forma física surpreendente… Fez golos com classe… que o diga o Levezinho… e até mesmo quando não acertava na bola como pretendia fazia golos…

Mingues: A cara nova… tacticamente esteve bem e na baliza mostrou a classe reconhecida, nomeadamente num chapéu em que Lamas o pôs à prova… Mandou o Levezinho aquele sítio em que todos nós sabemos num dos golos que apontou… mas de realçar que nesse lance a culpa foi toda de Lamas que tinha o lance ao seu alcance, mas deixou que Mingues fizesse gato sapato do Levezinho…

Babalu: Numa forma física monstruosa… corre o jogo todo e quando tem a bola nos pés deixa o seu perfume pelo campo… raramente falha um passe… é o cérebro da equipa… por ele passa todo o jogo dos de colete…

Caccioli: Manteve a postura dos jogos anteriores… jogador que tem prestações muito regulares… por iniciativa dele transferiu-se para equipa de colete por incompatibilidades com outros jogadores da outra equipa…

Vencidos:

Lamas: Chuta, chuta e chuta… mas ainda não foi desta que a bola levou o rumo certo… esforçado e também um bocado bruto segundo o Nokinhas… deixou o que tinha dentro do campo… mas tem de melhorar em termos defensivos…

Braga: É um jogador em clara evolução como já foi referenciado… os níveis físicos não são os de antigamente… além do golo de classe apontado logo no início do jogo, teve outros lances dignos de registo… algumas triangulações e finalizações que ficaram no olho dos presentes… é um jogador de equipa…

Levezinho: Quando saiu da baliza a diferença notou-se… e quando regressou a equipa teve a recuperação já referenciada… apesar de ter sido mal tratado em alguns golos, é de registar que esteve muito forte no um para um… que o diga Pispis que apenas numa das diversas vezes que teve isolado frente ao Lev Yashin de Padrão da Légua conseguiu factura…

Gui: O costume… o esteio da defensiva… sem ele tinha sido um desmoronar em termos defensivos… corre quilómetros e ontem tentou mais vezes ser feliz… teve nos pés o empate no último minuto, mas a bola foi caprichosamente ao poste…

Capucho: Mais de meia hora depois chegou ao relvado… Trouxe consigo outra vivacidade ao jogo… tem um pé esquerdo fantástico… com ele controla a bola como ninguém e desse mesmo pé que saem autênticos mísseis às balizas contrárias… durante o jogo foi recebendo instruções personalizadas de Icas…

Icas: O incompreendido… faz golos… e cria faltas para os golos surgir… ele foi um dos principais responsáveis pela recuperação realizada… nomeadamente em termos de destabilização psicológica do adversário… o único senão é que às vezes tal efeito de destabilização também se estende pela sua própria equipa… criticou Lamas para este soltar mais à bola entre os colegas e logo de seguida às instruções dadas recebeu a bola no meio campo e desferiu um potente remate que culminou com um dos golos da sua equipa, mostrando a todos como se faz…

Apenas como nota de rodapé, e uma informação quase exclusiva para o nosso Homem das Vindimas… o colete desaparecido estava em casa do careca…

terça-feira, 3 de outubro de 2006

Quem tem medo dos Muçulmanos?

Depois de duas exibições cinzentas do nosso FCPorto, muitos julgariam que a minha habitual crónica falaria do rendimento zero do Lucho, dos Ezequias, dos Alans e dos Tariks que abundam no plantel ou da diferença de classe para o galáctico Arsenal. Meus amigos, tentarei falar disso apenas após os embates com Sporting e Benfica. Por dois motivos: Primeiro porque ainda não podemos ambicionar bater o pé ao Arsenal na sua casa. Importa antes ver se no Dragão será diferente... Quanto aos outros arsenalistas, foi uma derrota que acontece, num campo difícil, e onde criamos situações suficientes para marcar. Apesar de alguns erros preocupantes detectados, há dias assim... Segundo porque devemos dar mais tempo ao nosso treinador, que apesar de tudo, perdeu a pre-época.

Queria antes falar-vos de Democracia. A letra maiúscula não está lá por acaso. De facto, tenho muito orgulho em ter um blog, e dizer e fazer o que me apetece (dentro da legalidade, obviamente). Gosto de viver numa civilização em que não há unanimidades. De certeza que há ainda portugueses que acham que o Mourinho não é lá grande coisa. Posso discordar. Posso até pensar que não têm cérebro, mas será sempre a opinião deles e a minha. Sítios há, no entanto, em que esta forma de viver não é aceite. Vejamos alguns regimes muçulmanos: Alá proibe terminantemente tudo o que é bom e dá prazer, e ninguém pode dizer nada em contrário sob pena de ser apedrejado(eu sei que é uma visão simplista). Mais uma vez não concordo, mas nem por isso vou bombardeá-los ou invadi-los. Eles vivem assim há séculos e poucos deles fizeram alguma coisa para mudar as coisas. Na casa deles mandam eles. Tudo isto é aceitável num devido limite. Esse limite foi ultrapassado com o caso das caricaturas de Maomé e mais recentemente, na reacção às declarações do Papa. Eu tenho o direito de pintar a barba do profeta Maomé de roxo. Até tenho direito de lhe pintar os lábios com uma cor de batom vulgar. É de mau gosto, mas é o meu mau gosto. Mau gosto a que tenho direito! Os Muçulmanos não nos podem impingir a sua forma de viver, tal como nós não lhes podemos impingir a nossa. E não é por berrarem muito que me vão fazer mudar de opinião.

Já sei que o texto está a ficar um pouco chato e por isso vou directo ao assunto. Eu julgava que este tipo de (o)pressão sobre a opinião dos outros, era própria de regimes antiquados como os que aqui descrevi. Como tal, não posso aceitar que atitudes semelhantes sejam tomadas por entidades que estão mandatadas para representar o meu país como é o caso da Federação Portuguesa de Futebol. O que é que faz esta gente pensar que se podem constituir em grupos de pressão para criar unanimidade à sua volta? Já sei que hoje em dia a Federação é uma máquina de fazer dinheiro e que a ideia geral é a de que se trata de uma entidade muitissimo bem sucedida. É uma ideia errada. Apenas a Selecção A é bem sucedida. Falamos na Liga, mas a verdadeira vergonha está nos campeonatos organizados pela Federação e basta ver, a título de exemplo, a organização da antiga 2º Divisão B, cujo actual escalonamento por series é uma coisa inenarrável. Que dizer da actuação da Federação em casos como o caso Mateus? Como é que neste tempo todo, ninguém na Federação reparou nos pareceres que denunciavam as leis sobre corrupção no desporto como inconstitucionais? Como é que estes senhores, a trabalhar assim, querem almejar unanimidade à sua volta? Como é que se acham no direito de pressionar um orgão de comunicação público, por causa de um programa de opinião? Só porque as opiniões nem sempre (quase nunca) lhes são favoráveis? Vergonha!

Esperava mais da administração da RTP. Esperava que defendesse o direito à opinião dos seus comentadores e dos seus jornalistas a desempenharem funções de comentadores, como era o caso do Carlos Daniel. O futebol é polémico e raramente gera consensos, e programas como o Trio de Ataque fazem sentido por causa disso. Como tal, não admito que a Federação Portuguesa de Futebol tente filtrar e condicionar a informação isenta a que tenho direito, muito menos no canal público de televisão.


Fica mais uma música cujo nome da banda tem tudo a ver com o que penso sobre estes senhores da federação, com seleccionador incluído: Band of Horses( Band of Horses-The Funeral.mp3 )

segunda-feira, 2 de outubro de 2006

As três cuecas do Labrecas!

Deixo aqui este video que é para todos nos lembrarmos que, hoje em dia, os guarda redes na selecção são finalmente um assunto consensual.
Pelo menos é assim que os media tratam o assunto desde que o Helton é titular no FCPorto.
Para mim o assunto não está encerrado, e quis lembrá-lo antes dos compromissos da selecção "de todos nós" no próximo fim-de-semana.

domingo, 1 de outubro de 2006

"Rua, Quaresma! Eu sei que foste tu..."

Nem sei porque continuo a perder tempo a tentar compreender as opções do seleccionador, mas esta tinha que comentar até porque nesta matéria sou isento pois não morro de amores pelo Quaresma.
Desta vez temos que compreender o Scolari por ter deixado o nosso cigano de fora da convocatória... Ouvi dizer de fonte segura (aquelas fontes que os jornalistas gostam de citar) que no final dum treino na Operação Finlândia faltava um impermeável igualzinho àquele que o CR usa na foto.
Veio-se a descobrir, mais tarde, material da Selecção numa banca da feira de Custóias e as autoridades descobriram que o ciganito tem uma rede de bancas franchisadas em várias feiras onde se comercializam todo o tipo de material, inclusivé os brincos e os anéis que o Adriaanse o tinha proibido de usar!

Alguém consegue encontrar melhor explicação para a ausência do Quaresma na convocatória???