Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Sporting 1-0 FC Porto (89-90)...

Imagem
Notas:
- O primeiro jogo de Gomes contra o seu FCP...
- Os comentários deliciosos de Gabriel Alves...
- Aquele Douglas do Sporting tinha um estilo... meias para baixo, camisola bem por fora dos calções e cabelo comprido... fantástico...
- Oceano a defesa direito...
- Falhanços escandalosos de Lima (Sporting)... vale a pena ver... dois lances seguidos... inacreditáveis...
- Sabem quem era Edu? Internacional brasileiro que veio do Torino e esteve na Copa América de 1987... no FCP não me lembro de nada de significativo que tenha feito...
- Já davam bastantes repetições na altura... até mais do que dão agora...

Feliz Natal...

Imagem
... em particular a todos aqueles que nos acompanham neste espaço!

CR10 aponta ao defeso

Imagem
É daquelas evidências a que qualquer treinador do FCPorto cede, mesmo o Vitor. Aproxima-se um período de transferências e o Cristian Rodriguez passa a jogar. Isto porque aumenta exponencialmente o seu rendimento. Eu até propunha que, mesmo depois de o deixar sair, que é coisa que parece inevitável, se lhe propusesse um contrato de part-time. Vinha cá jogar o Dezembro, Janeiro e Maio. O resto do tempo até poderia tirar férias visto que já sabemos que nesse período das duas uma: ou segue a dieta do Walter e não joga nada; ou segue a dieta do Walter e está constantemente lesionado.
Vamos ao jogo mas com uma abordagem muito leve, visto que esta competição vale muito pouco na cotação de um portista. E não! Não vou mudar de opinião se ganharmos a coisa. Por esse motivo apresento já uma crítica ao Vitor. Eu não resisto... Eu sei que o Hulk decidiu o jogo numa altura que a coisa estava morna e com tendência a complicar, mas eu queria ver antes o Iturbe em campo. Que o Moutinho jogue, até perce…

Afinal não foi preciso ir à bruxa

Imagem
Mas estava a ver que tínhamos de lhe fazer uma visita. Incrível como apenas chegamos ao golo no último quarto de hora. Pior: o Marítimo tem a única grande ocasião para marcar pouco antes. Naquele lance em que o madeirense passa de mota pelo Otamendi... Talvez o único remate que fez à baliza, na única vez que passou do meio campo na segunda parte. Era o chamado 'golpe de teatro'. Ainda bem que os nossos receios não se concretizaram. Melhor ainda o facto de ter sido o CR10 a quebrar o enguiço.
Vamos ao jogo. Gostei muito da primeira parte. Se esta semana me queixava da falta de oportunidades de golo e a relacionava com a falta do ponta-de-lança, nada melhor do que analisar a primeira parte de ontem. De facto, o problema resolve-se com a movimentação e com a dinâmica que se emprega no jogo. Continuo a achar que, com Kleber no lugar de Djalma fazíamos ainda melhor, mas fiquei contente com a evolução que temos demonstrado nos últimos jogos. Não consigo é dissociá-la da actuação de u…

É só em Fevereiro...

Imagem
É o meu único consolo. Até Fevereiro muita coisa pode mudar. Se não mudar, resta-nos constatar que nos calhou a fava... Venham eles!

Ponta de Lança

Imagem
Temos discutido muito a opção por Maicon a defesa direito. É a opção que mais contribui para os nossos calafrios, mas talvez não seja o grande problema da equipa no momento. Para mim, é a questão da colocação de Hulk a ponta de lança. Não está em causa o rendimento de Hulk nessa posição que até tem sido bastante acima das minhas expectativas. Nos últimos dois jogos, voltámos a demonstrar uma característica que nos empolgou nos primeiros jogos, nomeadamente o jogo da Supertaça Europeia. Recuperámos a bola rápido e no campo do adversário. Isso dá-nos a sensação que estamos a fazer um bom jogo. E até é verdade. No entanto, não vos parece que uma equipa que joga desta maneira deveria ter mais oportunidades de golo? Aquelas que aparecem nos resumos do Telejornal. E não vos parece também que temos usado e abusado dos remates de fora da área? Julgo que isto está relacionado com o facto de não jogarmos com um ponta de lança. São várias as situações em que abdicamos dos cruzamentos por não te…

FC Porto 4-1 Marítimo (89-90)...

Imagem
Notas: - André a marcar de cabeça na sequência de um canto? Fantástico... - O gajo do Marítimo passou-se? Na sequência Pinto da Costa a sair do banco e a mandar vir... MUITO BOM! - O remate na atmosfera de João Pinto na segunda parte... - O árbitro a transformar um penalty (bem dentro da área) num livre perigoso... - Os livres de Branco eram qualquer coisa... passou a ser o meu ídolo após a saída de Gomes para o Sporting... - Ewerton, e a sua barba, o mítico guarda-redes do Marítimo...

Seguimos lambendo as feridas

Imagem
Depois da desilusão de terça-feira, o mais importante era ganhar. Pelo menos isso está feito. O jogo foi completamente dominado pelo FCPorto e o facto de o Beira Mar ter estado na frente do marcador foi uma autêntica aberração. Nada tinham feito até essa altura e pouco fizeram a partir daí. Jogámos sempre no meio campo adversário, é certo que causando pouco perigo, mas também é certo que, se lá estamos, é sempre mais provável marcar. Até que Otamendi se lembra de fazer uma falta desnecessária e golo. É uma bola parada. Pode acontecer. Nada de demasiado grave. Importava ver a reacção. Não foi má. Tal como aconteceu no jogo todo, não foi nada de muito intenso, mas nota-se que já vai havendo mais confiança e mais vontade. Na segunda parte Hulk tratou de resolver o resto dando justiça ao marcador. Quem pareceu indiferente à justeza do resultado foi Maicon. Naquela fracção de segundo, vi outra vez o jogo de Nicosia. Não é que nos vamos lixar outra vez perante um adversário que passou três…

Beira-Mar 0-1 FC Porto (89-90)...

Imagem
Notas: - Três centrais??? - O que foi aquela saída do Baía nos minutos iniciais? - No miolo, Branco foi o grande esteio? No lugar normalmente de André? - Um Egípcio e um Sueco no Beira-Mar??? E o Bozinovski (Australiano/Macedónio) foi o melhor jogador do Beira-Mar??? E agora é que é só estrangeiros??? - Uma vitória feliz? Eu diria que tivemos mais do que oportunidades e até marcamos cedo...

Segundo objectivo falhado

Imagem
«Lá está o gajo a implicar... Viu o mesmo jogo que nós?» Não é isso. A nossa Champions não se mede só no jogo de ontem e a dura das verdades é que não nos conseguimos apurar num grupo bastante acessível. Direi até que ontem não tivemos a sorte que tivemos na Ucrânia. Direi também que jogámos melhor que no único jogo que vencemos em casa. Isto interessa? Não somos clube de vitórias morais e há que assumi-lo: a equipa falhou um crónico objectivo. É uma desilusão dada a qualidade do plantel e, tal como aqui previ, pouco a pouco os objectivos e ambições legítimas da equipa e do clube e dos adeptos vão sendo defraudados. Que termine por aqui.

Vamos ao jogo. Ao contrário do que aconteceu no jogo com o Braga, gostei da forma como jogámos nos primeiros 30 minutos. Dinâmica, ataque organizado, ideias de jogo e futebol variado com James e Moutinho a pensar o jogo. Nada do pontapé para a frente que chegámos a ver no último jogo do Dragão. Depois disso e sobretudo na segunda parte, deixa de hav…

FC Porto 4-0 Dínamo de Bucareste (90-91)...

Imagem
Vídeos made in Basculação...


Notas:
- Taça dos Campeões Europeus - Época 90/91 - 2.ª Eliminatória...
- Apenas os primeiros segundos do vídeo não têm som...
- Domingos... muita classe... a assistir, a cair para a piscina e, claro, a marcar...
- Kostadinov... rapidíssimo...
- Geraldão, mesmo a marcar penalties, não pensava muito... apenas puxava o pé atrás...

Já que temos de ganhar...

Imagem
Convém entrar com uma equipa para ganhar! Imagino que se aposte na mesma equipa que jogou na Ucrânia e contra o Braga. Mesmo assim, deixo a minha sugestão: Helton; Fucile, Rolando, Otamendi e Álvaro; Fernando, Moutinho, Belluschi; James, Hulk e Kleber.
Notam com certeza que estão sublinhadas as alterações que proponho e que não são meras trocas de elementos. São antes trocas de filosofia. Da contenção para a emotividade, do 'play it safe' para a ambição. Joga-se a época e ainda mais depois de olharmos para as contas que foram divulgadas na passada semana.
Com Fucile deixamos de estar coxos ofensivamente nas laterais. Com Belluschi juntamos a James outro 'artista' para inventar caminhos até à baliza e com Kleber, as despesas da finalização deixam de ficar entregues unicamente a Hulk que ficará mais liberto. E nem terá que necessariamente ser encostado a uma ala. Poderá até insistir nos movimentos nas costas que fez enquanto jogou como ponta-de-lança. Seria mais um elem…