quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Os jogadores passam, a Instituição fica...

Mas alguns jogadores também ficam para sempre...

Depois de algumas provocações do Prata sobre o meu contributo para o blog já andava mortinho por escrever qualquer coisinha :-)

 Não resisti depois de duas notícias quase consecutivas sobre dois jogadores que, acredito, vão ficar para sempre ligados ao Porto! Na segunda, Lucho foi notícia por ter visitado um puto de 15 anos no Hospital S. João que já há 2 anos que luta contra um cancro... Vale o que vale e se calhar o nosso Comandante até foi fazer um frete... Não quero saber... Esta foto e a mensagem dos familiares do miúdo dizem quase tudo sobre o que um futebolista pode provocar num comum adepto quanto mais numa criança...



Adelante...

Ontem, num registo diferente mas com outro emblemático: Vítor Baía... E foi há 25 anos que alguém se destacou perante Zé Beto e o Josef... Recordo-me que na altura muitos comentavam a tranquilidade com que estava na baliza e que devido a esta afirmação tão novo acabou por ser Bizarro o guarda-redes titular campeão do Mundo em 89... tirando possivelmente mais um troféu à sua carreira...


Só  mais um upgrade by Lamas com o vídeo de há, precisamente, 25 anos, com a estreia deste senhor em Guimarães...


Símbolos do nosso FCP, sem dúvida!

2 comentários:

Lamas disse...

Tinha vindo cá para meter o vídeo do Baía e quando olhei, bastou fazer o upgrade...

Dois símbolos, sem dúvida...

Na sequência da notícia do Lucho, recomendo a visualização da reportagem de ontem (terça) do Porto Canal, mais concretamente do Ricardo Amorim, no programa Cadeira de Sonho... MUITO BOM!!!

riskolas disse...

Sem duvida, Lamas.
O Manuel Costa é um exemplo de como a vida deve ser enfrentada de frente e determinação! Sempre conscientes das nossas limitações mas nunca desculpando os fracassos com essas limitações!