terça-feira, 24 de setembro de 2013

LOBOtomia


Era para nem falar disto, mas não resisti...

Não. Ao escolher este título de post, não quero dizer que Jesus andou à pancada com a polícia por lhe ter sido retirada parte do cérebro... Até porque a pré-histórica técnica, que em tempos até valeu um prémio Nobel (ou Nobél) da medicina a um Português, supostamente teria um efeito oposto: era suposto o homem ficar calminho. 

Apenas queria arranjar um jogo de palavras (fraquinho) para me referir à manobra de diversão que se tentou aplicar com esta história da bárbara agressão aplicada alegadamente a Nuno Lobo, presidente da Associação de Futebol de Lisboa. Além das alegadas agressões, as dolorosas injúrias! Muito sofreu o xoninhas... Perdão! Permitam-me corrigir para 'alegadamente xoninhas'... De facto pareceu-me um personagem um pouco morcão (alegadamente), mas às vezes as primeiras impressões são enganadoras e é até possível que ele seja mesmo, como tanto apregoa, o instigador da força destrutiva que vai devolver o futebol lisboeta à hegemonia eterna no futebol nacional. Isto apesar da sua aparente e alegada obsessão por bananas...

Mas chega de falar do acessório, por muita piada que eu ache à personagem. Jesus, o mestre da táctica, tal como Scolari, foi defender o 'minino'. Problema: em vez de andar 'à pêra' com um jogador sérvio, Jesus meteu-se com polícias. E isso faz as delícias de todos os que não seguem a causa do mais maior grande clube de Portugal e territórios Ultramarinos. Que é que nos vão arranjar mais? Esta época do Benfica tem sido um autêntico rodísio de disparates! Parem lá um bocadinho que também não precisa de ser todas as semanas... Desde o camião de Sérvios mais os 'irmões', ao negócio Roberto, às valorosas contratações que acabaram quase todas emprestadas ou não inscritas, ao pedido de desculpas e reintegração do Cardozo, até aos insultos do Luisão dirigidos aos adeptos, etc. Ufa! É interminável! E tudo em três meses...

Jejus anda a precisar desesperadamente do carinho dos seus adeptos. Pelo menos os da claque, já conquistou. O homem só pode ser idolatrado! Vejam bem se o acto de andar à pancada com a polícia, sem ser preso, não é o sonho molhado de um membro de claque?

Vamos finalmente ao ponto: será que o treinador vai ser castigado? Tenho sérias dúvidas. Se o for, vai ser de curta duração e, se calhar, até vai calhar convenientemente numa pausa para jogos das Selecções ou no Natal. Pouco me importa pelo mestre. Eu até acho que ele faz falta aos portistas no banco das papoilas. A questão vai ser sempre aquela dúvida com que ficamos: e se fosse o Paulo? E se tivesse sido o Vitor? Ou o André? Ou até o Leonardo? Será que voltava a ser aplicada a inédita figura da suspensão preventiva? Será que voltavam os castigos superiores a três meses? E aí deixa de ser tão divertido. Mas enquanto não vem o castigo ou a abssolvição, podemos continuar a rir.

4 comentários:

Taqui disse...

Tou mortinho por passar por estes spotters no Dragão! Sim, conheco-os a todos! Vou lhes dizer, pela minha saúde, que sao uma vergonha!
Alguma vez um Policia é agredido, impedido de fazer o seu trabalho e sem consequencias para o agressor?
Se fosse um de nós o que nos acontecia?!
Até admito, nao o algemarem logo ali, nem puxarem do cacetete, mas no minimo saía do estádio detido! no minimo!
Vou-me rir na cara deles, e vai ser já na sexta-feira!

Sérgio disse...

As ameaças que li foram referentes ao árbitro do andebol e não de futebol. O facto de ter errado, não invalida os actos praticados por esta gente seja em que modalidade for.

prata disse...

oi?

Pispis disse...

É fantástico!

Depois do Nuno Lobo querer à força toda o poder para Lisboa (que poder?), temos Jesus a querer fazer justiça divina com LFV a dizer que ninguém pode dizer que viu uma agressão do JJ!

Delicioso! :-)