quarta-feira, 18 de novembro de 2009

7 Golos em 45 minutos...

... e um de letra!

Depois desta breve descrição está decifrado o vídeo da semana... em semana de Taça e depois do cromo da semana passada e ainda com "cunha" metida por Miguel87 nos comentários do blogue... aí está uma bela recordação da vitória por 9 bolas 1 perante o Juventude de Évora numa das eliminatórias da Taça de Portugal em 1997/98...

Apenas uma nota para o facto de ao intervalo estar 1-0 e a entrada de Jardel ao intervalo não ter sido solitária, pois teve a companhia de Drulovic que assistiu o nosso goleador-mor em 4 dos 7 golos apontados e e ainda marcou 1, apenas porque Jardel não conseguiu chegar à bola...



O Antas também pediu golos do Gomes... e aquele que eu mais vibrei nas Antas já foi aqui postado, mas aproveitamos o pedido para recordar no vídeo abaixo na vitória por 4-2 frente ao Sporting da Covilhã, jogo no qual o FCP se sagrou Bicampeão Nacional (84/85 e 85/86)...

7 comentários:

João disse...

...saudades de Jardel

prata disse...

Jogámos com os titulares todos... Só podia dar nisto. Aquele golo do Jardel é inacreditável... E já agora também é inacreditável o penalti que ele simula...

miguel87 disse...

Que chuva de golos! Mas estava convencido que tinha sido neste jogo que o gajo marcou "de bunda", afinal não...

O Drulovic era de uma classe extraordinária!

Quanto ao Gomes, é o BIBOTA e tá tudo dito, aquele golo do empate!!! que golaço!!!
Foi o primeiro jogo que fui ver ás Antas, com 6 anos de idade :D

Lamas disse...

eu também (pelo menos é o primeiro do qual tenho memória)... a única diferença é que apenas tinha 5 anos... :)

Antas disse...

Do primeiro video reconheci logo o jogo, estive presente aliás como sempre, foi um jogo de Taça em que tudo correu bem ao FC Porto.

Golo de Jardel é um Hino ao futebol, teve tudo finta, toque de classe e golo de letra. Este Jardel estava com a moral toda.

Mas o lamas não se esqueceu de mim, um muito obrigado por partilhares estes momentos aqui no blog, foi um prazer ver isto.

Tenho "inveja" de quem assistiu a este jogo "in loco", visto que a minha primeira entrada que tive nas Antas foi num FC Porto vs Ajax para a Supertaça Europeia.

Mas aqui em casa o meu pai e o meu avô conseguiram contar muito bem a história do jogo, estádio abarrotar, bandeiras aos montes, euforia, suores frios a meio do jogo, explosão de alegria e um grande jogo de Futebol, FC Porto era Campeão.

Momento Gomes, decisivo como sempre , importante quanto baste, ainda estou por perceber o porquê de ter saído pela porta do cavalo.

Não foi só um jogador à Porto, foi um goleador, em pequeno eu e os vizinhos a jogar futebol costumávamos escolher nomes e claro eu tinha de ser o Gomes, foi um ídolo como jogador, ia ver os jogos e passava o jogo todo a olhar apenas para o que o Gomes fazia.

A minha melhor prenda de Natal foi em 1988 quando o meu pai me comprou o meu Primeiro KIT do FC Porto, ainda hoje o tenho , era uma espécie de camisola ranhosa em algodão com umas fibras que faziam comichão e tinha em espécie de veludo o sagrado número 9.

Claro que também tive uns calções e umas meias para combinar, foi até hoje a prenda que mais vibrei.

Não é qualquer puto de 17 anos que no seu jogo de estreia não só ajuda o FC Porto com 2 golos mas também dá a vitória com 2 pontos bem preciosos.

Ao basculação um grande abraço e um obrigado por estes momentos.

Que saudades me deixa este craque,

Artur disse...

Grandes momentos..dois pontas de lança fantásticos.Em termos futebolisticos gosto mais do Jardel. Gomes demonstra o amor ao Porto e a mística de k se fala. Nunca vi ninguem festejar golos assim

dragao vila pouca disse...

Mauzinhos...Com dois extremos daqueles, Capucho na direita e Drulovic na esquerda, Jardel só tinha de estar lá e facturar. O mesmo se passava com Gomes...primeiro com Oliveira, mais e Costa menos, depois com J.Magalhães e Futre.

Um abraço