domingo, 4 de fevereiro de 2018

A importância da assistência


Depois do 'hat trick' do Alex julgarão que estou a falar da importância das assistências para golo. E julgam bem! Não é normal ver um lateral a alcançar esta façanha, mas já não é a primeira vez que vemos o Alex a fazer isto. Mas é também de notar que este ano os nossos laterias têm um impacto ofensivo reforçado pelo modelo de jogo aplicado. São muitas as vezes em que as 'despesas' da ala são deixadas apenas para Alex e Ricardo, que têm correspondido de uma forma extraordinária. Mas, já que a língua portuguesa me permite, posso destacar também outro factor que me pareceu e parece importante, na época que a equipa está a fazer: a assistência nas bancadas. Mais uma vez tivemos mais de 40 mil adeptos nas bancadas, numa noite de temperatura muito fria, mas com um ambiente quente, que nem chegou a arrefecer com o golo adversário. Muito bem, o Dragão!

Mas além das assistências do Alex há ali outro padrão nos golos. O primeiro e terceiro surgem da nossa segunda vaga ofensiva e de insistências por Aboubakar e por Brahimi. Ambos vão recuperar a bola junto à linha e servem Alex para o cruzamento e para o golo. Até o canto que dá o segundo golo é conquistado através de uma excelente jogada de insistência de Brahimi. Isto é um sintoma claro de intensidade de jogo. Só conseguimos sufocar o adversário, se conseguirmos criar perigo consecutivamente e de forma reiterada. Este tem sido um dos segredos do FCPorto de Sérgio Conceição no Dragão.

Antecipava-se facilmente que o jogo fosse complicado e, efectivamente, complicou-se. Complicou-se com o golo do empate, numa altura em que já tínhamos perdoado o 2-0, e complicou-se quando Sá teve de fazer uma excelente defesa, numa altura em que já tínhamos perdoado o 3-1 por várias vezes. Abel destaca esse momento como fundamental. Compreeendo. Cada um agarra-se aos seus 'Se'... Se o Sá não tivesse defendido... Se o FCPorto marcasse metade das oportunidades claras que cria... Se o Marega não tivesse apresentado 'tijolos' em vez de pés... Se a equipa do FCPorto não apresentasse tantos sinais de cansaço... Se Hugo Miguel não marcasse falta a cada espirro de um jogador do Braga... Se... Tretas. Foi uma vitória dura, difícil, mas que não poderia ficar pela vantagem mínima, dada a diferença entre as equipas que ficou marcada, nos 90 minutos no Dragão.

Individualmente, tenho três candidatos a MVP: Alex, Ricardo e Sérgio. Foram as três exibições que mais se destacaram. Desempato pelas impressionantes três assistências do Alex, mas os dois laterais foram importantes. Sérgio Oliveira apresentou a sua melhor exibição da época, sendo uma óptima notícia, dada a ausência de Danilo. Em relação a Oliver, acrescenta o poder de fogo em meia distância e acrescenta em agressividade. Já sabemos que perde noutras coisas, mas isso nem se notou ontem. Sá também esteve muito bem com duas defesas de dificuldade máxima. Brahimi e Aboubakar estiveram bem até rebentarem fisicamente. Herrera esteve pior que Sérgio, mas não esteve mal. Não gostei de Corona e Marega. O primeiro esteve bem em termos de empenho e entrega mas não definiu bem. Marega teve o segundo jogo consecutivo em que tudo que toca é asneira. Não é motivo para alarme mas deixo apenas uma alerta. Será vantajoso que um dos intocáveis de Sérgio Conceição, que faz 90 minutos sobre 90 minutos, seja o Marega? Um jogador que consegue fazer dois jogos seguidos em que perde mais de metade dos lances em que intervem? O plantel agora tem mais soluções e há que gerir a condição física de todos. Parece-me que a polivalência ofensiva e a capacidade física de Marega está a impedir Sérgio de explorar outras soluções. Atenção que não digo que deva deixar de ser titular. Apenas digo que há jogos em que tem de sair muito mais cedo, como o de ontem, por exemplo. Destaque final para Waris e Paulinho que entraram e acrescentaram muito pouco. Pareceu até que estavam meios perdidos em campo.

Continua o calendário terrível de Janeiro e Fevereiro. Venha daí o Sporting! O Jamor pode ficar à vista, já na quarta-feira.

Sem comentários: