quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

FCPorto Versão 'Beta'



Bola ao poste não é azar, é erro de finalização! Simplesmente é um erro bem menor que um remate que sai pela linha lateral... É também um erro menor que uma grande penalidade falhada ou que um mau posicionamento defensivo que resulta em golo ou que um defesa que fica à espera que se marque um fora-de-jogo sem que se faça ao lance. E que dizer de Helton no primeiro golo? Ao menos sofreu com estilo! E sobram erros neste FCPorto. Demasiados... E, como já conhecemos a maior parte dos jogadores e conhecemos a sua versão normal, olhamos com desconforto para esta versão 'Beta'. Esclarecendo a metáfora, nos domínios do software, uma versão 'Beta' é uma versão ainda em fase de desenvolvimento ou de testes, e normalmente muito mais susceptível ao acontecimento de erros. Ora, se temos um hardware semelhante, torna-se difícil não pôr as culpas no implementador do software 'beta': Paulo Fonseca. 

A lógica é simples e fácil de compreender. Ontem entrou a equipa habitual. Equipa essa que apresenta apenas um jogador diferente em relação à época passada. Dirão que Defour e Josué são jogadores bem inferiores a Moutinho e James e eu concordo. Esse argumento chegou para me iludir durante uns tempos, mas estamos praticamente a meio da época e nada evoluiu! A perda de jogadores influentes não pode ser uma álibi eterno. Houve já tempo para que, um bom colectivo, pudesse ultrapassar essa dificuldade. Dou um exemplo, Simeone perdeu Falcao e tem uma equipa melhor e mais forte sem reforços sonantes. Há ali dedo do treinador! Mas Paulo Fonseca não conseguiu ainda resolver. O que conseguiu foi transformar este FCPorto num equipa intranquila e demasiado permeável a erros. De tal forma que reage sempre mal quando estes acontecem. Dá a ideia que só a qualidade dos jogadores é que vai dando uma ilusão de reacção. Pouco se vê de reacção organizada e em colectivo. E isso são factos que têm de ser imputados ao treinador e não serão uma bolas ao poste perante um Atlético de Madrid em poupança que nos vão animar.

Outro facto que lhe podemos apresentar são os números: pobres. Pior participação na Champions League em anos. Parecidas só as de Adriaanse e no primeiro ano de Vitor Pereira mas, ainda assim, ligeiramente melhores. São tudo factos a que administração e Paulo Fonseca terão de acorrer rapidamente, talvez depois de uma nova reunião com a claque. É que a última teve efeito curto...

Fico-me por aqui. No Domingo há mais.


10 comentários:

prata disse...

Já não me lembrava, mas a de participaçã de Adriaanse foi igualmente má em pontos.

riskolas disse...

Prata, gabo-te a cordialidade! :)

Batemos no fundo. O Porto nunca jogou tão pouco, tão mal e o problema não é só de jogadores. Veja-se o caso dos vasquinhos. Não têm grandes jogadores mas têm um grupo, têm uma equipa e isso é trabalho de treinador. Neste momento, somos, no máximo, uma soma de individualidades quando, num desporto colectivo, o todo tem de ser muito melhor e maior do que essa soma.
Aliás, jogamos tão mal que até acho que somos é uma subtracção de individualidades!

Domingo há mais...

prata disse...

Pior na Champions, só com Octávio Machado. Recuso-me a fazer comparações com esse ano porque não gosto de me lembrar que tal personagem chegou a ser o nosso treinador principal...

siulloureiro disse...

Excelente e cordial (como já foi apontado) análise, de onde eu concluo que Leonardo Jardim está no clube errado por culpa de Vítor Pereira!!!

Saudações desPortistas!!!

Lamas disse...

Bem que podíamos ter ido logo de vela quando o Hulk falhou o penalty... mais doloroso era difícil... os gajos espetaram 4 ao zenit... que dor...

A esperança de ver isto a recompor-se pela mão de Paulo Fonseca começa a decrescer exponencialmente... sentimento similar no período similar do primeiro ano de Vítor Pereira...

A ver vamos...

Mirone disse...

O que mais me lixa é a teimosia do treinador com o Josué a extremo. Peço desculpa na repetição deste tópico, mas é a maior evidência da teimosia/estupidez do PF. Não atacamos uma única vez pelo lado direito quando ele joga a extremo.

Tem sido constante nos jogos que nos estão a correr mal (qs todos ultimamente) a substituição do Josué aos 65 min, por o Licá, Ricardo etc. Se faz sempre esta substituição, porque é que o mete lá no 11 inicial?!?

A piada é que o Quaresma (será que ainda quer jogar futebol?) pode chegar aqui só com meia perna e tem lugar de caras nesta equipa.

E num jogo como o de ontem em que estamos a jogar em cima do adversário, porque é que não tira o Lucho e mete o Quintero ao intervalo. Sempre trazia alguma criatividade e podia ser que surgisse alguma coisa no meio daquelas pernas todas.

riskolas disse...

Prata, quanto a participações idênticas, só mesmo a do Adriaanse!
Em 2005/06 fizemos grupo com Inter, Rangers e Artmedia. Em casa ganhamos ao Inter (!) e empatamos com o Rangers. Lembro-me que perdemos com o Artmedia 2-3 num jogo em que na 1ª parte podiamos ter marcado 10 golos! Na segunda suicidamo-nos. Fora, perdemos no Inter e no Rangers e empatamos com o Artmedia. Resultado: 5 Pontos (1V 2E 3D).

Com o Malvado, em 2001/02 havia duas fases de grupos. Na 1ª fase tinhamos como adversarios a Juventus, o Celtic e o Rosemborg. Fizemos 10 pontos (3V 1E 2D)! Na segunda fase apanhamos o Real, Sparta Praha e Panathinaikos. O Malvado só nos orientou nos dois primeiros jogos. Empate a zero na Grécia e derrota em casa com o Sparta (golo do Sionko e frango do Paulo Santos, lembras-te?).

Como vês, PF é mesmo o pior de sempre! Não esquecer que o Co era louco mas herdou uma equipa em cacos e até jogavamos futebol. O PF herdou equipa feita, a baixa do Moutão é enorme, sem dúvida, mas temos um orçamento de quase 100M€!

Cada minuto que passa com o PF a treinador é um minuto desperdiçado e oferecido aos vasquinhos e lampiões.

prata disse...

Ok. Também tinha essa ideia. E lembro-me que o jogo fora no Artmedia foi jogado num campo que envergonha a competição. Bem pior que a neve de Istambul...

Já agora, não te esqueças da perda de James. Vejo muito portista a desvalorizar o valor dele e acho uma estupidez monumental, por muito que ele não tenha tido um rendimento ao seu nivel nos últimos tempos de FCPorto. Vejam só as dificuldades que Quintero e Josué têm em dar profundidade ao jogo ofensivo a partir daquela posição. Podiam ver uns joguinhos do James...

riskolas disse...

Sem dúvida! Aliás, é ele que tem segurado o Monaco nos últimos jogos.

riskolas disse...

Outra responsabilidade que aponto ao PF é a aparente péssima condição física dos nossos jogadores.

O Patético correu quase mais 3km do que nós e não os vi a cheirar bola!

Todos dizemos que "o Lucho rebenta aos 60'", "o Josué rebenta aos 60'", "o Quintero rebenta aos... 15'". E nota-se bem que nunca conseguimos fazer um bom assalto final nas partidas mais dificeis. Se calhar a ineficácia também está relacionada com a má condição física.