segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Moral


Venho dizendo que faltava ao FCPorto um resultado moralizador aliado a uma exibição convincente. Na sexta-feira vimos isso. Ainda assim, não consigo perceber onde acaba a nossa boa exibição e onde começam as imensas fragilidades da Olhanense. Ainda assim, estivemos poucos no Dragão, mas podíamos ter assistido a uma goleada das antigas. Para isso bastaria um aproveitamento melhor das muitas oportunidades claras de que dispusemos.

Parece que Paulo Fonseca, tarde ou cedo, conseguiu para já resolver o problema de criação ofensiva no meio-campo. Carlos Eduardo ajudou, mas a presença de Lucho numa posição mais recuada, também ajuda e muito. E depois temos Fernando de regresso a uma super-forma. Na sexta-feira tivemos imensas ocasiões de golo e nem tivemos grandes exibições no trio da frente. Sobretudo Licá esteve bastante sofrível perdendo a maioria dos lances. Varela também não esteve brilhante e mesmo Kelvin terá dificuldades em ganhar o lugar se jogar como jogou. Ainda assim preferia que fosse ele o titular neste momento em vez de Licá. Os primeiros golos chegaram de bola parada mas a equipa construiu o suficiente para marcar golos de bola corrida como se veio a confirmar já perto do final com os golaços de Carlos Eduardo e do improvável Herrera. 

Individualmente, o MVP vai para Carlos Eduardo com um golo e duas assistências. Mas gostei bastante da exibição de Fernando. Não gostei de Licá. Quanto aos restantes, não tenho grandes destaques a fazer a não ser o grande salto de Mangala no primeiro golo. Salta acima da trave! 

Ainda assim, convém perceber se Fernando renova ou não. Ele é melhor, mas Defour não jogou nada mal contra o Braga nessa posição e esse tem contrato por mais tempo. Já sabemos que vai entrar Quaresma, mas não me surpreenderá nada que em Janeiro, e ao contrário do habitual, saiam dois jogadores titulares: Fernando e Otamendi. Um por problemas na renovação e outro porque tem mercado e porque está a tapar a evolução de Reyes.

Voltamos a estar no topo. Que seja para não largar mais!

Por falar em moral, que dizer a histeria dos vasquinhos? E do futebol das papoilas saltitantes? Tranquiliza um pouquinho, não acham?

2 comentários:

Lamas disse...

Para mim foi uma noite especial... primeira vez num camarote, primeira vez com a minha filha num jogo oficial no Dragão... quando ela viu o Jackson festejar ao vivo, tal como ela o imita, foi um momento sublime com um abraço do tamanho do mundo ao papá dela...

Quanto ao jogo, por incrível que pareça, até o consegui ver em condições... e, finalmente, foi conciliar o resultado à exibição... talvez ter sido o Olhanense também o tenha ajudado, mas agora é esperar pelas cenas dos próximos capítulos...

Carlos Eduardo está a "pegar" de estaca...

Saí do estádio a "vibrar" com eu e a minha filha a cantar o "campeão voltou"... o pior foi mesmo o dia seguinte... o frio deixou marcas e foi um Sábado com a miúda a "arder" em febre e um peso na consciência do tamanho do mundo... mas, mesmo assim, tenho que confessar que soube pela vida...

Feliz Natal para todos aqueles que nos acompanham neste espaço cibernáutico!!!

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...



caríssimos e caros visitantes deste espaço de referência do maravilhoso mundo que é a bluegosfera,

votos sinceros de Boas Festas! e de um Próspero 2014 (que bem precisamos :D)

no fundamental:
penso que estamos todas(os) a necessitar de um tempo extra com as nossas famílias, para o prolongamento do campeonato que se segue. é que o dia seguinte é já Amanhã :D

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! :D
Miguel | Tomo II