sexta-feira, 18 de setembro de 2009

45 minutos chegaram...

Tal como no passado sábado, o vídeo da semana recorda um jogo do campeonato nacional da época 1995/96 em que a primeira parte foi suficiente para decidir o jogo e também com uma goleada... É o resumo de um jogo contra o quase extinto Campomaiorense, agora pelos distritais de Portalegre, em que conseguimos argumentar em três vertentes para justificar o vídeo da semana...

Em primeiro lugar, e como já referido, é um jogo parecido com o do Leixões, pela goleada imposta e pelo jogo ter ficado resolvido na primeira parte... em segundo lugar, porque na equipa de verde está a jogar um jogador que, incrivelmente, anos mais tardes se catapultou para o futebol inglês, tendo tido a sua maior expressão, precisamente, no Chelsea... e por último, para recordar mais 2 golos do nosso Domingos, com o qual nos vamos reencontrar já amanhã no Estádio Municipal de Braga...

12 comentários:

miguel87 disse...

-Precise pass e killer instinct!
-Drulovic a facturar de pé direito; vi mal ou foi de trivela? Para mim está no top5 dos estrangeiros que cá passaram
-Lipcsei teria sido um fora de série se não fosse a lesão grave.
-Domingos: categoria.
-Os dois médios centro a aparecerem a jogar na grande area pela linha de fundo, era no tempo em que que até os médios defensivos atacavam!
-Futebol nas antas á luz do sol, que saudades!

riskolas disse...

-idem;
-não foi de trivela; idem.
-idem;
-idem;
-IIIIIDDDDDDEEEEEEMMMMMMMM!!!!!
-idem

prata disse...

As conferencias de imprensa de Bobby Robson são uma delícia!
Também gostei do pormenor de se aproveitar o facto de estar a vencer por 5-0 para trocar de guarda-redes ao intervalo. É que nem sei se nesta altura só se faziam 2 substituições. Pelo menos só se vê entrar semedo

fernando disse...

E o Emerson que nunca estava cansado? que jogador!!!
No campo maiorense estava um avançado de categoria! um tal jimmy que depois até foi à selecção da Holanda!

Artur disse...

- Idem
- Idem.Não foi de trivela.
- Idem
- Idddddddddeeem!!
- Idem
- Idem (mas hoje em dia somos nós k brilhamos intensamente).
Acrescento que o Campomaiorense assemelhava-se às equipas que este ano defrontaram os filhos da puta dos mouros(frakissimo)

riskolas disse...

Partes tudo, Artur!
Tens sorte que não te cobro os direitos de autor! :D

miguel87 disse...

Recordo-me que o Emerson fez uma primeira época fabulosa (94/95) e na seguinte (a do video) ficou uns furos abaixo, apesar de acabar vendido ao 'Boro.

Será Guarin, que tem algumas semelhanças com ele, capaz de fazer o inverso e brilhar esta época??

Ricardo de Sousa disse...

Foram 5 mas poderiam ter sido uns 15.
Tantas oportunidades falhadas.

Apesar das semelhanças entre este jogo e o do Leixões há a diferença que mesmo na segunda parte a equipa continuou à procura do golo. Não tirou o pé do acelerador.

Emerson era um monstro, no bom sentido.

Abraço

Artur disse...

O Emerson era de facto um monstro. O Assunção um Pesetero. Para mim não houve nenhum como o Costinha, mas o Fernandinho arrisca-se seriamente a vir a ser melhor que ele. E quando vocês virem o Prediger até se vão passar!!

ninja disse...

Que saudades de ver jogos nas Antas à tardinha...Emerson poderia ter tido uma enorme carreira e Domingos era classe e categoria. Drulovia está entre os melhores que jogaram por nós.

Abraços

Anónimo disse...

LABAREDAS


Vermelhos, mas não de vergonha

O que é que faz o treinador do Benfica no restaurante de um conhecido barbudo benfiquista, na companhia de dois... jornalistas da RTP? Almoça, naturalmente. E conversa. Mas sobre que temas? O Labaredas suspeita que Jorge Jesus não estará propriamente interessado no jornalismo ou em recordações de um defunto programa dominical, por isso o assunto que os une nesta altura é, indiscutivelmente, outro: o vermelho.

«Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és». Neste caso, o que és. Se Carlos Daniel e Hélder Conduto fossem «apanhados» a almoçar em grande cumplicidade com os técnicos do Paredes e de um clube do interior alentejano ou gritassem, alto e bom som, em pleno local de trabalho, que o clube da sua terra é o maior, não viria mal ao mundo.

Assim, porém, é mais grave e despudorado: Que tipo de imparcialidade pode esperar-se quando, amanhã, coordenarem ou comentarem trabalhos sobre o Benfica e, já agora, sobre algum dos rivais azuis e brancos e verde e brancos?

Marco Medeiros disse...

Grande tarde de futebol mtos golos, grande exibição, muito espetaculo, muita oportunidade de golo desperdiçado contra um fraco campomaiorense que se estreava na 1ª.

A unica surpresa para mim na altura foi um tal de Jimmy, que eu disse logo aos meus colegas de arquibancada - para o ano está cá. Foi pena ter desaguado no lado errado da cidade.