terça-feira, 12 de maio de 2009

Que curioso… 12 tetracampeões!



Que ao clube dos ‘Tetras’ só dois clubes pertencem, isso quase toda a gente já sabia, que apenas um deles conseguiu o feito duas vezes e numa altura que já havia televisão a cores, também devem saber… Mas, jogadores tetracampeões, quantos são afinal?



Se o Sporting, na longínqua década de 50, contribuiu com 10 jogadores que estiveram na única séria de 4 campeonatos consecutivos da história do clube, o FC Porto no total das duas séries já contribuiu com 12. Tempos diferentes, em que os estrangeiros nos plantéis eram excepções e as transferências no final de cada época eram muito poucas. Entre 94/95 e 97/98, foram 7 tetracampeões, nesta nova série foram 5.


Vamos a uma curiosidade: em 94/95, o início da caminhada para o penta ficou (e vai ficar sempre) marcada pelo primeiro golo dessa época, apontado por Rui Filipe na vitória por 2-0 sobre o Braga nas Antas, nessa semana o jogador viria a falecer num acidente de viação mas o Porto marca presença em Aveiro e dedica a vitória (novamente por 2-0) ao jogador. Nesta nova série, alguém se lembra quem marcou o primeiro golo da caminhada, para já, do tetra?



E agora os nomes de todos os tetracampeões. Os primeiros 7 foram: Aloísio, Jorge Costa, Rui Jorge, Paulinho Santos, Rui Barros, Folha e Drulovic; os mais recentes foram: Helton, Bruno Alves, Lucho, Lisandro e Raul Meireles (Pedro Emanuel embora tenha feito sempre parte do plantel não jogou na época de estreia de Jesualdo devido a lesão gravíssima).





Rodriguez, durante os festejos do tetra, a relembrar que teve que pensar muito para trocar de clube…




Por fim, o primeiro golo desta nova série de títulos foi apontado por Ricardo Costa na vitória por 1-0 contra o Estrela no Dragão. O onze inicial: Baía, Sonkaya, P. Emanuel, Ricardo Costa, César Peixoto, Meireles, Jorginho, Diego, Lucho, Postiga e Lisandro. No banco estavam Helton, Ibson, Pepe, Paulo Assunção, Sokota, Alan e Hugo Almeida.

5 comentários:

prata disse...

Afinal os 7 eram da outra vez... Muito bom aquele primeiro onze no ataque ao tetra onde se destaca Sonkaya e cesar peixoto a lateral esquerdo. Relembro que Adriaanse o encostou lá atrás para depois o preterir por achar que não era um bom defesa quando lá na frente usava colossos como Ivanildo, Alan e Jorginho. Tenho pena que o César tenha saído... Já sabem que tinha um fraquinho por esse jogador, e não consigo explicar porquê. Uma coisa é certa não é pelo mesmo que a Isabel Figueira e outras do género vêem nele...

A do Rodriguez também tá muito boa. PAra quando uma explicação pelo facto de Rodriguez trazer um cachecol do Peñarol? Achei estranho até porque, se bem me lembro, ele não saiu muito a bem do clube... Pressão positiva!

ORGULHO AZUL disse...

http://www.peticao.com.pt/jesualdo-ferreira

aqui fica a petição que criei para fazermos um forcing para o prof ficar

Pedro Coimbra Marques de Carvalho disse...

O MEU TETRA




Saída logo depois de almoço de Coimbra, na tentativa de conhecer o Dragão Caixa, mas tal não foi possível. Lotação esgotada no jogo de basquetebol. Pior é que estava a chover e havia muito pouco para fazer. Eis que surge a ideia de ir para o Bingo do Dragão. Óptima ideia, pois deu para refrescar com uma cervejinha, sentadinho com óptimas condições, e ainda com um olhar para a vitória em hóquei patins na capital. Excelente início de jornada no Dragão




Depois sim, veio o jogo, veio a festa, e veio o Tetra campeonato. Surpresa??? Só para aqueles que dizem que todos os anos vão ser campeões. Quem não se lembra das declarações do Sr Vieira em Guimarães depois de uma vitória : "este ano ninguém nos pára", e tem toda a razão, já estão a 13 pontos




Festa do tetra selada com um golo do, para mim, Jogador do Tetra, pela sua regularidade e entrega ao longo de toda a epoca: BRUNÃO ALVES. Ele começou a construir o Tetra na Figueira da Foz, quando depois da 3ªderrota consecutiva do nosso clube, foi dar a cara pelo grupo, falando com a massa associativa. Coincidência ou não, a partir daí tudo mudou. Outro grande deste Tetra, a meu ver, foi também Raul Meireles, um jogador que deixa sempre tudo em campo. Mas claro, quem venceu foi o colectivo, algo que este nosso grande clube já nos habituou




Depois do Jogador do Tetra, vem o Obreiro do Tetra, o Mister Prof Jesualdo. Excelente trabalho, que ainda está longe de estar terminado. Ele melhor que ninguém sabe transformare preparar jogadores e valorizar activos. Porque será que os jogadores gostam tanto dele, porque será que lhe fizeram aquela linda surpresa na conferência de imprensa, porque será que a massa associativa lhe reservou a maior ovação da noite na festa? PORQUE JESUALDO É UM GRANDE SENHOR, UM GRANDE PROFISSIONAL, QUE DEFENDE O PORTO EM TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS ADVERSAS. É por isto e muito mais que ele vai renovar pelo menos mais 1 ano, para ser também o obreiro do Penta




Festa linda, um clube enorme. Tenho 27 anos, nasci no ano em que Jorge Nuno assumiu a chefia do clube, já estive em inúmeras festas, e a cada ano que passa, vejo cada vez mais pessoas, cada vez mais crianças, cada vez mais entusiasmo. Como diz a música, "ser Portista é uma benção..."




VENHA A TAÇA, para depois continuarmos a construção do PENTA




p.s.- mesmo antes de sair do estádio não resisti e quando vi o Sr Manuel Fernandes Silva da RTP no relvado, a arrumar o material, fui fazer aquilo que já tinha pensado fazer. Não me esqueço das suas performances nas trasmissões dos jogos do FCPorto em Paços de Ferreira e em Madrid, onde demonstrou toda a sua azia ridícula no juizo de vários lances. Esse subordinado, do benfiquista de Viana de Castelo, Carlos Daniel, ouviu das boas, tremeu e teve que "fugir". Pois terminei dizendo-lhe "tens o que mereces". Ele foi um dos que saiu do estádio rumo à farmácia mais próxima, para adquirir o kompensan do Tetra

Lamas disse...

Essa do Pedro Emanuel foi bem tirada... jurava que era um dos do Tetra...

Pepe e Paulo Assunção no banco... :) Muito Bom!!!

Não vi o primeiro golo do Tetra... estava em Tenerife... e o do Rui Filipe também não... isso dos campeonatos começarem em Agosto não está com nada... :)

Não foi só o Cachecol... foi o cachecol e a bandeira, embora o Imperador, que estava ao meu lado, não tivesse ficado convencido com os meus argumentos...

Pentacampeões só são 5... e destes 5 Tetras, dificilmente chegarão os 5... aposto apenas no Raúl e no Helton... e este último talvez nem seja titular...

Pis, faltou a curiosidade internacional (mais pressão positiva)...

P.S. O Carlos Daniel é de Paredes...

Tony Silva disse...

Se bem me lembro e espero não estar equivocado, foi o próprio Pedro Emanuel que fez questão de não ser convocado para o ultimo jogo desse campeonato. Ele já estaria recuperado mas preferiu não jogar pq achava q não devia ser campeão por pena, ou simpatia ou algo assim...