sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Ficam a dever-nos uma...


Tinha aqui dito que não iria fazer crónica deste jogo mas as circunstâncias mudaram muito. Por um lado, a exibição do FCPorto merece ser abordada, por outro, ambas as equipas apresentaram o seu melhor onze, algo que tornou o jogo num importante teste para o reinício do campeonato. Ainda assim o tempo escasseia e, como tal, vou organizar isto por ideias breves sobre o jogo:
- Grande entrada no jogo, com múltiplas oportunidades de golo, e com muita pressão na saída do adversário. O posicionamento dos nossos avançados e dos nossos médios causou sempre problemas ao adversário e recuperámos muitas bolas no último terço do terreno;
- Grandes exibições de Herrera, Danilo e Ricardo Pereira, mas daria o MVP ao capitão, que além das bolas que recuperou, ainda tem uma excelente assistência para golo, é protagonista na melhor jogada do encontro e fez vários passes para finalização que foram consecutivamente desperdiçados pelos avançados;
- Os nossos avançados brindaram-nos com um festival de golos falhados, que começou por ser engraçado e até empolgante. Ao décimo golo falhado perdeu a piada... 
- A esse propósito, depois do jogo com o Benfica, parecia impossível a eventualidade de vermos Marega conseguir bater essa marca de quantidade de golos fáceis falhados, num só jogo. Pois ontem foi bem pior e bem melhor. Por um lado marcou 1 e por outro falhou 5 ou 6! Mas custa criticar, porque grande parte dos golos que falhou são golos que só ele pode falhar porque nenhum outro jogador do plantel, talvez do campeonato, consegue fazer aquela quantidade de arrancadas arrebatadoras em direcção à baliza num só jogo. É fisicamente extenuante e só um 'monstro' como Marega é capaz de o fazer!
- O árbitro não desiludiu e deixou passar um penalti claro, uma patada do Ruben Ribeiro e uma outra de Soares, ambos os lances para amarelo 'alaranjado'. Mas o melhor estava guardado para Danilo. Mais uma bizarria de expulsão que só pode sair da cabeça de um gajo que ou não tem o mínimo de noção, ou não tem o mínimo de pudor. O que é que ele ganhou com aquilo? O jogo já estava decidido, ninguém compreende tamanho rigor e Danilo fica afastado de um jogo da taça da liga. Ou seja, não agrada às bancadas, não agrada ao Rio Ave, nem ao Paços que já está praticamente fora, nem a ninguém, visto que até seria provável que Danilo fosse poupado nesse jogo. Pouca inteligência...

Bem... Ficam a dever-nos uma goleada das antigas.

1 comentário:

Anónimo disse...

Uma primeira parte como há muito não se via.
Um crime aquela jogada do Herrera não ter dado golo.
Bom Natal para todos os Portistas.