segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Futebol enevoado


Se havia a 'malapata' da Madeira, julgo que ficou enterrada. Por um lado, pelo facto de termos conseguido duas vitórias seguidas, por outro lado a forma como as conseguimos. Não nos podemos queixar nada da sorte nestes dois jogos. No primeiro porque marcámos nos primeiros três remates/cruzamentos à baliza. No segundo porque mantivemos uma eficácia invulgar nos primeiros minutos do jogo, a que se adicionou a muita sorte de Marcano com as decisões do árbitro. Sobram as cinco vitórias seguidas na competição, que deverão ter seguimento com a Académica em casa. Ou seja, Lopetegui chegará vivo a Alvalade, mantendo-se em perfeitas condições para discutir o título que é o nosso maior objectivo.

Mas tal não significa que a equipa esteja bem. Nos últimos tempos estabilizámos Herrera no onze mas não o estabilizámos numa posição. Na Madeira, por exemplo, jogou à frente de um duplo pivot com responsabilidades de fazer a ligação a Aboubakar. Parece-me pobre ter um jogador, com características de transporte de jogo, no papel de organizador e, para agravar, à frente de dois médios defensivos. Faz com que a equipa fique partida, sem maestro e entregue ao talento dos seus alas dribladores e desequilibradores. É um esquema a que me habituei este ano, mas não me conformei. A equipa não ganha segurança defensiva, como se viu na segunda parte com o Nacional, e ataca constantemente com menos elementos que qualquer adversário directo no campeonato. Até o Braga assume sem complexos um ataque com mais gente. Mais uma vez Lopetegui a ir contra toda a lógica e contra todas as tendências do futebol mundial. Digam-me uma equipa de topo que jogue com três médios de características defensivas? A maior parte até evoluiu para esquemas de dois pontas de lança. Mas Lopetegui tem ideias fortes. Princípios de jogo dos quais não abdica, nem para defender a própria pele. Temos de ter bola nos últimos minutos na Choupana? Vamos tirar o jogador que melhor a segura no meio campo adversário. Danilo está lesionado? Vamos mexer na defesa toda e tirar aquele que estava a ser o melhor em campo da sua posição para o pôr a lateral esquerdo. Lopetegui continua enredado no desespero em que entrou quando percebeu que não é tão bom como ele pensa. A falta de humildade nos treinadores bons parece uma virtude. Nos maus é apenas insanidade...

Para mim o MVP foi o Indi a central. Herrera está com um pulmão muito bom mas os pés continuam a ser os mesmos... Pela negativa Marcano. Marcou um excelente golo mas pôs em risco o esforço dos colegas em dois lances ridículos que poderemos somar ao do primeiro golo em Londres. Aboubakar está perdido por entre a falta de confiança e a falta de um treinador que jogue com ele e para ele.

4 comentários:

riskolas disse...

O meu comentário é uma citação do teu texto:
"A falta de humildade nos treinadores bons parece uma virtude. Nos maus é apenas insanidade..."

E assim continuamos... até quando!? O homem está perdido. Isto já não é futebol nem nada parecido.

prata disse...

Refiro-me a uma substituição de Danilo por Maicon que não aconteceu. Pelo menos directamente. foram precisas duas alterações para chegar ao resultado final. Não altera muito a minha crítica, mas fica a correcção.

Por falar em Imbula, o preço da sua inutilidade por minuto é algo que me dá arrepios. Se lhe juntarmos o Tello e fizermos excepção do seu mês de Março de 2015... Se compararmos estes dois com Adrian Lopez este último acaba por ser muito menos nocivo. Quem diria!

Anónimo disse...

O Sr Lopetegui fez a cama aos seus jogadores. Agora é a vez dos seus jogadores fazerem a cama, a ele.

Luís (O do Nuno Espírito Santo, Pedro Martins, Lito Vidigal)

VERGONHA !!!!! disse...


"Grande" Jorge Sousa...

F. CORRUPTOS P. !!!!!