quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Delírios


Delírio nº1: Achar que o Kiev não ia ganhar ao Macabi em casa;
Delírio nº2: Achar que Lopetegui não ia apresentar um onze transfigurado e com várias alterações;
Delírio nº3: Achar que Lopetegui ainda tem um modelo de jogo;
Delírio nº4: Achar que sofremos o primeiro golo por azar;
Delírio nº5: Achar que é apenas Lopetegui que decide quem joga e não uma qualquer entidade financiadora do Clube;

Destapando os olhos e vendo a realidade, temos uma equipa desorientada por estar mal orientada. Até quando?

7 comentários:

Pispis disse...

Acabou! Não acompanho mais o Porto... este ano :-)

riskolas disse...

Muito mau.
Defendi o Lopetegui até hoje.
Não dá mais.

Mirone disse...

Para quem não tem grande simpatia dos adeptos, num jogo em que a única hipótese era ganhar, apresentar de início um onze de contenção, foi dar mais uma cavadela na própria sepultura. Foi completamente desmoralizante e coloco este jogo ao nível do Bayern.
Volta do intervalo com a mesma equipa e só muda alguma coisa quando o jogo já está 2-0?!?

Será que realmente pensava que o Corona e Brahimi sozinhos na frente, e a virem buscar jogo atrás do meio campo iam ter algum sucesso??

bonus betclic disse...

O que separa os treinadores fantásticos dos comuns é a capacidade de prever diversos cenários e reduzir as hipóteses de errar. Essa é uma das características do Mourinho que tanto sucesso lhe trouxe ao longo dos anos. O erro do Lopetegui foi só ter uma opção; e O Porto perdeu o jogo quando sofreu o 1-0.

Anónimo disse...

Não posso mais defender um treinador que faz isto. Alias, a minha paixão pelo futebol do VP era o contrário disto. Poder perder mas manter a identidade do início ao fim contra qualquer adversário. O Lopes nem isso faz.
Xau Lopes!!!

Artur

prata disse...

Se tivesse corrido bem perdoavam kiev em casa e tondela? Eu nao. Para mim esses dois jogos foram igualmente maus

FLOPETEGUI disse...


Gosto muito de bocês todos !!!!! :)))))