quarta-feira, 9 de julho de 2014

A questão motivacional



Esta foto é horrível e custa ver uma pessoa neste estado, mesmo sendo um tipo que eu me habituei a odiar e adorei vê-lo de gatas no Dragão. Na cara dele vemos o sentimento de impotência. Fiz tudo o que estava ao meu alcance e levei 7-1 em casa... Eu concordo com ele. Acho que eles não podiam ter feito muito mais.

Bater no Scolari no dia de hoje já parece um exercício de sadismo, mas eu não resisto. Não é por sadismo, mas porque não suporto quando me vêm com a conversa do guru da motivação. Óbvio que é importante mas o futebol é muito mais que isso. Se alimentamos as aspirações de um equipa numa única base que é a vontade de vencer e a motivação estamos muito mal. Porque, num mundial, não faltam equipas que têm vontade de vencer. E há até algumas que juntam isso à qualidade individual, à organização. Enfim, mais trabalho e menos metafísica...

Sei que isso não vai acontecer, mas espero que isto sirva para que os adeptos de futebol coloquem este tipo de treinadores no lugar que lhes é devido que é o século XX. Hoje em dia é preciso mais!

6 comentários:

Lamas disse...

Então ele em particular, o da foto, teve uma autêntica nódoa... a título de exemplo... é ele que está a marcar o gajo no canto que deu o primeiro golo... no terceiro ele sai de forma desenfreada (ao seu jeito) a um gajo alemão que já estava com dois brasileiros... e por exemplo, no último, é ele que manda a bola para fora e vem a passo... os gajos lançam a bola rápida para o gajo que ele estava a marcar... mas pronto, nessa fase, aquelas cabeças já estavam muito longe do mineirão... fiquei surpreendido por nenhum ter sido expulso...

prata disse...

Mas a culpa está no banco. Quem os pôs a ir atrás de tudo o que mexesse foi o treinador...

Anónimo disse...

Ontem antes do jogo conversava com um amigo lagarto e dei-lhe aquela que é a minha opinião desde 2004: o scolari não é treinador de futebol, é mais um curandeiro. No final do jogo ligou-me a dizer que finalmente percebia o que eu queria dizer: equipas unidas e com coração, mas que taticamente são fracas, limitadas e sem um plano sério e treinado. Aì está o resultado

Anónimo disse...

Estas lágrimas, são por terem eliminado a Colômbia de forma ignóbil com aquele execrável árbitro espanhol. A fraude tem perna curta e ter um curandeiro ou bruxo como treinador e este artista jogar futebol com os cotovelos, não é suficiente para derrubar os alemães.

Artur disse...

Epah, onde será que ele arranjou as gotas para o fazer chorar assim?

Pispis disse...

Scolari sp foi um reconhecido motivador optando nas convocatórias por chamar a 'família Scolari' do q propriamente os melhores... Um bocado à imagem do q fez Paulo Bento neste Mundial.

O Brasil sp foi uma equipa de coração do q propriamente umaequipa c cabeça, não foi só neste jogo... Uzbequistão, Palmeiras, Chelsea... só fracassos!

Qt a David Luiz, foi uma nódoa e é uma nódoa a central! Por alguma razão Mourinho o coloca no meio-campo pk a central é pior q um juvenil em termos posicionais... recordem este vídeo de Carragher (I wouldn't want to play with David Luiz): http://www.youtube.com/watch?v=zpiYK7vtM4c