segunda-feira, 24 de março de 2014

Trapalhões


Até poderia ter sido fácil. O Belenenses caminha a passos largos para a segunda liga e nós vínhamos do melhor resultado da época. Mas já aqui o escrevi: nada é fácil para este FCPorto... Podíamos ter marcado mais cedo mas a intranquilidade constante em que os jogadores mergulharam não deixa que se faça melhor.

O jogo complicou-se mas começou por ter a aliciante de termos vários jogadores que só agora parecem entrar nas contas: Reyes, Ricardo, Ghilas e o regressado Josué. Mais tarde vimos Quintero e Kelvin. Esperou-se por uma entrada com irreverência mas em vão. Foram 25 minutos de bocejo. Nos restantes 20 da primeira parte foi melhor. Ainda assim pouco. A expulsão poderia ajudar, mas nao ajudou muito. Na segunda parte, com Quintero ao leme, as oportunidades surgiam, mas acabavam todas em trapalhadas e remates a roçar o ridículo... Muito coração e pouquíssima cabeça. E o miúdo teve de ir lá ele resolver. Jogo fraco com vantagem mínima justa, pela falta de inspiração que demonstrámos.

Individualmente, não tenho grandes destaques positivos. Quintero assumiu o jogo e marcou o golo decisivo. MVP óbvio. Os centrais tiveram uma noite tranquila e Ricardo teve apenas um deslize numa bola que acabou no poste. Ghilas na linha é um erro. Se é para jogar, não pode ser em substituição directa se um extremo. Temos de jogar de outra forma, por exemplo, como jogámos no inicio da segunda parte. O mesmo direi de Josué. Se é para jogar ali, não podemos jogar da mesma forma do que quando jogam jogadores com outra velocidade ou mobilidade. Foram duas apostas falhadas neste jogo mas culpo mais o treinador que os jogadores. Para terminar, Jackson. Precisamos que regresse! Se puder ser já na quarta...

Por falar em trapalhões, Xistra esteve ao seu nível...

4 comentários:

Lamas disse...

Quintero é Muito Bom... encontra sempre espaços onde não parecem existir... aquele passe para o Carlos Eduardo foi delicioso... é óbvio que este tipo de jogadores tem o senão de perder bolas que podem ser o nosso fim, mas ontem não havia esse perigo porque os de restelo, na segunda parte (o tempo em que ele jogou), nem se aventuraram a ir lá à frente...

Gostei da opção de Carlos Eduardo mais a 8... penso que pode render mais aí...

bruno rodrigues disse...

apenas uma nota quanto ao xistra, acho que, dizer que xistra esteve ao seu nível é tecer-lhe um rasgado elogio, ele já nos habituou a arbitragens repletas de erros e más decisões. Mas ontem foi PÉCIMO, para começar, as inúmeras faltas que não assinalou a favor do porto na primeira parte, depois, andou o jogo inteiro a permitir inumeras e longas paragens durante o jogo causadas pelas teatradas dos mouros de belém e já nem vou falar do penalti não-assinalado contra o belém por falta sobre o jackson, e só para tentar disfarçar exagerou no vermelho que mostrou ao central do belém (acho que um cartão amarelo era a decisão mais certa, apesar do jackson se encontrar isolado no momento em que sofreu a falta) e perdouo um cartão amarelo ao mangala, mas como é óbvio a comunicaçção social NOJENTA deste país apenas deu destque aos erros que prejudicaram os mouros de belém, enfim, conseguimos a vitória. BIBÓ PORTO

Anónimo disse...

O xistra é sempre uma ótima opcao para se ter a mao quando o objetivo é impedir o FCP de jogar, o proenca também sabe faze-lo na perfeicao mas está mais condicionado porque já é internacional e nao pode descer tao baixo...contra estas habilidades e habilidosos só vejo mesmo a solucao do manuel machado um grande pau de marmeleiro e deixa-los uma semana a beber por um canudinho...isso é que era, em vez de virmos para qui discutir sistemas e modelos quando tudo é tao frágil e depende de um sopro ( mafioso ) num apito.

Taqui disse...

Jogo emotivo, com muito anti-jogo!
Nunca tinha visto o guarda-redes pedir assistencia e o treinador chamar os jogadores ao banco para dar instruçoes!
Que se passa com o Varela, alguem sabe? o homem perde as bolas todas, mas ía fazendo um golo de outro mundo!Ghilas teve muito colado a linha, tapando até o alex de subir. Reys esteve bem, principalmente num corte na área, mas tb nao teve grande trabalho!
O Xistra fez uma arbitragem completamente perdida, ele até andou aos tombos, enfim...
Quarta há mais!