sexta-feira, 21 de março de 2014

Candidatos!


Calma! Apenas apresentámos candidatura a salvar a época...

Grande garra do nosso FCPorto! Eliminámos um dos dois maiores candidatos a vencer a competição. Quem diria, neste estado de coisas...

Foi mais uma eliminatória para sofrer e mais uma que se resolveu através da profundidade do jogo de Ghilas. É de facto uma variante de jogo que se tem provado valorosa e isso só torna mais incompreensível que a opção apareça tão tarde na temporada. Sobretudo porque, grande parte das vezes não havia plano alternativo... Outra diferença é que as alterações, que foram introduzida pelo treinador e que mudaram o jogo, foram uma acção e não uma reacção. 

Voltemos ao início. O jogo começou com o Nápoles a entrar por todos os lados e com a nossa defesa desfalcada (ou não...) e pouco rotinada. Pelo guarda-redes, não haveria grande preocupação. Mas Reyes e Ricardo deixavam qualquer portista apreensivo. Pelo menos, não jogava Abdoulaye! A verdade é que o cenário, o poder do adversário e a nossa remendada defesa, não faziam prever nada de bom. Três ou quatro oportunidades depois sofremos um golo. Reyes falha uma intercepção no meio-campo e Ricardo dorme e põe o avançado em jogo. Estava a correr bem: golo sofrido com má intervenção dos dois estreantes. A verdade é que o Nápoles resolveu voltar ao seu jogo habitual de paciência, pressão e saídas rápidas. E aí nós fomos reagindo melhor. Estamos mais habituados. Ao intervalo, Benitez percebeu o erro e voltou à carga. Era óbvio que a defesa portista ia quebrar quando pressionada. Era, mas não aconteceu... Primeiro porque Fabiano está talhado para estes jogos de muito trabalho. Defendeu tudo e mais alguma coisa. E depois, apesar do jogo horrível de Danilo, os outros foram melhorando com o jogo inspirados nas grandes exibições de Mangala e Fernando. Mas, mesmo assim as oportunidades iam aparecendo e Luís Castro teve de mexer. Carlos Eduardo era uma substituição óbvia por falta de comparência, mas a opção por Josué decidiu o jogo. Por portismo ou inconsciência Josué tem fibra para assumir o jogo e nunca se esconde do mesmo. Não tem a explosão de Carlos Eduardo nem a técnica de Quintero mas tem fibra de portista e era isso que precisávamos: slguém que assumisse a posse de bola e que não temesse o jogo agressivo dos italianos. Para complementar, Ghilas constituiu uma opção já recorrente e com sucesso notório. Mérito para Luís Castro.

Para terminar a cereja no cimo do bolo: o golo de Quaresma. Se houve algum portista que não tenha saltado do sofá e não tenha dito pelo menos três palavrões, recomendo que reveja o seu estatuto de adepto e entregue o cartão de sócio. E já agora, acredito que haja por aí um seleccionador a marcar consulta para reverter a lobotomia que o fez lançar Cavaleiro a titular numa selecção que não convoca um talento destes...

Dirão que tivemos sorte. Sim. E tivemos azar de Alex Sandro ter apanhado um amarelo injusto, de Helton e Maicon estarem lesionados, de ter sido anulado um golo limpo a Carlos Eduardo, etc. Futebol é isto. Depois da derrota de Domingo, e nas circunstâncias arbitrais em que foi, com treinador interino, com ausências importantes, com Danilo claramente embriagado, podíamos pedir mais? Podíamos! Por isso é que somos FCPorto!

Individualmente, gostei Fabiano, Mangala e Fernando. O MVP penderá para Fernando. Que dizer do passe para o nosso primeiro golo? Foi mesmo Fernando que o fez... Num segundo nível, gostei de Defour e das entradas de Josué e Ghilas. Achei também que Ricardo e Reyes foram crescendo no jogo. Sobretudo o último. Estou a torcer pelo miúdo até porque Maicon não está bem e a alternativa é um jogador que detesto detestar, mas não tenho outra hipótese... Jackson não anda bem, mas precisamos dele mesmo assim... E esteve no lance do primeiro golo. Pela negativa Danilo e os ausentes Carlos Eduardo e Varela. Pergunto até se faz sentido Carlos Eduardo ser titular indiscutível quando apresenta um rendimento tão pobre nos jogos a doer. Quintero e Josué estão à porta...

Já apresentámos candidatura a salvar a época. Agora temos de confirmar!

20 comentários:

Anónimo disse...

Boa análise, serena e objectiva. Enfatizar apenas que para mim Ghilas merece cada vez mais tempo de jogo. Se rodarmos os laterais, poupando jogos a Danilo e alex com Ricardo, todos capazes de dar profundidade, podemos jogar só com um extremo e Ghilas e jackson a alternar os 2 mais por dentro. São 2 jogadores muito fortes fisicamente e quando juntos dificultam a marcação as defesas. Carlos Eduardo foi lançado cedo de mais após a lesão, mas sou da opinião que renderá mais quando jogar a 8, no já mas quando tiver mais tempo na equipa e maturidade.

Anónimo disse...

(Cont.) e que grande golo, classe pura.

Abel disse...

Com o campeonato entregue, jogos contra adversários mais fortes à vista, maicon em baixo e abdou a mostrar que não vai chegar lá, espero que reyes jogue mais tempo. Pode ser importante ganhar um central para o ano. Hoje gostei de mangala, apesar de uma ou outra falha técnica teve liderança e garra, o que se pedia.

riskolas disse...

Jogo fraco até às substituições, muito bem feitas, diga-se!

Depois foi excelente! Voltei a sentir-me "PORTO", não pelo apuramento mas pela raça, pela vontade, pela superação!

Continuo a não gostar de Quaresma. Acho que a presença dele traz muitos desequilibrios à equipa mas, depois, tem momentos em que com aquela genialidade arrogante ou arrogância genial mata qualquer adversário, seja ele o Pampilhosa ou o Bayern de Munique!

Hoje acordei feliz! Hoje voltei a perceber porque o Porto é tão importante para mim! Aquele querer, aquela crença, aquela superação tão nossa faz-me falta no dia-a-dia, é um bálsamo revigorante!

Não me apetece criticar jogadores mas acho que o CE devia ser o 8 e não o 10.
Neste momento, o "meu" 11 seria:
Fabiano Yaschin
Danilo, Reyes, Capitão Mangala e Alex;
SUPER POLVO, CE, Josué "Espírito de Dragão";
Quaresma; ChaChaCha; Nabil "Dragão Magrebino".

prata disse...

Acho que Defour 'Patinho feito' não merece sair da equipa

prata disse...

E acho que Herrera estava a evoluir e não pode ser esquecido.

Anónimo disse...

o Josué não só tem fibra e portismo, tem é muito jogo nos pés! podem não ser tão bons como os do Quintero, mas é mais rápido a pensar e quando a bola lá chega já sabe o que vai fazer, nisto o Quintero e o Carlos Eduardo (do Herrera nem falo) são mais lentos. com a entrada dele, o Defour (excelente jogo) passou a ter alguém com quem sair a jogar, e de repente conseguimos aguentar o meio campo

Taqui disse...

Nao me quero alongar muito... mas gostar de um jogador por aquilo que ele ainda nao mostrou, pra mim nao dá!
O que viram em Reys?! Falta de agressividade e lentidão é o que consigo ver, leva com as bolas nas costas e levanta a mao a pedir fora de jogo; entra de primeira aos lances e fica logo fora da jogada com uma simples finta; fransino;
Qual a diferença para um Bura, um Hugo Pinto, um Nuno André Coelho?

bruno rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bruno rodrigues disse...

Apenas 2 questões muito simples:
1ªquestão-taqui, tu não acompanhas decerteza os jogos da equipa B do porto, se acompanhasses, não dirias de reyes aquilo que dizes, embora eu reconheça que ele não é nem nunca será um thiago silva, bastava tu veres o jogo que ele fez em casa contra o portimonense para teres uma opinião diferente, nenhum portista é obrigado a acompanhar a equipa B, e tu não és exceção ,taqui, mas vires para aqui escrever À TOA sem se teres um mínimo conhecimento sobre aquilo que estás a escrever é, no mínimo, RIDÍCULO.

2ªquestão- o carlos eduardo apenas confirmou um facto que ele próprio já tinha provado: ELE É UM JOGADOR DE PEQUENOS JOGOS, quando há um jogo que não seja contra adversários tipo arouca, marítimo, gil vicente, etc... ele APAGA-SE COMPLETAMENTE. e eu não gosto de jogadores assim, apesar de reconhecer que às vezes dão jeito. BIBÓ PORTO

Taqui disse...

Ó caro Bruno Rodrigues gosta muito de comentar os meus comentários. Mas faz mais: opina sobre a minha pessoa! E mais uma vez por causa de centrais! O sr. nao me conhece de lado nenhum, sabe lá se eu acompanho a equipa B, ou os sub-19 ou se faço observação dos adversários de alguma equipa da 2ª liga!!
Mas diga-me lá quem é esse grande avançado do portimonense, que lhe proporcionou esse grande exibição, já que eu nao percebo nada disto!
E nao se confunda, eu comentei o que vi com o nápoles, penso que é desse jogo que estamos a falar. Mas se quiser que eu fale do jogo que ele fez com o estoril, eu tb lhe digo o que correu mal, ou nao viu esse jogo?
Nao é à toa que venho para aqui falar, sao opinioes e desta vez até inumerei situaçoes concretas e até bem promenorizadas! Aprenda a ser humilde e a respeitar as opinioes dos outros!
Aprenda tb a ser exigente, que foi isso que levou o nosso clube a ser aquilo que é hoje. Nao sofra de Portismo doentio que lhe tolhe a capacidade critica!
Compare o valor que ele nos custou, com outros centrais Portugueses, formados na casa!
Faça tudo isso e qd quiser, pode me pedir desculpa e reconhecer que eu tenho razao. Se eu estiver enganado farei o mesmo, combinado?
Acho que já chega, pelo menos por agora, espero que tenha aprendido alguma coisa!

prata disse...

Taqui, podes ter alguma razão quanto ao reyes. Confesso q estou com muita vontade q ele pegue e isso tende a afectar a analise. Mas se comparares com as ultimas exibições dos outros centrais (mangala incluído) estas a ser muito exigente...

bruno rodrigues disse...

Caro taqui, quer-me parecer que você percebeu tudo, mas ao contrário. Eu vou esclarecê-lo.
1- eu não o insultei, nunca quis fazê-lo nem nunca foi minha intenção fazê-lo.
2- acho que você se esqueceu de ler a parte em que eu escrevi que nem você nem nenhum portista é obrigado a acompanhar a equipa B, você só acompanha se você quiser.
3- a exibição segura e os cortes providenciais que o diego reyes fez no jogo com o portimonense, provou-nos que ele não é assim tão mau, e que eu saiba um central (seja ele quem for) não precisa que um avançado lhe proporcione uma boa ou má exibição, acho que não são os avançados que definem a qualidade de uma exibição de um central, na minha opinião, aquilo que define a qualidade de uma exibição de um central é a segurança (ou a falta dela) com que joga, os cortes, o jogo aéreo (principalmente bolas paradas, sejam elas ofensivas ou defensivas) e os passes longos. E não, o reyes ainda não justificou o enorme investimento financeiro feito nele, e sim, a exibição diante do estoril para a taça foi pécima, mas na minha opinião, só foi pécima porque ele acusou a pressão de ser titular na equipa A. Acho que é um jogador que se encontra em crescimento e em adaptação ao futebol europeu e também acho que ele ainda não tem qualidade para jogar na equipa A, mas no jogo no san paolo, jogou por necessidade, pois o maicon estava lesionado e o abdoulaye (que é muito pior que o reyes) não está inscrito.
4- eu nuca escrevu que você não percebia nada disto.
5-além do tiago ferreira, não me lembro de um central português formado na casa que seja melhor que ele, o zé antónio é melhor que ele, é português, mas não é formado na casa, o abdoulaye é formado na casa, não é português nem é melhor que ele. Mas se falarmos de lima pereira, fernando couto, jorge costa, bruno alves, etc... São portugueses, formados na casa, e qualquer um deles é 999999X melhor que o reyes. Aliás, o nosso clube sempre teve os melhores centrais portugueses e os melhores centrais estrangeiros do campeonato(celso,geraldão,aloísio, pepe, etc..).
6-se me faltou humildade nos comentários, se não respeitei a sua opinião, então, peço-lhe desculpa.
BIBÓ PORTO

Mirone disse...

Não me parece que o Tiago Ferreira seja melhor do que o Reyes, que também até agora não mostrou nada. O Zé António ainda parece o mais seguro.

O clube fez um investimento enorme nos dois mexicanos e até à data, ainda não vimos quase nada. Com o dinheiro que gastamos podíamos ter comprado bem melhor.

O Carlos Eduardo não é um 10 puro, esconde-se muito do jogo. Um 10 tem de procurar sempre a bola. No jogo do Nápoles teve largos períodos sem tocar na bola. Temos de promover o Quintero!

Taqui disse...

Prata, pra mim é facil de analisar: o BA que seja vendido rápido; O maicon é capaz do melhor e do pior, mas para mim é titular de caras ao lado do indiscutivel Mangala! O problema do Mangala é que num processo de afirmaçao, tem de ser, até capitão vê lá, e falta-lhe alguem como por ex Otamendi, sim o Otamendi, mas a jogar como agora em posse e paciencia, nao a levar com transiçoes com a equipa toda desiquilibrada! Falta-lhe um central ao lado dele com tranquilidade e experiencia. Agora qualidade, pra mim está lá tudo! Envergadura, velocidade, antecipação, dureza e margem de evolução, pena que tlvz já nao seja no Porto.
Eu nao torço para que o Reys nao vingue, espero bem que sim e que eu daqui a uns tempos esteja a dar a mao à palmatória (até pq tenho aqui gente que nao se há-de esquecer), mas sinceramente nao acho que vá ser possivel. Nao tem velocidade, é fransino, pra mim chega para o analisar.

Taqui disse...

",taqui, mas vires para aqui escrever À TOA sem se teres um mínimo conhecimento sobre aquilo que estás a escrever é, no mínimo, RIDÍCULO"
Bruno Rodrigues, pra mim esta frase é insultuosa.
Se escrevo á toa: sou um tolinho; nao tenho um minimo conhecimento: sou um burro, e ainda por cima ridiculo!
2- o sr. disse que eu nao acompanhava a equipa B, pq se nao nao concluia isso, pq ele contra o Portimonense tinha feito um jogo do outro mundo.
3- Mas afinal quem é esse grande avançado? ainda nao me disse. Mas acha que jogar contra cones é dificil? Sabe o que é jogar de cadeira? Entao se ng lhe faz frente, claro que ele vai ter uma prestação segura e se ng o pressionar os passes longos saem todos na mouche. Qual a dificuldade?
4-escrever a toa esem ter um minimo conhecimento é sinonimo de nao perceber nada disto, nao altere os factos!
5- Enumerei-lhe o Bura, o Nuno André Coelho e o Hugo Pinto. Quanto ao ultimo queria ter dito Ivo Pinto e esse é defesa direito, mas deve haver mais exemplos. e o Tiago Ferreira tb para mim nao tem qualidade para equipa A.
Quis perder um bocadinho de tempo consigo a esclarecer o que para mim é grave. Quem nao se sente nao é filho de boa gente.
Agora concordar e discordar faz parte da Democracia e o civismo é importante tb aqui nos blogues, onde muitas vezes se assiste a ataques e insultos cobardes. Para nao chegar a esses pontos é que é bom sermos esclarecidos.
Siga para bingo...

Lamas disse...

Muito Saborosa a vitória... Grandes entradas do Josué e Ghilas...

Prata, muito boa a tua descrição do golo do Quaresma daqueles que estavam a ver na tv...

Quanto ao Carlos Eduardo, prefiro a 8, como já disse noutros comentários... Mas neste momento quero o Defour e o 10 merece, neste momento, ser o Josué...

Lamas disse...

Gostei do pormenor do abraço do Luis Castro e do Quintero num dos festejos... Tenho muita fé neste miúdo... É este aquele que verdadeiramente quero a 10...

bruno rodrigues disse...

taqui, só para finalizar, queria voltar a dizer que, nunca foi minha intenção insultá-lo ou dizer que você não percebia nada disto, mas se o fiz, DESCULPE-ME, acredite que não era minha intenção, talvez eu tenha exagerado. DESCULPE-ME. e além disso, eu nunca quis chamar-lhe tolo, nunca quis chamar-lhe burro nem nunca quis chamar-lhe ridículo, só chamei ridículo ao seu comentário mas já reconheci que errei e não o devia ter feito. quanto ao reyes, não tenho nada a acrescentar áquilo que já escrevi, fez a sua melhor exibição ao serviço do porto contra o portimonense (e isso também foi dito no 45 minutos à porto, do porto canal, na segunda-feira após o fim-de-semana desse jogo), não fez um jogo do outro mundo mas não precisou que fosse um avançado do portimonense a proporcionar-lhe a boa exibição que fez. quanto ao tiago ferreira, eu acho que, no futuro, vai ter qualidade para jogar na equipa A. mais uma vez, peço-lhe DESCULPA.
BIBÓ PORTO

Anónimo disse...

Pois, mais tolerância em relação aos comentários dos outros Bruno Rodrigues. É simples. Quanto ao Tiago Ferreira discordo completamente. Não me lembro de um central tão fraco ser tão sobrevalorizado. Faço aqui uma aposta, daqui a 5 anos vamos ver onde ele está a jogar e que carreira fez.