quinta-feira, 27 de março de 2014

Escasso



Podia louvar a nossa exibição mas custa-me um pouco falar deste jogo sem falar da desilusão com o resultado. É uma vitória que, a duas mãos, pode ser uma vitória moral (ou leonina...). Vá lá que não sofremos golos e isso também podia ter acontecido.

Luís Castro guardou uma surpresa para este jogo. Herrera rendeu Carlos Eduardo e partilhou com Defour a tarefa de pôr pressão na saída de jogo do adversário. Normalmente não gosto de invenções, mas veio-se a provar que se tratou apenas de um troca directa de um jogador que vinha acumulando exibições desinspiradas em jogos de dificuldade elevada. Além disso funcionou. A nossa primeira parte foi de alta intensidade e, pela primeira vez este ano, sentimos que a equipa entrou num clássico para o vencer. E depois houve a humildade de perceber que tínhamos maior possibilidade de chegar à baliza do adversário ganhando a bola lá perto, do que tentar fazê-lo com posse de bola inconsequente. Pena que o acumular de jogos não tenha permitido que a segunda parte tivesse o mesmo nível. E depois tivemos a finalização... Essa foi má durante todo o jogo. A época vai longa e são muitas as desilusões. É difícil controlar a ansiedade de mostrar valor e isso notou-se na finalização, péssima. Comparem o número de oportunidades de golo com as que tivemos noutros clássicos com este adversário. Lembro-me de um jogo com tantas ou mais oportunidades, mas a diferença é que nesse marcámos cinco...

Individualmente há que elogiar os centrais que estiveram bem. Mangala até jogou lesionado, e Reyes não acusou a pressão e cresce de jogo para jogo. O meio campo esteve ainda melhor. Fernando e Defour jogam em alta rotação e Herrera conseguiu acompanhá-los apenas na primeira parte. Na frente tivemos o meu MVP do jogo, Jackson. Só marcou um mas foi gigante em trabalho, garra e atitude. Quaresma tratou de aplicar pequenas sovas de classe aos adversários com quem se cruzava. Não tão bem mas sem nota negativa, Danilo e Alex Sandro. O primeiro este muito faltoso na segunda parte e o segundo está a recuperar a forma mas ainda não é o Alex do costume. Pela negativa, Varela. Ghilas também não fez melhor e Quintero teve tempo para ser herói mas teve medo...

Siga o campeonato porque os Vasquinhos ainda podem tremer.


PS: Podem notar que na foto não foi Jesus a ajoelhar mas também aparece por lá...

5 comentários:

riskolas disse...

Prata, temos de estar felizes!
A nossa equipa já morreu e o ciclo vitorioso já acabou mas quando fomos postos novamente à prova limpamos o Napoli e já pusemos as galinhas borradas.
O campeonato já era mas temos ainda muito para ganhar e o que importa, para já, é o espírito de dragão e ontem já o sentimos!
Obviamente que podemos lamentar a ineficácia na finalização ou a precipitação no último passe mas o mais importante foi conseguido. Ganhamos e não sofremos golos e vamos ao galinheiro em vantagem! Atenção que vamos poder jogar mais concentrados no campo e vamos ter espaço para contra-ataques. Herrera será importante! Quaresma gosta da cesta de pão!
Sou um portista feliz!

Pispis disse...

Grande jogo! Ainda para mais qd ninguém estava à espera...

Herrera continua a falhar imensos passes e Danilo a cometer faltas incrivelmente estúpidas como desnecessárias! Temos banco, temos opções, quem está lá dentro tem que dar mais...

A eliminatória podia estar decidida mas o q me custa mais é desperdiçar a oportunidade de humilhar os gajos...

dragaolux disse...

Boas Dragões, vim por este meio pedir-vos que adicionassem o meu site aos vossos links sff :

O nome do site é : A Chama do Dragão

http://dragaolux.com/

O vosso link já esta adicionado no meu site. Muito obrigado.
Um abraço.

bruno rodrigues disse...

Além de um bom jogo, bem conseguido da nossa parte, foi um jogo muito FRUSTRANTE. Fiquei frustrado quando o árbitro apitou para o fim do jogo, e fiquei frustrado por várias razões:
1-podíamos ter feito história ao golear por 4 ou 5 os lampiões e não fizemos, perdemos uma ótima oportunidade de humilhar os lampiões.
2- Agora, podíamos ter a eliminatória completamente decidida a nosso favor e não temos, infelizmente vamos jogar à luz apenas com a margem mínima e vai ser um jogo DIFICÍLIMO.
3- Se tivéssemos goleado e humillhado os lampiões, eles iriam ficar afetados animicamente, a moral deles ia diminuir, a confiança deles ia diminuir e isso ia levá-los a fazerem exibições mais fracas nos próximos jogos.
Portanto, este resultado é, além de escasso, FRUSTRANTE.

BIBÓ PORTO

Lamas disse...

Para mim será um jogo, mesmo assim, para mais tarde recordar... Como diria o padrinho dela, a minha segunda filha nasceu no dia em que o FCP venceu o SUPER Benfica tão apregoado na imprensa portista... não foi humilhante, mas não deixou de ser uma vitória categórica...