segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Sem surpresa mas Bueno na mesma...


Num sábado recheado de muita expetativa em muitos estádios, convinha resolver cedo na ilha para continuarmos atentos ao massacre que se assistia em Madrid e até em Manchester enquanto aguardávamos por outro massacre em Lisboa... Pena não ter acontecido...

Para o FCP foi importante cumprir com serviços mínimos enquanto nos preparamos para mais uma série de jogos consecutivos até ao Natal. Qualificação garantida, Bueno a mostrar que pode ser alternativa (já tinha entrado bem contra o Braga) e José Angel a afirmar-se como a alternativa mais credível a Layún, claramente à frente de Cissokho, o que só mostra que Rafa necessita urgentemente de ser chamado à equipa principal.

Tal como André Silva quando Dani Osvaldo regressar a Buenos Aires já em Janeiro. Os dois jogadores da formação mostraram na manhã seguinte, em Liverpool, que podem rapidamente seguir os passos de Rúben Neves.

Quanto ao jogo dos Açores, não há muito mais a dizer. Curiosidade em Victor Garcia e Lichnovsky mas quando os restantes colegas não querem 'meter a terceira' tornam a missão de se mostrarem ainda mais complicada.

Importante garantir os 3 pontos no Dragão contra o Dínamo para pensarmos um pouco mais além e tentarmos ficar no primeiro lugar do grupo!

3 comentários:

Lamas disse...

Antes de ir para Buenos Aires, Osvaldo deixou-nos com uma "senhora cueca" para mais tarde recordarmos em mais um Basculação Moment... ;)

Nota ainda para a classe de Bueno no segundo golo...

prata disse...

Pergunta de quem so viu p resumo: bueno jogou a extremo ou no meio? Gostava de ver a segunda opção em pratica. Como no Braga mas mais cedo ou até de inicio. Aproximava-nos mais do esquema dos nossos adversários para o título, mas n é isso. Apenas me parece q é o esquema ideal para este bueno brilhar.

Lamas disse...

Jogou à frente do Jose Angel, mas sempre com muito jogo interior, o que fez com que o Jose Angel aparecesse muito em jogo e com muitos cruzamentos...