terça-feira, 15 de setembro de 2015

O factor Ruben



Depois de duas exibições cinzentas, veio uma exibição segura perante uma equipa complicada. Como houve várias alterações ao onze, podemos especular sobre a que teve maior impacto. Em eficácia é fácil de atribuir mérito a Corona. Poucos terão sido os reforços a marcar dois golos na primeira aparição (puxando pela memória, lembro-me de Jardel que nem foi titular nesse seu primeiro jogo). Poderíamos também falar da titularidade de André André. De facto é cansativo perceber os Kms que percorre este jogador e a intensidade que emprega em todos os lances. Até faz esquecer algumas lacunas ao nível de definição dos lances. Confesso que estou um bocado cético quanto à valia deste jogador mas, com jogos destes, terei de meter a 'viola no saco', com todo o gosto! Por último, poderíamos falar de nova exibição exuberante de Aboubakar que, para mim, foi o MVP do jogo. De todos os problemas que o defeso trouxe a Lopetegui, nunca pensei que o que estivesse mais próximo da resolução fosse a saída de Jackson. No entanto, apesar destas três exibições valiosas, tendo a atribuir a alteração no nosso jogo à entrada de Ruben Neves. 

Vou ter de 'bater na mesma tecla'. Que fique claro que o problema não é o Danilo. Trata-se de uma questão de criatividade. Se jogamos simultâneamente com Danilo e mais dois médios de 'vai-vem' a criatividade ficará toda concentrada no trio da frente. E como é que a bola chega lá? 'Chutão' do Maicon? Enquanto jogarmos com duplas de médios com variações formadas por Imbula, André e Herrera, temos de ter um suporte que terá de ser um jogador capaz de pautar o jogo, gerir ritmos, com qualidade tanto no passe curto como no longo. Ruben é esse jogador. Titularíssimo! Inexplicável que não tenha jogado mais nesta época. Tanto nos queixamos do facto de os jogadores da formação não terem oportunidades na equipa principal por falta de qualidade... Agora temos, tem 18 anos, é portista e joga mais que qualquer um dos outros que compõem o plantel, nesta posição. Tem de jogar!

O jogo correu bem. Fomos sempre a equipa mais perigosa e nem o critério disciplinar e as constantes faltas assinaladas puseram em causa o nosso domínio. Os golos apareceram naturalmente, em jogadas bem delineadas. Isto apesar do retrocesso táctico que o 'medroso' Lopetegui resolveu ensaiar. Espero que não esteja a ensaiar para Kiev... É de assinalar que isto tenha sido conseguido em Arouca. Primeiro porque não foi em Aveiro e depois porque julgo que, com Ivo, esta será uma das sensações da prova.

Individualmente, já fiz os destaques. No entanto, diria apenas que espero mais de Layun que tem de controlar melhor as costas. Também tarda a aprição do verdadeiro Imbula. Aqui a coisa já é mais preocupante. É que este padece do mesmo mal que Danilo e Adrian Lopez: demasiada inflação no preço do passe...

6 comentários:

Jorge Vassalo disse...

Imbula, como Herrera, precisa de espaço - vide a arrancada aos 50' só parada com o amarelo do.. espera, não foi amarelo! Essa arrancada deixou todos os companheiro dele para trás e zero linhas de passe no último terço. Dá-lhe mais um mês.

Rúben não tem robustez defensiva. Mas a repartição de 6 entre Danilo e Rúben consoante o jogo é largo ou fechado é bem vinda. Benficas, Sportings, Bragas e etc para o Danilo, Moreirenses, Boavistas, etc para o Rúben.

André André não tira o lugar a Imbula mas tira sim ao Herrera. Muita solução nesta equipa. E aqui, como no meu blog, digo o que sempre disse, com muita alegria:

Gosto MUITO do Aboubakar.

Abraço Azul e Branco,

Jorge Vassalo | Porto Universal

Anónimo disse...

"Isto apesar do retrocesso táctico que o 'medroso' Lopetegui resolveu ensaiar. Espero que não esteja a ensaiar para Kiev..."

Isso é o que tememos.

miguel87 disse...

Sem dúvida, Ruben!

As substituições, se é isso que te referes, não as vi como 'retrocesso táctico', mas como uma gestão assertiva do resultado, controlo de jogo e do plantel... lembra-te da insegurança que houve em muitos jogos da época passada depois de estarmos em vantagem. Vejo evolução no Lopetegui, e isso é bom.

Ganhamos bem e com segurança, apesar do ervado e da capela, a uma equipa que já é sensação deste campeonato.

Barba azul disse...

Aleluia: um post!!
Deixa lá ler...

prata disse...

Pausa para seleções...

Anónimo disse...

Joga-se à equipa pequena, obtêm-se resultado de equipa pequena.
Ridículo mais uma vez uma substituição dum avançado aos 90 minutos. Enfim