segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Sono tranquilo


O jogo foi um pouco entediante, há que reconhecer. Não é um drama. Por vezes, as facilidades do jogo convidam a equipa a temperar esforços. Pensarão: «se a cada vez que lá vamos, ou marcamos ou criamos lances de perigo, vamos doseando o esforço». Não gosto, mas também não me choca. Sobretudo se não permitirmos oportunidades ao adversário e se a equipa tiver o jogo sob controlo. Foi o caso.

É de assinalar o facto de termos chegado ao golo muito cedo e em cada uma das partes. Suficiente para evitar calafrios. Pelo meio, tédio q.b.. Havendo pouco a falar sobre o jogo sobram duas questões que me ocorreram pelo meio do sono no Dragão:
- Será que temos guarda-redes à altura do FCPorto?
- Será que estas constantes facilidades perante equipas como esta, que era o sétimo classificado, e o notório fosso entre os da frente e o resto do campeonato, vai fazer com que o campeonato se decida apenas nos jogos entre essas 4 equipas?

Começando pelo primeiro tema, direi que não consigo ter opinião definitiva. Para já, confio no Fabiano, mas não consigo tirar razão a quem se queixa de erros decisivos que teve e da sua dificuldade de encaixe no estilo de Lopetegui, que exige qualidade no jogo com os pés. Há erros em jogos em que perdemos pontos como Alvalade, Estoril e nos dois golos do Benfica no Dragão. É o suficiente para que eu o avalie como um bom Guarda-Redes, não sendo um craque (por falar em craque, estejam atentos ao miúdo mexicano que tem intercalado boas exibições entre os juniores e a equipa B).  Concluindo, há que ter a noção de que não podemos ter craques em todas as posições, mas há que estar atento às posições em que podemos melhorar. Na baliza e no colega do Indi, há margem para melhorar.

Quando às assimetrias do campeonato, é algo que me preocupa mais. Temos de recuperar seis pontos e apenas temos uma palavra a dizer em três deles. Tudo o resto está dependente de confrontos do nosso adversário, com adversários de um nível bem fraco. Facilmente se obtém séries de seis vitórias consecutivas e com números 'gordos'. E isso é o verdadeiro fenómeno motivacional em futebol. Não é o treinador psicólogo, nem os 'mind games', nem a 'santinha do caravaggio'. Eles já levam uma série de oito! Os portistas olham para a nossa equipa e acreditam. Se calhar se prestassem mais atenção à qualidade das equipas a partir do quinto lugar, acreditavam menos...

Individualmente destaco Jackson como MVP e as desconcertantes arrancadas de Herrera por entre o lateral esquerdo e o central. Não gostei particularmente das exibições de Tello e de Quaresma. Este último fez o seu teatro habitual na saída mas, entre os dois, qualquer um servia... Fabiano teve dois lances para intervir e arranjou trapalhadas nos dois.  Adrian entrou com vontade e não gostei do tom de troça com que o Dragão brindou as suas arrancadas. Pode ter sido impressão minha mas, se percebi bem, é tão nocivo como os assobios que tem ouvido...

Na terça-feira, mais um jogo de treino para assistir. Lá estarei.

6 comentários:

Jorge Vassalo disse...

O problema maior, caro prata, e eu que estive lá vi bem, é que acho que Adrián é genuinamente uma boa pessoa e não terá percebido que aquele "incentivo" era no gozo. Ainda bem. Ele está a melhorar a olhos vistos e não merece ser gozado. Aliás, nem percebo esta atitude, e já escrevi sobre isto. No final, o Adrián até foi entregar a camisola do jogo a um adepto, possivelmente um destes que o gozara indecentemente. Uma pena, mas acho que muita desta gente vai engolir o que andou a fazer.

Nunca senti tanta vergonha de fazer parte dos adeptos no Dragão. Estúpidos contra os seus, bananas com os de fora.

É essa a cultura de exigência.

Abraço Azul e Branco,

Jorge Vassalo | Porto Universal

Anónimo disse...

Já vi em vários escritos essa dos adeptos gozarem o Adrian!
É tudo treta! Quem acompanhar, tantos os blogs como as paginas do FB associadas aos Super... todos esperam mt dele, tenho visto até msg´s de apoio! Aqueles bruásss foram espontâneos por ele ter entrado bem!
Sinceramente, nao me pareceu gozo!

Taqui

prata disse...

Eu só digo que pareceu porque não estou em todo lado. Posso falar do que se passou à minha volta e era troça, Taqui...

Anónimo disse...

Em meu redor também era gozo. Fez me lembrar os tempos do quinzinho. Enfim com os adeptos tão entendedores que temos não se pode pedir mais. Depois choram e lamentam se pelos corredores

Artur

bruno rodrigues disse...

Concordo com o jorge vassalo em relação ao ádrian, acho que é boa pessoa e que tem muito futebol nos pés, futebol esse que ainda não conseguiu demonstrar, tirando 2 ou 3 jogos, e acho que não merece os apupos nem os assobios. Quem merece apupos, assobios e tudo de mal ao máximo é, na minha opinião, o tello, vê-se que é um convencido e que enquanto pessoa não presta, sempre o odiei, não joga NADA, tem mania e é PÉSSIMAMENTE MAU em todos os aspetos do jogo (na minha opinião). A comparação com ádrian é fácil visto que são ambos extremos espanhóis e para mim o ádrian é 9999999X melhor que o tello, EM TUDO (dentro e fora do campo). Quanto a fabiano, sempre soube que é bom, mas não tem qualidade suficiente para ser titular no porto, visto que o helton está totalmente recuperado acho uma injustiça ENORME (tendo em conta tudo o que ele deu ao nosso clube) que ele não seja titular sempre. Para acabar, gostava apenas de referir que possivelmente, estamos perante um dos 3 melhores médios do mundo: óliver torres. É impossível não adorar o seu futebol, é um médio incrivelmente bom, tudo o que faz é bom, não sabe jogar mal, decide sempre bem, é decisivo na nossa equipa, é completíssimo e só tem 20 anos portanto ainda pode melhorar. Acho que merece que sejam feitos todos os esforços financeiros para que a sua continuidade na próxima época seja possível. Não via uM médio tão bom e fundamental no porto desde moutinho, mas moutinho não tinha 19 anos quando chegou. Penso que é justo dar ao óliver o estatuto de craque e todos os elogios e mais alguns, parece que ele joga melhor a cada jogo que passa. BIBÓ PORTO

Lamas disse...

Frio e chuvinha para logo...

O golo do Oliver aniquilou o jogo...

Também não estou a ver onde eles vão perder pontos, mas, como se sabe, é continuar a preocuparmos connosco e ganhar os nossos jogos... enfim a "lengalenga" do costume, mas é mesmo isso...