domingo, 13 de abril de 2014

A pensar na saladeira


Na semana passada, Luís Castro constatou que estávamos com a cabeça em Sevilha. Na quinta-fera constatámos que pensámos mais em Sevilha, durante o jogo com a Académica, do que durante o jogo que nos eliminou miseravelmente da Liga Europa. Ontem voltou a acontecer o mesmo. Uma primeira parte muito melhor do que a segunda e mais uma dose de calafrios para os adeptos.

Na primeira parte conseguimos apresentar um futebol minimamente razoável dado o número de substituições que se fez. E foram muitas, demasiadas para que se esperasse melhor do que o que vimos. Ainda assim saímos vivos. Um pouco de sorte pelo meio e algumas prestações boas dos 'segundas linhas' ajudaram a que se tivessem conseguido os três pontos. E já lá iam muitos jogos sem vitórias fora do Dragão. Mas torna-se difícil avaliar o colectivo perante tamanha quantidade de jogadores que não costumam jogar juntos. 

Sobram-nos as avaliações individuais. Gostei Josué, Maicon, Victor Garcia e Ricardo. O MVP vai para Josué que fez as assistências para os dois últimos golos. Os titulares Fabiano, Varela e Jackson também estiveram em bom plano. Pelo contrário, continuo a ter pesadelos com Abdoulaye. Impressionante! Se o continuam a pôr a jogar, arriscam-se a não o conseguir despachar nem dado...

E a 'época horribilis' reduziu-se ao próximo jogo. Estou apreensivo e pouco confiante. Não sabemos o que esperar e há razões que sobram para desconfianças. Ao menos desejo que tenhamos em todos os lances o empenho que o Josué tem na foto acima. Já não ficaria totalmente desgostoso...

6 comentários:

bruno rodrigues disse...

Concordo com tudo o que foi escrito, e perante tantas poupanças, arrisco-me a apostar no 11 que vai jogar na quarta-feira o jogo mais importante do ano (na minha opinião). Fabiano, Danilo, Maicon, Mangala, Alex Sandro, Fernando, Defour, Herrera, Quaresma, Jackson, Varela. Embora eu ache que o josué merece a titularidade depois do que fez neste jogo, quintero pode vir a revelar-se uma boa arma secreta, caso as coisas estejam a correr mal ao intervalo, ou mesmo na segunda parte. Que consigamos, mais do que tudo, carimbar a presença no jamor. BIBÓ PORTO

Lamas disse...

Destaco os dois cruzamentos do venezuelano para o Jackson e para o Carlos Eduardo na primeira parte... o empenho do Ricardo, porque jogue onde jogar quer mostrar-se e... Josué, que eu aprecio por ser daqueles jogadores de "nervo" Dragão e ao mesmo tempo tem pézinhos... disse que tinha entrado muito mal contra Académica e agora também tenho de dizer que foi o melhor no jogo de ontem e notou-se que quis mostrar serviços... as assistências e um sem número de remates demonstram isso...

Anónimo disse...

Estou de acordo com a análise, mas sobretudo preocupado. Este Braga não serve como bitola, é fraquinho, como nós temos sido. Faltam-nos pelo menos um lateral, 2 centrais, um jogador que marque o ritmo do jogo no meio, mas feito, não como os que temos e que poderão vir a ser mas não são, e dois alas para jogar na frente e acompanhar o pdl. Isto, sem contar com saídas. Se somarmos as provaveis de jackson, fernando e mangala, o número de reforços necessários sobe. Isto, a somar a um treinador competente, competitivo e na minha preferencia com provas dadas em clubes de topo. Só assim voltaremos a ser competitivos, e nem sequer me refiro cá dentro. A verdade é que o nosso barómetro deve ser outro e basta atentarmos o pós AVB para percebermos como temos perdido peso e capacidade na europa. Essa tem de ser a nossa ambição. Se isso acontecer, o campeonato deverá reflectir esse acrescento de qualidade. Se não tivermos meios para isso é grave, será a demonstração de que andamos a desperdiçar recursos nos últimos anos sem sabermos em quê.

prata disse...

Um bom treinador bastaria para que a lista de lacunas no plantel baixasse bastante...

Anónimo disse...

Concordo caro Prata, veja-se o sporting. Um treinador que imponha um estilo competitivo e intenso, a marca das grandes equipas do futebol moderno. Acho até que com um treinador capaz, estaríamos a louvar muitos dos jogadores que hoje criticamos. Mas não deixo de notar que faltam 3/4 jogadores que entrem no onze de estaca. Ter james e hulk, ou estes varela e quaresma não é comparável. perdemos muito no saldo das saidas/entradas e no meio e na frente falta quem decida. Sem prejuizo de um colectivo forte poder disfarçar muito em vez de expor as fragilidades (como acontece), não temos nenhum craque a sério a municiar jackson.

Taqui disse...

O meu destaque vai para a posição de defesa direito! Quando uma equipa joga com defesa direito é sp melhor, nao fica manca! Ainda por cima um defesa/lateral que faz cruzamentos e que cá atrás sacode sem dó, sem facilitar! Com quantos anos? 19? Sem estatuto, mas com mt humildade!
Pena nao ter sido convocado para jogar amanha!