domingo, 20 de janeiro de 2013

Pontapé no maratsmo


Titulo fraquinho... Eu sei. Mas mesmo assim cá está!

Diria que o titulo é aparentemente tão fraco como o jogo de ontem. Digo aparentemente porque, neste caso, as aparências iludem. Não foi um grande jogo do FCPorto mas o adversário estava lá para dificultar ao máximo. Já muitos notaram mas este Paços é de facto uma equipa interessante e difícil. Mas mais difícil se torna pelo défice de criatividade que a ausência de James provoca. Defour está a jogar bem mas não pode dar à equipa o que um extremo dá. Muito menos quando comparamos com um extremo como James. Ainda por cima, Moutinho e sobretudo Lucho, não têm estado brilhantes. É possível que esse problema se resolva com Izmaylov. Vamos ver já na quarta-feira, visto que Fernando estará ausente por castigo. Por falar em Izmaylov, aquela segunda parte estava a ficar chatinha. Nada melhor que um golo do menino dos dói-dóis! Deu para animar o público do Dragão que resolveu enfrentar o temporal. Na primeira parte houve mais futebol mas menos golos. O golo de Alex Sandro deu para lembrar o grande João Pinto.

Individualmente gostei de Mangala, Fernando e de Jackson. Acho que Otamendi está em processo de queda de forma o que pode ser perigoso porque Maicon está aí a aparecer. Os laterais estiveram bem mas já lhes vimos melhor. Moutinho e Lucho estiveram regulares. Varela continua ausente e Kelvin pouco fez senão a assistência para o segundo golo.

Quarta-feira acerta-se caledário. Convém colar na frente para atenuar um pouco a propaganda pravdiana que sempre aparece quando as papoilas estão na frente...

6 comentários:

miguel87 disse...

Otamendi está realmente a voltar à sua forma normal...

Mirone disse...

O relvado é que está uma fotocópia do anterior. É areia por todo o lado, e não se pode só culpar o tempo. Parece-me que a empresa responsável anda às aranhas.

Por acaso até gostei do Kelvin, foi o jogo em que entrou melhor. A quantidade de areia no relvado beneficiou o seu jogo :P.

prata disse...

Estive para falara da relva mas, como não percebo muito do assunto, julguei que o temporal poderia ter ajudado.

Lamas disse...

Eles não criaram o perigo e nisso, mais uma vez, há que dá mérito ao FCP... o jogo parece fraquinho, mas é consistente e no resumo vê-se várias oportunidades de golo a nosso favor, em particular no primeiro tempo... apesar de não encher o olho, tem gostado da regularidade que temos tido em casa...

Amanhã é muito importante... ganharmos... de preferência com um jogo que não dê margens para dúvidas...

Anónimo disse...

O problema para que chamo a atenção é que a equipa desde que tem Vitor Pereira como Treinador parece triste, apática , tenta começar com ritmo mas se as coisas não começam a correr bem parece que desliga por completo...o preocupante é que contra equipas medianas basta mas quando o nivel for mais elevado este Porto de muito pouca intensidade não basta.

Artur disse...

Anónimo, este Porto ao contrário do que dizes tem muita intensidade e atitude. Só por duas vezes não chegou ao intervalo com golos esta época e quando assim aconteceu a atitude foi tal que marcamos logo ao início da segunda.