terça-feira, 24 de maio de 2016

Humildade



Mais uma vez terminámos a época sem nada! São já 3 épocas seguidas. Atrevo-me a dizer que é merecido. Talvez a nossa exibição a partir da segunda parte, aliada à pálida exibição ofensiva do Braga, nos possa iludir em exercícios de merecimento e justiça, que são subjectivos e coisas de 'calimero'. Olhando para a época na sua globalidade, não ganhar nada, assenta bem perante tão fraco desempenho de Presidente, direcção, treinadores e jogadores.

Que sirva de lição! Eu chamo-lhe o 'banho de humildade':
- Humildade na equipa: Nota-se paulatinamente a necessidade substituir os jogadores em plataforma de promoção pessoal e de incutir mais traços de Portismo na equipa. Começou com Ruben e André André e culminou na afirmação do miúdo André Silva, finalmente com golos, e na estabilização de Sérgio Oliveira no onze. No próximo ano teremos Rafa Soares e espero que Chicão e Ivo Rodrigues também tenham uma oportunidade.
 
- Humildade na estrutura: O 'mito da estrutura' tem vindo a atenuar-se. Havia, por exemplo, nos tempos de Vitor Pereira, uma ilusão de que um cone de sinalização, no lugar do treinador, chegava para fazer desta equipa, uma equipa vencedora. Esta sucessão de más experiências na liderança técnica da equipa deverá devolver a humildade na escolha e a noção de que se trata de um ponto fulcral para a inversão desta tendência de declínio. Começaríamos bem se se admitisse que a opção Peseiro foi terrível e que nem todos os males se concentram em Lopetegui.

- Humildade nos adeptos: Talvez se pense duas vezes antes de se soltarem os lenços brancos, num jogo de taça da liga, num momento em que a equipa se encontra em primeiro lugar. Ou antes de se assobiar o treinador só porque não dá minutos a um jogador da casa ou  porque não o põe a marcar um penalti. É certo que o treinador não pode agradar a todos e que nessa altura o seu desempenho se estava a degradar mas, naquela altura, fazer a vontade aos adeptos sem uma alternativa de qualidade, foi pior para o FCPorto. Contra mim falo. Não assobio no estádio mas vou escrevendo aqui, nem sempre com razão. Há que desenvolver nos adeptos um equilíbrio de exigência à FCPorto que não chegue aos limites de sermos 'adeptos só de vitórias'. É difícil, mas vamos evoluindo.

Siga a pré época!

7 comentários:

Lamas disse...

E na próxima época vamos partir bem atrás dos outros dois na grelha de partida, algo que já não acontecia há muito... no início da época que agora terminou até parecia que arrancávamos à frente com a manutenção da equipa técnica, algo que não acontecia nos clubes da segunda circular...

Mirone disse...

Os lenços brancos foram para as exibições da equipa nesse ano e meio. Creio que devemos ter feito uns 70 jogos com o Lopetegui e quantas boas exibições?... Dois ou três jogos da Liga dos Campeões. Foi o momento em que mesmo os que não queriam que o Lopetegui saísse na primeira época se fartaram dele. Não venham dizer que ele estava a fazer um trabalho espetacular só porque o Peseiro fez pior.

No que diz respeito aos jogadores da casa, adorava ganhar só com jogadores da formação, no entanto isso é impossível, têm de jogar os melhores quer sejam portugueses que jogam no Porto desde que andam, ou tailandeses que chegaram no mercado de inverno. Isto de se jogar com jogadores da casa só se fala porque andamos a levar na ripa há três anos. Antes quando ganhávamos nunca se falou e era gabada a política de contratações do Porto. O André Silva e o Rúben Neves ainda não são titulares de caras convém relembrar isso, e o Sérgio Oliveira só jogou porque o André^2 se lesionou (no próximo ano não sei se jogará).
Agora faz me bastante impressão ver jogadores como o Ivo, Gonçalo, Kayembe serem emprestados e contratarmos gajos como o Marega (até 2020), Hernâni, Ghilas, Suk...

Precisamos sobretudo de um treinador que saiba espremer o que tem, porque o grosso do plantel vai continuar. Como é possível partirmos para esta época com o melhor plantel de caras dos três grandes e acabarmos a época com um plantel que toda a gente acha desequilibrado.

Anónimo disse...

Uma vez que falas em banho de humildade podíamos começar por ser humildes e contratar o treinador que não gostavam dele por ter excesso de humildade. Aquele mesmo que dava banhos de táctica ao suposto mestre.

Artur

Fernando B. disse...

A cerimónia que os adeptos portistas fazem para criticar PdaC, a cerimónia que jornalistas fazem igualmente... Não ajuda nada, nada !

Salvo as devidas distancias lembra-me a situação no fim do Salazarismo - Salvou-nos da I Républica, salvou-nos da II Guerra... e assim seguiam os dias e anos...

Têm sido tantos ( e tão caros) disparates que corre-se o risco do FCP ter o mesmo caminho que todas as outras actividades Empresariais em que PdaC se meteu - todas sem exceção foram para a insolvencia!

Deixo aqui apenas meia duzia de tópicos, que quem com mais engenho possa um dia desenvolver...

1. Nestes 3 anos, recebeu-se em cedencias de atletas 300 ( trezentos) milhões de Euros !
2. A contratação de Lopetegui foi um verdadeiro disparate - tinha apenas treinado uns meses os seniores do Rayo Vallecano, que atirou para a IIa Liga, tudo mais foi camadas jovens - é amigo de Angel Vilar que o protegeu. Contratá-lo porquê ? por ser Basco como o do Sevilha? por trazer muitos jogadores ? Primeiro erro, contratá-lo ( ainda por cima por 3 anos!!) - 2º erro, não o ter dispensado em Dezembro de 2014, 3º erro não o ter dispensado em Junho 2015.
3. Claro que a substituição com a entrega por semanas da equipe ao Rui Barros é tão ridicula, que nem acrescento mais nada.
4. O tal famoso plantel !! Era era...Só como exemplo, alguém me diga se há uma unica equipe de 1ª linha, que precise urgentemente de contratar 4 - Defesas Centrais -4;
5. Este ano em Janeiro, ainda dispensaram mais um por emprestimo, e não tiveram o discernimento de contratar um que fosse, um ao menos - olhem, não tinhamos perdido a Taça!
6. Vi ontem numa TV do Brasil, uma entrevista ao Maicon - o gozo com que um dos presentes falava do PdaC, dos dinheiros que ele ganha, mais o filho, mais o irmão dum vice-presidente, mais o cunhado doutro vice... enfim !!!

Anónimo disse...

concordo completamente com o post. infelizmente vendo comentários como os do Mirone e do Fernando B está patente que a grande maioria dos adeptos não está a aprender nada, continuam a ruminar qualquer conversa por mais disparatada que seja que lhes apareceu na televisão ou no jornal

Artur, apoiado! quem me dera que voltasse...
--tom

Anónimo disse...

Gostava que o post relativo ao nosso novo treinador fosse feito pelo grande blogger Riskolas!!!! Deixas Prata? LOL

Artur

prata disse...

Deixo, mas não sei se ele tem disponibilidade para tal... :)