segunda-feira, 11 de abril de 2016

Escavando


Parecia inevitável... Quando se diz que se atingiu o fundo, a seis jornadas do fim do campeonato, é normal que um novo desaire resulte em trocadilhos fáceis. Imagino até que deve ter havido uma reunião de emergência nas redacções da Cofina para decidir qual a melhor tirada com a palavra 'fundo', para pôr na capa. Saiu fraquinha... Mas nesta altura, pouco importa. Temos aqui colegas do blog qua ainda têm capacidade para se indignar e ontem tivemos uns vídeos porreiros na nossa conta de facebook. Eu, pelo contrário, acho que já perdi a capacidade de me indignar com o FCPorto deste ano. Estou num estado dormente. Anestesiado. E digo que perdi essa capacidade sem certeza absoluta, para não cair na mesma armadilha que o Presidente, quando disse que batemos no fundo. É que parece que continuamos a escavar...

O jogo com o Paços foi mais do mesmo. Nesta altura é difícil exigir respeito a quem seja, quando apresentamos estes índices de exibição. O jogo de ontem, tal como o do Tondela, poderia ter resultado na vitória do FCPorto. Mais remates, mais ataques, mais bolas paradas ofensivas, mais vontade de atacar e ganhar o jogo. Mas chega? Se chegasse, não tínhamos duas derrotas seguidas, contra o último e contra uma das duas piores equipas da segunda volta. Exige-se mais! O treinador do Paços sentiu que podia festejar efusivamente no meio dos adeptos. Com este futebol, não tarda e estará a passear o seu estilo faroleiro, pelos relvados e pântanos da segunda liga... Mas este é mais um sintoma do que pode acontecer a um FCPorto fraco. Os abraços na área dos nossos adversários, já não dão grande penalidade, por muito claros que sejam. E as vitórias destas 'equipinhas de pontapé para a frente', perante um grande, já não são encaradas com humildade. Para quê? Este FCPorto não assusta! Dentro e fora de campo. É mais uma das considerações a tomar no planeamento da próxima época. Temos de mudar muito dentro e fora do campo.

Quanto ao jogo, pareceu marcado pela entrevista do Presidente. Não fica claro o motivo da não convocação de Aboubakar e parece que a opção de divisão de minutos entre Corona e Brahimi vai pelo mesmo caminho. Dá a ideia que o primeiro está dispensado e que os outros dois terão de batalhar pelo lugar de 'brinca-na-areia' do próximo plantel. Peseiro tomou as palavras do Presidente demasiado à letra... A cada jogo que passa, torna-se cada vez mais inevitável a alteração de equipa técnica para o próximo ano. Quer pela penosa comparação de números com Lopetegui, que já de si não apresentava números satisfatórios nesta época, quer pela constatação que, passados todos estes jogos, nada melhorou do futebol que se vê em campo, cuja pobreza, vai bem além dos fracos números.

Destaques positivos, não tenho, nem quero perder tempo a encontrar. Registo apenas que Layun apresenta problemas físicos claros, que Chidozie está ainda bem aquém do potencial que apresenta e que este meio-campo não apresenta criatividade alguma. Desde de que perdemos André André, só temos transpiração e essa,  nem tem chegado. Foi pena o miúdo não ter conseguido marcar e registei que o Ruben Neves ainda deve estar à espera que o Peseiro se decida quanto à sua entrada no jogo. Foi também engraçado perceber que Peseiro fez duas substituições de desespero, que Lopetegui fazia, na altura de maior desnorte, que acabou por o afastá-lo do clube. Engraçado... Ainda conseguiu implementar a proeza técnico-táctica de trocar de laterais a 5 minutos do fim. 

Siga a pré-época!

4 comentários:

Pispis disse...

Trocar lateral por lateral aos 85m qd se está a perder é algo nunca visto... Enfim, q se escolha bem o próximo treinador, algo entre Marco Silva, Vilas Boas ou Jesus e n se invente alternativas....

Lamas disse...

E eu ainda conheço gajos que, calmamente, ainda tentam compreender e justificar essas proezas técnico-tácticas... ;)

miguel87 disse...

"números com Lopetegui, que já de si não apresentava números satisfatórios"

http://otribunaldodragao.blogspot.pt/2016/04/todoesculpadelopetegui.html

Porque eu não escreveria melhor e está tudo lá...

Anónimo disse...

http://www.tsf.pt/desporto/interior/acorda-porto-um-apelo-ao-voto-nulo-nas-eleicoes-do-fc-porto-5130339.html