quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Triple threat


Noite tranquila no Dragão. Isto apesar do péssimo relvado e dos pequenos sobressaltos a que fomos assistindo. Graças à baixa intensidade que se foi empregando no jogo tivemos uma bola ao poste, outra tirada em cima da linha e um corte in extremis de Otamendi. Isto tudo na primeira parte, mas dava a ideia que, se houvesse contrariedade, facilmente se resolveria. Do outro lado tínhamos Moutinho a abrir o livro. E foi ele que acabou por decidir o jogo com duas assistências e um golo. Mas o que mais impressiona no FCPorto não é a individualidade. É a dinâmica do nosso trio de armadores de jogo. Não consigo identificar se isto tem dedo do treinador ou não, mas até acredito que possa ter, visto que eles já cá estavam no ano passado e não assistíamos nada disto. O que temos visto é um carrossel de passes até à definição em passes de ruptura. Até aqui, tudo normal. A nossa vantagem é que esse momento pode partir de Lucho ou de James ou, como se viu ontem, de Moutinho. Isso já é demasiado para muito boas equipas, quanto mais para o frágil Dínamo de Zabreb. Eles ainda causaram alguns calafrios mas pareceu mais nabice/desleixo do FCPorto do que mérito deles. No final deu até para preparar o  jogo com o Braga com o provável esquema titular.

Individualmente, destaque óbvio para o MVP Moutinho. Além da participação decisiva nos três golos do jogo, foi dos poucos que jogou com concentração no máximo. Os restantes estiveram num plano razoável. A excepção será Abdoulaye. É uma embirração: não gosto deste jogador. Não é de agora. Já nos juniores me parecia o que parece agora. Compensa a lentidão e fraca mobilidade com dureza excessiva. Até agora não comprometeu, mas julgo que temos, entre equipa principal e equipa B, cinco centrais melhores que este. A lesão de Maicon poderia ter sido uma boa oportunidade para consolidar Mangala como opção séria para central. Mas só a partir de agora é que vai ter minutos na sua posição.

Vem aí um dos jogos da época. Se mantivermos o nível dos últimos jogos, a vitória dificilmente fugirá.

6 comentários:

miguel87 disse...

Esta equipa é um Barça de baixa intensidade (e sem um Messi obviamente).

E ainda não vimos nada do que o mister pode fazer! :)

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

@ Prata

compreendo (e respeito) a tua «embirração», mas estou em desacordo: penso que o Abdoulaye é um bom activo e que "cresceu" imenso (apesar dos seus 197cm de altura :D ).
quem o viu na época passada, na Briosa, a distribuir cacete como se não houvesse Amanhã, e o vê agora, considera estar na presença de um outro jogador.

ps:
nós até temos um "messi" (mas o seu "iturbo" parece andar com pouco gás)

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
Miguel | Tomo II

Lamas disse...

Porque é que não tenho o Moutinho na fantasy??? :)

Vitória agradável e concordo com a crónica no que toca da leitura do jogo...

Dois grandes jogos se avizinham... acho que vai dar para ter uma ideia do que vai ser o FCP nos momentos decisivos da época, sendo que estes dois momentos estão incluídos...

Miguel Monteiro disse...

Já conhecem o novo restaurante do James Rodrigues? Em Leça da Palmeira

Aproveitem a promoção só até amanhã.

http://pt.dzcount.com/porto/deal/desconto-menu-restaurante-ancora-violeta

Lamas disse...

E hoje o Restaurante ainda deve ter tido mais saída...