terça-feira, 29 de maio de 2012

Os 3 obreiros do título


Já sei que muitos falarão do Vitor Pereira mas, ele próprio reconhece que cometeu erros durante o campeonato. Importa por isso destacar os que, dado o seu rendimento mais constante, permitiram que a equipa respirasse mesmo quando o futebol não correspondia às expectativas e quando os resultados deixaram de aparecer. 

Comecemos por Hulk. Terá sido provavelmente a sua última época no FCPorto e foi também a época em que foi mais decisivo. No seu primeiro ano, ainda havia Lucho e Lisandro, e nos anos seguintes ainda havia Falcao. Ou seja, só este ano é que teve de assumir sozinho as despesas ofensivas da equipa. Isto devido à intermitência de James Rodriguez. O miúdo é genial mas ainda não aparece com a consistência que poderá atingir já na próxima época, se se encontrar uma forma mais conveniente de o colocar em terrenos mais interiores. Todos sabemos que Hulk é intermitente durante o jogo. Faz coisas fantásticas, coisas péssimas e logo a seguir resolve o jogo. E de facto, é difícil encontrar este ano golos em que Hulk não tenha participado. Mais que isso, na fase complicada e decisiva do campeonato, Hulk resolveu com golos e por vezes numa posição onde não se sente tão confortável, o nosso problema de falta de fiabilidade dos pontas-de-lança. É jogador demais para o futebol português e jogador demais para o actual FCPorto. Pode ser que no futuro o nosso clube atinja patamares que nos permita manter estes talentos mas, para já, teremos de compreender que ele queira mais, por muito que goste do nosso FCPorto. Gostaria de destacar por último aquele que, para mim, foi o momento da época do FCPorto. Para mim houve um FCPorto antes do golo de Hulk na Luz e um FCPorto depois desse golo. Isto apesar dos deslizes com Académica e Paços de Ferreira. Para mim foi esse o 'click' que fez a equipa unir-se em torno do objectivo que restava e que passou a estar ao alcance nesse momento.

De seguida, Fernando. Seria o jogador do ano não fossem os golos decisivos de Hulk no final da temporada. É o problema de não ser decisivo ofensivamente. Mas não quer dizer que não tenha sido tão importante como o seu compatriota. Fernando saiu valorizado com a falta de organização da equipa em certas alturas. No meio daquela confusão o seu raio de acção defensivo, a sua velocidade e a forma, para mim única no mundo, como seca prematuramente o contra-ataque do adversário, salvou-nos de maiores dissabores. Isto num ano em que a defesa claudicou demasiado, sobretudo até ao momento em que Maicon se fixou como defesa central. Otamendi e Rolando fizeram épocas fracas, Alvaro, também abaixo do seu nível, e na direita só no final se fixou um jogador. Não fosse Fernando e por vezes, Helton, tínhamos sofrido muito mais golos. Por último, destacaria a maior desenvoltura ofensiva deste jogador. Não é uma especialidade dele. Tem dificuldades ao nível do passe, mas passou a compensar com a sua velocidade. Conduz mais a bola o que o beneficia. É dos jogadores que mais temo perder neste defeso. Há um ano dizia o contrário. Grande época de Fernando culminado com a deliciosa reacção à expulsão no jogo com os vasquinhos!

Por último, João Moutinho. Numa época de tantas oscilações no nível exibicional da equipa, há que destacar o jogador que não consegue jogar mal. Melhor ainda: é muito raro ver uma exibição de Moutinho que não possamos avaliar, no mínimo, como boa. Poderão notar ainda que é muito raro que o FCPorto não saia a jogar pelo lado esquerdo através de combinações com Moutinho. Além disso, está em todo lado. Além disso joga com muito critério e serenidade. Além disso, melhorou o seu score de golos e assistências em relação ao ano anterior. Que mais se pode pedir? Um jogador que encaixa tão bem no FCPorto que até mete pena ter andado tanto tempo arredado da luta por títulos. Se Hulk sair, dado que Helton está lá na baliza, gostaria que fosse oferecida a braçadeira ao Moutinho.

Nos próximos tempos saem as desilusões, revelações e as grandes esperanças para 2012/2013.

9 comentários:

Pispis disse...

Tb compreendo q o Hulk vá embora, aliás, pelos vistos o Telegraph já anunciou a venda para o Chelsea...

Compreendo tb q o Álvaro seja vendido até pk já temos alternativa (Alex Sandro) e vamos acreditar que continue a evoluir. Outra venda podia ser o Rolando mas se ele tiver c a cabeça limpa acho que pode ser útil...

Fernando e Moutinho é q n admito perder! Vamos acreditar no James e tb acreditar q o Iturbe comece a concretizar as expectativas criadas sobre ele...

Artur disse...

Fdx Prata, não escreveste nada para te poder rasgar! Assim não dá pica! Pensei que ias falar naquela grande entrevista em que foram explicadas as dúvidas que muitos tinham. Quanto ao post, acho que meter o Maicon como destaque também seria justo.Foi msis que um defesa central. Foi defesa direito e goleador em momentos decisivos. Também não acho coincidência a chegada do Lucho com a mudança do nível do futebol praticado, apesar de ele não ter estado individualmente espectacular. No Fernando aprecio as cuecas que dá de vez em quando

Lamas disse...

Também aposto na braçadeira em Moutinho... e o 10 nas costas de James... factores motivacionais importantes...

Hulk foi mesmo incrível... para além do balázio na Luz, teve a partir exibições muito conseguidas... mesmo no empate em Paços... e foi novamente decisivo no jogo do título com o golo em Braga...

Lamas disse...

ah... e depois na Madeira... e em casa com os lagartos... etc, etc... :)

Maicon também entra nos meus destaques...

riskolas disse...

Foram, sem dúvida, os grandes obreiros do título.

Continuo a acreditar que foram os jogadores que quiseram ganhar... E Hulk é aquilo que o Prata disse. Desconcertante. Capaz do melhor e do pior, só que o melhor, normalmente, resolve!!

A saída do Hulk parece-me inevitável. Vai deixar saudade e muito guito... vai ser uma operação financeira engraçada. Já imagino os fiscais das Finanças a fazerem fila para ver qual vai detectar alguma irregularidade para aplicar coima e multa!!!

Já em relação ao Fernando e ao Moutinho conto com eles na próxima época.

Baresi disse...

Riskas,

Será que apenas os Fiscais das Finanças estarão à espreita, ou tb teremos os já famosos "comissionistas" da SAD a dar um ar da sua graça?

Espero para ver o resultado líquido da venda...

prata disse...

Espera tb para ver se o dinheiro entra. Não vá acontecer como com o Falcao onde ainda não se viu boa parte do dinheiro

riskolas disse...

Prata, não entrou nem tinha de entrar... a fazer fé nas palavras do dirigente do patético que explicou a forma de pagamento.

Nós também não pagamos tudo a pronto, de certeza.

As comissões são declaradas o que não me preocupa.

Falei nas finanças para desabafar... agora também são comerciais e sobem de escalão em função do valor arrecadado!!!!
PKP!

prata disse...

Óbvio que não estava a falar do pagamento ser faseado. Se falo em dinheiro que não entra é porque digo que não estão a cumprir o plano. Isso ficou claro quando nós não cumprimos com o Santos e com o Standard de Liege. PArece que já ninguém se lembra disso...