segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Voar como o Janko sobre os centrais...


Quando se falou que Marc igualou o feito de Jardel não resisti… e não é que tenha feito grande jogo, longe disso, mas… 3 jogos, 3 golos! Que saudades dum ponta-de-lança… Assim até se evita que o mister invente posições para o Hulk!

Jogo crucial (não vão ser todos até ao fim?) e algumas surpresas no 11… Álvaro Pereira deve gostar muito do Carnaval então decidiu ser castigado no campeonato e na Liga Europa esta semana, não houve invenções e Alex Sandro assumiu a posição: bons pés, promete muito, mas está longe de ser consistente e de criar desequilíbrios como Danilo ou… Álvaro Pereira! Nota-se que tem ali pormenores que podem resultar num grande lateral-esquerdo mas neste momento foi caro demais para aquilo que tem mostrado até agora.

Na direita o regresso de Sapunaru após uns 3 meses de ausência, mais uma surpresa e não houve ‘invenção Maicon’! Bom regresso que nos faz pensar o que se passou desde Donetsk para jogar coxos desde aí… No meio esperava-se a dupla Rolando-Maicon mas compreende-se a rotatividade e em Manchester Maicon deve assumir o centro da defesa, creio que é justo dizer que está em (muito) melhor forma que o argentino.

Do meio-campo para a frente não houve grandes novidades e a única dúvida podia residir na dupla ‘James-Silvestre’: Varela esteve melhor do que Rodriguez contra o City mas será que imperou o princípio da chiclete ou James descansou para Inglaterra? O que é certo é que Varela tornou a estar muito bem e quando assim é facilita muito a opção por um ou outro, os jogadores rendem, a equipa ganha, os adeptos comem a sua pescadinha e o treinador vive em sossego mais uns dias.

Quanto ao jogo foi o ideal depois da ressaca City, uma equipa simpática pela frente que começa a perder logo aos 3 minutos. Permitiu ao Porto controlar como quis uma primeira parte sem sobressaltos e Fernando ainda abre o livro: ganha em antecipação no meio-campo adversário e arranca que nem um ala para finalizar após assistência de Hulk. Que box-to-box que temos ali! Com concentração e alguma seriedade podíamos ter construído uma goleada mas começamos a adornar cada lance de perigo e nisto o nosso Incrível é perito em mais uma ‘revienga’ ou mais um toque de calcanhar… Enfim, jogo controladíssimo e Vítor Pereira decide começar a poupar jogadores demasiado cedo: Lucho sai antes dos 60 (e quem joga as Fantasies da Champions e da Premier League sabe como é mau sair antes dos 60) e pouco depois mais um rombo no meio-campo com a saída de Moutinho. Mesmo assim parecia tranquilo, só mesmo um lance de bola parada como aquele para o Setúbal marcar um golinho. O problema é que depois dum golinho, os adversários acreditam e vão buscar onde elas pensam que não existem mas ainda bem que não tiveram de procurar muito porque passado uns minutos uma triangulação entre Alex-Christian-Silvestre (estes 3, quem diria?) resulta no golo da tranquilidade contra um Setúbal que, ou muito me engano, vai penar para ficar na I Liga.

Vamos para Manchester com a seguinte equipa: Helton, Sapu, Rolando, Maicon e Alex, Fernando, Moutinho e Lucho; Hulk, James e Silvestre (se não temos ponta-de-lança, jogamos sem ponta-de-lança).

10 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Cumprimos o objectivo que era a vitória.
Ter marcado cedo, permitiu gerir o jogo, que por vezes mais parecia um treino, tão baixo era o ritmo.

Para portista ver, não foi um jogo agradável, mas vencemos com toda a justiça, e continuamos na luta pelo título.

Hulk mais uma vez desiludiu. Muito trapalhão, individualista e sem poder de arranque, definitivamente a lesão afectou o seu ritmo de jogo.

Grande jogo de Sapunaru, que ontem confirmou que o treinador pode e deve contar com ele.

Alex Sandro teve uma estreia tranquila, embora lhe falte entrosamento com a equipa.

Fernando o melhor elemento do FC Porto de à uns jogos para cá, está a realizar uma excelente época.

Varela e Janko no ataque fizeram uma excelente partida.

No meio campo Moutinho e Lucho são o motor da equipa, e só é pena Lucho ainda apresentar algumas debilidades físicas.

Vamos continuar, até onde for possível, a acreditar que podemos dar a volta à classificação.

Abraço e boa semana

Paulo

miguel87 disse...

Táctica pensada e executada a pensar no City, desde a vantagem madrugadora, passando pela substituição das 3 vedetas e até aos cânticos nada racistas de HULK HULK HULK HULK... :)

PS.Eu vi uma invenção: Otamendi! Espero que não se mantenha em Manchester, porque se Meyong lhe deu tanto trabalho, não sei como será com Balotelli, Augero, Silva & Cª!

PS2. Mais ninguem reparou que entre o inicio da 2ª parte e o golo do Setubal, o arbitro e auxiliares só apitavam para um lado??

prata disse...

Vi agora o jogo e não foi mau. QB a pensar na missão impossível de Manchester. Moutinho jogou muito. Fernando idem. Sapu jogou bem. Mas acredito q vai ser o maicon a jogar ali em Manchester. Janko parece ser o q precisávamos. Mas também precisávamos para a liga Europa...

riskolas disse...

Eu não gostei do jogo. Gostei do resultado.
Acho que foi muito arriscado tirar o Moutinho e o Lucho tão cedo.
O Hulk não pode ser o capitão. Ele está sempre a discutir com os árbitros e a pedir faltas.
Não percebo porque é que o CR10 continua a jogar.
Não percebo porque é que o Varela deriva para o meio se o Bandido está lá.
Não percebo porque quero perceber.
Estamos a 2 pontos do milhafre e vou continuar a acreditar.

P.S. Grande época do Braga!

miguel87 disse...

Offtopic: a propósito do Braga, continua um mistério para mim o facto do Porto não ter ido buscar o Lima... mesmo no tempo do Belenenses (especialmente numa eliminatória da taça contra nós) mostrou ser um ponta de lança pelo menos acima da média nacional!

Barba azul disse...

Já me perguntei muitas vezes a mesma pergunta do Miguel87, mas como não percebo nada disto tinha vergonha de perguntar, não fosse haver uma razão óbvia em contrário.
Há?

Artur disse...

Há razões óbvias: a idade e as baixas comissões.

Artur disse...

Fdx ouvi falar em poupar???Para quê?? Só se para fazermos figura de ursos com o City. Com um jeitinho ainda vamos para lá para defender a margem mínima que conseguimos aqui. Os ingleses vão perguntar se nós só sabemos jogar a passo e se o maluco dos 100 milhões é para jogar futebol ou para derrubar árvores.

Taqui disse...

e se arrancamos um jogo do c****** e passa-mos a eliminatória? Isso é que era!
A esperança é muito pouca, mas lá no fundo, podia aparecer assim qq coisa de milagroso!
Espero que o hulk, n jogue com a pressao de ter de brilhar para o city o contratar!
Abraço

Lamas disse...

Chorei logo quando vi a dupla substituição de Hulk e Moutinho... "ai se eles marcam estamos fdd..."

E aconteceu, mas a sorte lá veio ter connosco e matamos o jogo de seguida... penso que o VP devia ter aguentado mais...

Para hoje gosto da tática do Pis, mas não acredito em milagres e até acredito que o Maicon regresse à direita (bom regresso de Sapu em Setúbal)...

Por fim e, apesar de não acreditar, mentiria se dissesse que não estou a sonhar com um milagre... :)

P.S. Muito Bom a referência às Fantasies...