quarta-feira, 2 de março de 2016

Sofrido, mas com um Final Feliz...


Com o Prata offline, longe da Invicta e com os outros dois "malandros" do blogue a "baldarem-se", só hoje damos umas "luzes" do que vimos no passado domingo e numa vertente mais de "coração" em vez de um raciocínio mais lógico e analítico daquilo que se passa dentro das quatro linhas, tal como as nossas crónicas se tem pautado.

Com efeito, passemos ao jogo e à enfatização de factos... terceira vitória das três últimas deslocações da nossa equipa à capital (ou arredores)... dado indesmentível e de salientar, pois não temos convivido muito bem com estas viagens nos últimos tempos para aqueles lados... entrada em jogo com atitude, golos e até alguma sorte... parecia um arranque perfeito para um jogo confortável e tranquilo no Restelo onde tínhamos empatado nas duas últimas vezes, mas não o foi... a vitória foi, sem dúvida saborosa, mas com muitos calafrios... não conseguimos segurar a vantagem nem a bola do nosso lado para o tempo ir passando, o jogo manteve-se partido durante todo o segundo tempo e, tanto podíamos ter marcado muitos mais golos como também o inverso... faltou a tal posse exagerada no tempo de Lopetegui e praticamente inexistente com Peseiro... as duas ou três incursões de Marega que poderiam ter "matado" o jogo saíram completas trapalhadas e o maliano parece estar a juntar todos os ingredientes para ser um dos "patinhos feios" da massa adepta portista... no outro extremo, Casillas está a pôr em prática o seu rótulo de lendário e a continuar a exibir-se a um bom nível...

De uma forma sintética foi isto que resumidamente retirei do nosso último jogo, que me fez "suar" até aos últimos segundos do encontro e, que, aparentemente, como o outro diria, não teria havido necessidade... ganhamos, continuamos na luta e o próximo fim-de-semana é importantíssimo para definir a recta final do campeonato... hoje teremos um bom jogo para o Mister Peseiro poder experimentar algumas das suas ideias que ainda não colocou em prática e descansar alguns meninos para esse importante/decisivo encontro na Pedreira...

Uma última nota para Suk que, pode não ter aquela "tarimba" de jogador com classe para o FCP, mas o gajo é um "chato" daqueles e foi crucial no golo inaugural... tem-me surpreendido e começo a valorizar a utilidade do nosso "Ninja" coreano...

P.S. Prata, desculpa as reticências... ;) 

2 comentários:

prata disse...

Ando há dois dias para ver essa segunda parte. Sem vontade nenhuma...

UPSSSS disse...

Carlos Abreu Amorim, conhecido adepto do FC Porto, utilizou as redes sociais para desferir duro ataque à Direção presidida por Pinto da Costa na sequência da derrota (1-3) com o SC Braga.

«Pagamos os erros tremendos dos últimos anos, sobretudo o crime lesa-Porto, em Junho, de manter aquele espanhol apatetado com carta branca para desfigurar todo um clube de futebol. Este é um FCP que começou a época em Janeiro, que destruiu o seu conceito de equipa, que se tornou um joguete fácil e cúmplice nas mãos dos empresários, sem estratégia, com uma Direção acomodada, desprovida de soluções para si própria, avelhentada e, sobretudo, pejada de nepotismo e de milionários que enriqueceram no clube e sem causa. Serei sempre Porto mas já estou farto de assistir calado ao arruinar deste clube!», escreveu no Facebook o deputado e professor universitário.