terça-feira, 18 de agosto de 2015

Estreia a bombar



Quando Aboubakar é o homem do jogo, tem de se fazer um título de crónica com um trocadilho com o nome do camaronês. Julgo que é uma regra... Estou de férias, mas ainda me lembro como é que isto se faz!

'Graçolas' à parte, vamos à estreia. Auspiciosa, por três motivos:
1) A equipa consegue jogar da mesma forma apesar de ter perdido grande parte dos seus habituais executantes. A estabilidade técnica pareceu conseguir harmonizar a entrada de novos interpretes. A ideia de jogo mantém-se apesar de, neste momento, estarmos a jogar sem um jogador com características de organização no meio-campo.
2) A equipa consegue marcar golos e apresentar um goleador alternativo a Jackson. Aboubakar fez, logo na sua estreia como dono do lugar, a sua melhor exibição. Quer a marcar, quer a tocar a bola com os colegas, quer a assistir. Faltou o terceiro golo.
3) Além de Aboubakar, os reforços estiveram em destaque logo no primeiro jogo. Sobretudo Maxi, Varela, Imbula e Danilo. Casillas teve pouco trabalho mas cumpriu.

De resto, deixarei mais duas notas. Gostei do estádio cheio. Não estive na apresentação e sei que também encheu. Já sei que no Verão as assistências nos estádios são tão enganadoras como os números do desemprego no terceiro trimestre mas, ainda assim, é bonito. Depois a questão do 10. Isto sem Brahimi, com Tello a 50%, jogar com um duplo Herrera, sem um 6 com características de organizador como o Ruben, parece-me pouco ambicioso em termos de criatividade. No Sábado chegou e sobrou, mas não sei se este elenco não será pobre em criatividade. Lopetegui poderá temperar melhor. Por exemplo, só joga com Herrera e Imbula se tiver em simultâneo Ruben por trás e Brahimi na ala. Assim parece arriscado.

Individualmente, MVP óbvio para Aboubakar. Depois, uma boa estreia de Maxi com duas assistências. Alex Sandro também esteve bem apesar de uma distracção defensiva na primeira parte. Varela esteve muito melhor que Tello, Imbula e André melhor que Herrera e Marcano melhor que Maicon. Danilo e Casillas cumpriram e bem.

Começámos bem! Siga!

PS: Estava a escrever o post e tinha a tv ligada no programa prolongamento. 'Empandeiraram' o Seara? Quem é este gajo com fato à mafioso três números acima da sua medida? Resolvi ouvir e dá logo para perceber do que se trata. Aí comecei a ver se aparecia algum plano alargado porque, se houvesse, iria aparecer o João Gabriel com a mão enfiada por baixo do fantoche... Bem escolhido Sousa Martins!


1 comentário:

Lamas disse...

Se era para mostrar que era opção, fê-lo na perfeição... dois golos, outros dois quase-golos, três quases-assistências e até cuecas... jogão... esteve fantástico!!!