segunda-feira, 16 de março de 2015

Calafrio


Sinceramente não esperava isto. Por um lado, os jogos de ressaca da Champions têm tendência a ser mais difíceis que o habitual. Normalmente por culpa própria. Mas vínhamos numa série longa de boas exibições e não pensei que fossemos interromper logo agora. Na verdade, não deu sequer para ver como a equipa ia reagir. Cedo Fabiano resolveu pôr-nos em apuros. A propósito, se havia intenções de implementar um 'projecto Neuer' na nossa baliza, é melhor abortar. Tem acabado em drama. Seja hospitalar seja exibicional... Convém no entanto referir que, por muito que seja um lance ridículo de Fabiano, não estou certo que fosse para expulsão. A regra fala em golo iminente. Se é certo que Fabiano estava fora da baliza, não havia bola controlada e nem sequer era certo que chegaria primeiro à bola que o nosso defesa, que só não ganha o lance à primeira por causa da indicação errada de Fabiano. Sendo assim, expulsar foi um acto de coragem. Temos assistido a muitos este ano...

Lopetegui resolveu arriscar. Fez muito bem e fomos recompensados com um golo e com outros lances perigosos. Na segunda parte tentou equilibrar mais a equipa num arrumado 1-4-4-1. Perdia homens no meio-campo mas arrumava melhor a equipa a defender a vantagem. O problema é que estava à espera de mais ajuda defensiva dos extremos... Como tal não acontecia com frequência, vivemos a segunda parte sem bola e em sobressalto. As melhores oportunidades foram nossas e o adversário só chegou com perigo em lances de bola parada. Ainda assim, a primeira abordagem à expulsão foi mais audaz e mais eficaz. Compreendi a alteração ao intervalo mas não entendi que não tivesse sido corrigida assim que se notou que não funcionava. A melhor defesa teria de ser a posse de bola.

Individualmente gostei muito da exibição de Quaresma. Para mim o MVP. Esteve em todos os lance de perigo da equipa. Também gostei de Brahimi Alex Sandro e de Marcano. Pela negativa Fabiano. Nota mínima. Não gostei muito de Casemiro que voltou às 'carradas' de passes falhados. Ruben entrou com mais serenidade, como é seu costume. Aboubakar continua com um índice de rendimento absolutamente invulgar para os minutos de jogo que tem.

Safamo-nos! É o que interessa. Na próxima semana, mais um jogo de dificuldade máxima e voltámos a jogar depois do nosso adversário directo. Esperemos que possamos jogar com motivação extra!

15 comentários:

Lamas disse...

O lance da expulsão é de uma subjectividade incrível... para além de ter dúvidas que o Fabiano toque (mesmo que não toque para mim é falta, porque ele a sair daquela maneira tem de acertar na bola), quando o gajo do Arouca adianta a bola, o Ricardo já lhe está a ganhar a frente... o ajuizamento do lance é similar à expulsão do Maicon contra os axadrezados... sempre pensei que pouco depois o gajo ia "compensar", mas não aconteceu... mesmo com o Quaresma a levar uma "patada" bem dado DENTRO DA ÁREA e com o resultado ainda nulo...

Também gostei da audácia táctica após a expulsão, mas talvez tivesse ajustado logo após o golo para não corrermos riscos desnecessários (tipo Brahimi por Ruben e Oliver a cair para ala)...

Final feliz e a grande notícia é que Helton (espero eu) veio para ficar...

Rui André Silva disse...

Não sentiram falta da formiguinha invisível? Não entendo o desaparecimento do EVANDRO!

Falar de arbitragens, não vale apena.
Vejam o silêncio dos nossos dirigentes... só fala o nosso treinador,parece que ontem deu a entender que assim não vale apena continuar a lutar!"Se as decisões fossem mais equilibradas"... Pois Julen, em Portugal é tudo muito limpinho...
Enfim, os nossos jogadores e equipa técnica, são uns heróis por continuarem a ganhar e a adiar o que parece decidido por decreto.
Uma abraço muito Portista.

prata disse...

O lance decisivo do jogo é o do fabiano e é discutível. Eu acho que era amarelo mas é daqueles casos em que a clubite puxa para o lado que convier a cada um. Mas o que é indiscutível é o penalti sobre quaresma e o fora-de-jogo que dá origem à grande defesa de Helton. São lances demasiado claros!

Siga! Temos de viver com isto!

riskolas disse...

Seguimos na luta.

Por momentos, pensei que tinhamos viajado no tempo e estavamos no jogo contra o boavista.

Estes "erros" vão continuar até ao fim da época.

Acho que o Lopetegui organizou muito bem a equipa após a expulsão mas o recuo do HH para lateral direito após o intervalo não resultou.

Aliás, deu foi para perceber que HH é o n/ médio mais importante.

Devia ter mantido o meio campo e ter tirado o Brahimi ou o Quaresma (ou até o Aboubakar) e metia o Ruben ou o Reyes a fazer o lado direito.

Continuo a acreditar que vamos ser campeões! Eles hão-de escorregar!

prata disse...

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/2015/03/futebol-1800-sporttv1-fc-porto-vs-arouca.html

Vejam o painel d'o jogo. Não percebo como é que dois deles dizem que jogo perigosos activo dentro da área não é penalti? A minha ideia era que jogo perigoso activo é livre directo. Livre directo dentro da área é penalti. Pelos vistos não...

bruno rodrigues disse...

Eu, tal como o Lamas, espero MESMO que o Helton tenha voltado para ficar DEFINITIVAMENTE. Ele é (INDISCUTIVELMENTE) 99999999999 VEZES MELHOR QUE O FABIAANO, e já nos deu muitas mais alegrias, vitórias e títulos do que o fabiano alguma vez dará. riskolas, o herrera é o nosso médio mais importante? não sei o que andaste a beber.

José Sampaio disse...

Para mim, o projecto Neuer mantem-se.
Está a jogar nos Juniores e na B e chama-se Gudiño....

riskolas disse...

Bebi o que costumo beber, ou seja, água, cerveja, vinho, coca-cola e até agua-ardente de vez em quando vai.
Agora, não é por escreveres em maiúsculas que percebes mais de bola do que eu.
Aliás, a minha opinião é que a qualidade da generalidade dos teus comentários roça o "pecimo".
Tenho dito.

P.S. HHH (Hail Hector Herrera)

prata disse...

Se Gudiño confirmar metade do potencial que parece ter, vamos ter de implementar vários 'projectos gudiño' porque não vai ficar cá muito tempo...

Tony Silva disse...

E pronto, o Helton nunca mais sai da baliza :)

bruno rodrigues disse...

Eu também não escrevi que percebia mais de bola do que tu, e se tu perceberes mais de bola que eu, eu até nem tenho nenhum problema com isso. Mas estavas só a brincar quando escreveste que o herrera é o nosso médio mais importante? É que eu não acredito que não estavas a brincar. E parece-me que há mais gente a concordar comigo. E agora sobre futebol, algum dos nossos médios é um péssimo finalizador como o herrera? Não. Algum dos nossos médios é capaz de falhar um passe de 50 centímetros como é o herrera? Não.

riskolas disse...

O Herrera é fundamental!
O Herrera é o jogador mais importante no equilibrio táctico, posicional da equipa.
O Herrera ainda tem algumas falhas ao nível do passe e da recepção mas já foi muito pior.
Quem mais corre, mais se cansa, logo é mais provável falhar nesses aspectos.
Até digo mais, se o Herrera dominasse o passe e a recepção como a maior parte parece exigir estavamos perante um jogador melhor do que o Modric. Ou seja, era, provavelmente, o melhor médio do Mundo.
Esta é a minha opinião séria sobre o Herrera.

Sei que a maior parte não pensa assim mas, felizmente, pelo menos no que ao futebol diz respeito, ainda penso pela minha cabeça.

bruno rodrigues disse...

Ainda bem que pensas pela tua cabeça, eu também o faço, e não o faço só no que diz respeito ao futebol, faço-o em tudo. E sobre o herrera, foi bom tê-lo visto melhorar da época passada para esta, mas nunca será o melhor do mundo nem nunca andará perto.

Pispis disse...

Que estejas tão certo como em relação ao Tello... :-)

Anónimo disse...

Prata o Lopetegui já deu indicações aos jogadores para quando os adversários se isolarem não os rasteirarem mas sim dar-lhes pontapés na cabeça para não sofrermos penalties. O ridículo é que ninguém diz que pé em riste é diferente de falta. A partir do momento em que toca não há pé em riste, logo neste caso penalty.

Artur