sexta-feira, 24 de agosto de 2012

A Cultura do Piton de Alumínio...

(post anteriormente publicado e actualizado em 24.08.2012)

Depois de recordado no último vídeo, nada melhor que a distinção de cromo da semana para Jaime Pacheco, homem que passou pelos dois clubes que se vão defrontar neste fim de semana e que agora se encontra a realizar uma aventura profissional na China como treinador.

Jaime Pacheco teve uma ascensão meteórica, começou a jogar futebol no Rebordosa com 16 anos e passado 4 anos estava no FC Porto, contratado por José Maria Pedroto, para ele o verdadeiro mestre, não há cá Special Mourinho's, principalmente depois do bate-boca entre eles: um só tinha um neurónio e o outro, pelos vistos, era doente mental.

Esteve nove anos no Porto, pelo meio esteve duas épocas no Sporting mas ainda regressou a tempo de se tornar Campeão Europeu. Depois ainda passou pelo Setúbal, Paços, Braga, Rio Ave e Paredes. Representou ainda a selecção no França84 e no México86. A primeira experiência no comando técnico duma equipa foi no Paços de Ferreira quando era jogador-treinador, mas a primeira vez que assumiu somente a pasta de treinador foi no União de Lamas. E seria nas Antas que se deu a conhecer quando, para a Taça de Portugal, empatou a zero mesmo com Jorge Silva a falhar um penalty nos últimos minutos da partida e não provocar um escândalo ainda maior. Nessa época, Pimenta Machado levou-o para Guimarães para tirar o clube do fundo da tabela e na época seguinte estava nas competições europeias. Curiosa a saída de Guimarães quando estava no segundo lugar porque, segundo Pimenta, não gostou da forma como Pacheco se dirigiu a uma pessoa da Direcção... Acho que já ouvimos desculpas melhores...

No entanto, foi a sorte dele, foi para o Boavista e lá viveu os melhores anos de treinador, participações na Liga dos Campeões, título de Campeão Nacional e até às meias-finais da Taça UEFA chegaram (ameaçando um derby tripeiro em Sevilha) foram o máximo que conseguiu atingir enquanto treinador. Teve, também, um outro ponto alto logo a seguir, em Mallorca, quando obrigou Samuel Eto'o a vestir calções em vez das calças de fato-de-treino. Talvez este episódio tenha justificado a sua curta estada em Espanha... isto e os maus resultados. Depois foi sempre a cair, Guimarães, Boavista, Belenenses e, por fim, Al-Shabab na Arábia. Agora está na China enfrentando uma nova aventura profissional.

Frases «à la Pacheco»:1. "Caneleiras desde o primeiro dia! Um jogador não pode passar o treino a pensar que pode magoar-se, portanto é melhor estar protegido."
2. "quando o Benfica não ganha o jornal "A Bola" não vende"
3. "Com respeito por todos, agora pelo Jorge Jesus, fiz mais que todos os treinadores portugueses que chegaram a um grande. Não fui apenas campeão, fui duas vezes segundo classificado no campeonato e o Jesus foi quinto no Braga com uma equipa melhor que aquela que o Domingos tem agora."
4. "O sr. Amândio de Carvalho, que ainda hoje está na federação, prometeu-nos em França um cartão vitalício, que nos havia de permitir entrar em qualquer campo para assistir a um jogo. Nem isso cumpriu. No México, supostamente tínhamos direito às camisolas de jogo. Nem isso. Fiquei com a do último jogo e entreguei-a em Fátima como promessa."
5. "Eram outros tempos, tinha colegas que fumavam ao intervalo e davam tudo no relvado; tive outros que bebiam água e leitinho e não se mexiam lá dentro"
6. "Não gosto de falar dele (de Mourinho), como gente não presta. Nunca me meti com ele nem acho que deva falar dele. O meu único desejo é que o salário mínimo dos portugueses triplique e todos sejam felizes. Não sei se vou dar um ou dois apartamentos aos meus filhos, mas quando morrer ao menos que se lembrem que eu dizia sempre a verdade. Como costumo dizer, só minto à minha mulher! A mais ninguém!"
7. "no ano em que o Rui Águas e o Dito trocaram o Benfica pelo FC Porto, o Toni convidou-me para ir para o Benfica. Tinha 27 anos. Mas já tinha dado a minha palavra ao FC Porto."
8. "O João Pinto teve grandes dificuldades de adaptação ao Boavista. Não estava preparado psicologicamente para passar do Sporting para aquele Boavista. Não estava preparado para uma descida tão grande (de qualquer maneira, a sete jornadas do fim do campeonato e com cinco meses de salários em atraso ainda lutávamos pelo segundo lugar). Por outro, também não estava bem fisicamente, e a fase de divórcio também não ajudou."
9. "o Bosingwa - lembro-me que ficou muito zangado quando o coloquei a jogar a defesa direito e hoje está onde está"

10. "O Petit deve lembrar-se bem. À terça-feira doía-lhe sempre ou o dente ou a unha. Deixava-o a correr horas a fio - da parte de tarde já não tinha dor."
11. "Repare - e aqui não estou a falar de A ou de B -, para se chegar a certos lugares é preciso ir a muitas capelas ou a muitos bruxos. Duvido muito que as grandes portas se abram sem que se faça isso. Posso chegar ao fim da vida com menos dinheiro e menos currículo mas tenho coluna."

12. "É verdade, fui proibido (de jogar na equipa de veteranos do Porto), mas o problema está ultrapassado. Como disse, conheço os motivos da tensão. A verdade é que não gosto de pedir favores e enquanto treinador tive que fazer declarações em defesa do meu clube que não caíram bem em alguns meios. E, portanto, tudo isso tem um preço, mas tenho uma excelente relação com muita gente do FC Porto."

Cromo...
Carreira...


Nota de Rodapé: Repostagem do "cromo" Jaime Pacheco com algumas actualizações. Rubrica que terá presença assídua no nosso blogue às sextas-feiras.

10 comentários:

prata disse...

« Jesus foi quinto no Braga com uma equipa melhor que aquela que o Domingos tem agora» Sem dúvida!

«só minto à minha mulher! A mais ninguém!» LOL!

«O Petit deve lembrar-se bem. À terça-feira doía-lhe sempre ou o dente ou a unha. Deixava-o a correr horas a fio - da parte de tarde já não tinha dor.» Lindo!

Pis, nestes casos a dificuldade é escolher só meia dúzia de frases para pôr aqui. Deste personagem deve haver milhares...

Pispis disse...

Sem dúvida, e ainda tive q retirar algumas pk tinha umas 20 seleccionadas :-)

Lamas disse...

Fdx... FANTÁSTICO!!!

Também coloco a do Petit acima das outras... Sem Papas na Língua...

Pode não ser treinador para o Porto, mas será sempre um jogador à Porto... :)

Seria um fantástico adjunto para o FCP, mas para quem já foi campeão nacional... não dá...

JN disse...

há a mítica faca de 2 legumes xD

Camisola10 disse...

O Pacheco foi uma espécie de Bruno Alves avant la lettre. Um bom tutor do Paulinho Santos. É bom ver que ainda tem seguidores... e pensar que há quem fale da pseudo-falta do Katsouranis ao Anderson...

Orgulhoazulebranco disse...

não sabia que este emplastro do camisola 10 tbm andava por aqui...


"Só minto à minha mulher" ?? loool

penta1975 disse...

fod@-se!!!

o Camisola10/Lucas, AQUI??!!

mas que raio de comportamento pseudo-freudiano destas «gloriosas papoilas saltitantes» de infestarem tudo o que seja azul-e-branco...

e depois queixam-se que nós é que somos um «clube regional»...

não há paciência para aturar estes lampiões...

Tony Silva disse...

CARREGA BENFICA!!!

GANDA LOL!

Carreguem mas é o saco e ide a dormir no autocarro até Lisboa que a viagem ainda é longa.
Isto se conseguirem dormir claro...

:)

Daniel Gonçalves disse...

Camisola 10,

O Jaime Pacheco nunca partiu intencionalmente, como o fez o benfiquista Nunes ao Eurico num jogo em 1985, as pernas a ninguém. Ou como o benfiquista Alberto, noutra entrada intencionalmente assassina - habitual prática do clube das papoilas - fracturou a tíbia e o perónio ao Jordão, a jogar no Sporting.

Anónimo disse...

Does your site have a contact page? I'm having trouble locating it but, I'd like to send you an e-mail.
I've got some creative ideas for your blog you might be interested in hearing. Either way, great blog and I look forward to seeing it improve over time.

Check out my site; payday loans no faxing