Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2008

Defeso

Imagem
Há tempos resolvi dar uma nova oportunidade ao jogo Football Manager. Deu-me o saudosismo do velhinho CM e resolvi fazer umas épocas com o nosso FCPorto. Os resultados foram normais. Em relação aos nossos resultados deste ano apenas ganhei a mais a Supertaça e a Taça de Portugal. O problema veio com o fim da primeira época. Deparei-me com a insatisfação das estrelas por eu não permitir que fossem transferidas e, pior de tudo, tinha no mínimo 40 situações para resolver entre regressos de jogadores emprestados e jogadores que deixaram de ter idade júnior. Foi aí que decidi que não tinha vida para aquilo. No entanto, não deixa de dar uma ideia do que tem em mãos a nossa SAD, durante o defeso. Como tal, e antes de começarmos a falar em reforços, vou tentar esquematizar a situação actual do plantel (sem contar com os juniores que vão subir). Jogadores a manter no plantel Helton, Ventura, Nuno, Fucile, Bruno Alves, Pedro Emanuel, Stepanov, Cech, Raúl Meire

Será que o Olegário marcava?

O vídeo da semana recua no tempo para mostrar outra final da Taça contra os largatos... neste caso, a finalíssima de 1994, em sequência de uma primeira final que ficou empatada a 0 bolas, após prolongamento... como tal, voltamos uma semana depois a viajar até Oeiras, tanto a equipa, como os adeptos resistentes, bem menos, logicamente, que os que foram na primeira final... mas os 1300 km percorridos numa semana por estes portistas foram recompensados com este golo... Notas do vídeo... - A primeira imagem faz-nos lembrar Jardel, mas já vão confirmar que não era ele... - Secretário a passar de mota pelo Marinho e, depois disso, ainda consegue cruzar tenso... Muito Bom! - O que era aquela equipa do Sporting???... um conjunto de meninas??? Figo, Paulo Sousa, Marinho, Peixe e aquele 9... reconheceram??? Nuno Capucho... - José Pratas sem bigode??? - Gabriel Alves e a amplitude que Vinha trouxe à equipa... comentários nostálgicos... - O Lemajic anda quantos kms antes do Aloísio chutar? - Pr

Férias

Imagem
É essa a palavra-chave para o que se passou ontem e na última semana. Tudo começou na segunda-feira quando o nosso FCPorto autorizou em plena semana de preparação para uma final da Taça de Portugal, que um jogador perdesse alguns treinos para ir a Londres fazer testes médicos e assinar com o Chelsea. No mínimo surreal, tendo em conta que o jogador só será do Chelsea na próxima época. Dirão que não ia haver tempo por causa da selecção, mas se o FCPorto põe jogadores a fazer testes médico na Argentina, não me venham com essa… Tudo isto foi fulcral ontem. Demos umas férias ao Zé Bosingwa sem que tivéssemos opções sequer à altura. Eu pessoalmente até escolhia o João Paulo em detrimento do Lino, mas a questão aqui é que a equipa perdeu uma das suas armas ofensivas e nem ficou a ganhar muito defensivamente… Isto para não falar da paragem de cérebro do João Paulo que era de todo imprevisível. Continuando no tema férias, grande parte dos nossos melhores jogadores entrou de férias

E depois da "desilusão" vem o quê??

Imagem
Li, há pouco, no "Noticias na Hora" o seguinte artigo: "O Benfica quer que o FC Porto seja afastado da Liga dos Campeões na próxima época, devido ao castigo que lhe foi aplicado e que não contestou, no âmbito do processo “Apito Final”. A declaração de intenções partiu do porta-voz dos “encarnados”, Ricardo Maia, ao site Maisfutebol: “O Benfica vai pedir certidão da decisão da Comissão Disciplinar da Liga e pedir à Federação que a envie para a UEFA”. Em causa está o regulamento de elegibilidade para as competições europeias segundo o qual um clube para participar “não pode estar ou ter estado envolvido em qualquer actividade destinada a combinar ou influenciar o resultado de um jogo a nível nacional ou internacional”. Ora, o FC Porto foi condenado à perda de seis pontos por tentativa de corrupção em jogos da época 2003/04, o que, de acordo com os regulamentos, no artigo 1.07, poderá levar a que seja substituído pelo clube melhor colocado a seguir na classificação do camp

Os Livres de outros tempos...

Em semana de clássico, embora Domingo tenho como pano de fundo o Estádio de Oeiras, recordamos aqui no blog mais um clássico entre lagartos e dragões... o jogo foi perto da passagem de ano de 1988 para 1989 e culminou com mais uma vitória do FCP, muito à custa das sardas de Geraldão e Branco ... Agora é tempo de reviver... Outras notas do vídeo: - A legenda do vídeo está incorrecta, dado estarmos na época 1988/89 e não 1989/90... só que o upload do vídeo já estava em curso quando dei por ela e estas coisas do upload demoram tempo e posteriormente rectificarei... - O som, como devem ter reparado, também está desfazado - Não fazia a mínima que o Jorge Plácido tinha passado pelo Sporting... - Vital... o que é aquilo?... o Sporting tinha, aparentemente, um plantel fraco... - Carlos Manuel no Sporting??? E a capitão??? - Artur Jorge... sempre muito cuidadoso com as palavras... "difícil???"... um roubo :-) - Quem era aquele treinador do Sporting? - Para a semana esper

Retaliação e outros assuntos

Imagem
Na sequência dos recentes ataques ao nosso FCPorto exige-se uma resposta inequívoca na final da Taça de Portugal. Exige-se que seja reposta a verdade sobre os resultados de Alvalade e da Supertaça. A diferença entre as duas equipas está bem demonstrada nos 20 pontos de distância no campeonato. Contra o Sporting, contra uma equipa de arbitragem que estará a ser cuidadosamente preparada para arrumar com os ‘corruptos’(sim, vamos ter que aturar coisas destas nos próximos anos), e contra este país de merda, quero uma vitória clara! Mais do que nunca, no Domingo e na próxima época não nos bastará ser melhores. Teremos de ser muito melhores! Lá estarei para apoiar o meu FCPorto! Equipa para a final no estádio de Oeiras: Helton; Zé, Emanuel, Bruno e Fucile; Assunção, Lucho e Raul; Quaresma, Mariano e Lisandro. (com Tarik a servir de Juary na segunda parte) Fui à Figueira ver o jogo e, como tal, deixo umas breves notas: - Farias muito bem com 2 oportunidades 2 golos;

Desilusão

Imagem
Não é a primeira vez que fico desiludido com o meu Presidente Pinto da Costa. Até passei grande parte de 2004/2005 a fechar os olhos à quantidade infindável de más decisões que foram tomadas, quer na gestão do plantel, quer na gestão da imagem do clube. Apesar de me ter custado a engolir, consegui por causa de uma coisa que cada vez mais percebo que é fundamental na vida: Gratidão! Ainda por cima, a “silly season” acabou logo nessa época tendo o Presidente e o FCPorto retomado aquela que é a nossa imagem de marca: As vitórias. Mas hoje considero que dificilmente me conseguirei ultrapassar a desilusão com a atitude tomada pelo nosso Presidente. Nos últimos meses dificilmente encontrávamos um portista que admitisse o que hoje aconteceu. Como é possível o clube não recorrer de uma pena destas? Como é possível não se esgotar todos os meios de defesa perante uma condenação baseada nestes pressupostos? Temos medo de uma desvantagem de 6 pontos? E mesmo que tivéssemos, não é isso que está e

As bombas de Branco...

O vídeo da última quarta, completamente simbólico, tinha como figura de destaque Fernando Gomes , o bi-bota de Ouro e o meu primeiro ídolo... mas como sabemos, a sua saída do FCP não foi a que desejavamos, terminando a carreira no Sporting... Quando eles saiem, outras referências temos de encontrar (ou então mudamos de clube, mas não vou revelar nomes para não ferir susceptibilidades), porque somos putos e quase que existe aquela vontade inconsciente de imitar alguém... apesar de no vídeo que a seguir apresentamos, ambos jogadores coexistirem, depois de Gomes a mim referência foi Branco ... E Branco porquê?... essencialmente por causa do remate forte e do número 3... jogava nos infantis do FC Lapa, ainda com idade de escolinha, e, incrivelmente, para quem me conhece, era central e jogava com o número 3... e depois claro, o bilhete, muito característico na minha maneira de jogar e nos meus livres... Lembro-me de um episódio engrançado, ainda na escola primária, depois de um jogo do

Preocupante...

Imagem
Dirão que todas as grandes equipas têm direito a uma tarde menos conseguida. Aquelas em que nada sai e em que o adversário cada vez que vai à baliza marca um golo. Poderão dizer que a equipa entrou finalmente em descompressão pela falta de objectivos reais num campeonato em que temos mais de 20 pontos de vantagem. Nada disso! O que se passou no sábado foi um festival de laxismo sem paralelo no nosso FCPorto. E isso é preocupante. Estou a falar especificamente da primeira parte. Assistimos a um festival de passes falhados, de falta de empenho, de marcações deficientes… Esperava-se que com os golos do adversário a equipa despertasse, mas aconteceu o inverso. A equipa foi-se afundando ainda mais como se já não valesse a pena, como se já não tivesse nada a mostrar, para só voltar à carga na segunda metade da segunda parte. Engana-se o jogador do FCPorto que julga que uma vantagem superior a 20 pontos ou uma vitória na Taça de Portugal apaga esta vergonha que se passou no sábado. Dizia-me