Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2013

Complicado

Imagem
Neste tipo de grupos a avaliação é sempre a mesma. Quem perder pontos em Viena estará condenado. Teoricamente faz sentido. Mas depois veremos como as equipas se apresentam. Há dois anos o Viena era o APOEL e todos vimos o que aconteceu aos favoritos da altura: FCPorto e Shacktar... Vamos aos adversários. O mais difícil será mesmo o Zenit apesar de não ter ficado muito impressionado com a eliminatória com o Paços. Hulk, Danny, Shirokov e Witsel são jogadores de qualidade, mas veremos se compensam a defensiva bem mais fraca. E acredito que eles ainda vão ao mercado sobretudo depois do fecho na Europa. Depois temos o Atlético de Madrid. Perderam Falcao e contrataram Villa. Ficam claramente a perder até porque Villa já não é o que era. Mas continuam a emergir Diego Costa que é um jogador a ter em atenção e também ao turco Arda Turan. Em relação às últimas vezes que os encontrámos, parecem ter melhor treinador. É sobretudo essa a diferença porque, jogadores tinham eles. Lembrem-se p

Rui 'Shrooms' da Silva

Já sei que isto não interessa a ninguém, mas não deixa de ser muito engraçada a explicação de um ex-ministro da nação para as 'carinhosas mensagens' que o capitão das papoilas endereçou aos seus adeptos. Só vendo! A partir do minuto 6:15.  

Tranquilo

Imagem
O Dragão esteve cheio para receber, pela primeira vez, o FCPorto na 'versão Paulo Fonseca'. Seria interessante ver como a equipa reagia a um jogo em Setúbal que foi bastante turbulento. A resposta foi clara: vitória tranquila e inequívoca. Isto apesar de o golo ter tardado um pouco. Ainda assim, não houve grandes sobressaltos perante uma equipa que parece poder voltar à luta pela Europa. O português Danilo e Derley parecem ser importantes reforços. Mas, tal como o resto da equipa, foram completamente manietados pelo carrocel portista.  Após três jogos, posso começar a fazer algumas comparações com o ano passado. Pelo menos as mais faladas. Desde logo há a questão do duplo pivot. Começo por dizer que raramente vejo o FCPorto com dois pivots defensivos. Vejo uma alternância na posição 6 entre três ou mesmo quatro jogadores. Talvez em organização defensiva, mas é raro. O que vejo é que, independentemente dos triângulos e dos losangos, a equipa ganhou dinâmica ofensiva perd

Eu Vi o Deco Jogar...

Imagem
Domingo atrás de domingo nas Antas e depois no Dragão... Obrigado por esses momentos inesquecíveis... Obrigado por tudo Mágico ... 

Sofrido porquê?

Imagem
No final do jogo de Setúbal, notei que não estava plenamente satisfeito. Por um lado percebi logo que as incidências na Madeira e em Setúbal iam ajudar a que a nossa vitoria num campo difícil fosse desvalorizada, num habitual movimento de choradeira e desculpabilização de erros próprios. Mas isso... Enfim... O que mais me incomoda foi a oscilação de jogo da equipa durante o jogo. Foi uma exibição bastante desequilibrada. Começámos bem, com bom futebol e algumas oportunidades. Entretanto o Setúbal marcou sem nada ter feito para isso. Fiquei com a sensação que a equipa não acusou o golpe e os dez minutos seguintes foram de domínio portista. Estranhei a quebra que se seguiu até ao final da primeira parte. A segunda parte foi de altos e baixos. Começamos a sofrer um pouco até que aconteceu o pénalti. Julguei que a partir daí a exibição passaría a ser mais equilibrada. Puro engano. Sofremos mais um pouco e valeu-nos um momento de génio de um miudo que muito promete. Não fosse isso e jul

Penta

Imagem
E lá vão cinco Supertaças seguidas! Vinte em trinca e cinco possíveis! Oito nas últimas onze! Enfim. Esta competição existe desde 1979 e traduz a dura realidade do futebol transmitido em TV a cores: hegemonia portista! Vamos ao jogo. História curta dada a superioridade do FCPorto. Torna-se até difícil distinguir entre o que são os méritos do FCPorto e as fragilidades do Vitória de Guimarães. Mas será mesmo necessário? Este jogo não se faz da exploração das fragilidades dos outros? Estarei cá para ver se de facto este Guimarães é tão fraco como o FCporto o fez parecer em Aveiro. Desconfio que não o será. Prefiro salientar o bom jogo dos Dragões. Entrada muito forte e jogo controlado a partir daí. Destacaria sobretudo a agressividade e a intensidade com que jogámos sem bola. Toda a equipa empenhada e, mesmo quando se tentou a nota artística, apesar de tal não ter tido efeito em termos de marcador, percebeu-se que a equipa estava a ter prazer em ter a bola e em recuperá-la rapidam

Nasceu em Lamelas...

Imagem
... e jogou no Social Lamas !

Um bom teste

Imagem
O blog está de férias mas, mesmo assim, consegui ver o jogo. Não havendo tempo para crónicas, cá ficam algumas rapidinhas: - A primeira parte do Galatasaray e a segunda parte do Napoles davam o melhor jogo da pré-época. - A questão dos penaltis, não só é puramente psicológica como é contagiosa... Talvez Danilo ou o recém-chegado Quintero. - Por entre as opções Kelvin, Iturbe, Ricardo, Licá e Ismaylov para a ala, a escolha de Paulo Fonseca está feita: Josué ou Quintero. - Otamendi é o melhor central do plantel, por muito que eu consiga ver mais potencial nos outros. - O resto da defesa acumula erros e, agora, penaltis estúpidos. - O craque da equipa continua a ser Alex Sandro. - Danilo, Defour e Varela aparecem em boa forma. - Quando desapareceu a táctica apareceram as melhores sensações de Quintero e Herrera. Muito trabalho para o Paulo...

Lá estão eles com as reservas...

Imagem

Caso Atsu resolvido!

Imagem
Esta novela do Atsu já começa a chatear.  Mas a 'máfia' já encontrou solução. E foram buscar inspiração, imagine-se, aos comunicados publicados no site da CMVM . Vejam lá se não é brilhante: - Primeiro vendemos Atsu a um clube qualquer, pode ser o Liverpool, por 140 milhões de euros; - Como se trata de um valor elevado poderemos aceitar um pagamento faseado e com carência de um ano; - Nesse negócio, como temos de defender os nosso interesses dos 'caloteiros' do futebol, teremos que exigir uma garantia! Pode até ser o próprio passe do jogador... Perfeito! Se o Liverpool não tiver intenção nenhuma de nos pagar os 140 milhões, podemos sempre ter o jogador de volta no final da época. Já sabemos que ele irá embora na mesma, mas nisto, deixamos de pagar salários, fora o que ele gasta em gás, electricidade e água, e o mau ambiente que ele iria trazer à equipa B. E imaginem o que os adeptos não dirão sobre as capacidades de gestão de um clube que vende um jogador