Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2009

Masoquistas ao frio e à chuva

Imagem
São os adeptos portistas nesta época. Mas porque raio é que é tão agoniante assistir aos jogos do FCPorto este ano? Ou não jogamos nada, ou quando jogamos um bocadinho melhor a bola não entra. Foi este o caso de ontem. Foi melhor que frente aos Belenenses e à Académica. Mas tal não significa que tenha sido bom. Foi mais um sofrível... Foi um futebol mais em força que em técnica, mais com coração que cabeça e assim é mais fácil perder-se o controlo do jogo. Aconteceu a seguir ao nosso primeiro golo, aconteceu a seguir ao penalti falhado e aconteceu a seguir ao golo que acabou por ditar a vitória. Resultado: assim é impossível equipa e adeptos ganharem confiança. E cheira-me que vai demorar até que isso possa mudar. E porque é que acho isso? Porque continuo a ver um treinador que, perante as dificuldades da equipa não muda nada e quando muda é sinal que já estamos em apuros. Continuo a ver o Hulk preso às alas quando cada vez mais me convenço que ele é bem mais perigoso no apoio direct

Gelsenkirchen, minuto 71, o último acto de Magia...

Imagem
Contra-ataque rapidíssimo, passe para Alenitchev na esquerda, já dentro da área Alenitchev devolve a bola para a zona frontal da baliza... domina com o pé direito ao mesmo tempo que olha para a colocação do guarda-redes e dos defesas, dá um ligeiro toque com a parte de fora do pé direito e envia-a com classe, toda a classe de cinco anos e meio ao serviço do Porto resumida naquele instante, o toque de génio do Mágico Deco ! Tantas coisas para falar sobre Deco que é preferível não referir nada em concreto, deixo isso para os basculantes e seguidores basculantes para comentarem sobre o nosso Mágico , falem dos golos e das jogadas! Eu lembro-me de tantas situações que não vou conseguir referir só uma, por exemplo: - No Estádio das Antas , Superior Sul do lado esquerdo dos Super, havia um anti-Deco mesmo atrás de nós; um velhote incapaz de perceber a magia e dedicação que saíam daqueles pés mesmo quando o Porto passou 3 anos sem ganhar qualquer campeonato e parecia que quanto mais insultav

Fica-nos bem este segundo lugar

Imagem
De facto não jogámos o suficiente para aspirar a sermos primeiros no nosso Grupo na Champions. E não estou a falar só de ontem. De facto afastámo-nos muito do cinzentismo que patente nas exibições anteriores mas ainda não chega para uma equipa como o Chelsea, por muito que tenha ontem aqui jogado de uma forma completamente descontraída. Nós também jogaríamos descontraídos não fosse esse pequeno pormenor que a equipa ter de compensar a nós adeptos o suplício que foi assistir aos últimos jogos do FCPorto. Em suma, jogámos bem melhor, mas no máximo, e numa perspectiva calimeriana de ver o jogo sob critérios de justiça, tal apenas resultaria num empate visto que o jogo foi dividido em termos de oportunidades de golo. Individualmente, nem gostei demasiado de ninguém, nem tenho grandes críticas a fazer. Fica claro que dificilmente Meireles e Rodriguez conseguiam continuar a jogar mal como estavam. E como tal, notaram-se melhoras. Também se percebe que Belluschi é muito mais decisivo quando

Para Repetir...

Desta vez não é preciso recuar muito no tempo, apesar de já fazer 5 anos... muito menos encontrar motivos para o vídeo que vamos colocar... a cabeça já só pensa no que vai acontecer no final do dia de hoje... Foi a vitória mais saborosa da época 2004/05 , a par da conquista do segundo Título de Campeão do Mundo de Clubes ... eles tinham o treinador e alguns jogadores que envergavam o título de campeão europeu... mas nós é que éramos, efectivam,ente, os CAMPEÕES EUROPEUS ... e a reviravolta no resultado foi extraordinária num ambiente louco vivido no Dragão... Logo é para repetir... NOTA: Depois de rever o vídeo, estou a 100% com o título do jornal "O Jogo" de hoje... :)

Voltámos a não jogar nada

Imagem
Mas desta vez têm desculpa. Não jogámos mesmo... O que é de estranhar é a surpresa das pessoas perante o adiamento do jogo. E o que faz o cronista perante um não acontecimento? Faz um post curto e guarda-se para quinta-feira, dia em que de certeza que vai ter assuntos para focar. Despeço-me apenas com meia-dúzia de perplexidades que me atingiram na última semana: 1- Não é que a melhor equipa do universo também consegue ser eliminada em casa de uma competição em que apresentou a sua melhor equipa disponível? Será que, como diz o Presidente da Instituição, o plano maquiavélico dos jornalistas começa a dar frutos? 2- Não é que o Paulo Bento está mesmo convencido que a pressão dos adeptos que levou ao seu despedimento tem a ver com a época que o Benfica está a fazer? Ai Paulo... Se não fosse o teu amigo Jesualdo e os seus resultados péssimos contra o Sporting, se calhar já tinhas percebido... 3- Contra todas as previsões acabámos por chegar ao Mundial e Queiroz lá se safou. Julgo que c

Enorme coração... e bem pertinho da boca!

Imagem
O homem que tem o nome num estádio em Taveiro, Coimbra , terminou, duma forma um tanto ou quanto inesperada, a carreira de futebolista e assumiu um cargo directivo no PAOK . Inesperada por ser a meio da época, não tanto pela idade, Sérgio Conceição completou no passado domingo 35 anos. Nem tudo foi fácil na vida de Sérgio Conceição , perdeu os pais num acidente de viação aos 17 anos e, talvez por isso, trazia tanta raiva para dentro das 4 linhas disputando cada lance como se de um golo decisivo se tratasse. Nuno Leal, um blogueiro conta um episódio que traduz a humildade deste jogador: Há uns anos atrás, enquanto os jogadores da selecção se dirigiam dos balneários para o autocarro da equipa, eram aplaudidos por imensos adeptos. Todos os jogadores sorriam, acenavam a mão, às vezes davam uma palavra, mas não paravam, andavam sempre. O Serginho não. O Serginho viu um defeciente motor, foi ter com ele, tirou o casaco do fato de treino e ofereceu-o. Não posso descrever a imagem de felicid

Reapareceu passados uns meses

Imagem
Já não era visto há meses e foram muitos os portistas que se preocuparam com o desaparecimento de Raúl Meireles, mas afinal, relatos vindos da Bósnia garantem que ele está vivo e de boa saúde. Esperemos que não aconteça nada na viagem de regresso... PS: Rodriguez continua desaparecido. Se tiverem notícias, agradecemos que avisem.

7 Golos em 45 minutos...

... e um de letra! Depois desta breve descrição está decifrado o vídeo da semana... em semana de Taça e depois do cromo da semana passada e ainda com "cunha" metida por Miguel87 nos comentários do blogue... aí está uma bela recordação da vitória por 9 bolas 1 perante o Juventude de Évora numa das eliminatórias da Taça de Portugal em 1997/98 ... Apenas uma nota para o facto de ao intervalo estar 1-0 e a entrada de Jardel ao intervalo não ter sido solitária, pois teve a companhia de Drulovic que assistiu o nosso goleador-mor em 4 dos 7 golos apontados e e ainda marcou 1, apenas porque Jardel não conseguiu chegar à bola... O Antas também pediu golos do Gomes ... e aquele que eu mais vibrei nas Antas já foi aqui postado , mas aproveitamos o pedido para recordar no vídeo abaixo na vitória por 4-2 frente ao Sporting da Covilhã , jogo no qual o FCP se sagrou Bicampeão Nacional (84/85 e 85/86)...

Soluções

Imagem
Se há coisa que ficou clara nos jogos passados e especialmente no último na Madeira foram os problemas desta equipa do FCPorto. Seja a má forma de jogadores importantes, sejam as lesões, seja o pé frio de Jesualdo. Importa partir para as soluções. E aqui parece-me claro que, apesar de muitos de nós aqui termos defendido que devíamos ter enfrentado a nova época com um novo treinador ao leme, julgo que agora, não defendemos a sua saída a meio da época. O risco seria demasiado e arriscávamos que estes 5 pontos que temos para os dois primeiros se alargassem de forma irreversível. Vamos lá às soluções mais comuns de que se fala. Uma delas e a mais vulgar é a mudança do desenho táctico. De facto o nosso esquema parece estar a tornar-se previsível. Todos sabíamos que a grande virtude do esquema de Jesualdo em 4-3-3 era a rapidez com que fazíamos as transições, sobretudo as ofensivas. Tal tornou-se impossível dada a forma física deplorável de Meireles e Rodriguez e dada a incompatibilidade d

Voar como ele sobre os centrais...

Imagem
Parecia um tosco quando chegou... os colegas (em plena pré-época) levavam as mãos à cabeça e perguntavam como é que um jogador que não sabe dominar uma bola pudesse ser tão caro, mas ultrapassou todas as dúvidas e para sempre vai ficar marcado na história do FC Porto e do futebol português. Conseguiu ainda ser o exemplo daquilo que um jogador não deve seguir: drogas, casinos e meninas... Ok, só esteve mal nas drogas! 'Ganhou' aquela cicatriz na testa quando caiu dum camião no meio do mato e só foi ao hospital no dia a seguir. Com ela marcou muitos golos e venceu muitos troféus, inclusive o Mundial de sub-20 em Adelaide , na Austrália , aquele em que Portugal defendia o título e conseguiu perder os três jogos na primeira fase. Lembrar de Jardel , é lembrar de golos, os golos em San Siro , Camp Nou , Bernabéu , Luz , Munique , golos para todos os gostos e feitios nas Antas fosse de cabeça, de letra, remates do meio da rua sem preparação ou fossem de penalty. O terror para

Post de Março de 2009

Na sequência de alguns comentários ao post anterior fica aqui uma recordação de um post que publiquei após a passagem aos quartos de final da Champions League. Na altura defendia porque achava que não deveria ser renovado o contrato de Jesualdo Ferreira. Isto para que fique claro que aqui não há portistas com opiniões que oscilam consoante o momento da equipa. Só espero que não tenha que dizer daqui a uns tempos que tive razão antes do tempo... http://basculacao.blogspot.com/2009/03/renovar-ou-nao-renovar.html « Renovar ou não renovar Eis a questão. Enfrentando mais uma enorme pausa no campeonato, aproveito para pôr à discussão o que mais me tem preocupado nos últimos tempos. Primeiro foi Lisandro e agora Jesualdo. Se em relação ao primeiro defendo que deve ver renovado o seu contrato de imediato, não posso dizer o mesmo em relação ao nosso treinador. Vamos com calma. Parece que em relação a Jesualdo não consegue haver meio termo. Em Outubro e após as 3 derrotas consecutivas, mui

Derrotas no Caldeirão com outro Sabor...

Também no Funchal, também com auto-golos à mistura, recordamos hoje uma derrota menos dolorosa que a do fim de semana que passou... Recuamos à época 1997/98 , ao último jogo do campeonato, com o Tetra já consquistado, o FCP foi derrota pelo Marítimo por 3 bolas a 2, cuja vitória colocou a equipa madeirense na Taça Uefa, treinada na altura por Augusto Inácio que emergia na esfera nacional como treinador principal depois de alguns anos a adjunto no nosso clube... Notas do Vídeo... - O auto-golo de Gaspar parece um claro regresso ao presente bem recente... - Jardel e os festejos em direcção ao público madeirense no segundo golo... - Barroso e os bilhetes de qualquer parte do campo...

Evidências

Imagem
Espero que a partir de hoje a nação Portista esteja rendida às evidências. Eu pelo menos estou. Se calhar até já estava, mesmo antes desta vergonha que foi o jogo na Madeira. Até já andava com alguns sintomas de realismo que me fizeram escrever aqui coisas como 'a equipa não anda a jogar nadinha' ou 'se falta Hulk e Falcao não jogamos' ou que não via Jesualdo a fazer nada para inverter esta tendência. Mas agora julgo que mais gente vai acordar para as evidências. Vamos elas: Evidência nº 1: Jogamos Zero!!! Não há ponta de fio de jogo. Não há estratégia definida a não ser a entrada de Farias, a subida do Bruno Alves e o pontapé para a frente quando o resultado não agrada. Dependemos unicamente da inspiração individual e normalmente, para isso, só podemos contar com Hulk, Falcao e Bruno Alves. Qualquer equipinha de merda nos consegue manietar por completo e nem é preciso o Autocarro. Basta pressionar bem Hulk e já está. Não há mais ninguém... É penoso ver o FCPorto jo

Jogador à Porto... made in Caxinas

Imagem
Lembramo-nos de Paulinho Santos e associamos raça, paixão, luta, agressividade e... João Vieira Pinto! Paulinho Santos é um jogador do reino do Dragão, um dos cinco jogadores que foram Pentacampeões. Acabou a carreira sob o comando de Mourinho , na época da Taça Uefa, e num dos últimos jogos ao serviço do Porto, senão mesmo o último, marca um golaço ao Varzim ainda no Estádio das Antas, na 32ª jornada do campeonato. Acabaria por ser o golo da vitória porque terminou 3-2 e os varzinistas, treinados por Luís Campos, surpresa das supresas, acabariam por descer de divisão! A relação com João Vieira Pinto vai perdurar na história. Partiu-lhe o nariz e o maxilar, mas eram convocados para a Selecção e obrigavam-os a partilhar o quarto. Dava porrada durante os 90 minutos mas no último jogo da época da despedida, contra o Sporting, foi João Vieira Pinto quem lhe entregou uma camisola dele em jeito de homenagem. O típico caso de 'quanto mais me bates mais eu gosto de ti...' Não esqu

Objectivo orçamental conseguido

Imagem
Anualmente, o FCPorto inclui e prevê no seu orçamento as receitas da passagem aos oitavos de final da Champions League. Não será por acaso. É já o quarto ano consecutivo e a sexta vez nos últimos 7 anos. É obra! Estamos constantemente nas 16 melhores equipas da Europa e já sabemos que quem lá está constantemente, está mais próximo de chegar ao caneco. Muito importante esta tendência dos últimos anos. Dito isto, vamos ao jogo. Estava em causa a passagem, mas sobretudo, estava em causa a reacção da equipa às más exibições dos últimos três jogos. Que dizer? Como reacção não foi mau. Houve empenho, houve mil e uma oportunidades de golo mas ainda não houve futebol de qualidade. Chegámos a fazer boas jogadas e a jogada do golo é um bom exemplo disso, mas foram muito raras. Ou seja, a vontade estava lá mas acabámos por não conseguir um exibição segura. Isto por causa do autêntico descalabro que foi o último passe e a finalização. Parece mesmo que os últimos resultados mexeram com a confianç

Escaramuças no Banco de Suplentes...

Ontem a bisbilhotar no meu arquivo videográfico sobre o FCP , encontrei esta pérola jornalística repugnante... até já tinha passado por elas várias vezes, mas desta vez, pensei, dada a actualidade das escaramuças e um episódio televisivo caricato que antecedeu o jogo entre o Braga e o Benfica, em que, naquelas entrevistas à porta do Estádio, o jornalista da TVI pergunta a um adepto lampião um prognóstico para o jogo e que ele responde todo aperaltado: "3-1 para o Glorioso..."... Depois disto, o gajo da TVI saí-se com um "Esperemos que sim, esperemos que sim..." e ao aperceber-se do erro, "ou uma vitória do Braga", concluiu ele... Tendo por base isto, recuamos à época 1997-98 , em que o Benfica recebeu um FCP já tetracampeão e, num jogo para cumprir calendário, venceu os portistas por 3-0... A reportagem é do famoso "Donos da Bola", com o inevitável Nuno Luz... deprimente e no auge da isenção jornalística... É por isto, e muito, muito mais, n

E agora? Já se pode criticar?

Imagem
Na semana passada jogámos pouco mais que zero, mas somámos os três pontinhos. Ora na sexta-feira voltámos a jogar pouquinho, e quem joga pouquinho às vezes arrisca-se. Mas o problema é bem mais complexo que a falta de velocidade nestas duas primeiras partes. O problema é a completa ausência de ideias no nosso meio-campo. Bellushi continua a jogar muito longe da área adversária e de uma forma extremamente insípida e Meireles, nem com o empenho que tem demonstrado, consegue disfarçar o facto de estar uma sombra do que já foi nesta equipa. E sem estes dois sobram duas opções atacantes: Hulk a resolver sozinho com o seu génio e a chuveirada para Farías, Falcao e Bruno Alves. Muito limitado para uma equipa com as ambições do FCPorto. Responsável máximo por tudo isto? Esse mesmo que estão a pensar. Mesmo apesar das lesões e dos problemas físicos de jogadores importantes, no ano passado com Lucho e Lisandro tínhamos o mesmo problema em casa: uma falta de soluções gritante que nem a compra de