Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2009

O Globetrotter do Montijo...

Imagem
Nada mais, nada menos, do que 9 emblemas que Paulo Futre defendeu ao longo da carreira enquanto jogador profissional. Tendo em conta a altura, com restrições ao número de estrangeiros nos campeonatos pela Europa fora e o reduzido nível de transferências, é de louvar... Será menos de louvar quando regressou ao campeonato português para defender as cores do Benfica, numa contratação polémica com 'dinheiros', falava-se na altura, da RTP... Quem viu o o vídeo abaixo, já reparou que Paulo Futre deixou seguidores no clube da capital porque, agora, quem se atira para a piscina é Aimar e nem precisa de água para assinalarem penalties... No nosso Porto ficam marcados 3 fantásticos anos culminados com a conquista da Taça dos Campeões Europeus, onde ainda hoje consigo visualizar o slalom pelo lado direito do ataque a passar pelos bávaros em velocidade para depois rematar ao lado de ângulo já difícil... Conquistou poucos troféus para alguém com o talento dele... alguns técnicos de fo

3 Pontinhos

Imagem
Ui que coisa fraquinha que foi aquela primeira parte? E a exibição do Hulk? E a do Falcao? E a do Rodriguez? Fraquinhas, não? Que é que passou pela cabeça das pessoas para assobiar a primeira substituição de Jesualdo? Aliás, muito se assobiou ontem... É certo que não jogámos nadinha , mas ganhámos e a vitória não chegou a estar em causa. Já sei que as pessoas queriam uma vitória gorda para responder aos recentes resultados da auto-intitulada melhor equipa do universo, mas a verdade é que essas goleadas valem os mesmos 3 pontinhos... E aqui gostaria de falar nesse histerismo que assola o país com o suposto futebol total do Jesus. É certo que estão a jogar bem melhor que em anos anteriores, mas só pelo facto de os tipos, num exercício próprio de novo rico, não se contentarem em ganhar e fazerem das tripas coração nos últimos 10 minutos de jogo para ganhar por muitos, não vamos entrar em pânicos ou receios. É que vejo ali uma equipa que ainda não teve um único teste a sério que tivesse p

"Um Golo à Madjer..."

Imagem
Esta expressão dá para perceber como se eterniza um homem e sai-nos da boca sempre que vemos um golo de calcanhar... Rabah Madjer ficará para sempre ligado à história do FCP e do mundo de futebol por aquele momento arrepiante em Viena... poucos meses depois conseguia no estádio gelado de Tóquio, coberto de neve, onde o futebol era impraticável, mais um momento mágico com um chapéu impensável, dando ao FC Porto o primeiro campeonato do Mundo de Clubes... Pelo vídeo da semana, lembramo-nos de ir ao baú buscar o cromo do argelino da época 1987/88 e assim recordar um dos jogadores mais marcantes da vida do FCP... Carreira Futebolística... Palmarés... - «Bola de Ouro» Africano: 1987 (foi 2º em 1985 e 3º em 1990); - 1 Taça das Nações Africanas em 1990; - 2 Campeonato de Portugal (1985/1986) (1989/1990) - 2 Taças de Portugal (1987/1988) (1990/91) - 2 Supertaças de Portugal (1986 e 1991) - 1 Taça dos Campeões Europeus (1986/1987) - 1 Supertaça Europeia 1988 - 1 Taça Intercontinental 19

Até agora cumprimos

Imagem
É o melhor que podemos concluir desta primeira volta da Champions deste ano. Com um jogo em Londres e dois jogos em casa, seis pontos deixam escancarada a porta da passagem à fase seguinte e poderemos confirmá-lo já na próxima jornada em que bastará ganhar em casa do APOEL e que o Atlético não vença o Chelsea em casa, o que me parece um cenário nada improvável. Mas mais uma vez, e tal como já tinha acontecido no jogo com o Atlético de Madrid, voltou a ser muito difícil. Em primeiro lugar, porque jogámos com Mariano no lugar de Bellushi. Erro crasso. Mariano não tem características para aquela posição e notou-se bem os efeitos da troca de Jesualdo para o início da segunda parte onde jogou com Rodriguez no meio e com Mariano na ala. A equipa melhorou muito enquanto Rodriguez durou. Mas não foi só isso. Oferecemos um golo de vantagem ao adversário numa altura em que controlávamos o jogo e depois ainda lhe demos vantagem numérica numa altura em que já só se esperava pelo golo da tranqui

Goleada das Antigas...

Em dia de Champions e após uma vitória da Selecção Nacional frente a Malta, encontramos nestes dados uma " michelania " de factores para justificar o vídeo que hoje vamos recordar... Trata-se do primeiro jogo da caminhada que no levou ao título de Campeão Europeu de 1987, em que o FCP defrontou o Rabat Ajax , campeão nacional de Malta... O jogo resumiu-se a uma goleada das antigas com muitos pormenores deliciosos a recordar... um poker de golos de Gomes ; um dos melhores golos do argelino Madjer ao serviço do FCP; Futre e a facilidade em arrancar penalties; Celso e a espantosa qualidade deste central em subir no terreno e fazer o gosto ao pé (já na semana passada vimos contra o Samora Correia); a classe de Elói na marcação de livres; e o exímio marcador de penalties chamado André ... 9-0 foi o resultado final e marcava o arranque vitorioso que terminaria em Viena em 27 de Maio de 1987... O jogo foi no Estádio dos Arcos, em Vila de Conde, dado as Antas estar em obras de

Agenda Portista

Imagem
Na semana passada entrei aqui na discussão sobre os méritos do projecto visão 611, dada a entrevista do seu principal rosto: Luís Campos. Nessa mesma semana saiu um outro artigo no jornal O Jogo, artigo esse que, pasmem-se, era muito elogioso relativamente ao projecto. Para terminar, no Sábado estreiam-se 4 juniores pela equipa principal. Coincidências? Não. Operação de charme? Parece que sim. Mas é óbvio que não fiquei convencido. Basta ver a táctica que Jesualdo teve de apresentar. Uma equipa com 3 defesas. Dirão que foi uma cartada técnica que antecipava a réplica fraquíssima do Sertanense. Para mim é claro que estando feita decisão de se recorrer aos juniores deveria haver oportunidade para defesas laterais que era a posição onde estávamos mais desfalcados. Mas pelos vistos não há ninguém com qualidade suficiente. Se ao menos o projecto estivesse minimamente articulado com as necessidades da equipa principal... A minha opinião mantém-se. Isto está a ser um fiasco e não vai ser a bo

O miúdo já tem 40 anos...

Imagem
O tempo passa a correr, e parece que ainda foi ontem que foi lançado em Guimarães, por Quinito, um puto de 18 anos (Setembro 1988) para defender a baliza do nosso FCP... Esse miúdo completou ontem 40 anos e, depois desse primeiro jogo, apenas se tornou no futebolista com mais títulos da história do futebol (32), seguído de Pelé e Rijkaard com 25 títulos... Ganhou tudo o que havia para ganhar, em Portugal e Espanha, juntando a isso, somente, a Liga dos Campeões, a Taça das Taças, a Taça Uefa, a Supertaça Europeia e Taça Intercontinental... e mesmo assim, ainda houve jornalistas (pelo menos é o que dizem que eles são) a ousar dizer que Vítor Baía tinha sido o maior flop do futebol português... De registar ainda o facto de deter o record de imbatibilidade no campeonato nacional (1191 minutos entre Setembro de 1991 e Janeiro de 1992)... O cromo da semana é, pois claro, Vítor Baía (época 1993/94)... Carreira Futebolística... Fonte www.zerozero.pt Palmarés... FC Porto Campeo

Vem aí a Taça...

... e com ela equipas, neste caso bem conhecida (o Sertanense ), mas pelo sortilégio dos sorteios (terceira vez consecutiva), mas que à partida seriam meras desconhecidas... Recuamos 22 anos para recordar uma goleada de mão cheia no Estádio das Antas contra o Samora Correia , agora pelos distritais da Associação de Futebol de Santarém... No vídeo dá para recordar jogadores como Vermelhinho ou Casagrande , estrela brasileira, que esteve presente no Mundial do México 86, mas que apesar de não singrar no FCP, sagrou-se, mesmo assim, Campeão Europeu pelo nosso clube... Agora é recordar... Notas: - O Casagrande tinha muito jeito para lances acrobáticos, mas parece que não tinha muito jeito para acertar na bola... - O primeiro golo de Vermelhilho de trivela... - As correrias de Laureta na ala esquerda... parecia ser daqueles laterais bons, mas mais a atacar... - Celso , um central, a brincar dentro da área adversária...

611 ou 1216?

Imagem
Num fim-de-semana que apenas foi futebolísticamente interessante graças à alhada em que Queiroz conseguiu enfiar a selecção nacional, apenas tenho a registar a entrevista de Luís Castro, responsável pelo projecto visão 611. Na capa do jogo é destacada uma afirmação, no mínimo, ousada:«Somos o melhor clube formador de Portugal». Até é possível que seja assim, mas a verdade é que não temos formado jogadores com qualidade suficiente para serem opção para o plantel principal. Depois quando é questionado sobre a ausência de resultados e sobre o facto de apenas Bruno Alves ter feito mais de 3 anos de formação no clube vem sempre a mesma resposta: o nível do plantel é tão elevado que se torna muito difícil para um jovem entrar. Esta conversa começa a irritar... Imaginem um Barcelona com um nível tão elevado que não permitia que aparecessem jogadores como Xavi, Iniesta, Puyol, etc. Será que os nossos miúdos saem assim tão mal preparados e tão longe do nível do plantel principal? Querem então

Quando só se veste uma camisola...

Imagem
Regressamos esta semana com a rubrica dos Cromos no basculação... A ideia é recordar muitos dos que passaram pelo nosso clube e, aproveitando, a fantástica base de dados do site Zero Zero , relembrar a carreira futebolística destes senhores... Tal como Belluschi , o homem em foque da semana, e na época em que os números não eram fixos, Jaime Magalhães foi inúmeras vezes o número 7 dos azuis e brancos, fazendo, com João Pinto uma dupla terrível na ala direita... O cromo é relativo à época 1987/88 , tal como o vídeo da semana postado abaixo em que Jaime Magalhães crava um penalty e ainda marca um golo de belo efeito ao cair do pano... O momento sublime que recordo dele é um golo no Estádio da Luz do meio da rua, precisamente na época a que este cromo diz respeito, num jogo que empatamos a uma bola e que um dia recordaremos neste blogue... Sobre a sua carreira futebolística, não há muito que se diga, apenas que talvez pudesse ter acabado a carreira onde sempre jogou... Ganhou tud

Goleada + Ponta de Lança + Equipa Algarvia...

Tendo em conta o jogo do fim de semana, o vídeo da semana reúne os seguintes atributos: - Equipa Algarvia; - Ponta de Lança com o faro de golo; - Goleada. Três items que foram um pouco do que se viveu no passado domingo em Olhão ... Contudo, este jogo é nas Antas , e refere-se à época 1987/88 , em que o FCP goleou o Farense por 4 golos sem resposta, num jogado marcado pelo hattrick de um senhor chamado Fernando Gomes ... Outras Notas... - " Réplica Animosa do Sporting Farense... "... e não era o Gabriel Alves ; - Estamos a poucas jornadas do fim do campeonato, o FCP já era campeão, daí alguma preocupação em jogar para Gomes para o troféu de melhor marcador; - Grande defesa do Joseph .

Olhão de Belluschi

Imagem
É óbvio que estou a falar da visão de jogo do nosso número 7. Mais que isso, ontem juntou a visão de jogo à capacidade de meter lá a bolinha redonda onde quis e isso foi determinante na vitória de ontem. E foi uma vitória por números escassos dadas as imensas oportunidades de golo de que dispusemos. O Olhanense vive muito dos miúdos que lá temos e por isso, dei por mim a fazer um exercício de comparação directa entre os nossos miúdos e os argentinos que nos custaram 4 milhões cada um. Custa comparar o Ukra com o Mariano, o Castro com o Tomás Costa ou Valeri e mesmo o Rabiola com Farias e perceber que não ficaríamos a perder muito numa troca directa. É uma análise muito simplista, mas não consigo deixar de a fazer cada vez que olho para uma publicação de contas da SAD... O meu consolo é perceber que ao menos ali jogam e pode ser que reentrem no próximo ano no plantel (mas duvido...). A verdade é que nem eles chegaram e isto graças ao desempenho ofensivo da equipa com Belluschi a com