Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Sinais de Retoma

Imagem
Expressão muito grata ao nosso P.M. José Sócrates e que se aplica perfeitamente à nossa exibição na Madeira. Mas ao contrário da economia portuguesa, que tem de esperar pela retoma dos outros para voltar a arrancar, nós tivemos que fazer pela vida. E o que fizemos foi contratar o mais promissor médio a jogar na Liga portuguesa. E de facto, notam-se logo os efeitos. A receita foi juntar a uma equipa que estava já recheada de grandes executantes, um jogador que fosse capaz de assumir o jogo e a responsabilidade de juntar as peças que já chegavam a parecer que não encaixavam. E para isso, e depois de apostas falhadas em Valeri, Guarín, Tomás Costa e mesmo Belluschi, bastou um jovem madeirense com carácter, ambição e sobretudo com um futebol muito simples nos pés. Poderei estar a precipitar-me mas parece-me que, com Meireles ao lado, vamos finalmente regressar a um futebol atraente recheado das transições rápidas que Jesualdo tanto gosta. Ora com isto pretendo partir para um exercício que

Nem mirra, nem golos, Baltazar?

Imagem
Chegou ao Porto , não para adorar o Deus menino, mas para ser adorado por todos aqueles que acompanharam a sua carreira no país vizinho. As épocas de sucesso no Celta de Vigo (ajudou a equipa a subir de divisão com 34 golos), e depois no Atlético Madrid , fizeram dele um avançado de créditos firmados e criou fortes expectativas nas hostes portistas. Chegou até a ser o ‘ pichichi’ numa altura que Hugo Sanchez já fazia estragos ao serviço dos merengues. Já agora, numa de curiosidade, ‘ pichichi’ é o termo que se utiliza para definir o melhor marcador da Liga espanhola em honra dum grande jogador do Athletic de Bilbao dos anos 10 e 20: Rafael Moreno “Pichichi ”. Foi, inclusive, ele que marcou o primeiro golo no Estádio San Mames (daqui a muitos anos serão ‘ ninjas’ os melhores marcadores da nossa Liga?). Mas, Baltazar , revelou-se um verdadeiro flop sem nunca ter conseguido uma posição de destaque, muito por culpa da dupla Domingos-Kostadinov . Chegou, também, com 31 anos, o que pode ex

Estádio Municipal de Lisboa

Imagem
A partir de agora, e depois das notícias de hoje do Diário de Notícias e do Jornal de Notícias, vou passar a chamar ao Estádio da Luz, Estádio Municipal de Lisboa . Foram só 65 milhões de ajuda que a PJ considera ilícita. Ora com as ajudas vindas da organização do Euro 2004 que ascendem aos 22 milhões de euros é certo que bem mais de metade dos 120 milhões de euros que custou o estádio (falava-se de 160 milhões...) tenham sido pagos com dinheiro dos contribuintes. (este últimos dois dados foram retirados de um estudo do ISEG sobre o impacto do Euro 2004) Fica o link da notícia: http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1480714 Link do estudo sobre o o impacto do Euro 2004: http://www.iseg.utl.pt/mm-conteudos/noticias/eventos/evento_165/Estudo_Sintese_24Mar04.pdf

Acima de Tudo... Ganhar...

... é o que mais precisamos neste momento e nesta difícil deslocação à Madeira que se avizinha! Como tal, os vídeos made in basculação , foram à procura disso mesmo... uma vitória frente ao Nacional , aparentemente não muito bem jogada, mas conseguida, trazendo na bagagem para o continente o que mais interessava... os 2 pontos da altura... O jogo respeita à época 1990/91 , ainda no Estádio dos Barreiros (possivelmente a Choupana ainda não reunia condições para receber os jogos do campeonato), com uma vitória à tangente por 3-2 com um bis do então puto Domingos Paciência ...

Amnésia

Depois das declarações de Rúben Micael de ontem, e lembrando outras que já tínhamos aqui citado numa altura em que ainda não sonhávamos que ele vinha para o FCPorto, vem um fonte da mourada debitar as seguintes pérolas: "Aparentemente recuperou de um período prolongado de amnésia no preciso momento em que passou a fazer parte do plantel do FC Porto. Já está a justificar a contratação, infelizmente pelos piores motivos. As pessoas têm memória e sabem o porquê da coincidência desta declaração agora." Pois sabem. Sabem que uma parte importante da nossa defesa é o facto de que só agora é que um árbitro resolveu escrever sobre o que se passa nesse túnel. Que só agora a CD resolveu actuar. E que esses comportamentos discricionários são mais graves que um pontapé num segurança ou num 'interveniente com direito de acesso ou permanência no recinto desportivo'(termo técnico muito convenientemente inventado). Ora quem tem amnésia é o vosso ponta-de-lança Ricardo Costa visto qu

Um cheirinho

Imagem
O grande aliciante do jogo de ontem para a Taça Qualquer Coisa era mesmo a estreia do Rúben (assim será tratado a partir de agora). E de facto e tal como eu esperava o homem entrou muito bem e notou-se sobretudo nos primeiros 60 minutos. Se repararem na primeira meia hora fizemos à volta de 6 remates dos quais 5 foram da nova contratação. E era isto que eu esperava dele: um raio de acção superior ao de Belluschi. Não está em causa a qualidade do Bellushi até porque foi ele que desencravou o jogo num lance de pura inspiração individual. O problema é que o argentino não consegue, ao mesmo tempo equilibrar o meio-campo defensivamente e chegar lá à frente para o último passe e para a finalização. Já Rúben não mostra qualquer problema e poderá não ter os pezinhos delicados de Belluschi mas acho tem outros atributos e julgo que entrará de caras no onze deste FCPorto. Quanto ao jogo de ontem, Jesualdo resolveu ao intervalo o problema que ele próprio criou. Por mim e dadas as últimas exibiçõ

A antítese de Aquiles...

Imagem
Se um foi recordado pela sua única fraqueza, outro será sempre lembrado pelo 'golo à Madjer' . Ele, que até já tinha sido recordado anteriormente neste mesmo blog. Hoje, depois de mais uma deliciosa recordação postada por Lamas com novo golo de calcanhar de Madjer , não resistimos a voltar à carga com mais cromos e mais episódios do argelino. Rabat Madjer chegou ao FC Porto em 1985 oriundo do futebol francês onde jogou no Tours e no Matra Racing , esse mesmo clube para onde Artur Jorge , mais tarde, seguiu com o estatuto de Campeão Europeu. Para sair da Argélia e do seu clube desde pequenino - NAHD (Hussein-Dey) - não foi fácil. Havia uma lei que não permitia a saída de jogadores com menos de 28 anos e Madjer já estava a ser «massacrado» com propostas de clubes europeus depois de se ter mostrado na selecção argelina em grandes competições: Quartos de Final dos Jogos Olímpicos de 1980 em Moscovo , a Final da Taça das Nações Africanas de 1980 na Nigéria e o campeonato do Mundo

Ministério Público de mais

Ora saíram as escutas na net. Pronto, paciência... Aconteceu... Paciência o car#&%$!!!! Não há regras? Quem responderá por mais esta fuga? Quem tinha acesso ao processo e sobretudo aos ficheiros de som? Quero nomes? Enquanto isto saiu na imprensa escrita duvido que se conseguisse chegar à fuga de informação mas será que agora não se consegue? Julgo que consegue e quero responsáveis, que é para esta vergonha que é o ministério público português com as suas fugas de informação selectivas passe a ser responsabilizado. Quanto ao teor pouco importa. Já estava tudo nos jornais... Estão à espera de quê? Que se reabra o processo? Óbvio que não. A intenção é tentar humilhar o nosso presidente que continua a falar pouco e que quando fala lança acusações vagas e inócuas. Já as gravei no computador mas não ouvi e nem sei se vou ouvir. E como eu já milhares o devem ter feito. Mais um festival de justiça na praça pública... Só neste país!

Penoso

Imagem
Foi a frase da noite de ontem. Isto porque os fabulosos comentadores da TVI se fataram de dizer que o prolongamento seria penoso para os pobres jogadores do Belenenses. Coitadinhos... Mas no fundo foi penosa a forma como não conseguimos ganhar em 90 minutos a este penoso Belenenses. Há muito que reflectir. Como é possível uma equipa destas causar-nos tantos problemas. Penosa a organização de jogo do FCPorto. Penosa também a forma com Olegário fez vista grossa a um penalti sobre Alvaro Pereira e a um pé em riste sobre Rodriguez dentro da área que daria livre indirecto a 3 metros da baliza. Penosa também a forma como este dois, que já conhecíamos de um comentário no ano passado a um Sporting-FCPorto também para a taça, continuam sem vergonha nenhuma. Chegam a ver um esquerdino num jogador que marca penaltis com o pé direito... No jogo de ontem só gostei do Rodriguez, do Pereira e do Falcao. Tudo o resto foi mau incluindo o Valeri que perdeu mais uma oportunidade. Qualquer dia nem ao ban

Novamente de Calcanhar...

Em dia de jogo da Taça de Portugal contra o Belenenses , fomos ao baú tentar encontrar alguma pérola nos jogos entre as duas equipas azuis... rapidamente nos lembramos de uma goleada por 7-1, na abertura do campeonato 1987/88 , em que o destaque foi inteirinho para o argelino que poucos meses antes nos tinha dado uma das maiores alegrias da vida com o Golo de Calcanhar em Viena ... neste jogo Rabat Madjer fez um hattrick e voltou a repetir a gracinha com mais um golo de calcanhar para a história do nosso clube...

O LOBO MÍOPE... EM 3 MOMENTOS!

Imagem
momento 1 No dia 5 de Março de 2009, escrevi aqui que " Já o Ruben Micael tinha, antes de mais nada, de mudar de nome! De resto, parece-me ser um excelente jogador. Com 22 anos e 1,75m de altura, está a fazer a sua estreia na Liga Sagres. É um jogador rápido, combativo e muito inteligente. Se mudasse de nome podia ir longe. Em alternativa, poderíamos contratá-lo e emprestá-lo mais um ano ou adquirir só o direito de preferência mas parece-me um bom jogador." Quase um ano depois, este rapaz confirmou plenamente aquilo que se esperava dele. As suas exibições nesta edição da Liga Europa atestam isso mesmo. A forma como surgiu no flash-interview após o jogo contra as lamparinas mostrou que é um homem de fibra. Os boatos relativos à sua fidelidade aos empresários que o representam e a sua irredutibilidade em trocá-lo pelo Jorge Mendes confirmam que estamos perante alguém de personalidade forte e vincada. Acredito que recrutámos um verdadeiro reforço! momento 2 Quem é o Labar

À espera do Rúben Milagreiro

Imagem
Não é bem o nome do moço mas bem pode passar a ser, tais são as esperanças que se depositam nele. Se a sua contratação se concretizar e parece que está tudo tratado, cairá sobre ele a responsabilidade de trazer o que tem faltado ao nosso futebol e o que faltou aos seus pais quando escolheram o nome para dar ao filho: cérebro. Já estou farto de falar nisso e até foquei esse assunto em especial na passada semana. Mas o péssimo resultado do passado Sábado é disso exemplo. Que é que vemos ali? Muito coração e pouca cabeça. Basta ver que perante aquele balde de água gelada que foi o golo daquele moicano do ceará ,que pouco jeito tem para jogar à bola, reagimos energicamente e só não ganhámos porque tivemos uma infelicidade tremenda. Mas enquanto mandávamos no jogo não fomos capaz de o gerir da melhor maneira. Quando se joga em casa tem da haver alturas em que sufocámos o adversário. Será difícil (não impossível) fazê-lo constantemente, mas tem de haver alturas em que o fazemos e não tem de

António Oliveira não pode com ele...

Imagem
As coisas que ficamos a saber sobre o Raudnei (será Rudinai?) com uma simples pesquisa na net e com a fantástica contribuição de Octávio Machado . Não é que nas palavras do antigo treinador estava um arranjinho combinado com António Oliveira (na altura treinador da Académica ) para o Porto perder o jogo e assim os estudantes salvarem-se da descida de divisão, e o nosso herói Raudnei contra tudo e todos marca o golo da vitória? Que arranjinho mal feito. E pronto, fica aqui registado o momento alto da carreira do Raudnei no Porto : marcou um golo quando não devia! Mas ainda esteve bem no Depor , emprestado pelo Porto , no ano que os galegos subiram à I Liga em 90. Agora que mencionamos, que grande ascenção do Depor : até 90 quase sempre na II Divisão, em 94 falha o título no penalti de Djukic no último minuto do campeonato, em 2000 é campeão espanhol e em 2004 falha a final da Champions porque apanhou o Porto . Raudnei ainda regressa ao campeonato português para representar Belenenses

As Segundas Linhas Chegaram...

Em dia de jogo da Taça de Liga, em que, os azuis e brancos se deslocam à cidade dos estudantes , possivelmente, com uma equipa de segunda linha, relembramos o penúltimo jogo da época 1987/88 , com o FCP já campeão e, curiosamente, também com uma equipa de segunda linha, trouxeram os 2 pontos (sim, só valia 2 pontos) de Coimbra com um golo de Raudnei , leram bem, Raudnei , jogador brasileiro que teve uma passagem fugaz pelo nosso FCP (2 épocas) e pelo campeonato português em geral, e que depois de passar no Deportivo da Corunha, voltou a Portugal e jogou no Belenenses e no Gil Vicente... Este jogo é também marcante pela estreia de um " puto " de 19 anos que veste pela primeira vez a camisola do FCP na equipa sénior, jogando no eixo da defesa... nas imagens aparece com o número 2 e tem cabelo curto... quanto ao seu nome: Fernando Manuel Silva Couto ... Nota Final - O nosso blogue foi presenteado com um prémio relíquia da internet que nos foi atribuído pelo blogue Cromos d

O LOBO MÍOPE... VÊ MAIS LONGE!

Imagem
Alan Dzagoev, jovem prodigio nascido há 21 anos na Ossétia do Sul, marca o regresso do Lobo Míope que, com esta “descoberta” será mais idiota ou louco do que, propriamente, míope… Há, todavia, um propósito nesta sugestão para o nosso FC Porto. Entendo que tivemos muito sucesso na abordagem que fizemos ao mercado nos últimos 10 anos mas que a fórmula usada perdeu força e relevância nos últimos 2 ou 3 anos. O facto de aparecer um Cissokho, de vez em quando, não invalida isto. E convém não esquecer o projecto 611 (ou 613… ou 615… sei lá!) que tem de começar a libertar atletas para o plantel sénior. Face às contas que vêm sendo apresentadas periodicamente, constata-se facilmente que a rubrica “custos com pessoal” é excessivamente elevada face ao nível dos proveitos operacionais que a sociedade tem. Ora, cortar no pessoal não me parece uma solução muito fácil mas optimizar os recursos sim! Levanta-se a questão de como podemos optimizar os custos com o pessoal, mantendo uma equipa a

Onde está o cérebro?

Imagem
Gostaria de agradecer à equipa do FCPorto pela sua exibição descontrolada e, já agora, à equipa de arbitragem que também ajudou a que, assolado por tamanha inquietação, passasse o jogo todo sem notar o frio inacreditável que gelou a noite de ontem no Dragão. Não terá sido a pior exibição desta época no Dragão. Até esteve acima da média visto que se tem jogado bem malzinho. Houve boas jogadas de entendimento entre os extremos e os laterais que estiveram bastante ofensivos, Meireles continua a subir de forma e Falcao é muito interventivo no jogo e começa cada vez mais a ser uma referência na equipa. Ou seja, um dos problemas que temos tido, que é a capacidade de encostar o adversário às cordas, começa a aparecer resolvido. O problema é que tudo isto acaba assim que chegamos ao golo. Jesualdo diz que não conseguimos reagir ao ímpeto do adversário que tenta responder ao golo sofrido. Pois o problema não é esse. O problema está na nossa tendência em baixar o ritmo. Esta falta de ambição te

O homem que só levou com o chicote uma vez...

Imagem
E porque ainda vamos a tempo de prestar a nossa homenagem a José Maria Pedroto, nada melhor que esta história contada na primeira pessoa por alguém que lidou de perto com ele: Joaquim Queirós . Sei que muitos não gostam do filho (Eugénio Queirós), mas antes de ser anti-portista (ainda vão ter que me convencer desta) é leixonense! Vários jornais, no dia de hoje, publicaram extensas prosas sobre a vida do treinador José Maria Pedroto , quando da passagem do 25º ano da sua morte. Associamo-nos à efeméride e lamentamos a perda de um nome grande do futebol português e de um amigo. Mas algo ficou por contar, talvez pela juventude de alguns dos que falaram sobre o "Zé do Boné" , que não tiveram oportunidade de privar com o mesmo, mas já é de lamentar que a história da sua carreira não tenha sido bem contada. Também já nos falta o Manuel Dias para saber falar de tudo. Ora o Pedroto que começou a sua carreira nos juniores do Leixões, quando ainda residia em Pedras Rubras e frequent

A Última Recordação...

... que, durante muito tempo, um dos nossos basculantes teve na memória da presença do seu Leixões na Primeira Liga e num jogo contra o FCP ! Estamos na época 1988/89 , a última dos peixeiros na primeira liga antes da longa travessia pelos escalões secundários do futebol nacional... para ele, Pispis , este será, muito provavelmente, um vídeo arrepiante... O jogo foi na Maia, mas desconheço as razões de tal facto, pois para transmissão televisiva não foi de certeza... aguardamos que MPSV , um dos habituais colaboradores para as estórias narradas sobre os Cromos do FCP às sextas, partilhe connosco os motivos que levaram à transferência do Estádio do Mar para o Estádio Dr. José Vieira de Carvalho na Maia , o qual estava abarrotar... quanto ao jogo, a superioridade do FCP foi evidente com uns concludentes 3-0... destaque para o "f rango " de Jesus , guarda-redes do Leixões , após canto de Branco e o Bis de Rui Águas , um ponta de lança " à moda antiga " como se di

Varela chega

Imagem
Vou ser breve visto que há pouco a dizer sobre o jogo de ontem. Eu até costumo ser daqueles que tende a dizer que devemos jogar sempre para ganhar. Mas eu confesso que me estou a marimbar para esta Taça da Liga. Fui lá apanhar frio para ver os reforços! E desta vez jogaram muitos. Para ser sucinto, gostei Varela, do Tomás Costa e do Miguel Lopes. Varela foi a peça que Jesualdo deixou em campo para garantir que ganhávamos. Tomás Costa estava com pilhas novas e correu imenso, tendo estado bem ao nível do passe. Miguel Lopes será um caso a rever e parece que qualquer dia Sapunaru deixa de ter lugar no banco. Esteve muito dinâmico na primeira parte e bem no auxílio aos centrais na segunda. Também gostei de um ou dois pormenores do Valeri (mas é pouco) das bolas paradas tensas do Sérgio Oliveira e da dupla de centrais. O resto foi tudo mediania incluindo a exibição do Leixões que antecipo que continuará a ter dificuldades. Apesar de tudo ainda teve algumas oportunidades nomeadamente aquel

Os burros somos mesmo nós...

E-mail enviado por um colega de trabalho para a SportTv depois do Benfica-Nacional do passado Domingo... E assim vai a Comunicação Social... Boa Noite Começo por dizer que sou assinante da Sport Tv se a memoria não me falha desde 1999, portanto já pago para ter informação no mínimo, isenta há uma década e nunca mais vejo resultados. Por outro lado esclareço desde já que sou Portista há 44 anos, tantos quanto tenho de idade, e sócio do F.C.Porto desde 1978, e como tal como devem imaginar estou-me nas tintas para o resultado deste jogo até pela competição a que pertence manchada para todo o sempre. Para o que não me estou “nas tintas” e o que me “obriga” a perder tempo convosco mais uma vez, á a falta de capacidade para pelo menos tentarem disfarçar o clubismo que vos tolhe a visão e vos obriga a considerarem “burros” quatro milhões de Portugueses. Sim porque não existem só os seis milhões…alguns dos outros também pagam; e não é pouco! Quando o Sr. Miguel Prates tem o desplante de d

Reforços

Imagem
Tinha a ideia que íamos ver em campo os reforços tão falados pelo nosso presidente. Ou seja, todo e qualquer jogador que ainda não fez nadinha nesta época. Pois apenas tivemos um Orlando Sá desastrado e um Tomás Costa, de quem já não espero nada, pouco tempo em campo. E depois ainda houve Yero que continuo a achar muito mais parecido com Makukula que com Drogba. Pois é. Reforços não há e pelos vistos não haverão. É uma opção da direcção e da equipa técnica e teremos de viver com ela. É um facto que o plantel não parece propriamente desequilibrado e também é verdade que que há jogadores que podem dar muito mais e que, se o fizerem, poderemos ter os problemas resolvidos. Mas vamos recuar à época passada. Aí detectou-se uma lacuna e contratou-se um jogador para supri-la. Era o que eu defendia este ano: um jogador para a posição do Lucho. Agora, de facto, temos plantel que chegue para dar a volta e chegar ao Penta. No regresso à competição tivemos um FCPorto Q.B. Já a antecipar alguns e