Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2008

O Nosso Ibrahim...

Imagem
Falta-lhe o Ovic, mas também fazia golos... e muitos... provavelmente o melhor lateral esquerdo que vi jogar, no qual me refugiei como ídolo quando Gomes foi para o Sporting... O post surgiu como sequência dos comments de Tony Silva no nosso blog em relação ao Lubomir Vlk, que considerei fraquinho, e que ele considerou que o mesmo não era assim tão mau... comecei então a pensar em defesas-esquerdos e rapidamente parei, pois lembrei-me de Branco... Aqui fica o cromo do Mundial 1994, no qual ele marcou um livre soberbo (nada que não conhecemos) contra a Holanda nos quartos-de-final da competição colocando o Brasil nas Meias do Mundial Americano... Notas... - Branco começava a encaminhar-se para o final da sua carreira nesta altura... - Saiu do FCP para o Génova de Itália... - Tinha um pé esquerdo fabuloso, bem visível nos seus famosos livres... - Esteve no FCP entre 1988 até meio da época de 1990/91...

Contas da SAD temporada 2007/2008

Podem consultar no link: http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR20731.pdf Os meus destaques: - Aumento dos Custos com o pessoal que se pode explicar pela renegociação de vários contratos incluindo o de Quaresma. Esta tendência de crescimento tem de começar a inverter senão vamos ter problemas. - Aumento dos proveitos relativos a sponsors. - A relevância da rubrica 'Amortizações e perdas de imparidade com passes de jogadores' no Resultado operacional. Porque será? - Continuamos a equilibrar as contas vendendo as jóias da coroa. Neste caso entrou a vendas de Bosingwa.

Da Roménia com Classe...

Esquecendo um pouco da actualidade e voltando ao passado, fomos novamente ao baú para recordar o pé esquerdo de Ion Timofte , já mencionado neste blog por Artur e Tony Silva ... O jogo é relativo à época 92/93 e respeita a uma clara vitória do FCP frente ao Salgueiros na casa emprestada do Bessa... Do vídeo a nota mais saliente vai obviamente para a classe do médio romeno no golo obtido... Notas... - Timofte aliava a força e a técnica naquele pé esquerdo, bem evidentes na bola ao poste e de seguida no chapéu efectuado... Cheguei a ir visitá-lo ao hospital Santa Maria (a 200 metros de minha casa) quando lá foi operado... - O Salgueiral e a quantidade interminável de jugoslavos no plantel... - Tozé, não vincou... neste jogo teve duas assistências brilhantes e dele tenho na retina uma jogada genial em Londres contra o Tottehnam... - Jorge Costa, 11 anos antes de se sagrar Campeão Europeu, mas sempre no mesmo estilo inconfundível...

Estado de alerta

Imagem
No meu último post cheguei à conclusão que apenas tínhamos equipa para consumo interno. O jogo de sábado levanta mais e mais preocupantes questões. Então nem para consumo interno? Acho que seria precipitado pensarmos isso mas tal não implica que não seja muito preocupante a temporada que temos feito até agora. Vamos ser claros: a temporada para já está salva pela exibição na Luz e pelo resultado em Alvalade. Tudo o resto tem sido mau. Seja a integração dos novos jogadores, sejam as novas soluções tácticas apresentadas, sejam os muitos problemas físicos que temos tido com jogadores titulares como Lucho e Fucile, seja a falta de espírito de equipa que notamos à medida que os resultados negativos vão aparecendo. Pouco nos tem segurado acima da mediocridade e aqui destaco 3 jogadores: Raul Meireles, Bruno Alves e Lisandro. Tudo o resto tem sido tragicamente mediano ou mau. Reportando-me mais uma vez ao meu último post, resolvi abordar questões mais de fundo. Para variar vamos agora a que

Extremos de antigamente...

Imagem
Muito se tem falado neste blog da falta de alas de raiz no plantel, nomeadamente pela voz de Prata que considera que com a saída de Quaresma apenas sobrou, além de Rodriguez, Tarik como principal/única arma para desempenhar essa função... Foi com base nesse discurso que fomos procurar alas de outros tempos, não tão longínquos como isso, no caso de Nuno Capucho, ao contrário deste cromo que é do início da sua carreira... Serve também o presente post para presentear um dos nossos habituais comentadores (Artur) com esta relíquia, já que Capucho foi sempre um dos seus ídolos... Notas... - em certos casos as imagens falam por si... que puto... - Icas, outro dos membros deste blog, era fã incondicional deste jogador, pelo menos pela quantidade de vezes que se dirigia a ele em tons menos próprios em pleno tribunal das Antas... - Capucho iniciou ainda a fase "metro" nos jogadores de futebol... com as meias bem para baixo mostrava ao Mundo que longe iam os tempos em que os hom

Para consumo interno

Imagem
--> --> No meu ultimo post disse que este jogo ia definir que FCPorto íamos ter este ano: Europeu ou para consumo interno. A resposta foi cabal. Podemos ainda passar aos oitavos, o que parece bastante improvável neste momento, mas tal só acontecerá se um milagre acontecer: uma equipa desequilibrada de repente começar a jogar. Como não acredito em milagres passo já a debitar quais são os principais problemas e o que eu acho que deve ser feito. O primeiro grande problema é a falta de caudal ofensivo da equipa em ataque continuado. Aqui mais uma vez volto a insistir: só um super Lisandro como o da época passada consegue disfarçar a falta de homens da área do 4-3-3 do Jesualdo. Basta ver o posicionamento do Rodriguez no ano passado e este ano. Antes marcou pelo menos 4 golos de cabeça quando, este ano, nem na área o vemos. É preciso devolver Lisandro ao papel de falso extremo que aparece na área de rompante para marcar. O problema tal como no ano passado é

A Caminho de Viena...

Hoje os ucranianos do Dinamo de Kyev voltam a aparecer no caminho do FCP, mas muito diferentes do Dinamo de há 21 anos atrás, praticamente a selecção da U.R.S.S. que estaria na final do Euro 1988... Foi em Kyev que o Porto selou a passagem para a final de Viena onde se sagrou pela primeira vez Campeão Europeu... depois de uma vitória caseira por escassos 2-1 (sim, a nossa exibição merecia muito mais do que isso) temia-se o pior no imponente e cheio estádio dos ucranianos... mas 3 minutos de jogo e já ganhavamos em Kyev... 7 minutos depois Gomes sentenciava o jogo... Imagens e Som em directo com as débeis condições de transmissão para recordar no vídeo da semana... Notas... - a moldura humana em redor do estádio... - o frio que as próprias imagens conseguem transmitir... - o som a chegar antes das imagens... - a sorte dos Campeões, sempre precisa nestes momentos, no golo de Celso... outro bombardeiro nos livres... - Futre e as suas correrias... a falta sofrida no primeir

Finalmente Tarik

Imagem
Apesar de estarmos em primeiro após dois confrontos com adversários directos na sua casa, é óbvio que ainda não estamos a um nível que nos agrade. De tal forma que eu, por exemplo, não estou completamente seguro do que irá acontecer amanhã. Será que vamos ter o FCPorto da primeira parte do Fenerbahçe ou o da segunda? O de Vila do Conde ou o de Alvalade ou da Luz? Dificilmente voltaremos a ter o FCPorto de Londres… (espero eu…) A verdade é que não sabemos. A introdução de Fernando e sobretudo de Tommy Costa vieram trazer a capacidade de tal como no ano passado, controlar melhor o jogo, nomeadamente, coisa de que Jesualdo fala constantemente, controlar os ritmos do jogo. Mas é óbvio que falta muita coisa. Falta sobretudo magia e capacidade de improvisação. Lucho só, não chega e Lisandro e Rodriguez jogam mais em força e em garra do que em técnica. Tal não é um problema, mas julgo que cada vez mais é importante ter soluções variadas no onze e é isso que Tarik vai trazer. A imprevisibilid

Mais um pé canhão...

Imagem
Numa semana sem jogos, ainda nos vem à memória o último jogo do FCP e o livre de Bruno Alves... algum tempo atrás eram outros os nossos bombardeiros... Geraldão, era um deles, também ele autor de um golo de longa distância em Alvalade... Notas do Cromo... - Mais um central com queda para as bolas paradas... - Aquele cabelinho maroto na parte de trás... - O cromo respeita à época 1990/91...

Jogos Internacionais...

Em semana de jogos internacionais e, integrando-me no seio da comunidade onde agora vivo (Braga) com uma pequena provocaçãozinha, uma deslocação do FCP a Espanha, isto é, a Guimarães, em mais uma importante vitória do nosso FCP na época 1992-93... Notas do Vídeo... - Uma das ausências do Vitória, um tal de Pedro, não é mais que Pedro Barbosa... - Jesus, 37 anos... ainda mostrava qualidade... - O árbitro? Nem é preciso mais comentários... é o especialista... - F. Couto nas alturas, fantástico... - Tanta, outro central peculiar... - Domingos e a sua sublime classe para decidir o jogo... dois golos excelentes...

Embirrações

O Post vem com um dia de atraso e por isso vai ser mais curto. E como não há futebol, ou o que há diz-me pouco ou bastante menos, vamos a algumas embirrações. 1a. Estes iluminados que julgavam estar a fazer um grande favor ao futebol ao reduzirem o campeonato para 16 equipas. Resultado: mais buracos no calendário, de tal forma que mesmo com uma nova competição, a Taça da Liga, conseguimos ter semanas consecutivas sem futebol de alto nível (Não. Um Portugal-Albânia não é futebol de alto nível…). Nos últimos dois meses tivemos pelo menos um mês sem competição de clubes. Parabéns meus senhores! Notam-se as diferenças. Isto está bem mais competitivo. 2a. Selecções Sul-Americanas. Passamos terrores com as selecções do Uruguai, da Argentina e mais recentemente da Colômbia. Tudo começou com Lucho. Há dois anos todos assistimos ao consecutivo ao seu subrendimento e todos sabíamos que tinha a ver com as suas constantes chamadas à selecção. Actualmente é sobretudo a selecção do Uruguai. No a

Sim, ainda joga...

Imagem
Na semana em que Bruno Alves se destacou, fomos ao baú encontrar outro central... também ele vigoroso no jogo aéreo e que impunha respeito... para isso também ajudava o seu aspecto físico e a sua cabeleira que recordamos no vídeo da semana... Mas antes de ser cabeludo, teve de deixar crescer o cabelo... Notas do Cromo... - O cromo fala por si... que recordação... - Com quase 40 anos ainda joga na primeira Liga Italiana... - Ficou famosa a sua cotevalada a Mozer e a conferência de imprensa em que Robson o rasga de cima abaixo dizendo: "Mozer 2-0 Couto"... depois ainda o levou para o Barcelona...

O Regresso à Normalidade...

E para espelhar isso mesmo, trago hoje ao nosso o blog um jogo com todos os contornos de normalidade em pleno Estádio das Antas na época 1992/93 com uma inequívoca vitória por 3-0 perante os azuis de Lisboa... Notas do Vídeo... - A cabeleira inconfundível de F. Couto... - Pedro Espinha novamente na baliza, agora do Belenenses... - Emerson atrás de Ion Timofte no momento do penalty... - As saídas de Baía... - VLK, por falar em defesas esquerdos fraquinhos... - João Manuel Pinto... que cara de puto e com o 7 nas costas... - Veiga Trigo: maneira interessante de mostrar o segundo amarelo já com o outro vermelho na mão... - Domingos, sempre ele...mesmo agarrado com classe a finalizar... - Toni... viram aquela finta?

Contra Ataque

Imagem
Depois do pesadelo europeu nada melhor que uma vitória no campo de um adversário directo para repor a confiança. Finalmente a equipa reagiu e foram várias as contrariedades. Comecemos pela questão Jesualdo vs Paulo Bento. Já aqui disse que acho o Jesualdo melhor e que Paulo Bento é ainda mais limitado. Para além dos seus insuportáveis tiques de Scolari, as suas equipas têm sempre uma dificuldade extrema em criar jogo ofensivo. Joga no erro e até aproveita bem. O problema é quando não há erro como foi o caso de ontem. Aí vem ao de cima a incapacidade de improvisação que equipa tem, a falta de magia. Já Jesualdo, ontem esteve bem. Pôs em campo o melhor onze neste momento (se bem que preferia o Pedro Emanuel). Pouco interessou a disposição táctica que foi teoricamente a mesma de Londres. Foi mais uma vez uma questão de atitude. E aqui temos a outra contrariedade: como reagir ao pesadelo que foi o jogo anterior? Afinal, houve vontade de vencer, pelo menos para limpar a péssima imagem dei

Aquele bigodinho...

Imagem
Esta última jornada europeia trouxe-nos à memória a última derrota com a mesma expressão por terras inglesas... não foram os gunners , mas sim os red devils ... Nessa época de 1996/97 , o comando técnico estava ao cargo de António Oliveira e, quem não se lembra do primeiro embate europeu tendo este senhor como timoneiro... foi em San Siro , contra o poderoso Milan , em que o mister se lembrou de lançar na equipa três jogadores que nunca tinham calçado de início no FCP ... os seus nomes são Fernando Mendes (lateral esquerdo), Zlatko Zahovic (no triângulo do meio campo) e três centrais, sendo o líbero o cromo da semana, que, diga-se, fez um jogo de grande classe, pois na altura já andava nos seus 30 anos, mas nunca tinha aparecido nos palcos europeus... o FCP ganhou por 3-2 , com Artur e um bis de Mário Jardel vindo do banco (nascia o fenómeno)... Notas do Cromo (Época 1990/91)... - Palavras para quê... aquele bigodinho diz tudo... - Famalicão equipa bem... Adidas??? sim senho

Goleada com outra cor…

Jogos como de quarta deixam mossa e, caso ainda não tenham mandado cá para fora o que vos vai na alma leiam o post abaixo (muito bem escrito por sinal) e libertem o que ainda resta dentro de vocês… Depois, venham ver outros 4-0, obviamente inversos, contra um clube que está a tentar renascer novamente… esse sim, com uma alma imensa… Atentem num tal de Peter Lipscei… possivelmente o jogo da vida dele no FCP… sem esquecer, contudo, aquele golo do meio da rua contra o Benfica em pleno Estádio das Antas por 3-0, com Brassard na baliza encarnada… O jogo remonta à época 1995-96 e, como sempre, sabe pela vida recordar… Notas do Vídeo… melhor Notas de Lipscei… - Peter Lipscei começa logo a encher o olho na jogada do primeiro golo… aquela última finta antes da assistência para Domingos é de jogador... - Segundo golo, agora é mesmo ele a finalizar, com uma classe mundial… - Outra vez no terceiro golo... - Fui só eu que vi, ou é outra vez o número 6 que assiste para o quarto golo…

Estatuto Europeu

Ontem em 90 minutos pôs-se em causa grande parte do trabalho conseguído nos últimos anos na Champions League. O FCPorto europeu dos últimos anos, qualquer que seja o treinador, qualquer que seja a nossa situação nas competições internas, é sempre temido lá fora. Todos sabem que é complicadíssimo vir pontuar ao Dragão e todos sabem que somos uma equipa capaz de pegar no jogo em qualquer campo, capaz de ombrear com os maiores da Europa, por muito que não tenhamos um quarto da sua capacidade financeira. É esta a imagem que eu quero que o FCPorto tenha na Europa. Quero que os tubarões do pote 1 continuem a torcer o nariz cada vez que lhes calha no sorteio uma visita ao Dragão. Mais que isso quero que esses tubarões não julguem que são favas contadas os jogos em casa contra o FCPorto. No entanto, parece-me difícil que não pensem isso tendo em conta as nossas prestações nos últimos 4 anos. Estou-me a lembrar do resultado em Liverpool e das atitudes ultra defensivas no campo do Chelsea nos úl