Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2013

Dizem que Vai Ser Assim...

Imagem

Plantel 2013/2014 - Esboço

Imagem
Paulo Fonseca não deve dormir há uns tempos. Pedem-lhe que mantenha o rendimento da equipa ou que até o melhore. Será possível? Só poderemos ter uma ideia quando o plantel estiver definido. Mas isso só acontecerá bem depois dos primeiros jogos oficiais... No final de cada época, facilmente se divide o plantel entre os que continuam, os transferíveis e os dispensáveis. Posso tentar fazer um exercício de adivinhação sobre o que iria na mente dos dirigentes portistas.  Começando pelos dispensáveis: Rolando, Sereno, Kleber, Djalma, Bracalli, Fucile, Atsu e Varela. As razões são claras. Atsu julga-se num patamar acima do que tem, isto apesar do seu enorme potencial. Se não renova, é melhor tentar-se fazer algum dinheiro com a sua venda. Depois, começa a ser tarde para fazer um negócio com Varela e o seu rendimento é cada vez mais intermitente. Quanto aos restantes, julgo que apenas foram emprestados por não se ter arranjado soluções definitivas. Parece que, entretanto, Fucile f

Risco

Imagem
Por muito que Pinto da Costa diga que não é uma aposta arriscada, temos como adquirido que o é. Até Mourinho foi arriscado e o Presidente falou de Artur Jorge que, quando foi contratatado, tinha acabado de descer de divisão. De facto, Paulo Fonseca tem uma vantagem sobre André Villas-Boas e Vitor Pereira: currículo. Por onde passou deixou sempre a sua marca, numa carreira conquistada degrau a degrau e onde apenas falhou há dois anos quando não conseguiu subir com o Desportivo das Aves. Mas já todos sabemos que naquelas últimas jornadas da Segunda Liga às vezes há coisas estranhas, mas dizem-me amigos ligados ao Aves, que o trabalho dele mais que satisfez toda a gente. No ano passado a cereja para colocar no cimo do bolo. Mourinho, em 2002 estava a fazer um grande trabalho no Leiria, mas duvido que chegasse ao terceiro lugar. E mesmo essa equipa do Leiria devia ter um orçamento superior ao do Paços de Ferreira do ano passado. Grande resultado! Mais que isso, Fonseca conseguiu pôr o

II Encontro Bluegosfera Portista...

Imagem
Após a realização do I Encontro da Bluegosfera em Julho do ano passado, no próximo dia 15 de Junho vai realizar-se o   II Encontro da Bluegosfera . Desta vez, será realizado no   Auditório da nova Biblioteca Municipal de Espinho   e, tal como o do ano passado, será um evento aberto à generalidade dos adeptos portistas, embora com pré-inscrição pela Net porque, obviamente, não há espaços com lugares ilimitados. A ideia fundamental é a mesma, isto é, reunir uma comunidade de portistas (bloggers e não só) para um dia bem passado, de partilha de ideias e discussão construtiva em torno de alguns temas do universo portista. Anunciando mais algumas informações sobre o grande evento, o programa mais detalhado do   II Encontro da Bluegosfera   é o seguinte: 10:15 – 10:45:   Recepção dos participantes (manhã) 10:45 – 11:00:   Abertura 11:00 – 12:30: Painel 1 – O tal canal (Porto Canal) Moderador: Paulo Santos (BiBó PoRtO, carago!! -   http://bibo-porto-carago. blogspot.pt/ ) Apresentações:

Problemas nas transições

Imagem
Já sabemos que o FCPorto privilegia a posse de bola e a organização. As transições não constituem um problema grande para quem joga desta maneira. Mas não é dessas transições que estou a falar. Estou a falar de transições das camadas jovens para a equipa principal. O grande entrave a essa transição está diagonosticada há muito: a qualidade do plantel principal do FCPorto. Não há qualidade suficiente nas camadas jovens para que os jogadores entrem directos no plantel principal. Este ano, no entanto, olhámos para o banco e não vimos aquela fartura habitual. Nem o facto que existir uma equipa B ajudou... Vamos por partes. Há vários anos que acompanho as várias equipas de sub-19 dos Dragões e chego sempre à mesma conclusão: dificilmente se aproveitará algum destes jogadores. Pelo menos no imediato. Mas identificam-se facilmente os que estão mais perto do nivel de qualidade mínimo. Há cinco anos tínhamos Castro e Ukra. Há três anos sobressaía Sérgio Oliveira. Há dois tínhamos Ats